sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Vitimas do acidente aéreo chegam ao Hospital do Juruá



As 13:20 h desta sexta feira pousou no Aeroporto Internacional de Cruzeiro do Sul um helicóptero da Força Aérea Brasileria com os primeiros sobreviventes do acidente aéreo ocorrido com o avião Cessna C-98 Caravan da Força Aérea Brasileira na manhã da última quinta feira.
Os sobreviventes foram atendidos por vários médicos e levados ao Hospital do Juruá em ambulância do Samu onde serão submetidos a uma avaliação médica completa. Mais informações a qualquer momento.


llderlei discute destinação de emendas para o Juruá



O deputado Ilderlei Cordeiro (PPS-AC) seu reuniu em Cruzeiro do Sul com o prefeito Vagner Sales, vereadores e mais de vinte presidentes de associação de moradores. O encontro foi realizado na sede da União Municipal das Associações de Moradores (UMAM) com a finalidade de discutir as reais necessidades do município e as reivindicações das comunidades.


Brasília – O deputado Ilderlei Cordeiro (PPS-AC) seu reuniu em Cruzeiro do Sul com o prefeito Vagner Sales, vereadores e mais de vinte presidentes de associação de moradores. O encontro foi realizado na sede da União Municipal das Associações de Moradores (UMAM) com a finalidade de discutir as reais necessidades do município e as reivindicações das comunidades.

Desse encontro resultará a alocação de emendas individuais ao Orçamento Geral da União (OGU), do exercício financeiro de 2010, para o atendimento das prioridades do Juruá. “A idéia é realizarmos a definição de propostas com a participação de todos os representes municipais, levando em conta os principais anseios da população” – disse o deputado.

Como nos anos anteriores, o deputado Ilderlei Cordeiro assegurou que vai destinar mais de R$ 4 milhões em emendas individuais de 2010 para Cruzeiro do Sul e os demais municípios da região para atender as áreas de vital importância como infra-estrutura, transporte, saúde e educação. Na próxima semana o deputado Ilderlei Cordeiro e o prefeito Vagner Sales têm agenda marcada com os prefeitos de Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Marechal Taumaturgo e Porto Valter e com os representantes da UMAM para dar seqüência à destinação das emendas.

Esta é a primeira vez no Estado que um deputado federal se reúne com prefeitos, vereadores e presidentes de associações de bairros para discutir prioridades para a alocação de recursos orçamentários. “Durante a administração passada não tive essa oportunidade e, lamentavelmente, deixamos de atender todas as prioridades. Agora será diferente porque estamos unidos” – comemorou Ilderlei.

Assessoria

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

FAB diz que recebeu sinal de avião desaparecido na Amazônia



A Força Aérea Brasileira (FAB) informou na noite desta quinta-feira (29) que recebeu um sinal de emergência do avião desparecido na região amazônica. A aeronave transportava 11 pessoas, quatro tripulantes e sete passageiros, que estavam a serviço da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

Aeronave desapareceu quando seguia do Acre para o Amazonas.
Equipe a serviço da Funasa estava a bordo.


Do G1, em São Paulo


A Força Aérea Brasileira (FAB) informou na noite desta quinta-feira (29) que recebeu um sinal de emergência do avião desparecido na região amazônica. A aeronave transportava 11 pessoas, quatro tripulantes e sete passageiros, que estavam a serviço da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

Segundo a FAB, o sinal foi emitido 58 minutos após a decolagem. A aeronave seguia de Cruzeiro do Sul (AC) para Tabatinga (AM).

Ainda de acordo com a Força Aérea Brasileira, com base nas últimas informações, foi possível estabelecer uma área para o início das buscas, que vão prosseguir durante a noite.

Neste momento, sete aeronaves da FAB e uma do Exército Brasileiro participam das buscas ou estão em deslocamento para a região: dois helicópteros H-60L BlackHawk, um helicóptero HM-3 Super Cougar (Exército), um KC-130 Hércules, um SC-95 Bandeirante, dois C-105 Amazonas e um R-99.

Operação de vacinação

A enfermeira coordenadora da saúde indígena do Distrito de Alto Rio Juruá, Isna Silveira, informou ao G1 que a equipe voltava para Tabatinga (AM) e pegaria um barco até Atalaia do Norte (AM), onde vivia.


A equipe da Funasa havia usado o município de Cruzeiro do Sul como base para a operação de vacinação realizada no Vale do Javari, também em Atalaia do Norte (AM). Segundo a enfermeira, a equipe chegava mais rápido ao local das aldeias partindo de Cruzeiro do Sul.

“Eles saíram das aldeias e chegaram ontem aqui em Cruzeiro do Sul. Nós nos despedimos e eles voltaram para o Amazonas hoje de manhã. É terrível, porque criamos um vínculo. Estamos muito abalados”, afirmou Isna.

A enfermeira conta que a equipe é composta por dois homens e cinco mulheres, entre elas, uma gestante. Dois integrantes do grupo eram enfermeiros e os outros, técnicos em enfermagem.

A operação de vacinação teve início no dia 16 de outubro . O grupo seguia com helicópteros da Força Aérea Brasileira (FAB) e era deixado em aldeias da região do Vale do Javari para aplicar as vacinas de rotina e também doses especiais. A cada três dias, a aeronave da FAB voltava às aldeias para resgatar o grupo e levar para outras comunidades.

Desaparecimento

O avião Cessna C-98 Caravan da Força Aérea Brasileira (FAB) desapareceu na região da Amazônia, na manhã desta quinta-feira (29).

De acordo com o professor de aeronáutica Cláudio Roberto Scherer, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), o C-98 Caravan é usado para transporte, tanto na aviação civil quanto na militar.

"É uma aeronave de turbo-hélice pequena, usada para levar poucas pessoas em trajetos curtos", explica.

O comandante Renato Nascimento, ex-piloto da FAB e hoje na aviação civil, afirma que a aeronave "não tem muitos recursos". "É um aviãozinho pequeno, monomotor. O problema com o monomotor é que se o motor falha, você não tem outro", explica.

Aeronave da força aérea desaparece na Amazônia



Uma avião Caravam da Força Aérea Brasileira desapareceu dos radares após ter decolado da cidade de Cruzeiro do Sul com destino a Tabatinga no Amazonas, á aeronave saiu de Cruzeiro do sul as 8:30h da manhã com 11 passageiros abordos e desapareceu.

Francisco Rocha


Uma avião Caravam da Força Aérea Brasileira desapareceu dos radares após ter decolado da cidade de Cruzeiro do Sul com destino a Tabatinga no Amazonas, á aeronave saiu de Cruzeiro do sul as 8:30h da manhã com 11 passageiros abordos e desapareceu.

Segundo informações divulgadas pela força Aérea através de uma nota oficial os passageiros eram servidores da FUNASA, Fundação Nacional de Saúde e estavam participando de uma campanha de vacinação nas comunidades de difícil acesso na Amazônia.

A força aérea informou ainda que dois helicóptero e um caça já foram enviados ao local, de onde a aeronave teria desaparecido dos radares para tentar localizá-la, mas até o momento não há informações do paradeiro da aeronave.

De acordo com as informações que chegaram até a imprensa entre os desaparecidos estão enfermeiros, técnicos de enfermagem e cinco mulheres.

MULHER É PRESA COM DROGA ESCONDIDA NA BOLSA NO ACRE


E.F.S., de 40 anos, saiu de Epitaciolândia (divisa com a Bolívia) com destino à capital do estado, Rio Branco. Durante barreira realizada pela Polícia Federal na BR-317, foi encontrada uma bolsa com aproximadamente 1 Kg de cocaína que foi identificada como de propriedade da mulher.


RIO BRANCO –
A Polícia Federal em Epitaciolândia/AC prendeu nesta segunda-feira, 26, uma mulher que viajava em um taxi, transportando droga em sua bolsa.

E.F.S., de 40 anos, saiu de Epitaciolândia (divisa com a Bolívia) com destino à capital do estado, Rio Branco. Durante barreira realizada pela Polícia Federal na BR-317, foi encontrada uma bolsa com aproximadamente 1 Kg de cocaína que foi identificada como de propriedade da mulher.

Todos os passageiros junto com o condutor do veículo foram conduzidos até a delegacia para prestar esclarecimentos sendo, em seguida, liberados. E.F.S. foi conduzida até a capital e já se encontra no presídio.

O aumento da fiscalização na tríplice fronteira é uma das ações que vem sendo desenvolvida pela Polícia Federal naquela região, que além de coibir o tráfico de drogas também realiza trabalhos de controle imigratório e prevenção de outros ilícitos.

Por: Assessoria de Comunicação / Superintendência Regional da PF no Acre

Polícia prende “Pica-pau” suspeito de assalto a empresário



Após mais de duas semanas de investigação a Polícia Civil, em Cruzeiro do Sul, conseguiu prender um dos acusados pelo assalto ao escritório do empresário Hermane Badarane, ocorrido no dia 16 deste mês. Emiraldo Félix de Negreiros, o “Pica-pau”, foi preso em um bar no Bairro Cohab manhã desta terça-feira, 27. A polícia chegou ao acusado a partir de um celular que o assaltante deixou escapar no momento que deixava o local do crime.



Após mais de duas semanas de investigação a Polícia Civil, em Cruzeiro do Sul, conseguiu prender um dos acusados pelo assalto ao escritório do empresário Hermane Badarane, ocorrido no dia 16 deste mês. Emiraldo Félix de Negreiros, o “Pica-pau”, foi preso em um bar no Bairro Cohab manhã desta terça-feira, 27. A polícia chegou ao acusado a partir de um celular que o assaltante deixou escapar no momento que deixava o local do crime.

Através de um Mandado Judicial da Primeira Vara Criminal o delegado Elton Fultigami coordenou a operação que resultou na prisão de Pica-pau. De acordo com as investigações ele teria agido na companhia de outro homem que até agora ainda não foi identificado.

De acordo com Fultigami, no depoimento prestado na Delegacia, “Pica- pau” teria assumido a responsabilidade pelo assalto e se negou em revelar o nome no outro envolvido.

Os dois bandidos seguiram um funcionário da empresa de propriedade de Hermane que sacou dinheiro no banco e se dirigiu ao escritório em uma motocicleta. Chegando ao escritório os assaltantes renderem o rapaz juntamente com o empresário e levaram um valor de R$ 10 mil e saíram na moto da empresa. Um deles estava armado com um revólver de calibre 38’.

Emriraldo já foi conduzido à Unidade de Recuperação Social Manoel Néri da Silva e a policia continua as investigações para tentar prender o outro assaltante.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Gladson critica suspensão de vôo



O deputado Gladson Cameli cobrou esta quarta-feira, em Brasília, uma posição clara e definitiva da Gol Linhas Aéreas em relação à suspensão (cancelamento) repentina de vôos em razão dos feriados correntes. Segundo o deputado, a companhia remaneja a aeronave para rotas mais rendosas em detrimento das rotas usuais, como é o caso de Rio Branco e Cruzeiro do Sul.No final, segundo o parlamentar, é a população que padece , já que sequer é avisada a tempo do cancelamento do vôo para tomar as providências que achar conveniente.”

O deputado Gladson Cameli cobrou esta quarta-feira, em Brasília, uma posição clara e definitiva da Gol Linhas Aéreas em relação à suspensão (cancelamento) repentina de vôos em razão dos feriados correntes. Segundo o deputado, a companhia remaneja a aeronave para rotas mais rendosas em detrimento das rotas usuais, como é o caso de Rio Branco e Cruzeiro do Sul.No final, segundo o parlamentar, é a população que padece , já que sequer é avisada a tempo do cancelamento do vôo para tomar as providências que achar conveniente.”Mesmo pagando uma tarifa exorbitante, o passageiro fica a mercê das conveniências e interesses da companhia”, disse o deputado.

De fato, o cancelamento repentino de vôos sem qualquer informação aos passageiros vem sendo freqüente, sobretudo nos meses de menor ocupação das aeronaves e maior ocorrência de feriados. O parlamentar lembrou ainda que muitos casos de transporte de doentes e pacientes de Tratamento Fora Domicílio (TFD) tiveram de ser abruptamente transferidos ou mesmo cancelados, ”colocando em risco a saúde ou mesmo a própria vida dos passageiros”. Gladson lembrou ainda que o próprio transporte de passageiros em maca foi conseguido a muito custo e mesmo com intervenção judicial,”pela intransigência e até desumanidade da companhia,que se negava a levar os doentes”.

Além do constrangimento e aborrecimentos de praxe que o cancelamento, via de regra, provoca, a freqüência da suspensão dos vôos vem causando até mesmo prejuízo para pessoas que viajam a negócios e não podem sofrer atrasos ou cancelamentos de viagens. O mesmo vem acontecendo com o transporte de certas mercadorias mais sensíveis e de pronta entrega ,que não resistem a atrasos sob pena de perecimento irreversível.’sob todos os aspectos,o cancelamento é um transtorno que vem se repetindo sem o menor respeito ou consideração ao passageiro’,garantiu o deputado.

O deputado enfatizou ainda que tanto a tarifa alta quanto o cancelamento sem qualquer informação prévia já foram objeto de audiência pública e reunião extraordinária na Comissão de Transporte da Câmara Federal. de acordo com o deputado,houve o compromisso explícito da Gol em adiar aumentos e evitar suspensão de vôos.”Apesar disto,o que se viu foi a prática de preços abusivos e até mesmo o aumento de cancelamentos de vôos sem qualquer explicação ou tentativa de reparo por parte da empresa”,resumiu o parlamentar. Ele afirmou que exigir explicações plausíveis da Gol Linhas Aéreas, ”até porque é parte de nossa função de fiscal”.

E ainda não descarta a utilização do próprio PROCON, ”para acabar de vez com esta prática humilhante para o usuário,que muitas vezes é obrigado a dormir no próprio aeroporto à espera do próximo vôo”.

Vice-prefeito de Porto Walter é hospitalizado depois de acidente de trânsito



O vice-prefeito de Porto Walter, Zezinho Gadelha (PCdoB), retornava de um sítio da família na tarde de domingo (25), quando colidiu com outro motoqueiro. As duas motos trafegavam em alta velocidade numa estrada de chão batido e a colisão foi inevitável. O impacto foi tão forte que descolou o fêmur de Gadelha que caiu no chão e o motoqueiro sem controle ainda passou por cima do vice-prefeito.


O vice-prefeito de Porto Walter, Zezinho Gadelha (PCdoB), retornava de um sítio da família na tarde de domingo (25), quando colidiu com outro motoqueiro. As duas motos trafegavam em alta velocidade numa estrada de chão batido e a colisão foi inevitável. O impacto foi tão forte que descolou o fêmur de Gadelha que caiu no chão e o motoqueiro sem controle ainda passou por cima do vice-prefeito.

Zezinho Gadelha recebeu os primeiros atendimentos médicos ainda em Porto Walter e foi transferido na manhã de Segunda-Feira para Cruzeiro do Sul, onde foi encaminhado ao centro cirúrgico, mas não foi necessário cirurgia, uma vez que não houve fraturas.

O vice-prefeito continua internado no Hospital do Juruá, onde se recupera do acidente, mas não sabe quando terá alta médica para retornar ao seu município.

Tratores da prefeitura já beneficiaram quase 300 produtores rurais


Cruzeirenses que todos os dias compram nos mercados às margens do Rio Juruá, no centro da cidade, produtos da região como melancia, feijão e arroz, milho e hortaliças, entre outros, sequer imaginam a guerra que precisou ser vencida contra o tempo para a prefeitura recuperar tratores semi-destruídos há anos e correr em socorro de quase 300 pequenos produtores rurais.

Cruzeirenses que todos os dias compram nos mercados às margens do Rio Juruá, no centro da cidade, produtos da região como melancia, feijão e arroz, milho e hortaliças, entre outros, sequer imaginam a guerra que precisou ser vencida contra o tempo para a prefeitura recuperar tratores semi-destruídos há anos e correr em socorro de quase 300 pequenos produtores rurais. De acordo com o prefeito Vagner Sales, eles se sentiam abandonados por vários gestores que se sucederam na administração municipal. Aproximadamente 400 hectares na zona rural foram beneficiados, este ano, com o arado mecanizado através de máquinas recuperadas pela prefeitura.

O trabalho, que começou em junho e continuará até quando a chuva permitir, alcançou 16 comunidades em localidades como Badejos, Santa Bárbara, Santa Rosa, São Pedro, Mariana, Vila Lagoinha e Santa Luzia, entre outras. Para o prefeito Vagner Sales, “a idéia é fazer muito mais em 2010, com a aquisição de novas máquinas e insumos que tornem a terra ainda mais produtiva”.

Para isso o prefeito solicitou ao secretário de Agricultura, Erni XXX, que desenvolva projetos que possam ser encaminhados à bancada federal acreana e a diferentes órgãos do governo federal. Acostumado com a vida no campo, o prefeito Vagner Sales, acredita que o solo de Cruzeiro do Sul está exaurido por causa de muitos anos de queimadas e de plantio de uma só cultura, a da mandioca.
O secretário e engenheiro agrônomo Erni XXX explica que entre os projetos que estuda com a sua equipe, está incluído um programa para o enriquecimento do solo a partir do plantio de leguminosas, sem deixar de fora também a aplicação de calcário em larga escala na região.

Em sua opinião, a sensibilidade do prefeito, como homem do campo, facilitou o trabalho da sua secretaria. Erni lembra que em meados de maio, a Secretaria de Agricultura contava apenas com dois tratores que davam conta apenas de auxiliar o transporte da produção em localidades de difícil acesso, em ramais de Santa Luzia, Santa Rosa, São Pedro e Buritirana.

“O prefeito não desistiu e conseguiu comprar as peças para recuperar os tratores que estavam parados a muitos anos na garagem. Finalmente, em agosto, já podíamos contar com os cinco tratores da prefeitura rodando em diferentes pontos da zona rural”, conta o secretário. Hoje, fazendo uma avaliação preliminar, ele acredita que seria ideal, para atender a todos os agricultores de Cruzeiro do Sul, que a prefeitura pudesse contar nos próximos anos com pelo menos 12 tratores. Mas essa já uma outra guerra a ser vencida pela gestão atual.

Relatório

De acordo com documento da Secretaria de Agricultura, nas localidades de Badejo do Meio, Sacado da Alemanha e Boa Vista, foi mecanizada uma área de 56ha, o que beneficiou 30 produtores rurais. Em Santa Bárbara e Santa Maria, 42 produtores contaram com a ajuda dos tratores para arar 42ha.
Nas localidades de Santa Rosa, São Pedro, Mariana I e II, no Ramal dos Paulinos e Buritirana, uma área de 182ha, de 152 produtores, também contaram com a ajuda dos tratores da prefeitura. O mesmo aconteceu na Vila Lagoinha e Santa Luzia, com 35 produtores, proprietários de 45ha; e em Mourapiranga, Assis Brasil e Pentecostes, onde 26 agricultores também contaram com o apoio da prefeitura para arar seus 28ha.

Assessoria


terça-feira, 27 de outubro de 2009

Governo fecha BR 364 nesta sexta-feira, 30


Aberta para tráfego de veículos de carga e de passageiros desde o dia 11 de julho em toda a sua extensão, a BR 364 volta a ser fechada nesta sexta-feira, dia 30, pelo Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre). A decisão do órgão foi tomada após verificar o impacto das chuvas sobre a rodovia na semana passada. Mais de 2,6 mil veículos, entre carros, motos e ônibus, transitaram pela estrada no período de maio a outubro totalizando um fluxo de 19,4 mil passageiros.

Golby Pullig
Deracre retira veículos durante toda a próxima semana

Aberta para tráfego de veículos de carga e de passageiros desde o dia 11 de julho em toda a sua extensão, a BR 364 volta a ser fechada nesta sexta-feira, dia 30, pelo Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre). A decisão do órgão foi tomada após verificar o impacto das chuvas sobre a rodovia na semana passada. Mais de 2,6 mil veículos, entre carros, motos e ônibus, transitaram pela estrada no período de maio a outubro totalizando um fluxo de 19,4 mil passageiros. Na próxima semana, o Deracre percorrerá todo o trecho orientando os motoristas tanto do Acre, quanto de outros Estados do país a saírem do percurso por motivo de segurança.

O diretor do Deracre, Marcos Alexandre, lembra que a BR 364 está sendo construída com a rodovia aberta e que, por este motivo, os cuidados devem ser redobrados para garantir um trânsito mais seguro. "Não podemos fechar a BR para construí-la. Todo esse trabalho acontece com o tráfego liberado e requer condições especiais para conviver com a construção e com o transporte", explica orientando as pessoas que estão nos trechos em construção ou que pretendem voltar para casa, a programar o retorno até o dia 30. Na próxima semana, o Deracre dará suporte aos condutores de veículos que ainda estiverem nos trechos mais complicados.

Este ano o fluxo de produtos na BR 364 representou o dobro do verificado em 2008. Até o final da última semana foram transportadas 152 mil toneladas entre gêneros alimentícios, material de construção, peças de vestuário, medicamentos, bebidas, entre outros artigos. No ano passado este número alcançou as 73 mil toneladas. O número de caminhões que circularam no período também foi maior em 2009. De maio a outubro, 10.158 veículos de carga transportaram produtos de primeira necessidade para os moradores da região. Em 2008, o Deracre registou um volume de 8.028 caminhões.

Prefeito Vagner Sales dá posse a subprefeitos das vilas de Cruzeiro do Sul


Os subprefeitos de seis vilas de Cruzeiro do Sul assumiram o cargo na manhã desta segunda-feira (26). Na solenidade de posse, realizada no gabinete do prefeito, Vagner Sales disse que espera contar com o empenho dos seis líderes para que a prefeitura possa otimizar os recursos e melhorar a qualidade de vida dos moradores.

Os subprefeitos de seis vilas de Cruzeiro do Sul assumiram o cargo na manhã desta segunda-feira (26). Na solenidade de posse, realizada no gabinete do prefeito, Vagner Sales disse que espera contar com o empenho dos seis líderes para que a prefeitura possa otimizar os recursos e melhorar a qualidade de vida dos moradores.

Os subprefeitos que foram empossados nesta segunda-feira foram escolhidos pela própria comunidade. A prefeitura organizou processo eleitoral em cada vila e, através do voto direto, os moradores definiram a pessoa para representar o Poder Executivo Municipal na comunidade.

Como representante da Vila Santa Luzia do Pentecostes foi eleito pela população Gleisson da Silva Lima, para a Vila Santa Rosa foi escolhido o professor Lusmar da Silva Gualberto, foi eleito pelos moradores da Vila São Pedro Aldemir de Melo Leite, o representante da prefeitura na Vila Alagoinha a partir de agora é José André de Oliveira e, José Francisco Alves Campos, assumiu o cargo de subprefeito da Vila Santa Luzia.

Após assinado o Decreto de Posse pelo prefeito Vagner Sales, cada subprefeito falou da expectativa em assumir a função. “Vamos ser um elo da comunidade que representamos com o prefeito e todos os secretários. Temos certeza que com o empenho que o prefeito Vagner Sales já vem demonstrando ao atender nossas reivindicações vamos fazer um bom trabalho pelos moradores da Vila São Pedro” – afirmou o subprefeito Aldemir Leite.

Eles também elogiaram a iniciativa do prefeito Vagner Sales de democratizar a escolha dos subprefeitos. “É uma forma democrática de definir quem o povo quer ter como representante em sua comunidade e nós que fomos eleitos pelo voto da população temos mais responsabilidade e autonomia para reivindicar pelo que é de direto de cada cidadão que vive na vila em que representamos” – enfatizou o subprefeito de Santa Rosa, Lusmar Gualberto.

O presidente da Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul, Gilvan Freitas, e mais quatro vereadores, entre eles, os vereadores de oposição, Paulo Soriano e Altemar Virginio prestigiaram a solenidade. O vice-prefeito Mazinho Santiago e o secretário municipal de educação, Ivo Galvão, também esteve presentes. Os parlamentares afirmaram que a Câmara estará à disposição para colaborar com o trabalho de todos os subprefeitos empossados.

O prefeito Vagner Sales pediu empenho de cada um que assumiu o cargo e garantiu que vai dá toda a atenção necessária para que eles possam ter um trabalho reconhecido e que a prefeitura atenda as necessidades da população. “Vocês a partir de agora são os olhos da prefeitura em suas comunidades. Então, a prefeitura está de portas abertas para atender suas reivindicações que sejam de interesse da população” – garantiu o prefeito.

Prefeitura de Rodrigues Alves inaugura nova escola na zona rural


Os Alunos, pais e todos os servidores da escola São José II, na comunidade do Ramal da Mariana II, compareceram para prestigiar a inauguração da nova unidade de ensino que foi construída pela prefeitura e entregue a comunidade neste sábado, 24. O prefeito Burica, o presidente da Câmara do município, Darimar Rocha, o deputado estadual Tthaumaturgo Lima e o secretário municipal de educação fizeram a entrega da escola à comunidade.

Dejalcimar Rogerio

Os Alunos, pais e todos os servidores da escola São José II, na comunidade do Ramal da Mariana II, compareceram para prestigiar a inauguração da nova unidade de ensino que foi construída pela prefeitura e entregue a comunidade neste sábado, 24. O prefeito Burica, o presidente da Câmara do município, Darimar Rocha, o deputado estadual Tthaumaturgo Lima e o secretário municipal de educação fizeram a entrega da escola à comunidade.

A escola funcionava em um prédio de madeira que estava em ruínas e não oferecia mais condições de funcionamento. A nova unidade de ensino levou pouco mais de um mês para ser construída toda em alvenaria, com salas para a direção, cozinha salas de aula e de informática já equipada com cinco computadores.

O diretor, Marcos Anderson Soares, disse todos os funcionários ficaram satisfeitos com o novo local de trabalho. “Era um sonho ter uma escola na nossa comunidade com essa estrutura que vai facilitar a vida dos professores, dos alunos para que possamos ter aqui na nossa comunidade as mesmas condições dos estudantes que moram na cidade. A nossa escola está muito bonita e agora é um espaço digno para se trabalhar” – ressaptou.

A população do Ramal da Mariana II compareceu em grande quantidade para prestigiar a inauguração da escola São José II. Durante a solenidade o prefeito Burica disse que a educação é uma das prioridades de seu governo. “Tenho dito sempre que na minha administração daremos atenção especial para a educação e saúde. Já fizemos um trabalho de recuperação das escolas urbanas e agora estamos melhorando as unidades de ensino da zona rural. No próximo ano vamos valorizar os nossos professores elaborando o plano de carreira e melhorando o salário e vamos exigir que tenhamos uma educação de melhor qualidade” – afirmou Burica.

A escola são José II foi construída através de uma parceria com o governo do estado e vai funcionar com alunos da rede estadual e da rede municipal de ensino. No turno da manhã serão atendidos 50 estudantes que fazem parte do quadro da escola municipal e a tarde mais 50 alunos serão atendidos pela Secretaria Estadual de Educação.

O deputado Thaumaturgo foi um dos parceiros na elaboração do convênio entre estado e município para a construção da escola. “Esse é um exemplo de que a união entre os gestores traz os benefícios que a população precisa” – ressaltou o parlamentar.


segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Polícia Civil captura, em Rio Branco, foragido de Cruzeiro do Sul há 4 meses


Policias do Grupo Especial de Capturas da Polícia Civil (Gecapc) prenderam, na manhã desta segunda-feira (26), José Claúdio Ramos da Silva, 35, presidiário foragido da Justiça de Cruzeiro do Sul há quatro meses. Cláudio foi condenado a 12 anos de prisão, cumpriu 10 e fugiu ao ser liberado para visitar familiares.


José Cláudio Ramos da Silva, 35, condenado há 12 anos, por homicídio, cumpriu 10 anos e fugiu ao depois de ser liberado para visitar familiares

Por EZÍ MELO

Policias do Grupo Especial de Capturas da Polícia Civil (Gecapc) prenderam, na manhã desta segunda-feira (26), José Claúdio Ramos da Silva, 35, presidiário foragido da Justiça de Cruzeiro do Sul há quatro meses. Cláudio foi condenado a 12 anos de prisão, cumpriu 10 e fugiu ao ser liberado para visitar familiares.

Em 1995, um ano depois de seu pai ser assassinado, José Cláudio matou o assassino. Pelo crime, foi condenado a 12 anos de prisão, em regime fechado. Há quatro meses, depois de cumprir 10 anos da pena, recebeu licença de sete dias para visitar familiares, mas não retornou ao presídio de Cruzeiro. Ele foi preso na manhã desta segunda-feira, por policiais do Gapc, na rua Rio Grande do Sul, bairro Preventório, em um quarteirão.

Fonte noticiasdahora.com

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Alerta para Guajará: Acidente deixa um morto e dois feridos

Em Guajará algumas normas básicas de segurança no trânsito não são respeitadas e os acidentes acontecem de forma dramática. A falta do uso do capacete por pode ter sido um fator fundamental para a morte de Jesito Martins de Freitas que foi vitima de uma tragédia que aconteceu no início da noite de domingo (11). A colisão entre duas motocicletas deixou um morto e dois feridos e passou despercebida pelo noticiário.

Sem capacete motoqueiro teve morte instantânea

Mazinho Rogério
Em Guajará algumas normas básicas de segurança no trânsito não são respeitadas e os acidentes acontecem de forma dramática. A falta do uso do capacete por pode ter sido um fator fundamental para a morte de Jesito Martins de Freitas que foi vitima de uma tragédia que aconteceu no início da noite de domingo (11). A colisão entre duas motocicletas deixou um morto e dois feridos e passou despercebida pelo noticiário.

Guajará é uma cidade das mais isoladas da capital do estado do Amazonas onde ainda reina a tranqüilidade, mas que a população ainda não se habitou as normas legais que regem o trânsito em todo território brasileiro. Nas ruas os motoqueiros têm a liberdade de circular como querem. Muitos colocam até quatro pessoas na motocicleta e ninguém usa o capacete. No município amazonense que fica a menos de 20 quilômetros da cidade de Cruzeiro do Sul, até os próprios policiais desfilam pelas ruas em suas motocicletas sem usar capacete.

A família de Jesito de Freitas Martins sabe o prejuízo que pode ocasionar a falta de um capacete. O rapaz morreu de forma praticamente instantânea ao conduzir uma motocicleta em direção ao Bairro Floresta e se chocar com outra moto que era dirigida em sentido contrário por Marinaldo Nascimento. Além dos dois também saiu como vítima do acidente Manoel do Nascimento Silva que foi levado ao Pronto Socorro de Cruzeiro do Sul com traumatismo craniano.

Marinaldo teve apenas raladuras pelo corpo e saiu com hematomas no rosto. Depois de liberado pelos médicos ele foi detido por policiais militares de Guajará e conduzido à delegacia do município. A polícia de Guajará apurou que Marinaldo conduzia a motocicleta sob efeito de bebida alcoólica.
A família de Jesito acusa Marinaldo de ter provocado o acidente. "As pessoas que viram afirmaram que ele estava bêbado e invadiu a contramão para bater no meu irmão e causar a morte dele que ninguém aceita" - disse José Martins de Freitas, irmão da vítima.

Marinaldo confessou que estava bebendo, mas alega que não foi o álcool o principal fator que ocasionou o acidente. "Iam duas motos e apenas uma estava com o farol acesso. Tentei desviar a que ia com o farol acesso e não tive tempo de desviar a outra que vinha com o farol apagado" - disse o acusado.

ENSINO DOMICILIAR FOI DISCUTIDO POR ESPECIALISTAS NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

Na manhã de quinta-feira, dia 15 de outubro, aconteceu na Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados uma inédita discussão sobre a aprovação do ensino domiciliar no Brasil.


Edicarlos Costa

Na manhã de quinta-feira, dia 15 de outubro, aconteceu na Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados uma inédita discussão sobre a aprovação do ensino domiciliar no Brasil.

Nos últimos anos muitas famílias no Brasil estão buscando na Justiça autorização para educar os filhos em casa e o tema tem sido amplamente debatido na sociedade e agora chegou à vez do Congresso Nacional se posicionar.

Em muitos países, o ensino domiciliar, mais conhecido como HOMESCHOOLING, já existe há muitos anos e com resultados positivos. Grandes personalidades conhecidas mundialmente estudaram por este método, entre eles se destacam: Leonard da Vinci (pintor), Thomas Edison (inventor), John Wesley (teólogo), Albert Einstein (cientista), Benjamim Franklin (estadista), Agatha Christie (escritor), Charles Chaplin (ator) os presidentes dos Estados Unidos: Thomas Jefferson, Abraham Lincoln, George Washington, Franklin e Theodore Rossevelt, William Harrison entre outros.

O ensino domiciliar atenderia hoje no Brasil a necessidade de muitas famílias, especialmente daquelas que os pais, por motivo de trabalho, constantemente viajam ou mudam de cidades e até mesmo de países.

Os adeptos de o ensino domiciliar ainda defendem que a qualidade do ensino no Brasil nos últimos anos vem caindo e ensinar os filhos em casa pode ser uma oportunidade de garantir a qualidade e preparar melhor os filhos para o ensino superior
O debate na Câmara dos Deputados foi requerido pelo deputado federal Lobbe Netto (PSDB/SP) que pretende discutir o Projeto de Lei do deputado acriano Henrique Afonso (PV/AC) que prevê a liberdade do ensino domiciliar no Brasil para os pais que desejarem aplicar o método com seus filhos de idade de 06 a 14 anos.

Participarão da histórica Audiência Pública: o Ministro da Educação FERNANDO HADDAD, o professor PERI MESQUIDA que é pós-doctor em educação e professor titular da PUC do Paraná; o educador CLÁUDIO OLIVER, escritor e mestre em educação; o Sr. CLEBER DE ANDRADE NUNES, que é o autor de ação judicial pelo direito de educar os filhos em casa e o Dr. LUIZ CARLOS FARIA DA SILVA, doutor em Educação, Professor da Universidade Estadual de Maringá.

“O ensino domiciliar já é uma realidade nos países desenvolvidos e uma fonte de geração de emprego, pois muitos pais contratam professores particulares para ajudar os filhos em algumas matérias e o Brasil não pode ficar fora deste debate. O ensino domiciliar não enfraquecerá a escola, pelo contrário, será mais um instrumento que os educadores brasileiros poderão utilizar. Os alunos que estudam em casa deverão fazer as provas e os testes de conhecimento nas escolas convencionais. Estou feliz com a realização deste debate na próxima quinta-feira que será de alto nível”. Afirmou Henrique Afonso.
/div>

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Donald Fernandes denuncia delegado da policia federal de Cruzeiro do Sul na CPI da pedofilia

O deputado estadual do PSDB Donald Fernandes usou a tribuna da Assembléia Legislativa nesta quinta feira para denunciar o delegado da policia Federal de Cruzeiro do Sul Marcel Antonio Nême na CPI da pedófila, segundo o parlamentar o delegado não pode ficar escondido por trás da instituição, e precisa se explicar para o povo do Juruá o porque, que o mesmo andava para Tarauacá com duas adolescentes de 19 e 16 anos e uma criança de 6 anos ambas sem o conhecimento dos pais.

O deputado estadual do PSDB Donald Fernandes usou a tribuna da assembléia legislativa nesta quinta feira para denunciar o delegado da policia Federal de Cruzeiro do Sul Marcel Antonio Nême na CPI da pedófila, segundo o parlamentar o delegado não pode ficar escondido por trás da instituição, e precisa se explicar para o povo do Juruá o porque, que o mesmo andava para Tarauacá com duas adolescentes de 19 e 16 anos e uma criança de 6 anos ambas sem o conhecimento dos pais.

A denuncia do parlamentar foi sustentada palas reportagens veiculadas pela imprensa de Cruzeiro do Sul, inclusive com o depoimento da mãe da menor de 6 anos, a professora Eliane Alves Freire de 26 anos moradora do município de Guajará, onde o Delegado teria sumido com as menores, que só foram encontradas no dia seguinte juntamente com o delegado na BR364 voltando para Cruzeiro do Sul. Ao ser abordado pelo delegado geral da policia federal da cidade Roberto Freire que estava dando apoio juntamente com outros agentes para a mãe da criança de 6 anos, Nême disse que foi um mal entendido e que saiu com as meninas apenas para dar um passeio.

Mas para o deputado que é relator da CPI da pedofilia os argumentos do delegado não os convence, e o mesmo terá que se explicar na CPI, que deverá vim a Cruzeiro do Sul nos próximos dias para ouvi-lo, ‘‘a Policia Federal não pode ser manchado por conta da atitude ilegal deste delegado por isso a CPI vai investigar o caso para que a população saiba quem é este delegado e o porque que ele andava com as menores sem a autorização dos pais,disse o deputado.

Procurado pela imprensa local o Delegado Roberto Freire disse que a Policia Federal repudia a atitude do colega e que o mesmo responderá processo administrativo, que será investigado pela corregedoria da PF em Rio Branco, depende das circunstância da investigação o delegado será punido com advertência, ou suspensão ou até mesmo demissão.

Francisco Rocha


Câmara viabiliza a criação de novos municípios


Brasília - A Câmara dos Deputados acaba de instalar a Frente Parlamentar em Defesa da Regulamentação da Emenda Constitucional (15/96) que trata da criação de novos municípios. O objetivo do colegiado é rever a situação de todos os processos. A criação, incorporação, fusão e desmembramento de municípios dependerão de consulta prévia, mediante plebiscito, às populações das localidades envolvidas.

Brasília - A Câmara dos Deputados acaba de instalar a Frente Parlamentar em Defesa da Regulamentação da Emenda Constitucional (15/96) que trata da criação de novos municípios. O objetivo do colegiado é rever a situação de todos os processos. A criação, incorporação, fusão e desmembramento de municípios dependerão de consulta prévia, mediante plebiscito, às populações das localidades envolvidas.

Durante o governo FHC ocorreram impedimentos legislativos para a emancipação política de várias localidades e com a dificuldade de regulamentá-las quem mais tem sofrido com as dificuldades de legislação é a região Norte do país. O presidente da Frente Parlamentar, deputado Manoel Júnior (PSB-PB), disse que, se no passado a preocupação era evitar a criação de novos municípios com menos de mil habitantes, muitos distritos contam atualmente com até mais de 10 mil habitantes, prontos para serem emancipados. “É preciso rever a Constituição Federal” – argumentou.

Manoel Júnior explicou que para que sejam criados novos municípios é importante regulamentar o parágrafo 4º, do art. 18, da Constituição Federal, que é a emenda constitucional (15), dar condições e regras claras transparentes para que novos municípios sejam criados por lei complementar e definir pontos para que as assembléias legislativas possam legislar sobre a matéria. “De 1996 em diante, nenhum município poderia ser criado formalmente sem efetivamente ser regulamentado esse dispositivo constitucional” - disse.

Comissão Especial

O presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP), autorizou ontem a criação de uma comissão especial para analisar e oferecer parecer à Emenda Constitucional (15/96). O documento pedindo a instalação do colegiado foi entregue ao presidente da Casa pelos membros da Frente Parlamentar, entre os quais o deputado federal Ilderlei Cordeiro (PPS-AC). Ilderlei disse que até agora três localidades acreanas estão na lista da comissão para se tornarem municípios: Humaitá, em Porto Acre, Campinas, em Plácido de Castro e Santa Luzia, em Cruzeiro do Sul, cujos moradores há anos lutam pela elevação desses locais à condição de município. “A idéia é discutirmos o potencial econômico dessas regiões. Quem vai ganhar com a provável criação de mais três municípios é a população acreana” – disse o parlamentar.
Assessoria


quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Escolas da área urbana ganham laboratórios de informática


Através da Secretaria de Educação, a prefeitura de Cruzeiro do Sul continua revolucionando a Educação na área rural, agora com a implantação de quinze laboratórios de informática nas escolas municipais. “Em dois anos informatizaremos todas as nossas escolas”, prevê o secretário Ivo Galvão, que assinou contrato com a empresa OI, de telecomunicações, nessa terça-feira, para a instalação de internet ADSL (Banda larga), nas escolas das zonas rural e urbana.


Através da Secretaria de Educação, a prefeitura de Cruzeiro do Sul continua revolucionando a Educação na área rural, agora com a implantação de quinze laboratórios de informática nas escolas municipais. “Em dois anos informatizaremos todas as nossas escolas”, prevê o secretário Ivo Galvão, que assinou contrato com a empresa OI, de telecomunicações, nessa terça-feira, para a instalação de internet ADSL (Banda larga), nas escolas das zonas rural e urbana.

Para Ivo Galvão, “esse é um processo ininterrupto na busca de melhoria da qualidade de ensino”. Ele recorda que “em janeiro desse ano tinha comunidades sem escolas, outras que tinham escolas, mas sem condição de funcionamento, os alunos não tinham sequer um caderno ou um lápis, e os professores estavam desprovidos de ferramentas pedagógicas e treinamentos, sem a condição mínima para desenvolver um trabalho de qualidade”.

Escolas ao longo da BR-364, no Ramal 307, nas comunidades de Assis Brasil, Badejos, e nas margens dos rios Juruá e Juruá Mirim, entre outras, receberam nos últimos dias laboratórios com cinco computadores, impressora multifuncional e estabilizadores de energia. O secretário explica que para atender todo ensino fundamental, em todas as matérias, foi instalado o programa Línux Educacional.

“Estamos treinando os professores para que possam ensinar e orientar aqueles alunos, que nunca tiveram acesso à informática”, diz. Galvão comentou que o primeiro passo do prefeito Vagner Sales foi construir e reconstruir escolas, fornecer material escolar para os alunos, possibilitar o acesso às escolas e oferecer aos professores cursos de capacitação. “Agora sim, estamos modernizando o ensino dessas localidades”, comemora Ivo.

“Os filhos da mata, os pés descalços, as mãos calejadas que abastecem nossa cidade e nossas mesas com produtos do cabo da enxada e do terçado, terão a partir dessa administração uma nova perspectiva de vida. Agora esses jovens trabalhadores são ouvidos, respeitados e incluídos”, afirma.

Além da zona rural, as escolas Artur Maia, Corazita Negreiros, Darci Bezerra e Rita de Cássia, na área urbana, também ganharam laboratórios, cada um com dez computadores. O investimento nessas quatro escolas será de R$ 291,424,00, com recursos da prefeitura de Cruzeiro do Sul e do Ministério de Ciência e Tecnologia.

Assessoria



Câmara aprova projeto que define atividades privativas dos médicos

O Plenário aprovou, nesta quarta-feira, o Projeto de Lei 7703/06, do Senado, que define quais são as atividades privativas de médico e quais podem ser realizadas por outros profissionais da área de saúde. Conhecido como Ato Médico, o projeto volta ao Senado devido às alterações feitas na Câmara.
Câmara aprova projeto que define atividades privativas dos médicos
O Plenário aprovou, nesta quarta-feira, o Projeto de Lei 7703/06, do Senado, que define quais são as atividades privativas de médico e quais podem ser realizadas por outros profissionais da área de saúde. Conhecido como Ato Médico, o projeto volta ao Senado devido às alterações feitas na Câmara.

Aprovado na forma do substitutivo da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, o projeto lista as atividades privativas do médico. Entre elas estão: emissão de laudo de exames feitos por meio de endoscopia e de imagem (ecografia, por exemplo); prescrição de órteses e próteses oftalmológicas; e realização de perícia médica e exames médico-legais, exceto os exames laboratoriais de análises clínicas, toxicológicas, genéticas e de biologia molecular. O texto foi aprovado com as emendas da Comissão de Seguridade Social e Família.

Procedimentos invasivos
Atividades privativas mais óbvias também são explicitadas pelo texto, como indicação e execução de cirurgias; bloqueios anestésicos e anestesia geral; e execução de procedimentos invasivos, sejam da pele (com uso de produtos químicos ou abrasivos) ou do tecido abaixo da pele (como drenagem, enxerto ou sucção), assim como em orifícios naturais do corpo, atingindo órgãos internos.

Para o deputado Eleuses Paiva (DEM-SP), relator pela Comissão de Seguridade, a aprovação do projeto significa um momento histórico para a profissão. "Esse é um momento histórico porque estamos regulamentando uma das mais antigas profissões, cuja prática, no Brasil, está no nível das melhores medicinas internacionais", afirmou.

Outras profissões
O substitutivo define como não privativos de médicos os diagnósticos realizados por outros profissionais, tais como os diagnósticos: psicológico, nutricional, de avaliações comportamental e das capacidades mental, sensorial e psicomotora.
Segundo o texto, todos os procedimentos definidos como privativos de médico não se aplicam ao exercício da odontologia, no âmbito de sua área de atuação.

Competência resguardada
As competências específicas de várias profissões regulamentadas também são resguardadas. Incluem-se nesse caso as de assistente social, biólogo, biomédico, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, profissional de educação física, psicólogo, terapeuta ocupacional e técnico e tecnólogo de radiologia.

Outras profissões correlatas que vierem a ser regulamentadas também têm suas competências específicas resguardadas pelo texto.

Na opinião do deputado Lobbe Neto (PSDB-SP), relator do projeto pela Comissão de Educação e Cultura, o texto aprovado provoca uma tutela dos médicos sobre outras profissões da área de saúde. Ele citou como exemplo o destaque rejeitado que pretendia retirar do texto a atividade de emissão de diagnósticos citopatológicos da lista das privativas de médico.

"Somos contrários ao corporativismo que pretende tutelar outros profissionais, como na área laboratorial. Queremos regulamentar a profissão de médico, mas não a tutela que proíbe a assinatura de laudos que somente esses outros profissionais de saúde têm competência para emitir", disse.

Injeções
Atividades mais simples, normalmente feitas por outros profissionais ligados ao setor da saúde, são explicitamente citadas como não privativas de médico.

Entre elas podem ser citadas: aplicação de injeções subcutâneas, intramusculares ou intravenosas; coleta de material biológico para análise laboratorial; realização de exames citopatológicos (análise de amostras de células) e seus laudos; e realização de cateterismo sem cirurgias (no esôfago ou no nariz, por exemplo). Será necessária, entretanto, a indicação médica para o procedimento.

Também está excluído das ações privativas de médicos o atendimento à pessoa sob risco de morte iminente.

Administração e ensino
O PL 7703/06 torna privativos de médicos outros trabalhos, como a direção e a chefia de serviços médicos; a perícia e a auditoria médicas e a coordenação e supervisão vinculadas, de forma imediata e direta, às atividades privativas da carreira.

Na área de ensino, as disciplinas especificamente médicas são garantidas a esses profissionais, assim como a coordenação dos cursos de graduação, dos programas de residência médica e dos cursos de pós-graduação específicos para médicos.

Está de fora, entretanto, da condição de privativa a direção administrativa de serviços de saúde.

Reportagem - Eduardo Piovesan
Edição - Regina Céli Assumpção

Agência Câmara

Postos da prefeitura ampliam atendimentos a famílias


Depois de levar atendimento médico a todas as unidades de saúde e comunidades de difícil acesso, e após modernizar o laboratório de analises clinicas, a prefeitura de Cruzeiro do Sul surpreende novamente com atendimento às comunidades de profissionais como, psicólogos, nutricionistas fisioterapeutas, ginecologistas, professor de educação física, e assistente social, através do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família).


Depois de levar atendimento médico a todas as unidades de saúde e comunidades de difícil acesso, e após modernizar o laboratório de analises clinicas, a prefeitura de Cruzeiro do Sul surpreende novamente com atendimento às comunidades de profissionais como, psicólogos, nutricionistas fisioterapeutas, ginecologistas, professor de educação física, e assistente social, através do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família).

O programa vem sendo implantado em três unidades de saúde de Cruzeiro do Sul, um deles, tem previsão para iniciar as atividades dia 1º de novembro, no Centro de Saúde de Média Resolutividade Manoel Bezerra da Cunha, mais conhecido como Posto da 25, outro na Unidade Jesuíno Lins e um terceiro na Unidade São Braz. A secretaria de Saúde Léia de Oliveira, disse nessa terça-feira, que “o Ministério da Saúde propôs o projeto a alguns municípios, e o prefeito Vagner Sales, percebendo a demanda no município, aceitou a idéia de imediato”.

Segundo a secretária, no Acre, até o momento apenas três municípios contam com essas ações. Além de Cruzeiro do Sul, o único com três núcleos, também foram contemplados os municípios de Acrelândia e Plácido de Castro.

Léia conta que “a intenção é viabilizar uma assistência não somente do acompanhamento de pacientes que estejam acamados em suas residências, mas também acompanhar os exercícios físicos, no Centro do Idoso, por exemplo, por profissionais devidamente capacitados que possam esclarecer qualquer dúvida e fazer uma avaliação”.

Ela afirma que o acompanhamento de um psicólogo também é muito importante. “No município percebemos que a demanda na saúde mental tem se elevado. Têm muitos casos de depressão e síndrome do pânico, até em crianças”, lembra. Além de psicólogo, a população poderá contar com o atendimento de fisioterapeuta. Idosos que sofreram AVC (Acidente vascular cerebral, popularmente conhecido como derrame), crianças com deficiência de locomoção, pessoas vítimas de acidentes, que ficaram com seqüelas. Terão a oportunidade de diminuir os danos causados por traumas como esses.

“No caso de diabéticos e hipertensos, por exemplo, que às vezes não sabem ao certo o que devem ou não comer, o nutricionista fará essa orientação. Muitas vezes essas pessoas ficam carentes de nutrientes, porque sem orientação, acabam tirando do cardápio alimentos que lhe fazem falta”, ressalta. Entre essas e outras demandas, Léia declara que os casos de câncer de colo uterino e câncer de mama foram os primeiros aspectos a serem levantados.

Assessoria



terça-feira, 20 de outubro de 2009

Projeto sócio-ambiental beneficia comunidade amazônica no caminho da sustentabilidade


A linha da palmeira tucum (Astrocaryum chambira) está sendo aproveitada economicamente pela comunidade Vila Céu do Juruá, em Ipixuna – AM, através do projeto ‘Linha do Tucum’ elaborado pelo Instituto de Estudos da Cultura Amazônica (IECAM), com o patrocínio da Petrobras-MinC. O projeto representa uma alternativa de renda e de preservação ambiental para a comunidade Vila Céu do Juruá, formada por descendentes indígenas, ribeirinhos e ex-seringueiros.




Valorização do uso tradicional da linha do Tucum, palmeira amazônica, gera renda a comunidade extrativista do Vale do Juruá, associando preservação e cuidados com a floresta

Déborah Minardi (assessora de Comunicação do Iecam) deborahminardi@yahoo.com.br

A linha da palmeira tucum (Astrocaryum chambira) está sendo aproveitada economicamente pela comunidade Vila Céu do Juruá, em Ipixuna – AM, através do projeto ‘Linha do Tucum’ elaborado pelo Instituto de Estudos da Cultura Amazônica (IECAM), com o patrocínio da Petrobras-MinC. O projeto representa uma alternativa de renda e de preservação ambiental para a comunidade Vila Céu do Juruá, formada por descendentes indígenas, ribeirinhos e ex-seringueiros.

O projeto vem valorizando a arte tradicional da fiação da fibra da palmeira tucum e capacitando cerca de 30 artesãos locais na confecção de produtos feitos a partir da utilização de palhas, sementes, fibras, cocos, cipós e outros produtos florestais não-madeireiros da região. As palmeiras são os príncipes e as princesas da floresta amazônica e delas se obtém diversos produtos: óleo, suco, azeite, sal, teto, assoalho, arco, flecha, rede, chapéu, entre outros.

Até meados da década de 1950, o tucum era o único recurso dentro da floresta do qual era possível obter a linha fundamental para a sobrevivência, conforme explica o líder comunitário Alfredo Gregório, lembrando seu tempo de mocidade no seringal:
“Ninguém naquela época pegava um peixe se não tivesse com a linha do Tucum na história, fosse pro arco, fosse pro arpão, fosse pro caniço ou fosse pra malhadeira, que eles chamam manga... Então esse projeto está ajudando a implementar, ajudando o grupo, a geração nova e nós estamos bastante animados, gratos por isso, porque está nos ajudando a desenvolver uma escola aqui dentro.”

Patrimônio cultural imaterial

Com a chegada do nylon e outras linhas industriais a tradição da fiação herdada pelos caboclos descendentes dos índios Katukina e Kulina foi se perdendo, assim como diversos outros saberes tradicionais ligados à subsistência das populações da floresta.

A oficina-escola de artesanato na comunidade surgiu a partir da idéia de sistematizar o conhecimento local existente acerca das principais espécies utilizadas, considerando a importância da fiação da linha do tucum enquanto patrimônio cultural imaterial regional.

A equipe do projeto ‘Linha do Tucum’ está preparando exposições, uma prevista para o final de novembro na Biblioteca da Floresta Marina Silva em Rio Branco e, posteriormente, outra exposição no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Será lançado um site do projeto desenvolvido pela R3D3, o documentário “A linha da Lealdade”, produzido pela IMAGINE e os livros “Linha do Tucum: Artesanato da Amazônia” - que aborda os usos das palmeiras e sementes utilizadas no artesanato e no cotidiano do povo da floresta, com o apoio da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento - AECID - e “Viagens ao Juruá”, do líder comunitário Alfredo Gregório de Mello.

O resgate do conhecimento tradicional, a exemplo da arte da fiação do tucum, e beneficiamento de sementes, fibras e outros produtos florestais não madeireiros, além de contribuir para valorização da cultura local, é, sem dúvida, uma das melhores maneiras de se manter a floresta em pé, aliando o uso à conservação, desenvolvendo uma cultura voltada para o aproveitamento dos recursos disponíveis na floresta de uma forma sustentável, numa região destacada pela sua megadiversidade.

Estado do Acre pode adotar licença-maternidade de 180 dias


O Acre pode ser o vigésimo-primeiro estado a ampliar para 180 dias a licença maternidade a todas as funcionárias públicas estaduais. “Como médico, sou favorável, sim, ainda que este assunto não tenha entrado na pauta de discussões do governo. É justo que a mãe esteja integralmente à disposição até o sexto mês de vida do bebê”, opinou o secretário Oswaldo Leal (Saúde). “O Governo do Acre tem sido extremamente aberto a essas causas”, concluiu o secretário.
O Acre pode ser o vigésimo-primeiro estado a ampliar para 180 dias a licença maternidade a todas as funcionárias públicas estaduais. “Como médico, sou favorável, sim, ainda que este assunto não tenha entrado na pauta de discussões do governo. É justo que a mãe esteja integralmente à disposição até o sexto mês de vida do bebê”, opinou o secretário Oswaldo Leal (Saúde). “O Governo do Acre tem sido extremamente aberto a essas causas”, concluiu o secretário.

A proposta será levada ao governador Binho Marques pela deputada Perpétua Almeida (PCdoB), membro da comissão especial, na Câmara Federal, que irá elaborar relatório à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estica em 60 dias o novo prazo para o benefício. A intenção da deputada é reunir, numa campanha de esclarecimento sobre as vantagens do benefício, várias mulheres parlamentares e representantes do movimento de mulheres no estado.

“Somente Brasil e Noruega pagam integralmente a licença. Fico feliz que os governantes, nos estados, já não se preocupem tanto com o impacto fiscal da renúncia dos impostos que deixarão de ser recolhidos por parte das empresas. Os ganhos sociais são enormes”, lembrou a deputada, que se vale de dados científicos para defender, no Congresso, a aprovação de uma lei que valha para todo o país.

“O contato mãe-filho define a estrutura genética da criança. A amamentação se beneficiará desta licença e, portanto, garantirá as necessidades plenas da primeira infância, incluindo a adoção. Não devemos nos pautar pelo incentivo, mas como direito legítimo que precisa ser garantido em lei”, explicou perpétua Almeida.

“Quando diminuem as doenças, diminuem os gastos”, ensinou o presidente da Secretaria Nacional de Pediatria, Dioclécio Júnior, em audiência pública realizada há três semanas. A ampliação da licença, diz ele, tem reduzido os índices de diarréia (17%), Pneumonia (10%) e desnutrição (10%) no país. “É tratada pela Neurociência como direito inalienável para criança, mãe, pai e, especialmente, como vantagem às empresas e empresários”, explicou.

Rio Branco é um dos 130 municípios onde a lei já está valendo, graças a uma lei de autoria da vereadora Ariane Cadaxo sancionada pelo prefeito Raimundo Angelim. As servidoras da Assembléia Legislativa do Acre também têm este direito.

Bolsa Família- Cruzeiro do Sul transfere benefícios irregulares a famílias carentes


Um total de 1096 novas famílias comprovadamente carentes passou a receber o benefício do Programa Bolsa Família em Cruzeiro do Sul. Uma fiscalização rigorosa feita pela Prefeitura, resultou no corte de mais de mil pessoas que recebiam indevidamente o dinheiro destinado a famílias em situação de pobreza.
Um total de 1096 novas famílias comprovadamente carentes passou a receber o benefício do Programa Bolsa Família em Cruzeiro do Sul. Uma fiscalização rigorosa feita pela Prefeitura, resultou no corte de mais de mil pessoas que recebiam indevidamente o dinheiro destinado a famílias em situação de pobreza.

