quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Indígenas fazem baderna em via pública e são presos em grupo



A Policia Militar encaminhou na noite de terça-feira, 23, para a Delegacia Geral de Polícia de Cruzeiro do Sul, um grupo de 15 índios da etnia Katukina por estarem praticando desordem no Centro da Cidade. De acordo com a polícia os indígenas compraram e não queriam pagar e ameaçavam as pessoas que passavam pelo local.


A Policia Militar encaminhou na noite de terça-feira, 23, para a Delegacia Geral de Polícia de Cruzeiro do Sul, um grupo de 15 índios da etnia Katukina por estarem praticando desordem no Centro da Cidade. De acordo com a polícia os indígenas compraram e não queriam pagar e ameaçavam as pessoas que passavam pelo local.

Os índios vieram da aldeia, localizada a 80 quilômetros da cidade, para receber o beneficio social do governo e foram ao comércio fazer compras. A turma aproveitou para fazer uma bebedeira e acabou fazendo uma verdadeira bagunça. Primeiro, eles pegaram picolés de um vendedor ambulante e não quiseram pagar, em seguida começaram a insultar as pessoas que transitavam pelo centro da cidade.

A Polícia Militar foi acionada e tirou parte do grupo de circulação conduzindo 15 deles para a Delegacia Geral de Polícia. O Delegado Elton Futigami apurou o caso e liberou, ainda na noite de terça-feira, maior parte do grupo. Apenas 4 permaneceram detidos na delegacia até a manhã desta quarta-feira.


Nenhum comentário: