quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Açougueiro degola pedreiro no Jigu


Desde a madrugada de domingo (09) a polícia de Cruzeiro do Sul realiza diligências para tentar prender, o açougueiro Francisco das Chagas Negreiros de Oliveira, o “Quico”, 21, acusado de ter assassinado a golpe de faca o pedreiro Altemar Bezerra da Silva, o “Tema”, 37. O crime aconteceu no Bairro João Alves, em um local conhecido como Bairro do Jigu, por volta de 1 hora.

Desde a madrugada de domingo (09) a polícia de Cruzeiro do Sul realiza diligências para tentar prender, o açougueiro Francisco das Chagas Negreiros de Oliveira, o “Quico”, 21, acusado de ter assassinado a golpe de faca o pedreiro Altemar Bezerra da Silva, o “Tema”, 37. O crime aconteceu no Bairro João Alves, em um local conhecido como Bairro do Jigu, por volta de 1 hora.

De acordo com familiares da vítima não houve motivo para o crime. “Tema” estava sob efeito de bebida alcoólica, próximo à casa de sua mãe quando foi degolado pelo açougueiro que passou a faca afiada no pescoço do pedreiro e deixou o local tomando rumo ignorado.

Os moradores do Jigu afirmaram que “Quico” teve um desentendimento com outra pessoa e matou Altemar por engano ou porque estava em momento de fúria. Policiais militares foram chamados para atender a ocorrência e realizaram várias buscas no sentido de prender o acusado, mas não tiveram êxito. Na manhã desta segunda-feira, o delegado Ari Régis solicitou a Prisão Preventiva de Francisco Negreiros e designou uma equipe de agentes para continuar o processo de investigação.