quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Banco da Amazônia investe mais de R$ 22 milhões no Juruá em 2009



A Agência do Banco da Amazônia anunciou que investiu mais de R$ 22 milhões no vale do Juruá em 2009. Do montante 21 milhões foram recursos do Fundo Norte Obrigatório (FNO) e R$ 1.5 milhão com recursos do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf). A última liberação do ano aconteceu na sexta-feira (22) e atendeu 45 famílias da comunidade Paraná dos Mouras, município de Rodrigues Alves, num total de R$ 90 mil.

A Agência do Banco da Amazônia anunciou que investiu mais de R$ 22 milhões no vale do Juruá em 2009. Do montante 21 milhões foram recursos do Fundo Norte Obrigatório (FNO) e R$ 1.5 milhão com recursos do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf). A última liberação do ano aconteceu na sexta-feira (22) e atendeu 45 famílias da comunidade Paraná dos Mouras, município de Rodrigues Alves, num total de R$ 90 mil.

O gerente da Agência, Edemilson Souza, destaca a importante participação do Banco da Amazônia no desenvolvimento do município nos últimos anos afirmando que a agencia estará disponibilizando R$ 45 milhões para investimentos no Pronaf, Comércio, Serviço e ao grande produtor rural, em 2010.

‘‘O Banco da Amazônia tem por objetivo fortalecer os investimentos na indústria, no comércio e nos empreendedores da região. Esta é uma forma do governo subsidiar a agricultura familiar no Brasil. Quando o agricultor paga o seu financiamento em dia ele recebe um desconto de 25% do valor total financiado, ou seja, paga menos do que recebeu do banco’’, explicou o gerente.





O agricultor Luiz Fernando da Silva, residente no Ramal do Havaí, Projeto Paraná dos Mouras, foi beneficiado com R$ 2 mil. “ É um dinheiro que veio em boa hora, vou investir parte dos recursos na criação de gado e com a outra vou adquirir equipamentos para que possa ter um retorno seguro”, disse.