O prefeito Vagner Sales comemora os resultados obtidos e afirma que o objetivo de sua administração, sempre foi oferecer oportunidade a quem realmente precisasse. Ele determinou a Secretaria Municipal de Assistência Social, que realizasse uma fiscalização rigorosa nos beneficiários do Programa Bolsa Família. O resultado foi à comprovação de diversas irregularidades. Funcionários públicos, famílias de policiais e até pessoas consideradas de classe média, com casas bem construídas e carro na garagem, estavam recebendo indevidamente o dinheiro destinado pelo Governo Federal, a famílias em situação de pobreza ou de extrema pobreza. “Desde a minha campanha, quando conversava com as pessoas carentes que não conseguiam ser beneficiadas com os programas sociais, eu prometia que iria trabalhar para dar oportunidade aqueles que mais precisassem, e é o que estamos fazendo”.

Além da fiscalização, a Prefeitura está realizando o cadastro de famílias ribeirinhas e de outras áreas rurais do município, que vivem em situação de pobreza. Os cadastros serão apresentados ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, para que análise a situação dessas pessoas com alto grau de vulnerabilidade e que também necessitam de proteção social. O prefeito acredita que cerca de 2 mil pessoas serão cadastradas, mas comenta também, que um trabalho minucioso em áreas de difícil acesso, resultará na identificação de pelo menos 5 mil famílias na mesma situação.

Vagner Sales, garante ainda que a fiscalização vai prosseguir. Ele vai sugerir a Secretaria de Assistência Social, que denuncie à Polícia Federal, as próximas pessoas encontradas recebendo indevidamente o benefício, para que sejam investigadas.

Mãe acusa delegado de Polícia Federal de sumir com sua filha de 6 anos de idade

Eliane Alves Freire, professora do município de Guajará, viveu momentos de apreensão neste final de semana. Ela saiu de casa na manhã de sábado, 17, para realizar atividades escolares e deixou a filha de 6 anos de idade, em outra residência, sob a responsabilidade de uma adolescente de 16 anos. Ao retornar para buscar a criança a professora não encontrou a filha que havia sido levada para um passeio com três garotas na companhia do delegado Marcel Nemen da Polícia Federal. A mulher prestou queixa, mas só teve a filha de volta no dia seguinte.
Eliane Alves Freire, professora do município de Guajará, viveu momentos de apreensão neste final de semana. Ela saiu de casa na manhã de sábado, 17, para realizar atividades escolares e deixou a filha de 6 anos de idade, em outra residência, sob a responsabilidade de uma adolescente de 16 anos. Ao retornar para buscar a criança a professora não encontrou a filha que havia sido levada para um passeio com três garotas na companhia do delegado Marcel Nemen da Polícia Federal. A mulher prestou queixa, mas só teve a filha de volta no dia seguinte.

A mãe afirmou que começou a entrar em desespero quando foi informada que a filha tinha saído com a turma e ao anoitecer ainda não havia chegado. Preocupada a professora começou a procurar pela criança e conseguiu ter acesso ao número do celular e entrou em contato com o delegado.

Eliane disse que durante a ligação insistiu para que Nemen revelasse o local onde estava com a criança e as garotas, mas ele se negou em revelar. “Ele dizia que estava em Santa Luzia, perguntava se eu conhecia a vila, dizia que sim e queria saber um ponto de referência para que pudesse encontrar eles com minha filha, mas ele não falava. Depois disse que estavam em Mâncio Lima” – relatou a mãe.

A mulher prestou queixa no Distrito Policial de Guajará e procurou a Delegacia da Policia Federal em Cruzeiro do Sul. Uma equipe de agentes federais entrou em contato com o delegado que informou que estava na cidade de Tarauacá, a mais de 200 quilômetros de Guajará.

Ainda durante a noite a professora tentou ir buscar a filha em Tarauacá, mas devido à chuva forte não foi possível à viatura da Polícia Federal que conduzia a mulher fazer a travessia no porto de Rodrigues Alves. Só por vota das 11 horas da manhã do dia seguinte Eliane encontrou a criança que já estava na metade da viagem de volta para Cruzeiro do Sul.

As garotas que saíram com o delegado e levaram a criança são duas menores, com 16 anos, e uma de 19 anos que não quis ser identificada. Ela alegou serem amigas do delegado e que teriam saído apenas para um passeio. A jovem confessou que sempre saem com Nenen e negou algum envolvimento amoroso. “Saímos para voltar no mesmo dia, mas não foi possível devido à chuva e a criança foi com a gente porque a menina que estava cuidando dela quis levar” – afirmou a garota.

A mãe da criança disse que ficou “revoltada com a atitude irresponsável do delegado” de levar sua filha sem o seu consentimento e avalia a possibilidade de responsabilizar o agente de Polícia Federal. “Estou conversando com um advogado para tomar providências, porque só eu sei o desespero que passei. Ele não podia ter levado minha filha se nem me conhece” – disse a mãe.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Programa Especial de Ensino Médio forma primeira turma de Cruzeiro do Sul


Em Cruzeiro do Sul, este foi um fim de semana com a sensação de dever cumprido para os 500 alunos que concluíram o Ensino Médio pelo Programa Especial de Ensino Médio - PEEM Poronga. A cerimônia de formatura foi realizada na sexta-feira, 16, no espaço de eventos do Seminário Menor, com a presença de parentes e autoridades que participaram do evento, entre eles a secretária de Estado de Educação, Maria Corrêa, e a gerente de educação da Fundação Roberto Marinho, Vilma Guimarães.


Luciana Teixeira
Foto: Onofre Brito

Ao todo, 500 alunos concluíram os estudos com a iniciativa pioneira desenvolvida no Acre pelo Governo do Estado com apoio da Fundação Roberto MarinhoEm Cruzeiro do Sul, este foi um fim de semana com a sensação de dever cumprido para os 500 alunos que concluíram o Ensino Médio pelo Programa Especial de Ensino Médio - PEEM Poronga. A cerimônia de formatura foi realizada na sexta-feira, 16, no espaço de eventos do Seminário Menor, com a presença de parentes e autoridades que participaram do evento, entre eles a secretária de Estado de Educação, Maria Corrêa, e a gerente de educação da Fundação Roberto Marinho, Vilma Guimarães.

O motivo de orgulho pela conclusão do curso ficava ainda maior pelo fato de essa ter sido a primeira turma de estudantes que fazem parte do programa implantando em Cruzeiro em 2008. Os formandos são das escolas Craveiro Costa, Dom Henrique Ruth e Flodoardo Cabral.

A cerimônia foi comandada por Priscila Camargo, atriz da Globo. Essa é a terceira vez que a atriz apresenta a solenidade de formatura no Estado do Acre. "É emocionante participar de eventos como esse. Já participei de duas formaturas em Rio Branco e agora estou em Cruzeiro do Sul. Fico muito feliz, pois acredito que a educação é essencial para a vida, e ver os olhos dos formandos brilhando, radiantes de alegria pela formação que alcançaram, é algo que não tem preço", declarou.

O PEEM - Poronga é uma realização do Governo do Estado, executada pela Secretaria de Estado de Educação, em parceria com a Fundação Roberto Marinho, e tem como objetivo corrigir a distorção idade-série dos alunos da rede pública de ensino. Estimular, trazer esperança e fazer sonhar novamente são também metas do programa, que em 18 meses consegue mudar a vida e a história de tantos jovens através de uma metodologia diferenciada, motivadora, que estimula os alunos no empreendedorismo, proporcionando um ensino regular de forma criativa com o uso das novas tecnologias.

Sonho de formação

O projeto mudou a vida de alunos como Edilson da Silva Dias, que aos 41 anos de idade decidiu matricular-se nas turmas do PEEM na escola Flodoardo Cabral. O desejo de concluir o Ensino Médio venceu todo o desânimo e dificuldade do dia a dia e agora, pretende prestar vestibular para ciências biológicas. "Estou muito feliz em receber esse diploma. Agora não vou parar o meu sonho e vou continuar lutando, vou enfrentar as dificuldades e vou fazer minha faculdade."

Sonhar, lutar e acreditar é a fórmula para o sucesso. Outras experiências vivenciadas em Rio Branco mostram que ex-alunos do PEEM-Poronga atualmente estão inseridos nas universidades e outros que até já passaram em concurso público. A secretária estadual de educação Maria Corrêa destaca que o programa trabalha o resgate de jovens que estavam fora da sala de aula e a autoestima dos mesmos. "Esse programa é de suma importância, pois traz de volta os alunos para a sala de aula e lhes devolve sonhos, preparando-os para buscar outras formações."

O formando Gilliarde Oliveira da Silva, 18 anos, nasceu no Seringal Valparaíso. Aos 12 anos perdeu o pai e veio para Cruzeiro do Sul com a família em busca de dias melhores. Cedo precisou fazer uma tarefa difícil, harmonizar o trabalho com os estudos. Ele cursou o PEEM na Escola Dom Henrique Ruth e afirma que para crescer é preciso aproveitar as oportunidades. "Para mim a vida é como uma escada e a cada dia subimos um novo degrau e eu dei um salto quando ingressei no PEEM - Poronga e não perdi a oportunidade de continuar a minha formação."

Eloísa Barbosa, 37 anos, assim define o PEEM: "Uma bênção de Deus em nossas vidas". Casada, mãe de filhos, Eloísa é uma amazonense que veio para o Acre e sempre batalhou para vencer na vida. Embora tenha ficado um bom tempo fora da sala de aula, viu no programa um estímulo para continuar um sonho que sempre a acompanhou: conquistar o diploma de ensino médio. "Eu corri atrás e consegui. Não é fácil trabalhar e estudar, mas hoje posso dizer que eu venci essa etapa."

O Programa Especial de Ensino Médio é um projeto que vem dando resultados significativos para o Acre. Em 2009 foram mais de dois mil jovens formados que se encontravam desestimulados e fora do ensino regular e agora conquistaram o diploma de conclusão do ensino médio. "O Acre vem sendo exemplo para o Brasil inteiro nos resultados do enfrentamento desse desafio de corrigir a distorção idade-série", comentou Vilma Guimarães.

Desde o início do Programa - criado em 2005 -, 4.739 pessoas conseguiram concluir o ensino médio no Estado. O sucesso do projeto é tanto que o Acre se destaca como referência no país, despertando o interesse de outros Estados. Recentemente, um grupo de gestores da educação em Pernambuco veio conhecer de perto a experiência que dá certo no Acre.

Prefeito rebate críticas de diretor de hospital


Sem entrar em muitos detalhes, o prefeito Vagner Sales rebateu nessa segunda-feira uma possível declaração do diretor do Hospital Regional do Vale do Juruá, que teria dito a um site de notícias que “a Atenção Básica de Saúde não funciona em Cruzeiro do Sul”. O prefeito afirmou que “só o Posto de Saúde da 25 (Avenida 25 de Agosto) atende muito mais pacientes que atende aquele hospital, e que os laboratórios da prefeitura entregam os resultados dos exames em no máximo três dias e lá no hospital o resultado de um Raio-X leva até três meses para ficar pronto, quando o aparelho funciona ou não falta filme”.

Vagner Sales disse ainda que estuda a possibilidade de processar o site de notícias que emitiu uma opinião distorcida sobre a realidade da saúde no município de Cruzeiro do Sul, “e quanto ao doutor Marcos, seria bom se ele tratasse de se preocupar com o que anda errado naquele hospital, porque da saúde da Atenção Básica cuidamos nós”. O prefeito afirmou que, mesmo com pequenas dificuldades, a prefeitura hoje consegue dar atendimento médico em todas as suas unidades de saúde, inclusive naquelas que estão na zona rural, como Santa Luzia e Alagoinha, entre outras.

Assessoria



Cruzeiro do Sul abre 1.096 novas vagas para o Bolsa Família

Vagner Sales, prefeito de Cruzeiro do Sul, anunciou nessa segunda-feira, que neste mês de outubro a prefeitura conseguiu incluir 1.096 novas famílias no programa federal Bolsa Família, estendendo agora o benefício para quase oito mil famílias, o que diminui a lista de espera de 2.783 para 1.695 famílias carentes. “Isso é possível por causa do recadastramento que estamos fazendo domicilio a domicilio, e porque excluímos do programa centenas de pessoas que recebiam o benefício irregularmente”, declarou o prefeito.
Vagner Sales, prefeito de Cruzeiro do Sul, anunciou nessa segunda-feira, que neste mês de outubro a prefeitura conseguiu incluir 1.096 novas famílias no programa federal Bolsa Família, estendendo agora o benefício para quase oito mil famílias, o que diminui a lista de espera de 2.783 para 1.695 famílias carentes. “Isso é possível por causa do recadastramento que estamos fazendo domicilio a domicilio, e porque excluímos do programa centenas de pessoas que recebiam o benefício irregularmente”, declarou o prefeito.

Segundo Vagner Sales, “gente com carro na garagem, em casas de alvenaria, parentes de políticos, de policiais e tanta gente que não precisava, mas recebia todo mês o dinheiro do Bolsa Família”. O prefeito contou que a fiscalização do Tribunal de Contas da União e as ações da prefeitura tirou do cadastro pessoas que já haviam falecido, outras que fazem parte do cadastro da Renavam (de proprietários de veículos), da Previdência Social, ou que estavam filiados a algum partido político, ou não tinham CPF e nem outros documentos.

A limpeza no cadastro possibilitou a abertura de novas vagas, inclusive para a inclusão de sete famílias indígenas da etnia dos Katukinas, que também se enquadram no perfil de famílias que necessitam da atenção do governo federal.

“Isso nos deixa muito feliz porque sabemos que agora vamos beneficiar outras famílias carentes que esperaram tantos anos por uma ajuda como essa. Mas vamos mais além, queremos cadastrar as famílias de ribeirinhos, para que todas elas entrem para o sistema, para que o governo federal veja que em Cruzeiro do Sul tem ainda mais pessoas que precisam desse auxilio para sobreviver”, afirmou o prefeito.

Assessoria



Rodrigues Alves amplia em quase 30% o número de famílias beneficiadas com programas sociais

O prazo para o recadastramento das famílias inseridos nos programas de assistência social do Governo Federal que se encerraria no final de setembro foi adiado para o dia 31 deste mês, mas o município de Rodrigues Alves já concluiu o levantamento das famílias que necessitam do beneficio.

O prazo para o recadastramento das famílias inseridos nos programas de assistência social do Governo Federal que se encerraria no final de setembro foi adiado para o dia 31 deste mês, mas o município de Rodrigues Alves já concluiu o levantamento das famílias que necessitam do beneficio.

A Secretaria de Assistencial social levou mais de um mês para relacionar as famílias que podem participar do programa e para excluir as que não precisam. De acordo com a secretária de assistência Social de Rodrigues Alves, Monica Freitas, apenas seis foram excluídas e mais de trezentas foram inseridas no Cadastro Único que envolve PETI, Bolsa Família e outros programas de assistência social.
“Tínhamos aqui um total de 1221 famílias que recebiam esse auxílio do governo para cuidar dos filhos que freqüentam a escola, agora ampliamos para 1524. Isso é muito importante porque o nosso município ainda é muito carente e as famílias dependem desse auxílio” – disse Mônica Freitas

Para facilitar o cadastramento das famílias nos programas sociais do Governo Federal, a prefeitura informatizou todo sistema do Cad Único que agora é interligado via internet com Brasília. A secretária Mônica Freitas acredita que com isso poderá aumentar o numero de famílias beneficiadas.

“Ainda seria necessária à inclusão de mais de mil famílias que vivem em situação de extrema necessidade. Vamos agora lutar junto ao Governo Federal para que possamos ampliar o número de pessoas atendidas” – afirmou.


Nauas comemora 86 mais pode ficar fora do estadual de 2010


O vice campeão estadual em 2009 do campeonato acreano de futebol Nauas Esporte Clube que completou 86 anos nesta segunda feira dia 19 de outubro não tem muito o que comemorar, e que a equipe ainda luta para pagar as dividas do ultimo campeonato, segundo o presidente do clube Edivan Marques dos R$ 240mil gastos durante a competição ainda faltam mais R$ 60 mil a ser pago até 31 de dezembro, a equipe do Juruá é a que tem mais gastos na competição, e o único clube que paga para jogar o campeonato.
O vice campeão estadual em 2009 do campeonato acreano de futebol Nauas Esporte Clube que completou 86 anos nesta segunda feira dia 19 de outubro não tem muito o que comemorar, e que a equipe ainda luta para pagar as dividas do ultimo campeonato, segundo o presidente do clube Edivan Marques dos R$ 240mil gastos durante a competição ainda faltam mais R$ 60 mil a ser pago até 31 de dezembro, a equipe do Juruá é a que tem mais gastos na competição, e o único clube que paga para jogar o campeonato.

Após ter participado duas vezes do campeonato estadual ficando em 3º e 2º lugar, o Nauas se tornou a equipe numero um do Vale do Juruá e deu uma nova vida ao Estadual nos dois últimos anos , sendo a equipe que levou o maior numero de torcedores para os estádios, hoje se tornou um sonho para qualquer atleta da região jogar pelo Nauas.

O presidente do clube enfatiza que o NauAs é uma equipe de tradição em Cruzeiro do Sul e que não pode ser esquecida, mais se não conseguir pagar as dividas até dezembro a equipe não terá condições de participar em 2010 do campeonato estadual.

A programação em comemoração a aniversário do clube foi adiada para o dia 30 de outubro por conta de ainda não estarem prontos os troféus que serão entregues aos homenageados, durante estes 86 anos foram vários os craque do futebol cruzeirense que vestiram a camisa verde amarela do NauAs futebol clube, com destaque para o craque e campão mundial pala Seleção Brasileira, Garrincha que jogou durante trinta minutos pelo Nauas no estádio o Cruzeirão em 1971.

Por conta disto o presidente afirma que irá buscar ajuda de empresários e políticos da região que já ajudam o clube para que a equipe não fique de fora do campeonato acreano de 2010.


sábado, 17 de outubro de 2009

Vale do Juruá ganha serviço de Guincho 24 horas

O empresário manciolimense Pedro de Souza Lima, proprietário da empresa TRANSLIMA, após uma pesquisa de mercado, adquiriu um caminhão Mercedes Benz, Plataforma Auto Socorro Prática, com guincho, que atuará com serviço de atendimento 24 horas.

O empresário manciolimense Pedro de Souza Lima, proprietário da empresa TRANSLIMA, após uma pesquisa de mercado, adquiriu um caminhão Mercedes Benz, Plataforma Auto Socorro Prática, com guincho, que atuará com serviço de atendimento 24 horas.

O investimento do empresário para aquisição do guincho é de aproximadamente R$ 150.000,00 reais e prestará serviço de qualidade com preços e formas de pagamento facilitado para a malha viária dos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Guajará, Tarauacá e Feijó.

Segundo o empresário, Pedro Lima, o objetivo do Guincho 24 horas que é aprovado pelo Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) é de realizar procedimentos e serviços com qualidade, transportando veículos com segurança e agilidade, contribuindo assim para o bom atendimento da população dos municípios do Vale do Juruá.
"Precisou é só ligar (68) 9207- 4752, 9211-7576, finalizou o empresário."

Cleisson Costa