quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Tião Viana recebe homenagem do TCE



O senador Tião Viana foi homenageado nesta quarta-feira, 6, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) por seu empenho na realização do curso de MBA em gestão pública com ênfase no controle externo. No dia 11 de agosto de 2009, Tião Viana ministrou a aula inaugural por teleconferência a partir de Curitiba (PR) a 4,6 mil servidores e gestores públicos do Estado do Acre. "A base da democracia está no fortalecimento das instituições e esta homenagem, de uma instituição como o TCE, muito me honra e gratifica", disse o senador, que recebeu uma placa das mãos do presidente do Tribunal, José Augusto de Faria em sessão especial que reuniu todos os conselheiros.

Edmilson Ferreira

Conselheiros agradecem empenho do senador na realização do curso de MBA em gestão pública com ênfase no controle externo


O senador Tião Viana foi homenageado nesta quarta-feira, 6, pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) por seu empenho na realização do curso de MBA em gestão pública com ênfase no controle externo. No dia 11 de agosto de 2009, Tião Viana ministrou a aula inaugural por teleconferência a partir de Curitiba (PR) a 4,6 mil servidores e gestores públicos do Estado do Acre. "A base da democracia está no fortalecimento das instituições e esta homenagem, de uma instituição como o TCE, muito me honra e gratifica", disse o senador, que recebeu uma placa das mãos do presidente do Tribunal, José Augusto de Faria em sessão especial que reuniu todos os conselheiros.


O curso tem previsão de encerramento em fevereiro de 2011 mas entrou para a agenda do Tribunal de Contas da União (TCU), parceiro no projeto acreano. O TCU planeja levar o MBA a 18 mil gestores de todo o País em 2010. De acordo com levantamento realizado pelo ex-ministro Mangabeira Unger e pelo empresário Jorge Gerdau cada R$1 investido na qualificação da gestão representa economia de R$156 na administração do Estado. O dado foi apresentado por Tião Viana ao ressaltar a importância do investimento público. "Esses investimentos vem reduzindo em 2% ao ano a pobreza no Acre desde 1999", explicou o senador.

Os objetivos do MBA são aperfeiçoar os gestores e servidores públicos no conhecimento e na operacionalização das modernas ferramentas de gestão primordiais para uma administração pública centrada na equidade, transparência e responsabilização dos recursos públicos. O MBA, pós-graduação em administração, é resultado de uma ampla parceria entre Governo do Estado, prefeituras, câmaras de vereadores, Tribunal de Justiça do Estado, Ministério Público e Assembleia Legislativa. "Com esta homenagem estamos agradecendo pelo seu empenho em participar do MBA, que é um sucesso", disse José Augusto de Faria.

''O curso beneficia não só o TCE como o Estado todo, conselheiro Antonio Malheiros''

O curso vem sendo coordenado pela Escola de Contas Conselheiro Alcides Dutra, que tem como diretor o conselheiro Ronald Polanco. As aulas ocorrerão às terças-feiras, das 13h às 16h, e às quintas-feiras, das 8h às 11h. As aulas ocorrerão nas instituições onde os alunos atuam. Estão sendo investidos R$ 718 mil na realização do MBA. "A nova fase da gestão é a de disseminar a informação. Com a sociedade da informação é possível minimizar as diferenças entre ilhas de excelências e ilhas de deficiência", disse Polanco.

Para o conselheiro Antônio Malheiros, o curso é um marco na gestão pública e no controle externo. "Beneficia não só o TCE como o Estado todo", disse Malheiros. A conselheira Naluh Gouveia fez observações quanto ao desnível entre os gestores da capital e do interior. Os do interior tem dificuldade de modernização do conhecimento, daí a importância de projetos como o MBA telepresencial. Naluh elogiou a capacidade técnica de Tião Viana: "fiquei surpresa. Eu o já conhecia como médico e político, e gostei de ver que o senhor sabe tanto de administração pública", disse Naluh.

Nenhum comentário: