segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Flamenguistas comemoram vitória com carreata em Cruzeiro do Sul



A cidade de Cruzeiro do Sul foi invadida por uma grande massa de torcedores flamenguistas que desfilaram em carreata pelas ruas em comemoração á vitória sobre o Corinthians na penúltima rodada do Brasileirão neste domingo (29). Após o jogo as filas de carros e motos começaram a se formar e em pouco tempo tomaram conta das principais ruas e avenidas.

A cidade de Cruzeiro do Sul foi invadida por uma grande massa de torcedores flamenguistas que desfilaram em carreata pelas ruas em comemoração á vitória sobre o Corinthians na penúltima rodada do Brasileirão neste domingo (29). Após o jogo as filas de carros e motos começaram a se formar e em pouco tempo tomaram conta das principais ruas e avenidas.

Durante a partida as ruas estavam praticamente vazias. Em todos os bairros os torcedores permaneceram em frente à televisão durante os 90 minutos até se confirmar a vitória por 2 x 0. A cada gol marcada era grande o barulho dos gritos de comemoração em todos os cantos da cidade.

A festa também era grande logo após a cada gol marcado pelo Goiás sobre o São Paulo, principal rival do Flamengo, até então, na luta contra o título. Logo após o término da partida que colocou o Flamengo na liderança do Campeonato pela primeira vez este ano, começou a comemoração pra valer pelas ruas da cidade.

A euforia foi grande da massa rubro-negra em Cruzeiro do Sul. Uma fila quilométrica desfilou durante o restante da tarde por todas as ruas da cidade que ficou colorida de preto e vermelho. Os Flamenguistas colocaram as camisas e levaram bandeiras e com gritos “É campeão” extravasaram com a possibilidade de conquistar o ex-camponato no próximo domingo.

Secretaria de Agricultura de Rodrigues Alves melhora cardápio das escolas e do hospital com produção própria de verduras



Uma iniciativa inovadora da Secretaria Municipal de Agricultura de Rodrigues Alves fez aumentar o consumo de verduras nas escolas do município. A própria secretaria produz diversas variedades de hortaliças e distribui nas unidades de ensino. Os pacientes do Hospital da cidade, que é mantido pelo governo do estado, também estão sendo beneficiados com o alimento que é distribuído duas vezes por semana.

Uma iniciativa inovadora da Secretaria Municipal de Agricultura de Rodrigues Alves fez aumentar o consumo de verduras nas escolas do município. A própria secretaria produz diversas variedades de hortaliças e distribui nas unidades de ensino. Os pacientes do Hospital da cidade, que é mantido pelo governo do estado, também estão sendo beneficiados com o alimento que é distribuído duas vezes por semana.

As verduras são produzidas em uma horta que foi construída em um terreno de uma escola estadual. A direção da escola liberou o uso da área de terra e os técnicos da Secretaria de Agricultura plantaram as hortaliças. O projeto teve inicio há cinco meses com o plantio de tomate, cebola, berinjela, couve cebola, cenoura, quiabo e outras variedades que já estão sendo colhidas e distribuídas nas escolas e no hospital.

Pelos menos duas vezes por semana o secretário de agricultura de Rodrigues Alves, Anísio Barreto, visita as sete escolas municipais da zona urbana do município, mais o hospital da cidade, para entregar as verduras que são produzidas pela própria secretaria. “Nosso objetivo é melhorar qualidade da merenda escolar com custos mais reduzidos para o município” – disse o secretário.

Com a quantidade recebida, as diretorias das escolas estão incentivando os alunos a comer verdura. “Muitas crianças não tinham o hábito de comer verdura. Geralmente elas não gostam, mas como sabemos que é uma alimentação saudável, estamos fazendo sopas e colocando verduras em farofinhas e outros pratos que servimos. Isso melhorou muito a qualidade da alimentação que oferecemos às crianças” – disse a coordenadora da Escola Pedro Melo de Souza, Maria do Socorro Santana.
No hospital o cardápio também foi melhorado e os pacientes aprovaram a iniciativa da prefeitura. “A sopinha todo dia dá um show. Eles adoram” – disse o diretor do Hospital, Aciraldo Barbosa.

Segundo o secretário Anísio Barreto, o objetivo da prefeitura é levar o projeto para as escolas da zona rural. “Isso faz parte de um projeto que temos que vai oferecer às crianças uma alimentação mais saudável e diminuir os gastos da prefeitura com merenda escolar. Além disso, vamos incentivar a produção agrícola e de hortaliças comprando 30% da merenda da escolar do município direto dos produtores” – disse o prefeito Burica.

Piscicultores de Mâncio Lima aprovam projeto de R$ 1 milhão para investir na atividade



A Cooperativa dos Produtores de Peixe de Mâncio Lima (Cooperpeixe) conseguiu aprovar junto ao BNDES um projeto que vai alavancar a produção de peixes no município. No sábado, aconteceu na Colônia Santa Rita a assinatura do termo de compromisso da cooperativa com o governo do Estado, que garantiu a contrapartida necessária ao investimento do BNDES.

Cooperativa de produtores quer aumentar a produção de 160 para 500 toneladas de peixe por ano

Flaviano Schneider
Fotos Onofre Brito


A Cooperativa dos Produtores de Peixe de Mâncio Lima (Cooperpeixe) conseguiu aprovar junto ao BNDES um projeto que vai alavancar a produção de peixes no município. No sábado, aconteceu na Colônia Santa Rita a assinatura do termo de compromisso da cooperativa com o governo do Estado, que garantiu a contrapartida necessária ao investimento do BNDES. O ato resultou numa grande festa com presença de cooperados, produtores de peixe da região e familiares, sendo servido a todos o prato principal na hora do almoço: peixe assado na brasa.

O secretário de Produção, Mauro Ribeiro, entusiasmado, disse que em Mâncio Lima é produzido o “melhor piau do Brasil”. Ele lembrou a dificuldade dos primeiros criadores de peixe na região, época em que alguém chegou a vender sua moto para comprar ração em Manaus e informou que o projeto da Cooperpeixe foi o único aprovado para piscicultura na Amazônia pelo BNDES nos últimos quatro anos.

O banco vai investir R$ 884 mil e o governo do estado entra com a contrapartida de R$ 156 mil que vai possibilitar à Cooperpeixe a montagem de um mercado para comercialização do peixe, um laboratório para dar toda assistência técnica aos produtores e a compra de um caminhão de esteira, um trator com grade, um caminhão, caixas para transporte do peixe vivo, redes de pesca aerador, etc. Toda essa engrenagem possibilitará aos produtores da Cooperpeixe processar o peixe, fazer a filetagem, guardar em frigorífico e mesmo vender o peixe vivo.

O governo do Estado participa desde o começo da negociação com o BNDES e foi responsável pela elaboração do projeto em 2003, sob a coordenação da técnica Isanelda Magalhães, à época responsável pela Secretaria de Produção no Vale do Juruá. Agora o governo vai acompanhar a implantação do projeto, dar colaboração técnica e aportar os recursos da contrapartida.

A necessidade da técnica


O vice-governador Cesar Messias lembrou que em 1982 ele trouxe alevinos para o Juruá e colocou num açude. Quando foi fazer a despesca não tinha mais peixe nenhum. Com isso ele quis demonstrar a importância do uso da técnica, para quem pretende produzir peixe. Ele lembrou que a subsistência no Vale do Juruá sempre esteve relacionada ao consumo de peixe, farto nos lagos e rios da região.

No entanto, com o passar dos anos e com o crescimento da população, a produção natural de peixe não tem mais como garantir o abastecimento para toda a população, daí a necessidade de investimentos sempre crescentes na piscicultura, o que o governador Binho vem fazendo ininterruptamente. Para ele, o pólo piscicultor de Mâncio Lima já está desafiando o pólo do Bujari, no Vale do Acre.
O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Edvaldo Magalhães, também presente ao ato disse que o projeto só foi aprovado devido à organização comunitária existente em Mâncio Lima. “Tenho certeza que o dinheiro vai ser bem administrado” - disse.

Senador garante mais investimentos

O senador Tião Viana que passou o sábado no Vale do Juruá iniciando a entrega de mosquiteiros impregnados para combater a malária em Mâncio Lima também esteve na Colônia Santa Rita prestigiando a conquista da Cooperpeixe e avaliou o ato como um momento de afirmação da região em busca da independência econômica. Ele anunciou na ocasião que na próxima semana o governo do Estado estará dando a ordem de serviço para limpeza de lagos, rios e igarapés com recursos de R$ 450 mil oriundos de emenda individual sua e a implantação de um laboratório de alevinos no valor de R$ 390 mil, com recursos de outra emenda de sua autoria.

Sonho realizado

Para o presidente da Cooperpeixe, Sansão Nogueira, o projeto “é um sonho realizado que veio com muita luta. Hoje fica marcado um divisor de águas na piscicultura do Juruá. Vamos fazer do Vale do Juruá o maior pólo produtor de peixes do Acre. Acredito no Governo da Frente Popular e no governo do presidente Lula. Agora temos luz em todos os ramais e até asfalto em alguns”.

Ele explicou que o projeto vai proporcionar toda a estrutura que a cooperativa precisa para ampliar sua área de cultivo do pescado. “Vamos sair de uma produção de 160 toneladas para 300, 500 toneladas em curto espaço de tempo. É uma produção segura, pois tem todo o equipamento que a gente precisa para análise de água, dar assistência técnica a todos os produtores. Vamos ser contemplados também com um mercado para prepararmos o nosso pescado da melhor maneira possível e colocar na mesa do consumidor um produto de qualidade que agrade a população” - disse.

O juiz José Wagner Freitas Pedrosa Alcântara, responsável pela comarca de Mâncio Lima, participou do ato e gostou do que viu: “Iniciativas como esta geram grande ganho social o que inclusive se reflete no nível de violência, ou seja, as pessoas tendo renda e opção de vida, o nível de violência cai, e ajuda inclusive no nosso trabalho” - disse.

domingo, 29 de novembro de 2009

Governo do Estado reinaugura Ginásio Jáder Machado valorizando o esporte no Juruá


Os desportistas e amantes do esporte da região do Juruá têm agora um espaço de qualidade para treinos e campeonatos. O Governo do Estado entregou na noite desta sexta-feira, 27, as obras de reforma e ampliação do Ginásio Coberto Jáder Saraiva Machado, em Cruzeiro do Sul. Com as arquibancadas lotadas, a cerimônia foi comandada pelo vice-governador César Messias, e dirigentes de federações e associações esportiva da região. Esta é mais uma das 106 obras e ações que o Governo do Estado promove como parte das comemorações dos 106 anos da assinatura do Tratado de Petrópolis.

Vice-governador César Messias fez a entrega oficial das obras, que contou com a participação de dirigentes de diversas modalidades esportivas

Os desportistas e amantes do esporte da região do Juruá têm agora um espaço de qualidade para treinos e campeonatos. O Governo do Estado entregou na noite desta sexta-feira, 27, as obras de reforma e ampliação do Ginásio Coberto Jáder Saraiva Machado, em Cruzeiro do Sul. Com as arquibancadas lotadas, a cerimônia foi comandada pelo vice-governador César Messias, e dirigentes de federações e associações esportiva da região. Esta é mais uma das 106 obras e ações que o Governo do Estado promove como parte das comemorações dos 106 anos da assinatura do Tratado de Petrópolis.

A reinauguração foi marcada por apresentações do grupo de taekwondo de Cruzeiro do Sul, e em seguida, uma partida de futsal onde a equipe do Vale do Acre venceu por 3 a 1 a equipe do Vale do Juruá.

Situado quase defronte ao Teatro dos Náuas (obra que será entregue neste sábado), o Ginásio é o maior de Cruzeiro do Sul para esportes de quadra. Com a ampliação, o público terá mais espaço para as competições podendo receber até 1.000 expectadores, 600 deles em cadeiras confortáveis e outro tanto em arquibancadas de alvenaria. Na obra, somando investimentos e infraestrutura o Governo do Estado investe mais de R$ 800 mil.

O Ginásio irá contemplar todas as modalidades esportivas. Em sua fala, o Vice-governador César Messias afirmou que agora, Cruzeiro do Sul está preparado para receber grandes competições. "Acredito que torneios como o campeonato acreano de futsal, entre outros campeonatos estaduais, poderão agora acontecer também aqui no Juruá, valorizando o esporte e os atletas da região", afirmou.

O Secretário de Esporte, Turismo e Lazer, Cassiano Marques, confirmou que com a reforma será possível realizar em Cruzeiro do Sul partidas dos campeonatos estaduais de vôlei e futsal, que não aconteciam na cidade por falta de estrutura dos ginásios.

Os representantes de federações ficaram impressionados com o resultado das obras. "Acredito que a inauguração desse ginásio foi um dos maiores acontecimentos dos últimos anos na área desportiva aqui no Juruá", avaliou o presidente da Liga de Futsal de Cruzeiro do Sul, Sérgio Alves.

A iluminação é outro item que passou por reforma e foi ampliada, com troca de todas as luminárias (18 lâmpadas fluorescentes de 400 watts) e a novidade: o ginásio vai ter um placar eletrônico. Finalmente, o Ginásio foi todo pintado e no pátio da frente está sendo executado um projeto de jardinagem pela cultivadora de flores Gisalda Mariano.


sábado, 28 de novembro de 2009

Em Cruzeiro, Teatro dos Náuas será entregue neste sábado com show de Zé Geraldo


O Governo do Acre entrega neste sábado, as obras de reforma e revitalização do Teatro dos Náuas, em Cruzeiro do Sul como parte da programação de comemoração dos 106 anos da assinatura do Tratado de Petrópolis. Um investimento que irá melhor atender a comunidade artística e população de todo o Vale do Juruá. Foram investidos R$ 505.375,74 na revitalização do espaço de 1.017,80 metros quadrados e 428 poltronas. A solenidade será às 20 horas, com a presença do vice-governador César Messias e show do cantor Zé Geraldo, um dos grandes nomes da Música Popular Brasileira.

Edmilson Ferreira e Flaviano Schneider

Cerimônia marca as comemorações dos 106 anos do Tratado de Petrópolis no Juruá

O Governo do Acre entrega neste sábado, as obras de reforma e revitalização do Teatro dos Náuas, em Cruzeiro do Sul como parte da programação de comemoração dos 106 anos da assinatura do Tratado de Petrópolis. Um investimento que irá melhor atender a comunidade artística e população de todo o Vale do Juruá. Foram investidos R$ 505.375,74 na revitalização do espaço de 1.017,80 metros quadrados e 428 poltronas. A solenidade será às 20 horas, com a presença do vice-governador César Messias e show do cantor Zé Geraldo, um dos grandes nomes da Música Popular Brasileira.

O nome do teatro é uma homenagem aos Náuas (também escrito nawas) povo indígena do tronco linguístico Pano, que habitava o Vale do Juruá, e passaram por um processo de quase extinção por causa da exploração indiscriminada de suas terras. Atualmente, de acordo com a Fundação Nacional do Índio (Funai) existem cerca de 300 remanescentes Náuas no município de Mâncio Lima.

"A palavra Naua significa povo", lembrou Daniel Zen, presidente da Fundação Elias Mansour, mantenedora do espaço. Essa tribo teria dominado toda a região de Cruzeiro do Sul até onde hoje está localizada a cidade de Rodrigues Alves, no estirão que ainda atualmente é conhecido por 'Estirão dos Náuas'. Nesse contexto, o Teatro dos Náuas é uma referência à cultura do Juruá. Construído em 1998 pelo então governador Orleir Cameli, um dos mais importantes espaços de cultura do Vale do Juruá passou por profundas transformações. Suas 440 poltronas estarão adaptadas ao estilo da obra.

O teatro passou por um intenso processo de revitalização e conta agora com revestimento acústico, urdimentos, cortinas de palco, bambolinas e outros. Com a reforma, o teatro tem a relevância de atender a demanda da comunidade do Juruá. "É um espaço super importante para a cultura da região", disse a atriz Karla Martins.

Zé Geraldo

Na reinauguração do Teatro dos Náuas, o cantor Zé Geraldo apresentará o show Catadô de Bromélias, que ele preparou em comemoração aos seus 30 anos de carreira. No domingo, o cantor se reapresentará aos moradores de Cruzeiro do Sul, desta vez, na Praça da cidade, logo após a missa.

Entre 75 e 78, Zé Geraldo participou e foi premiado em inúmeros Festivais até gravar, em 1979, seu primeiro disco como Zé Geraldo, “Terceiro Mundo” (CBS). Ainda pela CBS lançou “Estradas” (80) e “Zé Geraldo” (81). Canções como “Cidadão”, “Como diria Dylan” e “Senhorita”, indispensáveis no repertório de seus shows, fazem parte desta primeira safra de gravações, assim como "Rio Doce", com a qual Zé Geraldo participou do Festival MPB-Shell de 1980, e "Milho aos Pombos", que tornou o artista conhecido em todo o Brasil no mesmo festival promovido pela Rede Globo, em 1981. Duas de suas músicas foram temas de novelas da Rede Globo: "Semente de Tudo" (Livre para Voar) e "São Sebastião do Rodeiro" (Paraíso).

Com mais de 30 anos de carreira, Zé Geraldo tem 16 discos lançados, fora coletâneas e compactos. O CD “Catadô de Bromélias”, o 16º de sua carreira, pelo seu próprio selo “Sol do Meio Dia”, com distribuição Unimar Music. O álbum conta com 10 faixas inéditas sendo “Na Barra do seu Vestido”, uma parceria com Zeca Baleiro, "As Canções do Embornal", parceria com Tavares Dias e “Última Reza”, de sua filha, também cantora e compositora, Nô Stopa.

Artistas aprovam investimentos

Victor Onofre é artista e dirige a Companhia Exodus de Artes Cênicas. Para ele, a reinauguração do Teatro dos Náuas tem um grande significado para a população do Vale do Juruá e vai incrementar a produção de peças teatrais, música, arte circense, entre outras.

O designer e roqueiro Paulo Giovani Nascimento Lima considera que o novo Teatro dos Nauas vai significar uma revolução cultural na cidade. Para ele, as escolas locais vão ganhar um espaço apropriado para atividades culturais e os artistas da região serão valorizados, porque a partir de agora terão um local próprio e adequado para apresentação de seu trabalho.

O veterinário e músico Sergio Argimon avalia a reinauguração do teatro dos Náuas de suma importância para revitalização e desenvolvimento das artes em Cruzeiro do sul.

O músico Alberto Loro é consagrado no Vale do Juruá com suas músicas que falam da vida e costumes da região. Para ele, a reinauguração do teatro é o principal acontecimento do ano no âmbito cultural da região. Ele explica que antes, para se fazer um show no teatro, era preciso alugar equipamentos. "Agora não, o teatro vai ter equipamentos completos que permitirão ao artista se apresentar de maneira mais confortável, sem precisar alugar nada", disse. No próximo dia 4 de dezembro, ‘Loro' (como é conhecido) vai fazer um show no teatro onde apresentará seu CD solo ‘Vale do Juruá'. Posteriormente, ele levará o mesmo show para vários municípios do Estado.

Prefeito em exercício sanciona lei que facilita pagamento de tributos


O prefeito em exercício de Cruzeiro do Sul, Gilvan Freitas, sancionou manhã desta sexta-feira (27), uma lei aprovada na Câmara Municipal que autoriza a prefeitura a dispensar, reduzir débitos e conceder parcelamento de créditos tributários para as dividas geradas até 31 de dezembro de 2008. Com a lei, os contribuintes poderão parcelar suas dividas em até 60 meses, desde que o valor da parcela não seja inferior a 30 UNIFPs, Unidade Fiscal Padrão do Município de Cruzeiro do Sul, equivalente a pouco mais de R$ 60.


O prefeito em exercício de Cruzeiro do Sul, Gilvan Freitas, sancionou manhã desta sexta-feira (27), uma lei aprovada na Câmara Municipal que autoriza a prefeitura a dispensar, reduzir débitos e conceder parcelamento de créditos tributários para as dividas geradas até 31 de dezembro de 2008. Com a lei, os contribuintes poderão parcelar suas dividas em até 60 meses, desde que o valor da parcela não seja inferior a 30 UNIFPs, Unidade Fiscal Padrão do Município de Cruzeiro do Sul, equivalente a pouco mais de R$ 60.

O Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo foi aprovado pelos vereadores de na última semana e em seguida voltou para a prefeitura para a sanção do prefeito. Por está assumindo o cargo na ausência do prefeito Vagner Sales, que foi à Marília no interior de São Paulo para formatura da filha, e do vice, Mazinho Santiago que está viajando como acompanhante de sua esposa a um tratamento de saúde, o presidente da Câmara Municipal, Gilvan, teve a responsabilidade de sancionar a Lei n° 515, de 27 de novembro de 2009 que entra em vigor a partir de sua publicação.

De acordo com a nova lei, a prefeitura pode dividir em até 60 parcelas todos os débitos fiscais obedecendo algumas condições. As parcelas não podem ser inferiores ao valor de 30 UNIPs, as parcelas devem ser pagas mensal e consecutivamente sob pena do cancelamento do parcelamento após atraso de três parcelas consecutivas, são algumas das determinações do acordo que será feito pelo contribuinte com a prefeitura. De acordo com a matéria, poderão ser negociadas até mesmo as dívidas em execução fiscal já ajuizada.

Para o prefeito em exercício, é uma forma das pessoas terem oportunidade de acertar as contas com o fisco municipal e terem suas propriedades regularizadas. “Agora as pessoas podem pagar as contas de IPTU de forma mais suave para o bolso. Sabemos nossa população gosta de pagar as contas, mas muita gente deixa de pagar na data certa por falta de condições financeiras e a prefeitura está facilitando a vida de nossos contribuintes que terão a oportunidade de pagar os impostos de suas propriedades e terem toda documentação em dias. É uma foram também do município aumentar a arrecadação para que possa fazer as obras básicas que dependem dos tributos municipais” – disse Gilvan.

Centro de Zoonoses trabalha com meta de vacinar mais de 13 mil cães e gatos em Cruzeiro do Sul


Agentes do Centro de Controle de Zoonoses de Cruzeiro do Sul iniciaram esta semana a Campanha da Vacinação Anti-rábica. A meta do município é vacinar 100% dos cães e gatos da cidade. Para isso, a coordenação do Centro espera contar com a colaboração da população no sentido de facilitar o serviço dos agentes.

Agentes do Centro de Controle de Zoonoses de Cruzeiro do Sul iniciaram esta semana a Campanha da Vacinação Anti-rábica. A meta do município é vacinar 100% dos cães e gatos da cidade. Para isso, a coordenação do Centro espera contar com a colaboração da população no sentido de facilitar o serviço dos agentes.

Três equipes de vacinadores estão distribuídas pela cidade com a finalidade de visitar todos os bairros e, de casa em casa, vacinar os animais domésticos. De acordo com o médico veterinário responsável pela campanha de vacinação, Eduardo, o Ministério da Saúde remeteu ao município pouco mais de 13 mil doses de vacina e todas serão aplicadas, já que de acordo com um levantamento que está sendo realizado, existem mais de 17 mil animais, entre cães e gatos.

Os servidores do Centro de Zoonoses utilizam uma ferramenta, denominada cambão, para imobilizar os animais e aplicar a vacina sem perigo de serem mordidos pelos cães. De acordo com o veterinário, todo o material utilizado na vacinação é descartável para evitar a contaminação de doenças.

“Os donos temiam que fossem utilizadas seringas e outros materiais em várias aplicações, mas isso não acontece. Após cada aplicação o material é descartado para evitar realmente a imunização dos animais. Então esperamos contar com o apoio da população e pedimos que segure seus animais e ajude os agentes a aplicar a vacina. É importante que as pessoas que trabalham o dia todo possam está atentos para o dia da vacinação no bairro em que moram para possam receber os agentes” – informou Eduardo.
A campanha de vacinação anti-rábica em Cruzeiro do Sul será realizada em um período de 20 dias com previsão de encerramento no dia 14 de dezembro. De acordo com Eduardo, só não é possível vacinar os animais que vivem soltos pelas ruas da cidade.

“Não temos como fazer o controle desses animais, pois não ficam em lugar certo e não é possível identificar os que seriam vacinados” – disse o veterinário.

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Ginásio Jáder Machado será reinaugurado nesta sexta em Cruzeiro do Sul, mais amplo e moderno



Uma partida de futsal entre o Vale do Juruá e o Vale do Acre marca em grande estilo a reinauguração do Ginásio Coberto Jáder Saraiva Machado nesta sexta-feira, 27, às 19 horas, em Cruzeiro do Sul. O vice-governador César Messias irá fazer a entrega oficial do espaço à população de Cruzeiro do Sul. Esta é uma das 106 obras e ações que o Governo do Estado promove como parte das comemorações dos 106 anos da assinatura do Tratado de Petrópolis.

Vice-governador Céssar Messias estará na solenidade de entrega das obras que valoriza a prática esportiva na região do Juruá


Uma partida de futsal entre o Vale do Juruá e o Vale do Acre marca em grande estilo a reinauguração do Ginásio Coberto Jáder Saraiva Machado nesta sexta-feira, 27, às 19 horas, em Cruzeiro do Sul. O vice-governador César Messias irá fazer a entrega oficial do espaço à população de Cruzeiro do Sul. Esta é uma das 106 obras e ações que o Governo do Estado promove como parte das comemorações dos 106 anos da assinatura do Tratado de Petrópolis.


A obra de reforma e ampliação está em seus últimos detalhes antes da inauguração. Situado quase defronte ao Teatro dos Náuas (obra que também está em fase final de reforma), o Ginásio é o maior de Cruzeiro do Sul para esportes de quadra. Com a ampliação, o público terá mais espaço para as competições podendo receber até 1.000 expectadores, 600 deles em cadeiras confortáveis e outro tanto em arquibancadas de alvenaria. Na obra, somando investimentos e infraestrutura o Governo do Estado investe mais de R$ 800 mil.

"Isto é fruto de um trabalho incessante de buscar a integração entre os Municípios de todo o Estado. Este ginásio passa a ser a referência para captação de grandes espetáculos esportivos para o Vale do Juruá, que nos últimos anos tem demonstrado capacidade de produzir talentos esportivos e de receber muito bem os seus visitantes", afirma a secretária Adjunta de Esportes, Suely Melo.

Segundo informa o mestre de obras, Raimundo Libânio Alemão, foram feitas aberturas laterais que melhoraram muito o sistema de ventilação, tornando o ambiente mais confortável mesmo estando lotado. A estrutura metálica da cobertura foi recuperada e toda a cobertura trocada. Além disso, foram construídas mais quatro salas, para o setor administrativo; construídos 16 banheiros (antes eram somente três); trocado todo o piso da quadra, duas salas para almoxarifado e um auditório, para eventos que envolvam as entidades desportivas e a Secretaria de Esportes. Nas portas e janelas foram colocadas proteções especiais e nas entradas principais portões de ferro.

O Secretário de Esporte, Turismo e Lazer, Cassiano Marques, afirma que o governo já providenciou a compra dos equipamentos para o funcionamento do Ginásio. Ele explicou que com a reforma será possível realizar em Cruzeiro do Sul partidas dos campeonatos estaduais de vôlei e futsal, que não aconteciam na cidade por falta de estrutura dos ginásios.

A iluminação é outro item que passou por reforma e foi ampliada, com troca de todas as luminárias (18 lâmpadas fluorescentes de 400 watts) e a novidade: o ginásio vai ter um placar eletrônico. Finalmente, o Ginásio foi todo pintado e no pátio da frente está sendo executado um projeto de jardinagem pela cultivadora de flores Gisalda Mariano.

Os jardins das obras

Dona Gisalda é conhecida na cidade como a maior cultivadora de plantas ornamentais da região. Ela cuida da preparação dos jardins do Ginásio e do Teatro dos Náuas. Nesta semana, orientava membros de sua equipe sobre a exata localização das plantas. Ela informa que estão sendo plantados nos dois jardins, mudas de paxiúba, agávia, buganvília, helicônias e dendê.

Ela diz que está gostando do ritmo que o governo está mantendo. "Estou gostando, o governo está restaurando o que já está pronto, não deixando que se acabe. E sabemos o quanto este tipo de obras como o teatro e o Ginásio são úteis para a população. Isto demonstra que o governo está tratando com carinho o dinheiro público, que, afinal, é nosso, é da população", disse.

Barco da Saúde já atendeu 10 mil ribeirinhos em 2009



Relatórios da Secretaria Municipal de Saúde revelam que a equipe que sobe e desce os quatro principais rios de Cruzeiro do Sul, levando médicos, dentistas, enfermeiros e outros profissionais da prefeitura, já realizou aproximadamente 10 mil atendimentos a ribeirinhos. O prefeito Vagner Sales lembra que o programa denominado Atendimento da Saúde Atuante Fluvial, é o cumprimento de promessas que havia feito às comunidades dos rios Juruá, Mirim, Valparaíso e Liberdade.


Relatórios da Secretaria Municipal de Saúde revelam que a equipe que sobe e desce os quatro principais rios de Cruzeiro do Sul, levando médicos, dentistas, enfermeiros e outros profissionais da prefeitura, já realizou aproximadamente 10 mil atendimentos a ribeirinhos. O prefeito Vagner Sales lembra que o programa denominado Atendimento da Saúde Atuante Fluvial, é o cumprimento de promessas que havia feito às comunidades dos rios Juruá, Mirim, Valparaíso e Liberdade.


Para o próximo ano a prefeitura está aperfeiçoando ainda mais os atendimentos. Segundo a secretária de Saúde, Léia de Oliveira, os ribeirinhos terão mais conforto com um consultório odontológico flutuante. “Hoje os atendimentos odontológicos ainda são improvisados, mas mesmo assim a maioria das pessoas nunca tinha visto um dentista antes”.


Além do atendimento odontológico, o barco alugado pela prefeitura visita centenas de comunidades ribeirinhas levando. Entre as enfermidades mais preocupantes que assolam a região, de acordo com Léia de Oliveira, estão a desnutrição, verminose, os casos de hepatites, hanseníase e tuberculose, além da malária. Ela contou que a prefeitura planeka ações mais específicas para combater essas doenças.


“Para conseguir mais rapidez no diagnóstico de casos de malária, enviamos mais doi microscopistas para comunidades do Rio Valparaiso, e três para o Rio Mirim. Além disso o nosso barco sempre leva um microscopista para a realização dos exames de sangue em casos de suspeita da doença. Este ano também realizamos 800 exames ginecológicos para detectar doenças como câncer do colo de útero”, declarou a secretária.



Assessoria


Governo entrega reforma do Teatro dos Náuas neste sábado em Cruzeiro



O Governo do Acre entrega no próximo sábado, dia 28, as obras de reforma e revitalização do Teatro dos Náuas, em Cruzeiro do Sul como parte da programação de comemoração dos 106 anos da assinatura do Tratado de Petrópolis. Um investimento que irá melhor atender a comunidade artística e população de todo o Vale do Juruá. Foram investidos R$ 505.375,74 na revitalização do espaço de 1.017,80 metros quadrados e 428 poltronas. A solenidade será às 20 horas, com a presença do vice-governador César Messias e show do cantor Zé Geraldo.

Espaço valoriza produção cultural da cidade; cerimônia terá show do cantor Zé Geraldo e marca as comemorações dos 106 anos do Tratado de Petrópolis


O Governo do Acre entrega no próximo sábado, dia 28, as obras de reforma e revitalização do Teatro dos Náuas, em Cruzeiro do Sul como parte da programação de comemoração dos 106 anos da assinatura do Tratado de Petrópolis. Um investimento que irá melhor atender a comunidade artística e população de todo o Vale do Juruá. Foram investidos R$ 505.375,74 na revitalização do espaço de 1.017,80 metros quadrados e 428 poltronas. A solenidade será às 20 horas, com a presença do vice-governador César Messias e show do cantor Zé Geraldo.


O nome do teatro é uma homenagem aos Náuas (também escrito nawas) povo indígena do tronco linguístico Pano, que habitava o Vale do Juruá, e passaram por um processo de quase extinção por causa da exploração indiscriminada de suas terras. Atualmente, de acordo com a Fundação Nacional do Índio (Funai) existem cerca de 300 remanescentes Náuas no município de Mâncio Lima.

"A palavra Naua significa povo", lembrou Daniel Zen, presidente da Fundação Elias Mansour, mantenedora do espaço. Essa tribo teria dominado toda a região de Cruzeiro do Sul até onde hoje está localizada a cidade de Rodrigues Alves, no estirão que ainda atualmente é conhecido por 'Estirão dos Náuas'. Nesse contexto, o Teatro dos Náuas é uma referência à cultura do Juruá. Construído em 1998 pelo então governador Orleir Cameli, um dos mais importantes espaços de cultura do Vale do Juruá passou por profundas transformações. Suas 440 poltronas estarão adaptadas ao estilo da obra.

O teatro passou por um intenso processo de revitalização e conta agora com revestimento acústico, urdimentos, cortinas de palco, bambolinas e outros. Com a reforma, o teatro tem a relevância de atender a demanda da comunidade do Juruá. "É um espaço super importante para a cultura da região", disse a atriz Karla Martins.

Artistas aprovam investimentos


Victor Onofre é artista e dirige a Companhia Exodus de Artes Cênicas. Para ele, a reinauguração do Teatro dos Náuas tem um grande significado para a população do Vale do Juruá e vai incrementar a produção de peças teatrais, música, arte circense, entre outras.

O designer e roqueiro Paulo Giovani Nascimento Lima considera que o novo Teatro dos Nauas vai significar uma revolução cultural na cidade. Para ele, as escolas locais vão ganhar um espaço apropriado para atividades culturais e os artistas da região serão valorizados, porque a partir de agora terão um local próprio e adequado para apresentação de seu trabalho.

O veterinário e músico Sergio Argimon avalia a reinauguração do teatro dos Náuas de suma importância para revitalização e desenvolvimento das artes em Cruzeiro do sul.

O músico Alberto Loro é consagrado no Vale do Juruá com suas músicas que falam da vida e costumes da região. Para ele, a reinauguração do teatro é o principal acontecimento do ano no âmbito cultural da região. Ele explica que antes, para se fazer um show no teatro, era preciso alugar equipamentos. "Agora não, o teatro vai ter equipamentos completos que permitirão ao artista se apresentar de maneira mais confortável, sem precisar alugar nada", disse. No próximo dia 4 de dezembro, ‘Loro' (como é conhecido) vai fazer um show no teatro onde apresentará seu CD solo ‘Vale do Juruá'. Posteriormente, ele levará o mesmo show para vários municípios do Estado.




Itamaraty garante à Aleac apoio a estudantes brasileiros na Bolívia



O embaixador Antônio de Aguiar Patriota, diretor-geral do Ministério das Relações Exteriores, garantiu que o Itamaraty vai desenvolver uma estratégia específica para alcançar um entendimento com o Governo da Bolívia que coloque fim aos constrangimentos a que são submetidos os estudantes brasileiros naquele País.

O embaixador Antônio de Aguiar Patriota, diretor-geral do Ministério das Relações Exteriores, garantiu que o Itamaraty vai desenvolver uma estratégia específica para alcançar um entendimento com o Governo da Bolívia que coloque fim aos constrangimentos a que são submetidos os estudantes brasileiros naquele País.


A decisão foi comunicada em reunião, nesta quinta-feira, 26, de Patriota com o presidente da Aleac, Edvaldo Magalhães, o chefe do Gabinete-Civil do Governo do Acre, Edson Manchini, deputados estaduais e deputados da bancada federal acreana. Também participou da reunião o embaixador Oto Agripino Maia, subsecretário das Comunidades Brasileiras Residentes no Exterior.


“As denúncias foram tão espontâneas e unânimes que não podem ser ignoradas. Vamos tomar medidas enérgicas para que isso não volte a ocorrer”, garantiu Patriota. Esta foi a primeira declaração oficial de uma alta autoridade do Itamaraty sobre a questão dos estudantes brasileiros na Bolívia depois que a Assembleia deu visibilidade ao problema.


A audiência com Patriota foi solicitada por Edvaldo Magalhães depois que uma comissão de sete parlamentares da Aleac voltou de uma visita, no final de outubro, às universidades de Santa Cruz de La Sierra onde estudam cerca de dois mil acreanos entre os cinco mil alunos de outros estados brasileiros.


Após de três dias de viagem, entre 27 e 29 de outubro, os parlamentares voltaram estarrecidos com uma série de denúncias contra a polícia boliviana e a própria representação diplomática do Brasil naquela cidade. As denúncias foram levadas pelos alunos, primeiramente, em duas audiências com os deputados, com duração de três horas cada uma na Ucebol (Universidade Cristã da Bolívia) e outra na Unabol (Universidade de Aquino da Bolívia) reunindo cerca de 1500 estudantes de vários estados brasileiros, desde o Amazonas até o Rio Grande do Sul.


Nesta quinta as denúncias foram repetidas no Itamaraty por quatro representantes dos alunos. Os estudantes denunciaram que são extorquidos pela Interpol (Polícia Internacional) da Bolívia e, quando vão reclamar para o Consulado brasileiro, continuam sendo ignorados. “Como a burocracia torna impossível a obtenção de vistos de estudantes, eles vivem clandestinamente com visto de turista o que os torna presa fácil da extorsão policial. E quando vão pedir orientação a quem deveria lhes dar proteção, continuam sendo tratados como infratores pela diplomacia brasileira”, explica o presidente Edvaldo Magalhães.


Antes da visita às universidades de Santa Cruz de la Sierra, Edvaldo e a comitiva de parlamentares foram recebidos em La Paz pelos ministros da Educação da Bolívia, Roberto Aguillar e da Justiça, Celima Torrico. “Não poderíamos ser melhores sucedidos. Em um único dia nos entrevistamos com dois ministros de Estado, numa demonstração clara de que não vão poupar esforços para solucionar nossas pendências”, analisou Edvaldo.


Estavam presentes na Bolívia os deputados Ney Amorim (PT), Luiz Calixto (PSL), Delorgem Campos (PSB), Helder Paiva (PR), Walter Prado (PDT), Josemir Anute (PP), Luis Gonzaga (PSDB) e Donald Fernandes (PSDB). O presidente da Câmara de Rio Branco, Jessé Santiago (PSB) também acompanhou a comitiva.


NO ITAMARATY

Durante a reunião desta quinta-feira no Palácio do Itamaraty, participaram quatro estudantes escolhidos durante as audiências nas universidades de Santa Cruz, entre os quais a acreana Patrícia Sakur Azevedo. A estudante relatou que, ainda na semana passada, dois brasileiros foram retirados da sala de aula algemados pela Interpol sob acusação de estarem no País ilegalmente.


Não bastasse a perseguição policial, os alunos brasileiros são alvo de ladrões bolivianos que os consideram pessoas ricas, embora estejam estudando na Bolívia por não terem recursos para freqüentar universidade privada no Brasil. Eles relataram que são vítimas corriqueiras de arrastões, agressões físicas e de assaltos. “E quando vamos dar queixa precisamos pagar pelo boletim de ocorrência e até pelo combustível da viatura”, relatou Patrícia Azevedo.


O embaixador Antônio Patriota se disse muito surpreso com as reclamações dos estudantes de que são destratados especialmente pelo Consulado brasileiro em Santa Cruz de la Sierra. Mas, declarou que acredita nas queixas, porque se tratam de manifestações espontâneas e unânimes. Por isso, assumiu o compromisso de tomar providências administrativas enérgicas.


Com relação ao problema do visto para estudantes, o embaixador propôs constituir um Grupo de Trabalho (GT) interministerial envolvendo autoridades acreanas para discutir uma estratégia de negociar um pacto com o governo boliviano. Segundo a proposta do diplomata, este GT pode ser criado nos moldes do que está intermediando uma solução para as famílias de agricultores que residem na faixa de fronteira da Bolívia. Para Antonio Patriota, o governo boliviano não deve ter interesse em afugentar os estudantes brasileiros, pois eles representam uma considerável fonte de receita para o País.


BUROCRACIA

Edvaldo Magalhães considerou o encaminhamento muito positivo. Segundo ele, a proposta terá desdobramentos práticos, sendo que a simplificação do visto de permanência é o mais esperado. “Existe um tratado não cumprido de liberdade de trânsito entre estudantes dos dois países e este pode ser o ponto de partida a ser negociado”, informa o presidente. Ele explica que entre os principais entraves da burocracia para obtenção do visto, os brasileiros são obrigados a se submeter a exame de HIV, atestado de solvência econômica, documentos do Itamaraty e comprovação da ajuda financeira que recebem de seus pais desde o Brasil.


A deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) entendeu que é preciso dar um basta nesta exposição, que parece permanente, dos estudantes brasileiros no exterior. Também participaram da reunião os deputados Ney Amorim (PT), Delorgem Campos (PSB) e Luiz Calixto (PDT). Pela bancada federal participaram os deputados Fernando Melo (PT), presidente da Frente Parlamentar Brasil-Bolívia e coordenador da Bancada Federal do Acre; Sérgio Petecão (PMN) e Ilderley Cordeiro (PP). O chefe do Gabinete-Civil, Edson Manchini informou que o governador Binho Marques tem se preocupado desde o primeiro momento com esta questão e defende uma postura mais contundente por parte da Diplomacia Brasileira.

Agencia Aleac

Cruzeiro do Sul vive nova era na limpeza pública



Além do trabalho intenso de limpeza de ruas, agora até os córregos estão sendo limpos e desobstruídos para evitar alagamentos. Pensando em facilitar o acesso de todos os moradores, o prefeito Vagner Sales autorizou também a construção de trapiches em áreas alagadiças, quase um quilômetro e meio já foi construído em cinco bairros.


Além do trabalho intenso de limpeza de ruas, agora até os córregos estão sendo limpos e desobstruídos para evitar alagamentos. Pensando em facilitar o acesso de todos os moradores, o prefeito Vagner Sales autorizou também a construção de trapiches em áreas alagadiças, quase um quilômetro e meio já foi construído em cinco bairros.

O município de Cruzeiro do Sul acaba de adquirir com recursos próprios, uma varredora coletora no valor de R$ 110 mil. O equipamento que está sendo utilizado na limpeza das ruas do centro da cidade, era até então, algo desconhecido dos cruzeirenses. A máquina é utilizada para retirar a areia que fica sobre o asfalto e calçadas, provocando poeira e trazendo desconforto aos condutores de veículos, pedestres e comerciantes. Com a utilização da varredora coletora que funciona com a ajuda de um trator, a mão de obra de trinta homens varredores de ruas, passou a ser utilizada em outras atividades. O prefeito Vagner Sales considera importantíssima a utilização da varredora e garante que seu objetivo é melhorar cada vez mais a infra-estrutura do município, comprando equipamentos indispensáveis para uma cidade do tamanho de Cruzeiro do Sul.

Uma equipe da Secretaria de Obras está trabalhando intensamente na construção de caixas de lixo em alvenaria. As caixas colocadas em uma altura padrão que dificulta o acesso dos cães, estão sendo distribuídas nos bairros da cidade. “Essas caixas que custavam na administração passada R$ 200, estão custando agora R$ 70, porque estão sendo construídas através de administração direta, significando uma boa economia”, comenta Amauri, chefe do setor de limpeza pública do município.

O prefeito Vagner Sales mantém sua postura de distribuição de renda para todas as pessoas. Atualmente ele determinou a construção de trapiches em diversos bairros da cidade, onde ainda existem áreas alagadiças, assegurando o direito a todos de ir e vir. Até agora os Bairros da Várzea, Cobal, Telégrafo, Vila São Pedro e comunidade Boca do Moa foram atendidos, totalizando 1359 metros de trapiche em madeira. Os bairros Cruzeirinho e Miritizal que fica no segundo distrito, também serão contemplados.

A limpeza dos córregos é outra medida inédita que alcança principalmente as populações mais carentes. Homens da Secretaria de Obras estão fazendo a roçagem e retirando entulhos de dentro dos igarapés e córregos, facilitando a drenagem da água. “Quando iniciei meu mandato sempre deixei claro que vou procurar distribuir os benefícios do poder público municipal a todas as pessoas. Os problemas que eram deixados de lado vamos encarar e trabalhar para melhorar a vida das pessoas mais sofridas”, enfatiza Vagner Sales.

A limpeza pública em Cruzeiro do Sul obteve avanços significativos este ano. Qualquer pessoa que volta a visitar a cidade percebe as mudanças, as ruas limpas e bem cuidadas. Atualmente 42 homens e cinco caminhões estão empregados na limpeza diuturnamente.

Assessoria

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Gladson consegue recursos para o interior.



O deputado Gladson Cameli (PP) recebeu a confirmação, ontem em Brasília, do empenho, através do ministério das Cidades, de 2 emendas do Orçamento de 2009. Cruzeiro do Sul foi contemplada com R$ 1.500.000,00 enquanto Tarauacá ficou com R$ 700.000,00 para serem empregados em infraestrutura urbana. As emendas incluem obras como calçamento,pavimentação de ruas e até construção de casas populares..”O importante é que os recursos sejam bem utilizados para beneficiar as comunidades locais”, disse o deputado


O deputado Gladson Cameli (PP) recebeu a confirmação, ontem em Brasília, do empenho, através do ministério das Cidades, de 2 emendas do Orçamento de 2009. Cruzeiro do Sul foi contemplada com R$ 1.500.000,00 enquanto Tarauacá ficou com R$ 700.000,00 para serem empregados em infraestrutura urbana. As emendas incluem obras como calçamento,pavimentação de ruas e até construção de casas populares..”O importante é que os recursos sejam bem utilizados para beneficiar as comunidades locais”, disse o deputado

As prefeituras beneficiadas deverão ser comunicadas do empenho de descentralização dos recursos para a Caixa Econômica Federal(CEF) ,que passa a ser a unidades gestora.A CEF,então,deverá orientar as prefeituras para o procedimento necessário para a implementação das obras,como realização de licitação e cronograma de desembolso.Após concluir esta semana a elaboração das emendas para o Orçamento de 2010,onde priorizou a infraestrutura ,educação,saúde e agricultura,o deputado aguarda ainda a comunicação do empenho de emendas nas áreas de pesca, educação,provisão habitacional e infraestrutura complementar da faixa de fronteira.

O deputado enfatizou que a preocupação este final de ano é justamente acompanhar e acelerar a liberação das emendas pendentes dos orçamentos anteriores. Ele fez ainda um apelo aos prefeitos para que mantenham as administrações municipais adimplentes,uma exigência básica do Governo Federal para a liberação dos recursos. O deputado lembrou ainda que,durante seu mandato, elaborou emendas beneficiando todos os municípios acreanos,sem levar em conta a coloração partidária das prefeituras.Minha intenção,disse ele,é garantir os recursos para todas as comunidades acreanas.

Comissão aprova piso salarial de R$ 4,5 mil para PMs e bombeiros


Na condição de membro titular da Comissão Especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 300/08, o deputado Ilderlei Cordeiro (PPS-AC) comemorou, ontem, a aprovação do relatório que define o piso salarial de R$ 4,5 mil para policiais militares e bombeiros. Também foi definido um segundo piso para o primeiro posto de oficial – 2º tenente – no valor de R$ 9 mil.

Brasília – Na condição de membro titular da Comissão Especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 300/08, o deputado Ilderlei Cordeiro (PPS-AC) comemorou, ontem, a aprovação do relatório que define o piso salarial de R$ 4,5 mil para policiais militares e bombeiros. Também foi definido um segundo piso para o primeiro posto de oficial – 2º tenente – no valor de R$ 9 mil.

Segundo o parlamentar, ficou acertado na comissão que a União prestará assistência financeira complementar aos estados que não possuem recursos suficientes para arcar com as despesas da folha de pagamento dos militares, em virtude da aprovação do piso. Ilderlei Cordeiro lamentou, no entanto, a rejeição de um destaque que incluiria na proposta a Polícia Civil. “Provavelmente os policiais civis serão beneficiados através da PEC 340, em tramitação na Câmara dos Deputados, que equipara os seus salários aos dos agentes da Polícia Federal” – disse ele.

A PEC 300 ainda precisa ser votada em dois turnos pelo Plenário da Câmara e depois ser encaminhada ao Senado. “Na Câmara, ela merecerá todo nosso esforço para aprová-la” – disse o deputado Ilderlei Cordeiro ao destacar que um policial militar que trabalha no Acre ganha pouco mais de R$ 1 mil e ao passar para o piso de R$ 4,5 mil vai poder dar melhores condições de vida para sua família, trabalhando com mais segurança.

A aprovação dessa PEC, na opinião do parlamentar, representa a mobilização dos policiais militares e bombeiros de todos os estados brasileiros, inclusive do Acre. Ele argumenta ainda que a remuneração adequada garantirá a esses profissionais o direito de se capacitar e ficar mais tempo com sua família.

Assessori

Prefeitura segue doando vacina contra febre aftosa a pequenos criadores



Pelo menos 90 criadores de gado bovino, proprietários de até 20 desses animais na área rural de Cruzeiro do Sul, já foram beneficiados com a doação feita pela prefeitura para a vacinação dos rebanhos contra a febre aftosa. A meta, de acordo com o prefeito Vagner Sales é beneficiar cerca de 240 pequenos produtores. “Quando eu era deputado cheguei a sugerir que o Governo do Acre ajudasse os pequenos criadores de gado, mas isso nunca foi feito. Agora temos a oportunidade de doar essas vacinas no nosso município e o resultado é surpreendente”, afirma o prefeito.

Pelo menos 90 criadores de gado bovino, proprietários de até 20 desses animais na área rural de Cruzeiro do Sul, já foram beneficiados com a doação feita pela prefeitura para a vacinação dos rebanhos contra a febre aftosa. A meta, de acordo com o prefeito Vagner Sales é beneficiar cerca de 240 pequenos produtores. “Quando eu era deputado cheguei a sugerir que o Governo do Acre ajudasse os pequenos criadores de gado, mas isso nunca foi feito. Agora temos a oportunidade de doar essas vacinas no nosso município e o resultado é surpreendente”, afirma o prefeito.

Na sua opinião, não adianta nada os proprietários de grandes rebanhos vacinarem seus animais, se os pequenos não fizerem o mesmo. A ameaça da doença estará sempre presente enquanto houver bois sem vacina. “Não é só por causa do preço da vacina que o pequeno produtor deixa de vacinar, muitas vezes ele desiste por causa da burocracia, de ter que se dirigir ao centro da cidade, comprar isopor e gelo para a conservação da vacina e depois retornar às suas propriedades”, argumenta o prefeito.

Penando nisso a Secretaria Municipal de Agricultura cadastrou esses criadores, entrega o isopor, o gelo e uma autorização para a retirada da vacina nas lojas agropecuárias da cidade. Os técnicos Roberto Vasconcelos e Jorge Leite, da Secretaria de Agricultura afirmam que essa é uma iniciativa inédita em Cruzeiro do Sul. “A resposta dos produtores tem sido impressionante, com certeza vamos atingir a meta de apoio na vacinação de aproximadamente cinco mil bovinos na área rural do município”, aposta Vasconcelos.

Emocionado, o agricultor e criador de gado Francisco Epitácio de Melo Mendonça diz que “o prefeito Vagner Sales olha para os pobres de uma maneira como ninguém olhou antes porque”, garante o pequeno produtor, “ele tem os pés no chão, e abraça os cruzeirenses mais humildes, seja na cidade, seja no interior”.

Assessoria

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Soldados da borracha são candidatos a heróis da Pátria


O Livro dos Heróis da Pátria, que repousa no Panteão da Pátria e da Liberdade, em Brasília, pode abrigar o grupo soldados da borracha em suas reluzentes páginas de aço. E por força de lei. O projeto foi apresentado esta semana pela deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) como reconhecimento aos mais de 65 mil brasileiros (nordestinos) recrutados para a Segunda Guerra Mundial, quando ofereceram a vida à Nação, num gesto de excepcional dedicação e heroísmo.


O Livro dos Heróis da Pátria, que repousa no Panteão da Pátria e da Liberdade, em Brasília, pode abrigar o grupo soldados da borracha em suas reluzentes páginas de aço. E por força de lei. O projeto foi apresentado esta semana pela deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) como reconhecimento aos mais de 65 mil brasileiros (nordestinos) recrutados para a Segunda Guerra Mundial, quando ofereceram a vida à Nação, num gesto de excepcional dedicação e heroísmo.

A tramitação do projeto nas comissões, até chegar, finalmente, no plenário da Câmara, para votação conclusiva, já teve início. Perpétua é relatora da Proposta de Emenda Constitucional que reajusta a pensão dos ex-seringueiros (dois salários mínimos) ao soldo pago hoje a um segundo-tenente do Exército Brasileiro (R$ 3 mil). O voto da deputada será apresentado na próxima semana, na comissão especial que trata do assunto no Congresso Nacional.

Hoje, apenas dez heróis têm seus nomes citados, inclusive Plácido de Castro. Outros quatro já estão aprovados e aguardando inclusão no Livro dos Heróis da Pátria - dentre eles o do líder sindical e ícone ambiental mundial Chico Mendes.

Dados do Ministério da Previdência, que paga o benefício a eles, afirmam que o Estado do Acre abriga mais da metade dos nordestinos ainda vivos que sobreviveram às adversidades do front de guerra – doenças, ambiente inóspito e animais ferozes. “Sem dúvida, nos campos de batalha, morreram mais soldados da borracha do que os combatentes de guerra”, disse a deputada.

No Congresso, há quase duas dezenas de projetos propondo novos candidatos. E por uma questão de justiça, também mulheres (Maria Quitéria, Ana Néri e Anita Garibaldi). Até hoje, o único projeto do tipo a receber parecer desfavorável por causa do mérito foi o que indicava o maestro e compositor Heitor Villa-Lobos.

Catorze leis já estão em vigor, incluindo nomes no Livro dos Heróis da Pátria.

Porém, quatro deles ainda não foram efetivamente inseridos
Herói Data da lei Data da inscrição Tiradentes 11/12/1989 21/4/1992 Deodoro da Fonseca 11/12/1989 15/11/1997 Zumbi dos Palmares 20/11/1996 21/3/1997 Dom Pedro I 30/8/1999 5/9/1999 Plácido de Castro 2/5/2002 17/11/2004 Duque de Caxias 28/1/2003 28/1/2003 Almirante Tamandaré 5/12/2003 13/12/2004 Chico Mendes 22/9/2004 Ainda não ocorreu José Bonifácio 19/5/2005 21/4/2007 Almirante Barroso 25/5/2005 11/6/2005 Santos Dumont 9/5/2006 26/7/2006 Frei Caneca 11/10/2007 Ainda não ocorreu Marechal Osório 27/5/2008 Ainda não ocorreu Barão de Serro Azul 15/12/2008 Ainda não ocorreu


Tião Viana discute com prefeitos prioridades dos municípios


O senador Tião Viana (PT-AC) discutiu nesta quarta-feira com vários prefeitos do Acre as reivindicações de seus municípios que podem ser atendidas com os recursos das emendas individuais que o senador tem direito de apresentar no valor de até R$ 12,5 milhões ao Orçamento Geral da União (OGU) de 2010.

O senador Tião Viana (PT-AC) discutiu nesta quarta-feira com vários prefeitos do Acre as reivindicações de seus municípios que podem ser atendidas com os recursos das emendas individuais que o senador tem direito de apresentar no valor de até R$ 12,5 milhões ao Orçamento Geral da União (OGU) de 2010.

No encontro, os prefeitos agradeceram ao senador as emendas que ele apresentou em anos anteriores para os seus municípios e o apoio que vem prestando a seus municípios com ações e obras conseguidas junto ao governo estadual e federal.

Entre os prefeitos, estiveram presentes no gabinete do senador os prefeitos de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales; de Santa Rosa, José Brasil; de Marechal Thaumaturgo, Randinho Almeida; do Jordão, Hilário Melo; de Assis Brasil, Eliane Gadelha; de Brasiléia, Leila Galvão; de Mâncio Lima, Cleidson Rocha; do Bujari, Padeiro; de Capixaba, José Ronaldo; e de Xapuri, Ubiraci Machado.

Novo aeroporto de Rio Branco

Acompanhado do secretário de Planejamento, Gilberto Siqueira, o senador Tião Viana (PT-AC) se reuniu novamente ontem com o presidente da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), Murilo Marques Barbosa, para tratar dos termos do convênio que será assinado entre a empresa e o governo do estado para a construção da segunda pista de pouso e do novo terminal do aeroporto de Rio Branco.

No encontro, o presidente da Infraero confirmou o convênio firmado pela empresa com o Exército para a recuperação completa e a ampliação da atual pista de pouso e o recapeamento do pátio de estacionamento de aeronaves. Todas essas obras vão resultar praticamente num novo aeroporto para Rio Branco com status internacional para fazer jus à situação fronteiriça do estado, que no próximo estará interligado pela Rodovia Interoceânica com o Peru.

O presidente da Infraero informou que o convênio com o governo do estado será assinado em Rio Branco com a presença do ministro da Defesa, Nelson Jobim, que será o padrinho da segunda parceria que a estatal aeroportuária irá fazer com o Acre no mesmo clima de sucesso que cercou o primeiro empreendimento, que foi o novo aeroporto de Cruzeiro do Sul.

Assessoria de Imprensa do senador Tião Viana (Romerito Aquino)

Toda a beleza e simbologia da ponte do Juruá


O rio Juruá alimenta a fome e a esperança de milhares de pessoas, constituindo-se ao mesmo tempo na grande estrada que promove os encontros, os negócios no vaivém de uma via onde a rotina acreana segue tranqüila seu curso.

Pilares principais começam a receber o maior volume concentrado de concreto da história da construção civil no Acre, processo tão delicado que é feito por etapa e usando gelo para evitar endurecimento rápido

O rio Juruá alimenta a fome e a esperança de milhares de pessoas, constituindo-se ao mesmo tempo na grande estrada que promove os encontros, os negócios no vaivém de uma via onde a rotina acreana segue tranqüila seu curso. O rio separa os bairros da Lagoa e Miritizal, na zona urbana de Cruzeiro do Sul, que agora serão unidos pela mais bela das grandes pontes que estão em construção no Acre, obra que para Binho Marques vem se transformando no símbolo de seu tempo como governador do Acre. "Vai ser a obra símbolo deste governo", disse Marques durante visita realizada ao canteiro do Consório Juruá, pool de empresas responsável pela execução do projeto.

Por causa da intensificação do inverno, a obra entra em fase crítica, informou Marcos Alexandre, diretor geral do Deracre. A aplicação de concreto nos pilares denominados AP5 e AP6 começa a ser feita esta semana, dividida em cinco etapas. De tão delicado, o processo tem de ser realizado utilizando-se gelo para retardar o endurecimento ao mesmo tempo em que mantém a homogeneidade do concreto. Para se ter uma ideia do gigantismo desse serviço, apenas o bloco principal demandará 1.600 metros cúbicos de concreto, o maior volume de concretagem entre todas as grandes pontes que estão sendo construídas no Acre pelo governador Binho Marques. E provavelmente, segundo Alexandre, é o maior da história das obras acreanas em volume concentrado.

"Além de tudo, temos o aspecto do interesse social porque a ponte está ao mesmo tempo na BR 364 e na cidade de Cruzeiro do Sul", lembrou Binho Marques, que recebeu como lembrança uma minibloquete feito com o mesmo concreto utilizado na obra. A ponte liga uma rodovia federal ao Centro de Cruzeiro através da Avenida Mâncio Lima, urbanizada pelo Governo do Estado. Para encurtar o acesso à BR 364, o Departamento de Estradas de Rodagem, Hidrovias e Infraestrutura Aeroportuária do Acre (Deracre) está asfaltando 11 quilômetros da Variante na BR 307.

É uma obra que com cerca de 40% prontos, encanta pela imponência. São 550 metros de comprimento, o que a torna uma das maiores da Amazônia. Terá estaios em forma de arco suspenso por cabos de aço e sustentado por 82 estacas. Para garantir a navegação mesmo diante de uma cheia diferenciada, terá 13 metros de altura medido a partir da maior cheia do rio. A obra é mais um desafio do Governo do Acre para melhorar a qualidade de vida dos moradores do Vale do Juruá. Custa mais de R$ 120 milhões, faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, e está entre as prioridades do Presidente Lula, que atuou pessoalmente para as pontes da BR 364 se tornassem uma realidade.

Pelo menos 250 trabalhadores e uma dezena de engenheiros, técnicos e fiscais atuam para garantir que ela seja concluída até outubro do ano que vem. O cronograma foi antecipado depois de alterações no sistema de estaiamento, que deixou de ser misto concreto/metal para somente metal, sobressaindo o brilho do projeto. Somando-se as outras obras do Governo do Estado, as obras movimentam sobremaneira a economia do Vale do Juruá: dezenas de empregos foram gerados e o comércio sente o impacto das compras para manutenção dos canteiros.

Após a concretagem dos blocos principais, as obras seguirão em ritmo normal mesmo com as chuvas e o nível do rio subindo. O material necessário está adquirido e montado. "Temos certeza que vamos trabalhar o ano todo", disse Marcos Alexandre. O engenheiro-chefe da obra pelo Consório Juruá, Ronaldo Pereira, reafirma o cronograma atualizado. "Os trabalhos estão em dia e esperamos conseguir antecipar o calendário e entregar a obra antes do previsto", disse Pereira.

Prefeitura de Cruzeiro do Sul realiza Leilão e arrecada mais de R$ 120 mil


O movimentado leilão de máquinas, caminhões e diversos itens com avarias que necessitariam de volumosos recursos para voltar a funcionar, foi considerado um sucesso pela comissão organizadora do evento. Foram arrecadados aos cofres do município mais de R$ 122 mil e atraiu a atenção de empresários do Vale do Juruá, de Goiânia (GO), Londrina (PR), Porto velho (RO) e Rio Branco (AC).

O movimentado leilão de máquinas, caminhões e diversos itens com avarias que necessitariam de volumosos recursos para voltar a funcionar, foi considerado um sucesso pela comissão organizadora do evento. Foram arrecadados aos cofres do município mais de R$ 122 mil e atraiu a atenção de empresários do Vale do Juruá, de Goiânia (GO), Londrina (PR), Porto velho (RO) e Rio Branco (AC).

O prefeito em exercício e presidente da Câmara Municipal de Vereadores Gilvan de Freitas (PMDB) agradeceu em nome de Vagner Sales a participação dos empresários que compareceram ao leilão. Segundo ele, “a iniciativa de Vagner, que contou com o apoio de todos os vereadores, foi muito boa porque ajuda a arrecadar mais recursos para o município”.

Para o presidente da comissão organizadora do leilão, Jesus Lima, “o resultado foi bem superior à expectativa gerada, porque a maioria dos lances ficou bem acima dos preços estipulados”. Já o empresário Sebastião Correa que comprou dois tratores para sua fazenda, elogiou a iniciativa do prefeito Vagner Sales: “Isso já teria que ter sido feito há mais tempo, o prefeito está de parabéns, porque a prefeitura não pode ficar guardando maquinas que não pode mais utilizar no dia a dia da administração pública”, avaliou.

As vendas

A disputa começou acirrada logo nos primeiros lotes, encabeçados por tratores da New Holland. O primeiro deles estava avaliado em R$ 3.700,00 e foi arrematado por R$ 6.350,00. No segundo de 18 lotes outro trator, da mesma marca, foi comprado por R$ 5.500,00. Nos dois lotes seguintes mais dois tratores foram arrematados por R$ 4.000,00 e R$ 8.000,00, respectivamente.

Um Rolo Compactador, avaliado em R$ 15.100,00, foi adquirido por R$ 30.000,00. Nos sete caminhões que vendeu, a maioria em péssimo estado de conservação, a prefeitura arrecadou mais de R$ 46 mil. O Caminhão Comercial Mercedes Benz, avaliado em R$ 9.400,00, por exemplo, foi vendido por R$ 12.000,00.

Os empresários adquiriram ainda uma kombi, uma máquina Plantadeira De Grãos Marca Jumil e uma Balsa de Ferro, atracada no Rio Juruá, nas proximidades do município de Rodrigues Alves. Apenas três lotes não despertaram interesse dos negociantes, uma combi placa MZO 2473, avaliada em R$ 3.700,00, um Caminhão Comercial Mercedes Benz, de R$ 7.700,00, e uma caminhonete D-20 Cabine Dupla, de valor mínimo estipulado em R$ 5.500,00. Para esses itens haverá um segundo leilão, com nova data a ser marcada.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Prefeitura de Rodrigues Alves inaugura mais uma escola construída na zona rural do município



O prefeito Francisco Ernilson Freitas Burica, participou na manhã de sábado (21) da inauguração da escola Manoel Fonteles de Castro, no Ramal da União, no Projeto de Assentamento Paraná dos Mouras. A unidade de ensino funcionava em uma casa de farinha e não dispunha sequer de carteiras para os alunos. Agora é de alvenaria e está mobiliada com todos os moveis necessários para o bom funcionamento.


O prefeito Francisco Ernilson Freitas Burica, participou na manhã de sábado (21) da inauguração da escola Manoel Fonteles de Castro, no Ramal da União, no Projeto de Assentamento Paraná dos Mouras. A unidade de ensino funcionava em uma casa de farinha e não dispunha sequer de carteiras para os alunos. Agora é de alvenaria e está mobiliada com todos os moveis necessários para o bom funcionamento.

Na escola Manoel Fonteles estudam 38 alunos filhos de agricultores das comunidades localizadas no trecho final do Ramal da União, distante a 45 quilômetros da sede do município de Rodrigues Alves. Para atender a necessidade das crianças de estudarem, a prefeitura havia instalado a escola em uma casa de farinha até a conclusão da obra que foi inaugurada.

A nova escola foi construída em alvenaria com recursos próprios da prefeitura e ganhou carteiras, mesas e outros equipamentos para o desenvolvimento das atividades educacionais. A obra levou mais de três meses para ser concluída de acordo em um padrão de qualidade das construções que são feitas na cidade.

No dia da inauguração o prefeito Burica, o Presidente da Câmara Muncipal, Darimar Rocha, juntamente com os vereadores, Jailson e Demétrio, foram recepcionados com festa pelas crianças e professores que cataram o Hino Nacional e declamaram versos em agradecimento pela nova unidade de ensino.

“Essa é uma obra de muita importância para melhorar a qualidade de ensino aqui zona rural. Os alunos estão satisfeitos e nós estamos felizes pela nova escola que estamos recebendo da prefeitura. Temos agora um local maravilhoso para desenvolver nossas atividades” – comemorou a professora Érica Santos.

Na entrega da unidade de ensino para a comunidade do Ramal da União, o prefeito Burica voltou a ressaltar que a educação e a saúde são prioridades em seu governo. “Sabemos que a educação é à base da sociedade. Um povo sem educação não tem perspectivas de futura. E é isso que estamos fazendo melhorando nossas escolas para melhorar a qualidade da educação de nosso município. Essa já é a segunda escola, só na zuna rural, que concluímos em apenas dez meses de administração e vamos fazer muito mais daqui pra frente em todas as áreas, mas principalmente na saúde e na educação para melhorar a qualidade de vida de nosso povo” – afirmou o prefeito.

Justiça determina mudança da base da Petrobrás no Vale do Juruá



Em sentença proferida nesta segunda-feira (23), a Juíza de Direito Substituta Larissa Lima, da Vara Cível da Comarca de Cruzeiro do Sul, condenou a Petrobrás Distribuidora S/A a transferir, para área desabitada que não seja no perímetro urbano do município, no prazo de cinco anos, a sede do pátio dos depósitos de armazenamento de combustíveis, sob pena de multa diária no valor de R$ 15 mil em caso de descumprimento.

Em sentença proferida nesta segunda-feira (23), a Juíza de Direito Substituta Larissa Lima, da Vara Cível da Comarca de Cruzeiro do Sul, condenou a Petrobrás Distribuidora S/A a transferir, para área desabitada que não seja no perímetro urbano do município, no prazo de cinco anos, a sede do pátio dos depósitos de armazenamento de combustíveis, sob pena de multa diária no valor de R$ 15 mil em caso de descumprimento.

A decisão é uma resposta à Ação Civil Pública com pedido de liminar na defesa de interesse coletivo nº 002.05.000414-1, ajuizada pelo Município de Cruzeiro do Sul, em desfavor da empresa Petrobrás Distribuidora S/A. A parte autora da ação requer o deslocamento de todas as balsas depósitos de combustíveis estacionadas nas proximidades da zona urbana do município para lugar distante, sob o argumento de que elas representam perigo para a população.

“Cuida-se de questão de eminente interesse coletivo e público (...), notadamente por se tratar, por um lado, de prestação de serviço público essencial e, de outro, da preservação do meio ambiente em todos os seus aspectos, seja ambiente social, cultural, urbano ou natural. (...) devo nesta demanda verificar com acuidade a ponderação de interesses, viabilidade dos pedidos e a segurança pública. Isso porque parte da população circunvizinha da Requerida [Petrobrás Distribuidora S/A] se encontra diretamente prejudicada com as instalações da base da mesma, correndo riscos sérios e efetivos (...)”, declara a juíza em sua decisão.

Assim, a magistrada também determina à Petrobrás Distribuidora S/A que instale equipamento sonoro interligado entre a atual área de armazenamento e a área de bombeamento, visando a alertar a comunidade em caso de ocorrência de sinistro, sob pena de multa diária no valor de R$ 5 mil, em caso de descumprimento da sentença, conforme o artigo 461 do Código de Processo Civil.

Além disso, fica determinado que, no prazo de cinco meses, a empresa Petrobrás deverá construir uma via de acesso de veículos de emergência na atual base de atracamento das balsas, visando à prestação de socorro mais efetiva, sob pena de multa diária no valor de R$ 5 mil em caso de descumprimento.

Por fim, juíza ainda determina à empresa que não suspenda a prestação da distribuição de combustível na região, como chegou a pretender, haja vista a essencialidade do bem prestado, sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil.


Sobre isso, a magistrada ressalta que “(...) não pode a Requerida [Petrobrás Distribuidora S/A], a fim de continuar desrespeitando regras ambientais e sociais, usar como se fosse um meio de coação o argumento de que toda a região do Juruá ficará sem a prestação de seus serviços, ou seja, sem qualquer abastecimento de combustível, coação esta realizada durante todo o processo. Isso, repiso, em virtude de ser o seu serviço de prestação contínua. A doutrina mais abalizada conceitua ser o serviço público como a atividade desenvolvida direta ou indiretamente pelo Estado, a fim de proporcionar ao cidadão as condições mínimas de vida, não podendo ser suspenso sob pena de transgredir direitos constitucionais a ele assegurados”.

AGÊNCIA TJAC
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - ASCOM


Acadêmicos cobram dos vereadores regularização de linha de ônibus



Uma comissão de acadêmicos de vários cursos do Campus Floresta, da Universidade Federal do Acre (UFAC) e professores participaram de uma sessão na Câmara Municipal e cobraram do poder Executivo a regularização da linha de ônibus para o campus. Durante a sessão que aconteceu na quinta-feira pela manhã e foi presidida pelo presidente em exercício, vereador Romário Tavares, os universitários fizeram duras críticas a empresa que presta o serviço de transporte urbano na cidade.


Uma comissão de acadêmicos de vários cursos do Campus Floresta, da Universidade Federal do Acre (UFAC) e professores participaram de uma sessão na Câmara Municipal e cobraram do poder Executivo a regularização da linha de ônibus para o campus. Durante a sessão que aconteceu na quinta-feira pela manhã e foi presidida pelo presidente em exercício, vereador Romário Tavares, os universitários fizeram duras críticas a empresa que presta o serviço de transporte urbano na cidade.

O líder dos acadêmicos, Éder Fidélis, usou a tribuna da Câmara para explicar aos vereadores a necessidade da regularização da linha de ônibus até o Canela Fina, onde está o campus da UAC, para facilitar o acesso dos alunos.

“Os acadêmicos estão sendo humilhados pelo proprietário e funcionários da única empresa de ônibus faz o transporte. Eles querem fazer o horário e nós temos que obedecer. Os ônibus são velhos e a noite andam super lotados. Muitas vezes os motoristas não esperam os acadêmicos saírem da sala de aula”, explicou.

Os acadêmicos também pediram a criação do passe eletrônico estudantil, mais conhecido como meio passe e entregaram aos vereadores um projeto com suas principais necessidades: regularização da linha de ônibus, qualidade do serviço, aumento da quantidade de veículos, pontualidade, excesso de passageiros e paradas de ônibus.

O presidente em exercício da Câmara Municipal, vereador Romário Tavares, afirmou que as reivindicações e o projeto encaminhado pelos acadêmicos será colocado como prioridade na Câmara Municipal e apresentado ao prefeito Vagner Sales para que sejam tomadas providências e a linha de ônibus seja regularizada com a maior urgência possível.

Vagner Sales segue com obras nas ruas, mesmo com a chegada das chuvas



Nem mesmo a chuva que volta a cair diariamente no Vale do Juruá afasta homens e máquinas que, por determinação do prefeito Vagner Sales, seguem asfaltando novas ruas e tapando os buracos que surgem com mais freqüência nesta época do ano. No intervalo de intermináveis reuniões em Brasília, o prefeito acompanha, por telefone ou internet, as atividades da Secretaria de Obras

Nem mesmo a chuva que volta a cair diariamente no Vale do Juruá afasta homens e máquinas que, por determinação do prefeito Vagner Sales, seguem asfaltando novas ruas e tapando os buracos que surgem com mais freqüência nesta época do ano. No intervalo de intermináveis reuniões em Brasília, o prefeito acompanha, por telefone ou internet, as atividades da Secretaria de Obras. “Estamos fazendo um trabalho que já deveria ter sido feito há muitos anos pelas gestões anteriores. Os moradores desses lugares estavam cansados de reivindicar esses asfaltamentos, e eles tinham toda razão em exigir essas melhorias”, afirma Vagner Sales.

Os moradores próximos às ruas Cinco de Novembro (entre as ruas Pedro Teles e Joaquim Távora), no Bairro do Cruzeirinho, e Rua Martinho do Carmo, no Bairro do Colégio, acompanharam de perto o asfaltamento de vias que pareciam condenadas ao esquecimento. No Cruzeirinho foram utilizadas em mais de 100 metros de rua aproximadamente 80 toneladas de massa asfáltica. A Rua Martinho do Carmo, no Bairro do Colégio, consumiu cerca 140 toneladas, para cobrir 180 metros. A Secretaria de Obras asfaltou e tapou buracos também nas ruas Antônio Costeiras e Rua do Envira Ruas Canamaris e Muru, no Bairro João Alves.

O secretário Osmar Bandeira informa ainda que nos próximos dias conclui a recuperação da Rua 28 de Setembro, que precisou ser interditada para a troca de mais de 150 metros de bueiras. A obra acabou com os costumeiros alagamentos no local. Osmar Bandeira conta que os trabalhadores também taparão buracos nas ruas do Centro e do Bairro do Formoso. Ele garante que será concluído ainda o asfaltamento da rua que dá acesso ao porto recém criado pela prefeitura, nas margens do Rio Juruá e o recapeamento das ruas ao redor dos mercados populares, próximo ao cais.

Assessoria