segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Duas mortes no trânsito e uma grávida assassinada durante o final de semana

A cidade de Cruzeiro do Sul teve um dos finais de semana com o maior índice de violência dos últimos anos. As polícias Civil e Militar tiveram muito trabalho para atender todas as ocorrências. Foram várias tentativas de homicídio, casos de lesão corporal, ameaças, roubos e furtos praticados na cidade que saiu de sua rotina com inúmeros acidentes, sendo dois com vitimas fatais e o homicídio de uma mulher que estava grávida de três meses.

A cidade de Cruzeiro do Sul teve um dos finais de semana com o maior índice de violência dos últimos anos. As polícias Civil e Militar tiveram muito trabalho para atender todas as ocorrências. Foram várias tentativas de homicídio, casos de lesão corporal, ameaças, roubos e furtos praticados na cidade que saiu de sua rotina com inúmeros acidentes, sendo dois com vitimas fatais e o homicídio de uma mulher que estava grávida de três meses.

A desempregada Francisca de Oliveira Silva, 25, foi assassinada pelo próprio marido na noite de sexta-feira (21) no Bairro da Várzea. José Amazonas de Melo Freire, 42, que tem o apelido de Louro, utilizou uma faca para atingir a companheira no lado esquerdo do tórax. A vítima que estava no terceiro mês de gestação ainda foi socorrida com vida por uma equipe do SAMU, mas não resistiu e morreu horas após a entrada no Pronto Socorro.

Até o momento a polícia ainda não sabe o motivo do crime. O assassino deixou o local assim que esfaqueou a mulher e até a tarde desta segunda-feira ainda não havia sido capturado. De acordo com pessoas que moram próximo ao local, foi possível escutar apenas os gemidos da mulher no momento que foi atingida pelo marido. Conhecidos do casal afirmaram que os dois eram viciados em droga.

Na vila Assis Brasil, às 19 horas de domingo (23), foi vitima de acidente de trânsito o jovem Francisco Wellinton do Nascimento, 20, que morava no Paraná Pentecostes. Ele conduzia uma motocicleta e bateu contra uma caminhonete que estava sendo dirigida pela funcionária pública, Lúcia Maria de Souza Oliveira, 46, moradora do Bairro Escola Técnica. De acordo com informações da polícia, o rapaz que saiu como vítima, provavelmente, era usuário de substância entorpecente, já que na bolsa que levava na hora do acidente havia uma trouxinha de cocaína e um corote de cachaça. A motorista do carro prestou socorro.

O outro acidente grave aconteceu na mesma noite, na zona urbana da cidade, na Rua Tarauacá, próximo à sede da AABB. O motociclista Antônio Gleberson Cavalcante Soares, 20, que morava no Bairro do Cruzeirão, morreu após uma batida contra outra motocicleta que estava sendo conduzida por Francisco Adson de Araújo Souza, 25, residente no Bairro do Colégio.

Gleberson ainda chegou ao Pronto Socorro com vida, mas morreu pouco tempo depois. O outro motoqueiro também foi socorrido pelo SAMU para atendimento no Pronto Socorro, mas apenas com ferimentos leves e assim que após ter sido liberado pelos médicos foi encaminhado à Delegacia Geral de Polícia, pois de acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, Adson estava sob efeito de bebida alcoólica.

Comunistas traçam metas para o partido


O teatro José de Alencar ficou pequeno para o grande número de comunistas que compareceram durante a Conferência Municipal do PCdoB – Partido Comunista do Brasil - realizada na manhã de sábado (22) em Cruzeiro do Sul. No encontro estiveram presentes os líderes do partido, Edvaldo Magalhães, Perpétua Almeida, Moisés Diniz, Zequinha Lima e Edvaldo Gomes que explicaram para a militância sobre o atual momento político do estado e chegaram ao entendimento de que o PCdoB deve participar da chapa majoritária da Frente Popular na eleição do próximo ano.


Foto:Onofre Brito

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Edvaldo Magalhães, que também é presidente da diretoria regional do partido, afirmou durante a Conferência que o PCdoB, atualmente reúne todas as condições para compor a chapa majoritária na coligação que dos partidos da Frente Popular. As demonstrações de organização das últimas eleições, o fato de ter uma militância envolvida nas questões sociais e nos objetivos da sigla e a força política do Partido Comunista no Acre, sendo um dos principais parceiros do governo para promover o desenvolvimento do estado, são pontos fundamentais que levam os comunistas a entender que podem fazer parte diretamente da disputa pelos cargos majoritários.

“A Frente Popular construiu uma trajetória política invejável, mas precisa ser re-pactuada” - disse o líder comunista.

Os comunistas acreditam que agora é o momento de novas discussões para as configurações da Frente Popular para a disputa de 2010, tendo em vista a saída da senadora Marina Silva do Partido dos Trabalhadores. A deputado federal Perpétua Almeida afirmou que o PCdoB tem nomes para disputar qualquer cargo político no estado e disse está à disposição do partido.

O deputado Edvaldo Magalhães disse que no momento certo serão anunciados os representantes do partido para compor a chapa majoritária da Frente Popular. Mas chamou a atenção para a necessidade de diálogos entre os partidos aliados no sentido de reorganizar a coligação e dá continuidade ao projeto político que começou a ser implantado no estado há mais de 10 anos.

Comunidade Santa Terezinha ganha rede de abastecimento de água


“Todas as vezes que passei por aqui nesses sete meses, não deixei de lembrar a promessa que fiz para implantar nessa comunidade um sistema de abastecimento de água, declarou o prefeito Vagner Sales, na noite do último sábado (22), ao assinar na presença de mais de cem moradores do Bairro Santa Terezinha a ordem de serviço que permitirá a construção, a partir desta semana, de uma rede de água no local.


Para o presidente da UMAM – União Municipal das Associações de Moradores, Expedito Ribeiro da Silva, quase cinqüenta famílias serão beneficiadas com o abastecimento de água. “Muitos prefeitos já prometeram a instalação dessa água, mas nenhum cumpriu, por isso que para esses moradores, em apenas sete meses na prefeitura Vagner Sales já fez mais do que todos eles juntos”, declarou Expedito.

No encontro que contou também com a presença dos vereadores Celso Lima Verde e Ribeiro, entre outras autoridades, o prefeito disse que homenageava a deputada estadual Antônia Sales (PMDB), sua esposa, que lhe pressionou para que essa obra fosse uma das primeiras iniciativas da sua administração. “Não podemos continuar vendo essas mulheres se acabando de tanto carregar água na cabeça”, teria dito a deputada.

Vagner contou que a cerca de cem metros do Bairro Santa Terezinha será construída a Praça da Juventude, com o custo de R$ 1,5 milhão. Mas ressaltou que “não adianta o poder público gastar milhões em outras obras se as nossas comunidades não tiverem água para beber, que é o líquido mais precioso que Deus nos deu”. A capacidade inicial da caixa d’água é para 20 mil litros, mas vamos tentar ampliá-la para 30 mil.

GREVE

Ele lamentou a greve dos servidores da saúde que tentam parar as atividades nos postos do município. “Esse pessoal não tem coração, porque justamente nessa hora que a população anda apreensiva por causa das noticias de gripe, eles cruzam os braços. Há enfermeiros que ganham R$ 2 mil de salário na prefeitura e ganham R$ 2 mil no hospital estadual, porque não fazem greve também lá no hospital do governo?”, criticou.


BALANÇO

O prefeito disse que a popularidade em alta é sempre boa para um político que sai às ruas e é cumprimentado pela população, mas declarou que ainda não fez nem um por cento do que pretende fazer. Ele aproveitou e fez um balanço das realizações da sua administração.

“Já no terceiro mês de nossa gestão mudamos um laboratório que só fazia 6 tipos de exames por um outro que realiza 32 tipos diferentes. Os resultados levavam mais de um mês para ficar pronto e hoje sai no máximo em dois dias; não processava mais de 1.500 exames e hoje tem capacidade para fazer até 50.000”, disse Vagner.

Ele falou que o porto que a prefeitura está construindo nas margens do Rio Juruá é feito com recursos que são economizados na sua gestão, como ocorre também com os abrigos de ônibus construídos em parceria com o Ibama. “Cada um custa à prefeitura R$ 2 mil, e se fosse feito pela iniciativa privada não custaria menos de R$ 17 mil”, revela. Vagner conta que já foram gastos mais de R$ 300 mil em iluminação pública, e no próximo ano será necessário apenas repor as lâmpadas que se queimarem.

O prefeito lembrou que uma equipe da área de saúde fará a terceira viagem de sua administração para atender os ribeirinhos das comunidades mais afastadas, onde os produtores rurais contam com barcos e caminhões para o transporte gratuito da produção.

“Em apenas sete meses construímos oito escolas e distribuímos material escolar para todos os alunos da zona rural”, disse Vagner, acrescentando que em 2010 os alunos da área urbana também ganharão material escolar da prefeitura. Segundo ele, “hoje mais de 50 barcos transportam os alunos das escolas da área rural banhada por rios e igarapés, onde antigamente não chegava nem a merenda escolar”.


Educadores preparados para alfabetizar pescadores de Cruzeiro do Sul

Terminou nesta sexta-feira a capacitação dos educadores que vão trabalhar no projeto “Educação ao Alcance de Todos”, projeto financiado pela Fundação Banco do Brasil (FBB) dentro do programa ‘Brasil Educar’ e trazido a Cruzeiro do Sul através de articulação do gabinete do senador Tião Viana. A capacitação durou uma semana e foi ministrada pelas educadoras da FBB, Magaly Aparecida Romão e Maria Goretti Lima Melo. O curso de alfabetização vai durar seis meses em 21 turmas. Os 21 alfabetizadores capacitados são, na maioria, parentes de pescadores. A FBB investirá recursos de R$ 150.081,00. Ele foi o único projeto de educação aprovado na Região Norte pela fundação. A proponente do projeto é a própria Colônia de Pescadores. Outros parceiros, ainda contribuirão com uma contraparte de R$ 80 mil.

Flaviano Schneider

Fotos Onofre Brito

Terminou nesta sexta-feira a capacitação dos educadores que vão trabalhar no projeto “Educação ao Alcance de Todos”, projeto financiado pela Fundação Banco do Brasil (FBB) dentro do programa ‘Brasil Educar’ e trazido a Cruzeiro do Sul através de articulação do gabinete do senador Tião Viana. A capacitação durou uma semana e foi ministrada pelas educadoras da FBB, Magaly Aparecida Romão e Maria Goretti Lima Melo. O curso de alfabetização vai durar seis
meses em 21 turmas. Os 21 alfabetizadores capacitados são, na maioria, parentes de pescadores.

A FBB investirá recursos de R$ 150.081,00. Ele foi o único projeto de educação aprovado na Região Norte pela fundação. A proponente do projeto é a própria Colônia de Pescadores. Outros parceiros, ainda contribuirão com uma contraparte de R$ 80 mil.

O presidente da Colônia de Pescadores Z1 de Cruzeiro do Sul, Elenildo de Souza Nascimento, no ato de conclusão do curso, elogiou o esforço do gabinete do senador e FBB, por terem enxergado a necessidade dos pescadores. Ele contou que muitos pescadores, em vista do próprio ritmo de vida, não puderam se alfabetizar e acabam se prejudicando no dia. Um exemplo citado foi de que muitos não conseguem ler a validade de um produto e acabam comprando produtos com data de validade vencida. Elenildo conta que o curso de alfabetização foi projetado para atender 400 pescadores, mas as matrículas já ultrapassaram a meta atingindo até agora o montante de 440. O curso inicia no dia 31 de agosto e ainda tem gente se inscrevendo.

O representante do senador Tião Viana, Marcelo Ribeiro, disse que há muitas vertentes de financiamento no País e o gabinete do senador vem se esforçando para identificar aqueles que podem ser trazidos para o Estado. O secretário municipal de Educação, Ivo Galvão, garantiu o complemento salarial dos 21 educadores. Segundo ele, o gabinete do senador está tentando obter junto à fundação um complemento para o pagamento dos educadores, mas, caso a FBB não aceite aumentar o investimento, a Secretaria Municipal de Educação, vai garantir o pagamento do salário-mínimo integral aos educadores.

Alfabetizar é um prazer

Maria Eleonete Silva Rodrigues (Elem) mora no bairro do Remanso e topou ser uma das alfabetizadoras do projeto. Fez o curso e garante que está super animada em poder ensinar os pescadores a ler. Ela conta que embora os parentes não sejam pescadores tem um intenso relacionamento com suas famílias desde criança. Elem - como gosta de ser chamada - cursa Pedagogia na UFAC e considera o curso de alfabetização uma boa oportunidade para adquirir experiência, como lidar com os alunos, etc. Também considera uma honra poder ensinar a humilde classe dos pescadores a ler, ajudando assim a melhorar sua qualidade de vida e “para que eles sintam-se valorizados. O fato de não saberem ler não significa que não sejam inteligentes. Eles têm muito conhecimento da vida e precisam desta força” - disse.


Henrique Afonso garante Emenda ao tribunal de Justiça do Acre

O deputado Henrique Afonso na ultima terça-feira (18/08) recebeu em seu gabinete em Brasília a visita do ilustre Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Acre que acompanhado da Desembargadora Dra. Vera Evangelista apresentou ao parlamentar relatório dos projetos que o Tribunal desenvolve no Acre que visa ao acesso de todos à Justiça.

O deputado Henrique Afonso na ultima terça-feira (18/08) recebeu em seu gabinete em Brasília a visita do ilustre Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Acre que acompanhado da Desembargadora Dra. Vera Evangelista apresentou ao parlamentar relatório dos projetos que o Tribunal desenvolve no Acre que visa ao acesso de todos à Justiça.

Henrique Afonso, um entusiasta do Programa Justiça Itinerante afirmou que as ações que o TJ do Acre vem fazendo nas comunidades devem ser modelo para o Brasil

Durante o encontro o Deputado Henrique Afonso garantiu ao presidente do Tribunal a indicação de uma Emenda ao Orçamento da União para garantia da execução dos projetos no ano de 2010.