quarta-feira, 31 de março de 2010

Náuas vai enfrentar o Vasco sem Bergson e Germano


A equipe do Náuas entra em campo na quarta rodada do estadual sem dois jogadores que foram titulares no início do Estadual. Germano foi dispensado pela diretoria e Bergson, ídolo da torcida, não compareceu aos treinos desta semana. O técnico Neneca busca agora novas alternativas para compor o ataque e o meio de campo para a partida contra o Vasco neste domingo, no estádio de Mâncio Lima que mudou o nome de Totão para Arena do Japiim.

A equipe do Náuas entra em campo na quarta rodada do estadual sem dois jogadores que foram titulares no início do Estadual. Germano foi dispensado pela diretoria e Bergson, ídolo da torcida, não compareceu aos treinos desta semana. O técnico Neneca busca agora novas alternativas para compor o ataque e o meio de campo para a partida contra o Vasco neste domingo, no estádio de Mâncio Lima que mudou o nome de Totão para Arena do Japiim.

O atacante Germano que veio de Manaus e foi titular nas duas primeiras partidas, não fará mais parte da equipe juruaense. A diretoria do clube decidiu rescindir o contrato com o jogador no início desta semana. Apesar ter marcado o gol que deu a única vitória, até agora, para o Náuas, sobre o Rio Branco, Germano foi dispensado porque, segundo o técnico, não rendeu como esperava a diretoria e os torcedores da equipe.

“O Germano foi dispensado por deficiência técnica e por indisciplina. Ele não foi bem nos dois primeiros jogos, a própria torcida cobrou isso, e como ele já não estava com a cabeça aqui, tinha uma proposta para outro clube, achamos melhor liberá-lo o mais rápido possível. Até porque a gente não queria também atrapalhar o lado dele profissional” – esclareceu Neneca.

Já a estrela do Náuas das últimas temporadas hoje é motivo de polêmica. A torcida ainda busca explicação para a ausência de Bergson nos treinos desta semana. Após uma conversa com a diretoria o jogador deixou o clube e não compareceu mais aos treinos.
“Nós conversamos e agimos da melhor maneira possível já que ele estava mal fisicamente, mal tecnicamente, pode-se dizer de passagem, os dois jogos que ele fez na Arena japiim, não foram condizentes com aquilo que nós pretendíamos.

Mas, é um grande jogador que eu conto com ele assim que retornar. Não sei qual é o problema dele, se é psicológico ou mesmo problema com a diretoria, mas o grupo quer contar com ele o mais rápido possível. Deixo claro aqui que ele não foi liberado. O que tem que ser falado é que ele se ausentou dos treinos, o motivo é por mim desconhecido. Mas, se tiver a baixa do Bergson, vamos atrás de outro jogador, mas não para o meio de campo e sim para a lateral esquerda que o que a gente mais precisa” – afirmou o técnico.

Para substituir Bergson no meio de campo uma das opções de Neneca é Poló que fez o primeiro jogo contra o Galo no último domingo e marcou o gol que deu o empate para a equipe de Cruzeiro do Sul. Uma segunda alternativa é Willamy que esteve no banco nos dois últimos jogos e poderá ser titular neste domingo contra o Vasco. No ataque será mantido Serginho que já foi titular no jogo contra o Atlético.


Gladson defende acordo para aposentados.


A presidência da Câmara dos Deputados e a Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Cobap) realizaram, ontem em Brasília, uma exaustiva reunião para disponibilizar a votação do projeto de lei 1/07, que determina reajuste igual para aposentados do INSS e salário mínimo.

A presidência da Câmara dos Deputados e a Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Cobap) realizaram, ontem em Brasília, uma exaustiva reunião para disponibilizar a votação do projeto de lei 1/07, que determina reajuste igual para aposentados do INSS e salário mínimo. Com base nas discussões, o deputado Gladson Cameli defendeu um acordo entre aposentados e Governo Federal a fim de colocar o projeto em pauta no plenário da Casa no mais curto espaço de tempo. ”É hora de votar um projeto que mexe com milhões de pessoas. Muitas delas ainda responsáveis diretas pelo sustento da própria família e agregados”, disse o deputado.

