quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Marina Silva anuncia desligamento do PT após quase 30 anos e se diz livre para negociar com o PV

A senadora Maria Silva acaba de anunciar o seu desligamento do Partido dos Trabalhadores (PT), na Comissão de Meio Ambiente do Senado. Segundo ela, isso não significa um rompimento com o partido, ao qual foi filiada por quase 30 anos. O PT foi fundado em 1980.


Senadora fez anúncio oficial nesta manhã na Comissão de Meio Ambiente do Senado
A senadora Maria Silva acaba de anunciar o seu desligamento do Partido dos Trabalhadores (PT), na Comissão de Meio Ambiente do Senado. Segundo ela, isso não significa um rompimento com o partido, ao qual foi filiada por quase 30 anos. O PT foi fundado em 1980.
Marina diz que, a partir de agora, se sente livre para conduzir as conversas de filiação com o Partido Verde (PV). A decisão reforça os rumores das últimas semanas de que a senadora trocaria de legenda para concorrer à presidência da República em 2010.

— Nesse momento, trata-se de dar conhecimento à sociedade brasileira da decisão que é fruto de uma reflexão com companheiros e dirigentes do partido, que significa me desligar do PT depois de 30 anos — disse.

A ex-ministra do Meio Ambiente preferiu não falar da suposta candidatura ao Palácio do Planalto antes de formalizar a filiação no partido, mas classificou como um "convite honroso" a proposta do PV.

— Saí do PT para poder ficar livre para negociar com outro partido. Não ficaria bem, negociar com um partido estando em outro — argumentou Marina.

Segundo a parlamentar, ela faz neste momento uma revisão programática para adoção de um modelo sustentável como o do PV. Ela disse que saía do PT "em busca do sonho" de lutar pelo desenvolvimento sustentável do meio ambiente. A decisão foi comunicada por telefone ao presidente do PT, deputado Ricardo Berzoini, na manhã desta quarta-feira. Marina também entregou uma carta em que justificou a sua saída do PT.

A senadora agradeceu aos militantes e colegas do PT que apelaram por sua permanência na sigla:

— Mas o fato de sair de casa, não significa que estamos rompendo com as pessoas com as quais convivemos durante tantos anos.

Durante os 10 minutos do seu anúncio oficial, Marina citou nomes de senadores, militantes e dirigentes do PT que conversaram com ela, mas não citou o presidente Lula.

Se decidir ser candidata pelo PV, a senadora já terá à disposição pelo menos um pretendente a vice de sua chapa. O ex-ministro da Cultura e cantor Gilberto Gil afirmou na terça-feira que poderia aceitar uma possível proposta para disputar as eleições de 2010 como vice de Marina. Com informações do site G1.
AGÊNCIA BRASIL


Produção de biscoitos de goma cresce em Cruzeiro do Sul

Os moradores da Vila Assis Brasil, em Cruzeiro do Sul, apostaram no associativismo e já estão colhendo os frutos da iniciativa. A exemplo do aumento da produção de peixes nos açudes da comunidade, as produtoras de biscoito de goma também fundaram a associação e registram avanços na fabricação do produto.

Viviane Teixeira

Seaprof oferece capacitação e assistência técnica para mulheres produtoras da Vila Assis Brasil
Os moradores da Vila Assis Brasil, em Cruzeiro do Sul, apostaram no associativismo e já estão colhendo os frutos da iniciativa. A exemplo do aumento da produção de peixes nos açudes da comunidade, as produtoras de biscoito de goma também fundaram a associação e registram avanços na fabricação do produto.

Maria de Souza Amaral trabalha há 15 anos produzindo biscoitos de goma em Cruzeiro do Sul e comemora a implantação da associação, que segundo ela trouxe vários benefícios para as famílias da vila. “Essa união foi uma bênção. Com os cursos aprendemos a economizar bastante, e isso, junto com a nossa experiência, está fazendo com que a renda dessas famílias aumente.”

Os cursos citados pela produtora são resultado da parceria entre a associação e o Governo do Estado. Desde 2008, a partir da organização de 28 mulheres, a Secretaria de Extensão Agroflorestal e de Produção Familiar (Seaprof) iniciou o processo de capacitação e assistência técnica. Foram enfatizados temas como gestão de negócio e associativismo.

A presidente da Associação das Produtoras de Biscoito de Goma, Marlis da Costa Maciel, destaca que a produção que era de 120 quilos por mês, em média, saltou para 400 quilos. “Estamos mais unidas e aprendendo a trabalhar pelo coletivo. Os resultados são positivos, mas, além disso, estamos agregando valor aos tradicionais biscoitos de Cruzeiro do Sul”. A produção abastece o mercado local e Mâncio e ainda são trazidos a Rio Branco pelas pessoas que visitam Cruzeiro.

De acordo com a técnica da Seaprof que trabalha na comunidade, Gleiciane Oliveira Cruz, as associadas realizaram uma compra conjunta experimental dos produtos utilizados na fabricação dos biscoitos, como manteiga, leite, açúcar e fermento. “A proposta era mostrar a possibilidade de conseguir melhores preços”, lembra. Nesta semana, o financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) solicitado pelas empreendedoras foi liberado e elas irão utilizar os recursos para mais uma compra antecipada.

Três representantes da comunidade virão para Rio Branco efetivar a compra dos insumos para um ano de produção dos biscoitos de goma. A cotação de preços e a orientação das famílias estão sendo realizadas pela equipe do governo. “Isso garante a redução dos custos de produção”, destaca a presidente da associação.

O próximo desafio a ser vencido será a implantação da indústria de biscoitos na Vila Assis Brasil. O projeto para modernização das unidades de produção já foi elaborado em parceria com o Sebrae, e o senador Tião Viana, por meio de emenda parlamentar, disponibilizou R$ 500 mil para a construção do espaço.
www.agenciadenoticias.ac.gov.br

Ouro no vôlei: a Escola São José é recebida com festa em Cruzeiro do Sul

A Escola de Ensino Fundamental São José tem tradição vencedora nas competições em que participa. Neste ano, a escola participou na fase estadual dos Jogos Escolares nas modalidades esportivas de vôlei masculino e feminino, futsal e xadrez, e o excelente desempenho possibilitou levantar a taça nas duas categorias de vôlei além de um consagrador terceiro lugar em xadrez.

Flaviano Schneider

Atletas vão representar o Acre na categoria durante a competição nacional

A Escola de Ensino Fundamental São José tem tradição vencedora nas competições em que participa. Neste ano, a escola participou na fase estadual dos Jogos Escolares nas modalidades esportivas de vôlei masculino e feminino, futsal e xadrez, e o excelente desempenho possibilitou levantar a taça nas duas categorias de vôlei além de um consagrador terceiro lugar em xadrez.

Os estudantes foram recebidos com festa pela população, e tiveram direito ao passeio com o carro de bombeiros pelas ruas e uma chegada triunfal no colégio onde fizeram a festa junto aos colegas e professores.

A diretora da Escola Sernizia de Araújo Correia disse que já perdeu a conta dos troféus levantados pelos atletas da escola, mas revela: "A Escola já tem tradição no vôlei masculino e feminino e sempre ganhamos alguma coisa. Neste ano, ainda levamos o bronze no xadrez".

Trabalho e dedicação
Ela conta que, todos os anos, os professores de educação física e o técnico Ney fazem um trabalho muito bom com os meninos, com muito trabalho e dedicação, até em horários extras e o resultado foi o ouro no final. "Eles são disciplinados, treinam com entusiasmo, querem ser campeões e foram campeões", comentou.

O estudante Natan Thauai, medalha de ouro no vôlei, embora elogie a preparação das outras equipes considerou até fácil vencer o torneio de vôlei. "A gente lutou muito para chegar até aqui. Os outros times também eram bons, mas a gente conseguiu se superar e vencemos. Temos jogadores com capacidade para se aperfeiçoar e até se profissionalizar como o Wiler e o Mateus, o levantador", disse.

Rafaela Silva Gaspar, aluna da 7ª da sétima B é atacante e ostenta com alegria o título de campeã. Conta que participou pela segunda vez da disputa. Na primeira vez não deu, mas neste ano a vitória chegou naturalmente. Ela acredita que tem potencial para continuar e vai treinar com afinco até um dia, quem sabe, poder chegar à seleção brasileira.

Enxadrista precoce

Aloisio Menezes, aluno da oitava série foi o terceiro colocado em xadrez. Ele conta que desde os quatro anos joga xadrez e seu mestre foi o pai. "O colégio me apoiou, meu pai foi meu técnico desde os quatro anos de idade, aprendi a jogar com ele e hoje agradeço à escola e ao meu pai", disse.

Aloisio conta que ficava observando o pai jogar e sempre teve vontade de aprender. "Ele ensinou a mim e a minha irmã a jogar. Também aprendi pelos livros, todos os que meu pai comprou, eu já li. Acompanho também pela internet as partidas de campeões em disputa pelo mundo. Dependendo do meu desenvolvimento pretendo disputar o campeonato acreano e, quem sabe, o brasileiro", finalizou.
www.agenciadenoticias.ac.gov.br

Começam os preparativos para a 5ª Expoacre Juruá

Maior festa de Cruzeiro do Sul vai ter a presença de peruanos e comercialização de 100 toneladas de produtos do país vizinho
O Governo do Estado e o Sebrae estão preparando a infraestrutura num trecho de aproximadamente um quilômetro da Avenida Mâncio Lima, local onde vai ser realizada a 5ª Expoacre Juruá. Considerada a maior festa de Cruzeiro do Sul, o evento vai de 27 a 30 de agosto e para abri-la, um prato cheio para os amantes do forró: no dia 27, o grupo Fala Mansa pela primeira vez se apresenta no Vale do Juruá.

Flaviano Schneider
Maior festa de Cruzeiro do Sul vai ter a presença de peruanos e comercialização de 100 toneladas de produtos do país vizinho
O Governo do Estado e o Sebrae estão preparando a infraestrutura num trecho de aproximadamente um quilômetro da Avenida Mâncio Lima, local onde vai ser realizada a 5ª Expoacre Juruá. Considerada a maior festa de Cruzeiro do Sul, o evento vai de 27 a 30 de agosto e para abri-la, um prato cheio para os amantes do forró: no dia 27, o grupo Fala Mansa pela primeira vez se apresenta no Vale do Juruá.

Segundo o coordenador do Sebrae em Cruzeiro do Sul, Domingos Amaral, a Expoacre-Juruá deste ano "vai ser uma feira bem diferente da que houve no passado, com carinho todo especial na questão da decoração, do próprio layout, na distribuição das tendas, no porte".
Embora o lazer e a diversão continuem tendo seus espaços garantidos na exposição, o coordenador-geral da exposição, Dudé Lima conta que a tendência é transformar cada vez mais a Expoacre Juruá - assim como acontece na capital com a Expoacre - num espaço de negócios.

E negócios é que não vão faltar: a feira deste ano será em tudo maior que a do ano passado, a começar pela expectativa de faturamento. Segundo Domingos, a feira do ano passado movimentou algo em torno de R$ 2,5 milhões. Neste ano a expectativa é de que alcance os R$ 5 milhões.

E a grande novidade serão os peruanos. Cerca de 100 pessoas do país vizinho virão à feira, entre elas autoridades e empresários. A presença deles faz parte da continuidade do processo de integração regional fronteiriça, iniciada pela Assembleia Legislativa do Acre este ano. Conta Domingos que virão quatro aviões fretados carregados de verduras e frutas que, na volta, levarão carne da região. As cargas pertencem a três empresários de Cruzeiro do Sul e um empresário de Tarauacá.

Feira setorizada
O coordenador da feira, Dudé Lima, explica que neste ano haverá algumas mudanças na estrutura. "A ideia do governador é que ela seja setorizada mais ainda para que o público chegue aqui na feira e já saiba logo o que deseja visitar ou adquirir. A economia do Vale do Juruá é muito forte e essa é a oportunidade para os empreendedores da região mostrarem seus produtos", disse.

Segundo Dudé, como a feira, além de um espaço econômico, é também um grande atrativo de lazer para a população, foi feita uma vasta programação cultural. "Nos esportes equestres, vamos ter prova de laço, prova de tambor, rodeio e cavalgada", disse. Além do Fala Mansa, o evento vai ter apresentações diárias de grupos regionais de Cruzeiro do Sul e Rio Branco. O Projeto Cidadão vai realizar seu tradicional casamento coletivo e, neste dia, haverá um show de música gospel.

Domingos explica que a decisão de fazer o show de um lado e o rodeio do outro vai facilitar ao público circular durante todo o evento em toda sua extensão. No ano passado, ele informa, havia 24 tendas com aproximadamente 200 expositores. Neste ano serão 40 tendas com cerca de 300 expositores. Para a realização da feira foi renovado o convênio entre o Sebrae e o Governo do Estado, que estabelece a divisão de investimentos entre os dois parceiros.
www.agenciadenoticias.ac.gov.br