quinta-feira, 2 de julho de 2009

Formatura de novos sargentos marca comemoração do Dia Nacional dos Bombeiros



Em solenidade alusiva ao Dia Nacional do Bombeiro Militar, neste dia 2 de julho, a Companhia de Cruzeiro do Sul homenageou autoridades, instituições e realizou a formatura de novos sargentos. O vice-governador César Messias e o deputado federal Gladson Cameli, e outras autoridades prestigiaram a formatura que contou com a presença de familiares dos bombeiros da cidade.

Mazinho Rogerio


Em solenidade alusiva ao Dia Nacional do Bombeiro Militar, neste dia 2 de julho, a Companhia de Cruzeiro do Sul homenageou autoridades, instituições e realizou a formatura de novos sargentos. O vice-governador César Messias e o deputado federal Gladson Cameli, e outras autoridades prestigiaram a formatura que contou com a presença de familiares dos bombeiros da cidade.

Após a formatura com a participação de todo efetivo, em frente ao quartel, foi feita a entrega de divisas para 10 militares que concluíram, este mês, o curso de formação de sargentos. A segunda turma de sargentos formada na cidade levou o nome do vice-governador César Messias que foi quem lutou para que o curso pudesse ser oferecido ao militares, em Cruzeiro do Sul.

Na solenidade foram homenageadas autoridades e instituições que contribuem com os trabalhos dos bombeiros. Além do vice-governador e do deputado Gladson Cameli, receberam a homenagem de Amigo dos Bombeiros, a secretária de ação social de Cruzeiro do Sul, Rosa Sampaio, o comandando do 61º BIS e a Polícia Militar.

O comandante da companhia explicou a importância de cada parceiro. “Foram fundamentais para unir forças com o Corpo de Bombeiros nos serviços de atendimento a população” – disse James Clei.

O vice-governador César Messias agradeceu pelo reconhecimento a sua pessoa e falou da importância dos bombeiros para a sociedade. “Durante a maior enchente enfrentada pela a população do Juruá tive a oportunidade de acompanhar o trabalho de um bombeiro. Ele não tem dia, não tem hora para levar conforto, alimento e assistência às famílias que necessitam de atenção nas situações de risco. Então, fico muito feliz em receber essa homenagem desses homens que arriscam suas vidas para salvar a vida de outras pessoas” – disse.

Familiares dos novos sargentos assistiram atentos, a formatura que teve também honras aos primeiros colocados no Curso. O recém formado terceiro sargento bombeiro, James Marcos Rodrigues Melo, ficou em primeiro lugar, em todo estado, nas instruções que tiveram duração de seis meses. Para o novo sargento aumento a responsabilidade com o trabalho e é um passo importante para a carreira militar.

“passamos quinze anos esperando por esse momento e agora estamos mais preparados para atender a população. Para nós é um momento muito importante pois é mais degrau da carreira de militar que segue com a esperança de novas promoções” – disse o orador da turma. ~

Foto: Onofre Brito

Rodrigues Alves é sede da 3ª Conferência Estadual de Aqüicultura e Pesca



A 3ª Conferência Estadual de Aqüicultura e Pesca, realizada no município de Rodrigues Alves durante os dias 1 e 2 deste mês, reuni pescadores e representantes de prefeituras de vários municípios do estado, entre eles, o prefeito de Bujari, o Padeiro, e o prefeito Burica, anfitrião do evento que tem o objetivo de envolver os pescadores e piscicultores nas discussões de políticas públicas para os dois setores.



A 3ª Conferência Estadual de Aqüicultura e Pesca, realizada no município de Rodrigues Alves durante os dias 1 e 2 deste mês, reuni pescadores e representantes de prefeituras de vários municípios do estado, entre eles, o prefeito de Bujari, o Padeiro, e o prefeito Burica, anfitrião do evento que tem o objetivo de envolver os pescadores e piscicultores nas discussões de políticas públicas para os dois setores.

Na manhã de terça-feira, durante a abertura do evento, também estiveram presentes, a deputada estadual Maria Antônia, o deputado federal Gladson Cameli, o vice-governador César Messias e o Secretário Executivo do Ministério da Aqüicultura e Pesca, Dirceu Lopes.

Durante os dois dias, os participantes da Conferência debateram vários temas de interesse da categoria, como, apoio para a compra de equipamentos e materiais de pesca, melhoria da infra-estrutura necessária para armazenar o pescado em cada município, inclusão social das famílias de pescadores em programas de educação, esporte, lazer, cultura e de assistência social, e outros assuntos de interesse dos profissionais em pesca. Os representes das colônias de pescadores de cada município levaram para a Conferência sugestões que fizeram parte dos debates.

José Marçal, presidente dos pescadores de Plácido de Castro esteve no encontro com a finalidade de lutar por melhorais para o município. Entre outras propostas, Marçal sugeriu a liberação da pesca do Pirarucu. “Existe uma superpopulação de pirarucu na região de Plácido de Castro que chega a prejudicar a pesca destruindo as malhadeiras, mas, nós não podemos capturar essa espécie que é bastante consumida e pode melhorar a renda de nossos pescadores” alegou Marçal

João Freire, presidente da Colônia de Pescadores de Tarauacá, disse que em seu município o setor pesqueiro ainda é carente de investimentos e espera que a partir da Conferência e com a criação do Ministério da Pesca, a categoria tenha mais assistência. “Precisamos de barcos para buscar o peixe em regiões mais distantes do município de Tarauacá. Hoje nossos pescadores só dispõem de pequenas canoas. Além disso, estamos tentando conseguir um frigorífico para o município” disse João Freire.

Já o presidente da Colônia de pescadores de Rodrigues Alves, José Gomes de Lima, o Bigode, disse que, em seu município, a categoria conseguiu se organizar e acredita que a partir de agora haverá mais incentivos para desenvolver o setor. “Foi difícil chegar aonde chegamos com os pescadores todos com suas carteiras, recebendo benefícios e agora com a possibilidade de ter direito ao crédito para melhorar nossas atividades” – afirmou Bigode.

Os vereadores que participam da Conferência também apresentaram propostas. O presidente da Câmara Municipal de Rodrigues Alves, Darimar Rocha, disse que vai tentar viabilizar recursos através do Ministério da Pesca para desenvolver um programa de açudagem no município. “Temos 14 projetos de assentamento em nosso município e vemos a piscicultura como uma alternativa para matar a fome das famílias dessas comunidades que ficam isoladas no período de inverno” – ressaltou.

Durante a Conferência, o prefeito Burica afirmou que, em sua gestão, vai trabalhar para que as atividades de pesca e piscicultura possam melhorar a qualidade de vida para os moradores de comunidades rurais. Para isso, a prefeitura já está desenvolvendo projetos que serão apresentados ao Ministério da Pesca. “Já temos um engenheiro de pesca aqui elaborando projetos para programas de açudes e vamos buscar recursos junto ao Ministério da Pesca e da Bancada Federal para que possamos executar esses projetos” – disse o prefeito.

O deputado Gladson Cameli se comprometeu em discutir com todos os presidentes das colônias de pescadores do estado para destinar mais recursos para apoio às colônias a partir do próximo ano. “Convoquei todos os presidentes das colônias de pescadores do estado para uma reunião para decidirmos juntos como vamos distribuir as emendas que tenho direito para aplicar em benefício dos pescadores” garantiu.

O representante do Ministério da Pesca explicou que as Conferências são importantes para desenvolver as atividades e citou com exemplo, a criação do Ministério da Pesca que foi uma decisão tomada pelo presidente Lula, com base nas Conferências realizadas no ano passado. Dirceu Lopes disse que o desenvolvimento do setor pesqueiro passa por um tripé que envolve a organização dos pescadores para que possam garantir a captura do pescado em um ambiente saudável. “A partir de agora o pescador não será tratado como um caso de polícia nas questões ambientais. Vamos conscientizar para que possamos ser um exemplo para o mundo todo de sustentabilidade e respeito ao meio ambiente”. Disse Dirceu.

Durante o encontro em Rodrigues Alves, foram selecionados representantes do estado do Acre que participarão da Conferência Nacional de Aqüicultura e Pesca que será realizada em Brasília no período de 30 de setembro a 2 de outubro deste ano. Na Conferência Nacional, delegações de todos os estados do país vão debater os assuntos que foram encaminhados nas Conferências Estaduais.

Gilvan assume a Prefeitura de Cruzeiro do Sul



O presidente da Câmara de Vereadores de Cruzeiro do Sul, Gilvan Freitas (PMDB), emocionou-se ao assumir o cargo de prefeito em exercício da cidade nesta quarta-feira (1). O prefeito Vagner Sales e o vice Mazinho Santiago que também é secretário de administração, estão em Rio Branco tentando uma negociação de uma dívida com o INSS, que se aproxima dos R$ 3 milhões que deixaram de ser recolhidos por gestões passadas.



O presidente da Câmara de Vereadores de Cruzeiro do Sul, Gilvan Freitas (PMDB), emocionou-se ao assumir o cargo de prefeito em exercício da cidade nesta quarta-feira (1). O prefeito Vagner Sales e o vice Mazinho Santiago que também é secretário de administração, estão em Rio Branco tentando uma negociação de uma dívida com o INSS, que se aproxima dos R$ 3 milhões que deixaram de ser recolhidos por gestões passadas.

Gilvan Freitas que só foi registrado com 12 anos de idade por pertencer a uma família carente da zona rural, disse ter ficado emocionado ao assumir o cargo mais importante da cidade. “Graças a Deus tive a felicidade de estar vereador, fui escolhido presidente da Câmara e agora passa um filme na minha cabeça assumindo essa prefeitura. Nesse primeiro momento, estou conhecendo o ambiente e com o apoio dos servidores e vamos trabalhar em benefício da nossa população”, diz.

Nesta quinta-feira, o prefeito em exercício vai autorizar os trabalhos de reforma de uma escola no Bairro São José. A melhoria nas instalações da escola foi pauta de reivindicação do vereador na Tribuna da Câmara. Com a oportunidade ele próprio vai autorizar a obra que será realizada em um mês, nesse período alunos e professores estarão de férias.

O prefeito Vagner Sales e seu vice Mazinho Santiago devem retornar à cidade no próximo sábado.

Assessoria

Sérgio Eventos assume Liga de Futsal



O promotor de eventos esportivos, Sérgio Luiz Alves, o popular Sérgio Eventos, foi eleito na última segunda-feira (29) como presidente da Liga Cruzeirense de Futebol de Salão. Na posse da nova diretoria realizada, no Teatro José de Alencar, o presidente garantiu seriedade frente a Liga e anunciou que já está organizando a programação para este ano.



O promotor de eventos esportivos, Sérgio Luiz Alves, o popular Sérgio Eventos, foi eleito na última segunda-feira (29) como presidente da Liga Cruzeirense de Futebol de Salão. Na posse da nova diretoria realizada, no Teatro José de Alencar, o presidente garantiu seriedade frente a Liga e anunciou que já está organizando a programação para este ano.

De acordo com Sérgio Eventos, é preciso resgatar o Futsal em Cruzeiro do Sul que está precisando de incentivos e organização para desenvolver atividades que envolvam a juventude na prática esportiva. “Queremos envolver nossos jovens nesse esporte que é uma ferramenta de transformação social” – disse o presidente ao assumir o cargo.

Sérgio também pediu a colaboração de toda comunidade e principalmente dos presidentes de clubes e dos atletas para desenvolver o trabalho. “Temos uma Liga que está inadimplente que precisa de um grande esforço e a colaboração de todos para regularizar a entidade para que possamos organizar nossas ações” – disse.

O novo presidente também vai lutar para ter o apoio do Governo do Estado e da Prefeitura e de outras instituições para realizar os investimentos necessários para desenvolver as competições em Cruzeiro do Sul. “Os empresários também são fundamentais para a sobrevivência de qualquer esporte ou atividade cultural em nosso município” – revelou.

A nova diretoria já se prepara para por em prática o planejamento das ações que serão realizadas durante os 3 anos de gestão. Para a programação deste ano, Sérgio Eventos promete competições em diversas categorias. “Vamos realizar competições que envolvam crianças, adolescentes, adultos e as mulheres” – garantiu o presidente que deve se reunir ainda este mês com os presidentes de clubes para definir o início da programação de 2009.

Somos iguais, mas somos diferentes, reage Bancada Feminina



A sub-representação política das mulheres nas estruturas do Poder Legislativo é uma “vergonha”. Toda a atenção dada ao tema até então pelos legisladores é tão ínfima que não merece mais que o antepenúltimo lugar dentre os países que formam as três américas.



A sub-representação política das mulheres nas estruturas do Poder Legislativo é uma “vergonha”. Toda a atenção dada ao tema até então pelos legisladores é tão ínfima que não merece mais que o antepenúltimo lugar dentre os países que formam as três américas. Ou seja: superamos apenas a Colômbia e o Haiti. E no ranking mundial, das 188 nações avaliadas, o espaço de poder ocupado por elas amarga a posição 142.

O breve resumo, baseado em pesquisa feita pela União Inter Parlamentar (UIP), movimentou o colegiado de líderes na Câmara Federal, nesta quarta-feira, formado apenas por homens. Foi o momento em que a Bancada Feminina (elas somam apenas 9% do total de 513 parlamentares) pediu atenção especial ao presidente Michel Temer, no sentido de rever dois pontos polêmicos da Reforma Eleitoral, cujo texto final está pronto para votação.

“Nós somos iguais, mas somos diferentes”, discursou a deputada federal Perpétua Almeida, que lembrou uma pesquisa do Ibope, datada de fevereiro deste ano, que diz o seguinte: 75% das pessoas entrevistadas entendem que “só haverá democracia plena no Brasil com a presença das mulheres nos espaços de poder e tomadas de decisão”.

Perpétua apoiou, na ocasião, uma emenda proposta pela bancada, segundo a qual os partidos que não preencherem o mínimo de trinta por cento do sexo minoritário deverão, como punição, ampliar o percentual de verbas do fundo partidário para formação política de mulheres militantes de partido do mínimo de 10% para 15%.
Na pesquisa, 86% dos homens e mulheres entrevistado defendem as cotas e aprovam punições aos partidos que as desobedecerem.

“O texto base que a comissão da reforma eleitoral elaborou já traz alguns avanços para as mulheres. Mas são avanços são tímidos”, disse ela. A coordenadora das bancada, deputada Alice Portugal, ao defender a cota, citou a Argentina, o Uruguai, o México e o Canadá como países que conseguiram elevar a participação feminina nas estruturas do legislativo com a obrigatoriedade da cota.

A bancada quer ainda a garantia de 20% do tempo de propaganda partidária e de um percentual mínimo de 10% dos recursos do fundo. Também sugere que o Tribunal Superior Eleitoral colete informações sobre raça e cor dos candidatos para revelar o perfil do parlamento.

O presidente da Casa, Michel Temer, falou não ser contrário à proposta. Para ele, caberá às deputadas conseguirem apoio dos líderes partidários para que as propostas sejam emendadas ao texto original.

Comissão

A Bancada Feminina teve assegurada sua participação nas discussões do grupo de representantes de todos os partidos para formular um projeto de reforma eleitoral. As deputadas Luíza Erundina (PSB-SP), Rita Camata (PMDB-ES) e Vanessa Grazziottin (PCdoB-MA) foram indicadas como representantes das Bancada.
O projeto da reforma eleitoral, que altera a Lei das Eleições (Lei 9.504/97) e a Lei dos Partidos Políticos (Lei 9.096/95), será votado na próxima semana.