O parlamentar acreano quer levar a idéia do acordo até a liderança de seu partido, o PP, que poderá facilitar as articulações junto a outras lideranças e agilizar o encaminhamento da questão. O acordo foi ainda defendido pelo próprio presidente da Câmara ,Michel Temmer, que aconselhou a busca do diálogo com o ministro-chefe da Secretaria - Geral da Presidência da República, Luiz Dulci. Segundo Gladson, o projeto estabelece que as aposentadorias e pensões devam ser reajustadas pelo índice de inflação mais o Produto interno Bruto (PIB) integral, exatamente como ocorre com o salário-mínimo. O Governo admite, no máximo, aumento com base na inflação e metade do PIB.

Gladson adiantou ainda que Temmer tem interesse de levar o projeto à votação, desde que haja um mínimo de consenso. Para o deputado, é fundamental a Cobap entre em contato com o Governo Central, que já vem conversando com as grandes centrais sindicais sobre o tema.”A grande reclamação da Cobap é que não vem sendo ouvida pelo Governo”.De acordo com o deputado, resta agora apostar nas negociações e realizar todas as tentativas para a conclusão de um acordo.”Caso contrário, Governo Federal terá um desgaste muito grande em pleno ano eleitoral.Ou a oposição pode ainda aproveitar a tramitação a MP que reajusta o salário-mínimo para trancar a pauta”.

Gladson explicou que existem duas emendas à MP do salário-mínimo: uma estabelece reajuste para os aposentados e pensionistas baseado em 100% do crescimento do PIB, exatamente como é dado ao salário-mínimo. A outra determina um reajuste menor - 80% do PIB. O deputado terminou por informar que o Governo já vem sinalizando publicamente que poderá chegar aos 80% reivindicados. ”Agora tudo depende de muita conversa e argumento para chegar a bom termo. É o que todos esperamos”, sintetizou o parlamentar.


Jorge Viana representa Governo do Acre na despedida de Armando Nogueira


O estádio do Maracanã ficou iluminado durante a noite desta segunda-feira, 29, em homenagem ao jornalista Armando Nogueira, que morreu no início da semana, no Rio de Janeiro. O corpo foi velado no estádio e levado nesta terça até o Cemitério São João Batista, na capital fluminense, onde foi enterrado.No caixão, duas bandeiras: a do Botafogo (time do coração) e do Acre, estado onde nasceu.

Acompanhado do Secretário de Comunicação do Acre, ex-governador acompanha velório e enterro do jornalista acreano no Rio de Janeiro

O estádio do Maracanã ficou iluminado durante a noite desta segunda-feira, 29, em homenagem ao jornalista Armando Nogueira, que morreu no início da semana, no Rio de Janeiro. O corpo foi velado no estádio e levado nesta terça até o Cemitério São João Batista, na capital fluminense, onde foi enterrado.No caixão, duas bandeiras: a do Botafogo (time do coração) e do Acre, estado onde nasceu.

O Presidente do Fórum Estadual de Desenvolvimento Sustentável e ex-governador Jorge Viana, acompanhado do Secretário de Comunicação, Aníbal Diniz, participaram do momento de despedida, representando o Governo do Acre como homenagem ao acreano de Xapuri que fez história no jornalismo brasileiro.O Governador Binho Marques não pôde acompanhar devido a uma agenda de convênios em Brasília, mas mandou seu abraço à família de Armando Nogueira através dos dois representantes acreanos.

Durante viagens ao Rio de Janeiro, Jorge Viana costumava visitar o jornalista que já estava convalescendo da doença nos últimos anos. Para o ex-governador, a ida ao velório para prestar as últimas homenagens em nome do Governo do Estado, é uma forma de o povo do Acre agradecer ao jornalista pelo importante trabalho que ele realizou. "Uma homenagem à mudança radical que ele promoveu no jornalismo brasileiro, notadamente na televisão, e o seu amor pelo esporte e por suas origens acreanas e xapurieneses".

Agencia de Noticias do Acre

terça-feira, 30 de março de 2010

Justiça Eleitoral vai às comunidades para facilitar expedição e regularização do Título de Eleitor


Os eleitores Acreanos, esse ano, votarão em duas urnas. Além de escolher o presidente, senadores, governadores e deputados, o eleitor irá decidir se é a favor ou não da alteração do horário, até dia cinco de maio o eleitor pode está fazendo a transferência e o alistamento do titulo. Todos os jovens que estiverem com 16 anos, ou que irão completar até o dia três de outubro poderão requerer sua inscrição eleitoral.

Os eleitores Acreanos, esse ano, votarão em duas urnas. Além de escolher o presidente, senadores, governadores e deputados, o eleitor irá decidir se é a favor ou não da alteração do horário, até dia cinco de maio o eleitor pode está fazendo a transferência e o alistamento do titulo. Todos os jovens que estiverem com 16 anos, ou que irão completar até o dia três de outubro poderão requerer sua inscrição eleitoral.

A proposta da Justiça Eleitoral é estimular os jovens a tirarem o titulo para participar da grande festa da democracia brasileira. Segundo a juíza da 4ª Zona do Cartório Eleitoral, Rogéria Epaminondas, o jovem deve participar da escolha dos governantes. “Nós precisamos incentivar os jovens, para que ele se torne atuante na sociedade, ajudando na escolha dos seus representantes e também do referendo”.

A juíza Rogéria Epaminondas é responsável pelos municípios de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Porto Valter e Marechal Thaumaturgo e comenta que desde o início do ano está fazendo um trabalho de regularização dos títulos para não deixar para cima da hora. “É preferível que ninguém deixa para regularizar o titulo de eleitor na última hora, por isso, o cartório está se deslocando as comunidades para fazer transferências, alistamento, 2°via e entregas de títulos. Nós não vamos esperar só que eles venham, nós vamos”.

Nos próximos dias os servidores da Justiça Eleitoral estarão nas comunidades com atendimentos eleitorais. Na Semana Santa, estarão atendendo nas comunidades do projeto de assentamento Santa Luzia (BR 364) e Ramal 02. O eleitor que deseja fazer o alistamento, transferência, 2° via, revisão de dados ou receber seu titulo devem comparecer nos locais de atendimento portando documentos pessoais.
Para melhorar a segurança nas eleições foram admitidos para o Acre 23 novos juízes, além de novos promotores e delegados. “Esse ano tolerância zero para compra de votos, acho que os candidatos querem realmente mostrar que vão jogar limpo e mostrar as suas propostas a população” – conclui a juíza.


segunda-feira, 29 de março de 2010

Brasileiro pode ter nova nota do real no bolso a partir de 20 de maio


Algumas notas da nova família do real já poderão vir a fazer parte da vida dos brasileiros a partir do próximo dia 20 de maio. Fontes ouvidas pelo R7 disseram que o Banco Central estuda a introdução do novo dinheiro entre o dia 20 de maio e a primeira semana de junho.

Vinicius Albuquerque, do R7

Troca ocorre em ambiente econômico estável e visa mais segurança e comodidade

Algumas notas da nova família do real já poderão vir a fazer parte da vida dos brasileiros a partir do próximo dia 20 de maio. Fontes ouvidas pelo R7 disseram que o Banco Central estuda a introdução do novo dinheiro entre o dia 20 de maio e a primeira semana de junho.

Pela programação do Banco Central, divulgada no início de fevereiro, as novas notas de R$ 100 e R$ 50 deveriam ser distribuídas no primeiro semestre; as de R$ R$ 20 e R$ 10, no segundo semestre deste ano; e as de R$ 5 e de R$ 2 só em 2012.

O Brasil já passou por outras trocas, mas em contextos diferentes. As novas cédulas de real são diferentes das anteriores - mas ainda são cédulas de real. Entre meados da década de 80 até 1994, quando foi introduzido o real, o brasileiro teve que se acostumar com notas que perdiam zeros, mudavam de nome e surgiam em períodos em que o país passava por planos de estabilização que não funcionavam.

Desta vez, o dinheiro continua o mesmo, sendo apenas uma troca “de moeda”, e não “da moeda”. É mais de uma mudança rotineira e em busca de mais segurança e conforto no manuseio do dinheiro, segundo o professor de finanças da FEA (Faculdade de Economia e Administração) da USP (Universidade de São Paulo) Keyler Carvalho Rocha.

- Trata-se de uma troca do papel moeda, que é o documento que representa o valor monetário. Nos Estados Unidos circulam notas velhas e novas. A moeda americana, o dólar, que foi renovado recentemente, não era segura, era mais fácil de falsificar.

Segundo ele, as novas notas de real também vão ser mais seguras: como terão tamanhos, cores e figuras diferentes, será mais difícil falsificá-las, além de facilitar também o manuseio do dinheiro para cegos e analfabetos.

O Brasil chegou a fazer troca da moeda em períodos de alta inflação. Em 1990, por exemplo, quando o índice de preços rondava os 2.000% ao ano, substituiu o cruzado novo pelo cruzeiro.

- No passado a inflação era muito alta, fazia a moeda perder muito valor – que então era dividido por cem, ou mil, e fazia-se uma nova nota. O novo dinheiro é mais seguro e mais confortável para se identificar; os cortes de zeros eram a forma de evitar que o dinheiro se tornasse pouco prático.

R7

DRE faz a maior apreensão de maconha da história da Polícia Civil do Acre


Um plantio de maconha com mais de cinco mil pés foram destruídos por investigadores da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) e aproximadamente 10 mil que haviam sido colhidos foram localizados no Seringal Macapá, Colocação Ananá, km 58 da estrada Transacreana, na área de Reserva Chico Mendes, zona rural do município de Xapuri.

Escrito por Pedro Paulo, Assessoria da Polícia Civil

Três pessoas foram flagradas cultivando a droga na Reserva Chico Mendes

Um plantio de maconha com mais de cinco mil pés foram destruídos por investigadores da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) e aproximadamente 10 mil que haviam sido colhidos foram localizados no Seringal Macapá, Colocação Ananá, km 58 da estrada Transacreana, na área de Reserva Chico Mendes, zona rural do município de Xapuri.

Foram quatro dias de buscas na região que faz fronteira com a Bolívia. Policiais civis da DRE alcançaram uma plantação de maconha, em diversas fazes cultivo e mais de 80 kg da droga pronta para consumo. Três pessoas foram presas pelo crime: Natanael Lima de Oliveira, 27, e o irmão dele, Naleudo Lima de Oliveira, de 25 anos, além de um menor de 15 anos, enteado de Naleudo, que prestava serviço ao traficante Natanael, arrendatário das terras de Naleudo.

A prisão do entorpecente é resultado de um trabalho intenso da DRE, na repressão a produção e consumo de droga no Estado. A operação foi comandada pelo delegado Adriano Carrasco, com os investigadores Ari, Adriana, Laurence e Railson. A DRE contou ainda com o apoio do sargento Claudio Roberto e do soldado Cavalhase, ambos do corpo de bombeiros militar.

Para chegar ao local, os policiais seguiram de barco pelo rio acre, depois pelo Riozinho do Rola até alcançar o seringal Macapá, colocação Ananá, incluindo 9 horas de caminhada por trilha inóspitas na região da Reserva Chico Mendes. No local, os investigadores da narcóticos encontraram um casa, onde eram armazenados o estoque da maconha.

Logo nas proximidades do casebre, a polícia se deparou com um viveiro da erva Cannabis Sativa. Assim como outras plantas, a maconha possui dois gêneros: macho e fêmea. Em um mesmo pé pode ter ambas as estruturas sexuais. