quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Procissão e missa campal encerram Novenário de São Sebastião em Mâncio Lima


O encerramento do Novenário de São Sebastião reuniu centenas de fiéis da Igreja Católica em Mâncio Lima. A festa realizada em nove noites de missas e novenas se encerrou nesta quarta-feira (20) com a procissão que levou uma grande quantidade de devotos do padroeiro para uma caminhada de oração pelas ruas da cidade.

O encerramento do Novenário de São Sebastião reuniu centenas de fiéis da Igreja Católica em Mâncio Lima. A festa realizada em nove noites de missas e novenas se encerrou nesta quarta-feira (20) com a procissão que levou uma grande quantidade de devotos do padroeiro para uma caminhada de oração pelas ruas da cidade.

Depois da procissão foi celebrada uma missão campal em frente à Igreja. O Pároco da cidade, Guilherme Stader, chamou a atenção da comunidade para seguir o exemplo de São Sebastião que foi um fiel seguidor de Jesus Cristo. “Foi pela fidelidade a Jesus que São Sebastião nos ensinou os valores que devemos colocar como exemplo para a sociedade que está acometida por pelas drogas, pela prostituição e outros males.

Nosso objetivo nesse no Novenário deste ano foi chamar a sociedade para fazer uma reflexão sobre esses problemas” – disse o pároco.

Na celebração os devotos de São Francisco entoaram hinos de louvores e participaram atentamente das orações. Muitos aproveitam o momento para pagar penitencia ao santo protetor.

Para o Padre Guilherme a população deu uma grande demonstração de fé. “Nossa comunidade tem sempre demonstrado que realmente é fiel a São Sebastião. Essa procissão nos orgulha porque vemos pessoas de todas as idades compenetradas participando atentamente das orações” - afirmou

Após a missa, um grupo de musicas católicas de Mâncio Lima encerrou a programação religiosa e homenagem ao padroeiro da cidade. O pároco do município ressaltou ainda que o Novenário em honra a São Sebastião transcorreu em um clima de orações já que não houve a venda de bebidas durante o período e as pessoas se comportaram como cristão.

Nenhum comentário: