sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Congresso aprova piso salarial dos Agentes de Saúde, comemora Iderlei



Uma decisão inédita de vários parlamentares permitiu, nesta semana, a tramitação em regime de urgência e a conseqüente aprovação pela Câmara e o Senado da PEC que determina a fixação de piso salarial profissional nacional e a estruturação de plano de carreira para os agentes comunitários de saúde e os de combate às endemias. O deputado Ilderlei Cordeiro (PPS-AC) não mediu esforços para que esses agentes tivessem, enfim, definidos, por lei federal, as duas conquistas por entender que esses profissionais de saúde prestam um excelente trabalho nas cidades brasileiras, principalmente entre as pessoas mais necessitadas


Brasília – Uma decisão inédita de vários parlamentares permitiu, nesta semana, a tramitação em regime de urgência e a conseqüente aprovação pela Câmara e o Senado da PEC que determina a fixação de piso salarial profissional nacional e a estruturação de plano de carreira para os agentes comunitários de saúde e os de combate às endemias. O deputado Ilderlei Cordeiro (PPS-AC) não mediu esforços para que esses agentes tivessem, enfim, definidos, por lei federal, as duas conquistas por entender que esses profissionais de saúde prestam um excelente trabalho nas cidades brasileiras, principalmente entre as pessoas mais necessitadas.

Segundo o deputado Ilderlei Cordeiro, a principal novidade em relação à proposta original é a ajuda financeira que a União deverá dar aos estados e municípios para o cumprimento do piso nacional. “Acredito que com essa conquista dos deputados e senadores, a Secretaria de Saúde do meu estado resolverá a situação de vários agentes de Saúde que foram demitidos no Juruá” – cobrou Ilderlei.

Segundo o deputado, não há mais motivos para que governo estadual continue demitindo e que a saída neste momento é que o estado repense imediatamente o retorno desses profissionais ao trabalho porque estão fazendo falta nos municípios do Juruá.
Cordeiro disse ainda que muitos agentes comunitários de saúde recebem, atualmente, apenas um salário mínimo e que a implantação de planos de carreira "propiciará a valorização dos profissionais, incentivando a dedicação dos mesmos ao relevante trabalho que realizam".

Em discurso no plenário da Câmara, o parlamentar cruzeirense agradeceu o apoio dos deputados e senadores para a aprovação da matéria em regime de urgência e parabenizou os agentes de saúde que lotaram a galeria do Senado na ultima quarta-feira 16, na tentativa de sensibilizar os parlamentares para a aprovação da PEC. No final dos dois turnos de votação, em meio às manifestação favoráveis de diversos senadores, centenas de profissionais cantaram o Hino Nacional e foram aplaudidos. “Eles merecem” – disse Ilderlei.
Assessoria

Nenhum comentário: