quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

3ª Caravana na Integração chega em Pucalpa


A viagem da 3ª Caravana na Integração, liderada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) chegou no Aeroporto de Pucalpa por volta das 10:00 h de terça-feira, sendo recepcionada pelo governador do Departamento de Ucayali, Jorge Velasques Portocarrero, que deu as boas vinda aos membros da delegação.

Por Elson Costa
Fotos Odair Leal


A viagem da 3ª Caravana na Integração, liderada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) chegou no Aeroporto de Pucalpa por volta das 10:00 h de terça-feira, sendo recepcionada pelo governador do Departamento de Ucayali, Jorge Velasques Portocarrero, que deu as boas vinda aos membros da delegação.

“Estamos contentes em receber os irmãos brasileiros que estão chegando ao Departamento de Ucayali para participar dos debates a cerca da integração. Depois vamos fazer uma caravana numerosa para ir até Lima participar do encontro entre os presidentes Lula e Alan Garcia. Queremos fazer um corredor econômico que permita atender os interesses de Cruzeiro do Sul e Ucayali e fazer um compromisso comercial para que possamos vender e comprar produtos. A integração terrestre com o Juruá é um dos nossos principais objetivos”, disse o governador.

Do Aeroporto de Pucalpa a delegação embarcou em dois ônibus com destino ao Departamento de Huanuco, distante 200 quilômetros de Pucalpa. Em Tingo Maria, a delegação foi recepcionada com um almoço de comidas típicas da região. Depois de 12 horas de viagem pela paisagem montanhosa - com rios caudalosos, quedas d’águas encantadoras e uma bela carretera - a delegação chegou ao Departamento de Huanuco, sendo recepcionada pelo presidente regional de Huanuco, Jorge Spinoza, que deu uma calorosa mensagem de boas vindas aos participantes da delegação.

Entre os participantes da delegação estão empresários de Rio Branco, de Tarauacá, Feijó e de Cruzeiro do Sul, com destaque para Abrahão Cândido da Silva, Manu e Assem Cameli, João Célio Gaspar, Alem, Nicolau Cândido, Santiago, Arlindo Queiroz
Donário Cordeiro, Zinho, Marcos Venícios, Eulo Lima Verde, Braz Melo. Os prefeitos de Rodrigues Alves, Burica, de Mâncio Lima, Cleidson Rocha, de Marechal Thaumaturgo, Randinho Almeida também participam da caravana.


Na manhã desta quarta-feira a delegação segue rumo a capital do Peru, Lima, onde, participará do encontro com os presidente Lula e Alan Garcia que assinaram acordos entre os dois países. A viagem será de ônibus pela exuberante paisagem dos Andes.


WWW.VOZDONORTE.COM.BR

Um comentário:

UJS de Cruzeiro disse...

Viva a Força do Juruá.

Esses dias, acompanhando toda uma movimentação da imprensa local, a cerca da viagem dos empresários e políticos acreanos ao Peru, fiquei analisando. E dar pra se perceber, que a muralha entre o Juruá e o Vale do Acre é algo que ainda estar longe de ser derrubada. Isso é tão histórico, que virou cultural. O povo do Juruá é barrista ao extremo, que se não fosse tanta burocracia constitucional ja teria se desmembrado do restante do estado. Tem horas que chegamos a concordar que esse povo estar certo.



E grande parte da imprensa e dos jornalistas acreanos fazem com que essa barreira cultural se estenda mais ainda. Veja só. O Acre estar tendo uma grande oportunidade agora com a boa vontade dos dois governos, de selar de vez essa integração comercial, e todos sabem que seria uma grande vitória para um povo tão isolados e distantes do resto do país.



Os comerciantes e a população toda, de Tarauacá, Feijo, Jordão, Thaumaturgo, Porto Walter, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Guajará no Amazonas e Cruzeiro do Sul, com certeza apoiarão essa iniciativa. Pois são esse povo que vão sentir a melhoria de perto.



Mas claro alguns jornalistas da capital, fazem pouco caso, por conta do que falei a pouco, Juruá será o mais beneficiado com isso. Parece que não aceitam ver essa região se desenvolver e crescer economicamente.



Podem Também estar analisando pelo lado político, e não querem reconhecer o esforço pessoal do Presidente da Assembléia Legislativa, e o apoio de todos os demais. Temos que parabenizar sim o Edvaldo, pois não são os críticos e pessimistas, la de Rio Branco que compram tomate de R$ 8,00, e que só podem comer coisa boa durante três meses do ano, nesse curto verão em que se reabre a BR-364. Não são eles que vivem em um isolamento comercial que teima em não ter fim.



Esse colunista e Blogueiro, que atira sem rumo, dando palpites diariamente sobre a política do estado, e especialmente do Juruá, dizendo quem é o melhor vereador, falando da aceitação de prefeito A e Deputado Z, sem conhecer a realidade aqui do Juruá, deveria entender que queremos sim a integração, e que é uma das maneiras de mostrar nosso potencial, econômico e turístico.



Muito se falou e criticaram, sobre a quantidade de pessoas, e o por que se gastar milhares de reais? sim é nescessário, pois como é que o Presidente Lula e o presidente peruano, assinarão um acordo histórico e importante para nós, sem que os acreanos estejam la presentes. Fazendo uma festa, e dando uma demonstração de que queremos de verdade?



Olha, tem mesmo é interesses pessoais por trás dessas críticas. Esperem ao menos a coisa se concretizar, e depois façam suas análises. Ou querem que além da abertura, a ALEAC traga e venda os produtos? já fizeram a parte que tinha que ser feita, agora é com os empresários. Se não for um bom negócio, nós mesmo estaremos aqui reconhecendo, e ajudando vocês.



Panthio

Dirigente da UJS de Cruzeiro do Sul