quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Embaixada do Brasil no Peru recebe maior comitiva da sua historia


Em três ônibus e quatro caminhonetes, a comitiva de acreanos e peruanos que estao em Lima para o encontro dos presidentes Lula e Alan Garcia foram recebidos nesta quinta-feira, 10, pelo embaixador do Brasil, Jorge Taunay Filho. O encontro, em pe, se deu no auditório Vinicius de Morais. Foi a maior comitiva a visitar a embaixada,



Em três ônibus e quatro caminhonetes, a comitiva de acreanos e peruanos que estao em Lima para o encontro dos presidentes Lula e Alan Garcia foram recebidos nesta quinta-feira, 10, pelo embaixador do Brasil, Jorge Taunay Filho. O encontro, em pe, se deu no auditório Vinicius de Morais. Foi a maior comitiva a visitar a embaixada,
segundo o diplomata.

A embaixada ocupa um quarteirão inteiro no distrito de Miraflores, o mais elegante de Lima. Seu endereço e avenida Pardo, quadra sete, fazendo esquina com a avenida Comandante Espinar, e as ruas Dois de Maio e Bologna.

Jorge Taunay se disse emocionado com a iniciativa da comitiva.
¨
Mostra na pratica a integração como queremos¨¨, declarou. Em seguida, ele anunciou, ovacionado por empresários peruanos, que o governo brasileiro liberou a importacao de cebolas, único item da cesta de frutas e legumes que estava proibido por questões fitossanitárias. O Vale do Jurua consome cerca de 120 toneladas por mês de hortifrutis,
segundo o presidente da Associação Comercial de Cruzeiro do Sul, Marcos Vinicius.

O presidente da Aleac, Edvaldo Magalhães, fez o discurso de encerramento da solenidade enfatizando que a necessidades de integração entre o Vale do Jurua e o Peru e tanta que acabou resultada na primeira caravana a cruzar a estrada peruana que liga Pucallpa a Lima. ‘Ate agora, a integração entre o Acre e o Peru e planejada por Assis Brasil e Iñapari. Nos precisamos incluir o Vale do Juruá e o Centro-Leste do Peru’, declarou.

O vice-governador do Acre, César Messias, disse que a integração Jurua com o Peru e um sonho desde os anos 50, de seu avo e de seu pai. A deputada Antonia Sales, que tem cidadania peruana e brasileira, disse que a integracao debe ir alem dos interesses comerciais e incluir também os sentimentais, com casamento entre naturais dos dois paises. Natural de uma cidade da Amazônia peruana, ela e casada com o prefeito de Cruzeiro do Sul, Wagner Sales.

Os governadores de Ucayali, Jorge Velásquez e de Ancash, César Alvarez, pediram ao embaixador empenho pela integração, dizendo que o desejo pela sua concretização física e ainda maior que o dos brasileiros. ´´´´´´´´´´Ao todo, o mercado do Vale do Jurua consome
cerca de 120 toneladas por mês de produtos hortifruti.

Edvaldo Magalhães, fez questao de dar credito ao êxito nas operações de alfadegamento, a boa vontade dos dirigentes dos órgãos federais no Acre e ao diplomata brasileiro Celso Fonseca. ¨¨ Eu agradeço de coração ao esforço e a eficiência da diplomacia brasileira e em
especial ao diplomata Celso Fonseca, que pegou o Acre no colo¨¨, declarou.

Como Exportar para o Brasil

Ainda na tarde desta quinta-feira, o presidente da Federação das Associações Comerciais do Acre, George Teixeira, fez palestra no seminário Como Exportar para o Brasil, evento paralelo ao encontro dos presidentes Lula e Garcia, realizado no Hotel Suíça.
Segundo George, o Acre e um importante consumidor de materiais para a construção civil e de alimentos perecíveis, como os hortifruti. O empresário lembrou que as obras do governo federal pelo Programa de Aceleração do Crescimento representam investimentos de R$ 3 bilhões, só no Acre.

Estrada Juruá-Pucallpa entra na pauta de Lula e Garcia

A pauta de acordos bilaterais que os presidentes do Brasil, Lula e do Peru, Alan Garcia, assinam nesta sexta-feira, 11, devera ser ampliada pela construcao de uma estrada ligando Cruzeiro do Sul a Pucallpa, de 209 km e custo aproximado de R$ 250 milhões. O presidente da Aleac, Edvaldo Magalhães, e o vice-governador do Acre, César Messias vão levar esta proposta para o presidente Lula, que se reúne com Garcia as 15 horas em Lima. A proposta também será apresentada ao presidente do Peru por dois governadores e um vice governador de três estados peruanos interessados em fazer negócios com o Acre e o Norte
brasileiro.


Nenhum comentário: