sexta-feira, 3 de julho de 2009

Empresários aventuram-se na BR-364



Eles saíram de Cruzeiro do Sul na sexta feira e chegaram à Rio Branco no sábado. No retorno eles saíram de Sena Madureira às 06:00 horas da manhã de terça feira e chegaram em Feijó por volta das 18:30 horas da tarde.
O empresário Ercinho Cameli aproveitou a aventura para ver de perto as condições da Br 364. Segundo ele, para quem gosta de aventura, este tipo de viagem é uma boa opção.

Um grupo de empresários cruzeirenses aventuram-se na br-364, no trecho entre Cruzeiro do Sul e Rio Branco.

Eles saíram de Cruzeiro do Sul na sexta feira e chegaram à Rio Branco no sábado. No retorno eles saíram de Sena Madureira às 06:00 horas da manhã de terça feira e chegaram em Feijó por volta das 18:30 horas da tarde.
O empresário Ercinho Cameli aproveitou a aventura para ver de perto as condições da Br 364. Segundo ele, para quem gosta de aventura, este tipo de viagem é uma boa opção.

O empresário, considerou a viagem como ótima. Porém resaltou que na estrada existem trechos intrafegáveis, onde até mesmo de cavalo, ou jumento fica dificil trafegar.
Ercinho disse existem trechos de mata bruta, mas que no pior trecho da BR já existem uma grande quantidade de máquias trabalhando na recuperação da via, o que deve possibilitar que nos próximos dias veículos traçados como toyotas possam está percorrendo o trecho entre Sena e Feijó.

Para ele, é possivel que em 15 dias o trafego de veículos entre a capital e Cruzeiro do Sul, seja normalizado.

Além de Ercinho Cameli, estiveram na aventura André do Ferro, Júnior Bandeira, Getúlio Diniz, Amorzinho Guimarães e Zé Luiz da Jl Informática. O grupo pretende voltar a fazer este percurso no mês de dezembro, após o fechamento do periodo do verão. A intenção é tão somente aventura e curtição do lamasal que toma conta da 364 no período invernoso.