quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

PF realiza mais uma apreensão de cocaína que saia de Cruzeiro do Sul por via fluvial



Agentes da Polícia Federal chegaram à cidade de Cruzeiro do Sul, às 13h desta quinta-feira (11), em uma lancha com 28 quilos de cocaína que foram apreendidos na tarde de ontem, nas proximidades do município de Ipixuna –Am. A droga estava sendo transportada em um barco típico da região, chamado de bajola, que é apropriado para rápidas viagens. Dois homens que realizam o transporte foram presos e trazidos junto com a cocaína.



Agentes da Polícia Federal chegaram à cidade de Cruzeiro do Sul, às 13h desta quinta-feira (11), em uma lancha com 28 quilos de cocaína que foram apreendidos na tarde de ontem, nas proximidades do município de Ipixuna –Am. A droga estava sendo transportada em um barco típico da região, chamado de bajola, que é apropriado para rápidas viagens. Dois homens que realizam o transporte foram presos e trazidos junto com a cocaína.

Os traficantes tentavam escapar da polícia com a droga pelo rio Juruá que se tornou na principal via de transporte do narcotráfico. Os 28 cocaína estavam acondicionados em tambores dos que são utilizados pelos ribeirinhos para transportar combustível. Para realizar a apreensão a Polícia Federal teve informações de pessoas que não quiseram ser identificadas.

Os agentes federais fizeram o monitoramento do barco desde o dia que deixou o porto de Cruzeiro do Sul, na quarta-feira pela manhã. Os policiais seguiram os traficantes até o município de Ipixuna para fazer a abordagem no momento mais adequado para realizar o flagrante.

Até a tarde desta quinta-feira, os nomes dos homens ainda não tinha sido divulgados pela polícia. O delegado Milton Rodrigues Neves, que no momento coordena as ações da PF em Cruzeiro do Sul, informou que um dos presos é natural cidade onde já cumpriu pena no presídio Manoel Neri por homicídio e encontrava-se em regime semi-aberto. O outro homem que estava no barco é natural da cidade de Ji-paraná, no estado de Rondônia.

Neves informou ainda que, há mais de seis meses, a Polícia Federal intensificou as investigações para desmontar quadrilhas que realizam o tráfico de drogas do Peru, tendo como rota a cidade de Cruzeiro do Sul. “Outras pessoas estão investigadas. Mas não podemos dá detalhes para não prejudicar as investigações” – informou.
Os nomes dos dois homens que foram presos só serão divulgados pela Polícia Federal após a conclusão do inquérito.


2 comentários:

josenildo disse...

parabens a policia por está diminuindo o tráfico de droga no vale do juruá,pois os traficantes estão ficando amedrontados porque a polícia está no rasto deles.

josenildo disse...

parabens a policia por está diminuindo o tráfico de droga no vale do juruá,pois os traficantes estão ficando amedrontados porque a polícia está no rasto deles.