quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Gladson consegue recursos para o interior.



O deputado Gladson Cameli (PP) recebeu a confirmação, ontem em Brasília, do empenho, através do ministério das Cidades, de 2 emendas do Orçamento de 2009. Cruzeiro do Sul foi contemplada com R$ 1.500.000,00 enquanto Tarauacá ficou com R$ 700.000,00 para serem empregados em infraestrutura urbana. As emendas incluem obras como calçamento,pavimentação de ruas e até construção de casas populares..”O importante é que os recursos sejam bem utilizados para beneficiar as comunidades locais”, disse o deputado


O deputado Gladson Cameli (PP) recebeu a confirmação, ontem em Brasília, do empenho, através do ministério das Cidades, de 2 emendas do Orçamento de 2009. Cruzeiro do Sul foi contemplada com R$ 1.500.000,00 enquanto Tarauacá ficou com R$ 700.000,00 para serem empregados em infraestrutura urbana. As emendas incluem obras como calçamento,pavimentação de ruas e até construção de casas populares..”O importante é que os recursos sejam bem utilizados para beneficiar as comunidades locais”, disse o deputado

As prefeituras beneficiadas deverão ser comunicadas do empenho de descentralização dos recursos para a Caixa Econômica Federal(CEF) ,que passa a ser a unidades gestora.A CEF,então,deverá orientar as prefeituras para o procedimento necessário para a implementação das obras,como realização de licitação e cronograma de desembolso.Após concluir esta semana a elaboração das emendas para o Orçamento de 2010,onde priorizou a infraestrutura ,educação,saúde e agricultura,o deputado aguarda ainda a comunicação do empenho de emendas nas áreas de pesca, educação,provisão habitacional e infraestrutura complementar da faixa de fronteira.

O deputado enfatizou que a preocupação este final de ano é justamente acompanhar e acelerar a liberação das emendas pendentes dos orçamentos anteriores. Ele fez ainda um apelo aos prefeitos para que mantenham as administrações municipais adimplentes,uma exigência básica do Governo Federal para a liberação dos recursos. O deputado lembrou ainda que,durante seu mandato, elaborou emendas beneficiando todos os municípios acreanos,sem levar em conta a coloração partidária das prefeituras.Minha intenção,disse ele,é garantir os recursos para todas as comunidades acreanas.

Comissão aprova piso salarial de R$ 4,5 mil para PMs e bombeiros


Na condição de membro titular da Comissão Especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 300/08, o deputado Ilderlei Cordeiro (PPS-AC) comemorou, ontem, a aprovação do relatório que define o piso salarial de R$ 4,5 mil para policiais militares e bombeiros. Também foi definido um segundo piso para o primeiro posto de oficial – 2º tenente – no valor de R$ 9 mil.

Brasília – Na condição de membro titular da Comissão Especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 300/08, o deputado Ilderlei Cordeiro (PPS-AC) comemorou, ontem, a aprovação do relatório que define o piso salarial de R$ 4,5 mil para policiais militares e bombeiros. Também foi definido um segundo piso para o primeiro posto de oficial – 2º tenente – no valor de R$ 9 mil.

Segundo o parlamentar, ficou acertado na comissão que a União prestará assistência financeira complementar aos estados que não possuem recursos suficientes para arcar com as despesas da folha de pagamento dos militares, em virtude da aprovação do piso. Ilderlei Cordeiro lamentou, no entanto, a rejeição de um destaque que incluiria na proposta a Polícia Civil. “Provavelmente os policiais civis serão beneficiados através da PEC 340, em tramitação na Câmara dos Deputados, que equipara os seus salários aos dos agentes da Polícia Federal” – disse ele.

A PEC 300 ainda precisa ser votada em dois turnos pelo Plenário da Câmara e depois ser encaminhada ao Senado. “Na Câmara, ela merecerá todo nosso esforço para aprová-la” – disse o deputado Ilderlei Cordeiro ao destacar que um policial militar que trabalha no Acre ganha pouco mais de R$ 1 mil e ao passar para o piso de R$ 4,5 mil vai poder dar melhores condições de vida para sua família, trabalhando com mais segurança.

A aprovação dessa PEC, na opinião do parlamentar, representa a mobilização dos policiais militares e bombeiros de todos os estados brasileiros, inclusive do Acre. Ele argumenta ainda que a remuneração adequada garantirá a esses profissionais o direito de se capacitar e ficar mais tempo com sua família.

Assessori

Prefeitura segue doando vacina contra febre aftosa a pequenos criadores



Pelo menos 90 criadores de gado bovino, proprietários de até 20 desses animais na área rural de Cruzeiro do Sul, já foram beneficiados com a doação feita pela prefeitura para a vacinação dos rebanhos contra a febre aftosa. A meta, de acordo com o prefeito Vagner Sales é beneficiar cerca de 240 pequenos produtores. “Quando eu era deputado cheguei a sugerir que o Governo do Acre ajudasse os pequenos criadores de gado, mas isso nunca foi feito. Agora temos a oportunidade de doar essas vacinas no nosso município e o resultado é surpreendente”, afirma o prefeito.

Pelo menos 90 criadores de gado bovino, proprietários de até 20 desses animais na área rural de Cruzeiro do Sul, já foram beneficiados com a doação feita pela prefeitura para a vacinação dos rebanhos contra a febre aftosa. A meta, de acordo com o prefeito Vagner Sales é beneficiar cerca de 240 pequenos produtores. “Quando eu era deputado cheguei a sugerir que o Governo do Acre ajudasse os pequenos criadores de gado, mas isso nunca foi feito. Agora temos a oportunidade de doar essas vacinas no nosso município e o resultado é surpreendente”, afirma o prefeito.

Na sua opinião, não adianta nada os proprietários de grandes rebanhos vacinarem seus animais, se os pequenos não fizerem o mesmo. A ameaça da doença estará sempre presente enquanto houver bois sem vacina. “Não é só por causa do preço da vacina que o pequeno produtor deixa de vacinar, muitas vezes ele desiste por causa da burocracia, de ter que se dirigir ao centro da cidade, comprar isopor e gelo para a conservação da vacina e depois retornar às suas propriedades”, argumenta o prefeito.

Penando nisso a Secretaria Municipal de Agricultura cadastrou esses criadores, entrega o isopor, o gelo e uma autorização para a retirada da vacina nas lojas agropecuárias da cidade. Os técnicos Roberto Vasconcelos e Jorge Leite, da Secretaria de Agricultura afirmam que essa é uma iniciativa inédita em Cruzeiro do Sul. “A resposta dos produtores tem sido impressionante, com certeza vamos atingir a meta de apoio na vacinação de aproximadamente cinco mil bovinos na área rural do município”, aposta Vasconcelos.

Emocionado, o agricultor e criador de gado Francisco Epitácio de Melo Mendonça diz que “o prefeito Vagner Sales olha para os pobres de uma maneira como ninguém olhou antes porque”, garante o pequeno produtor, “ele tem os pés no chão, e abraça os cruzeirenses mais humildes, seja na cidade, seja no interior”.

Assessoria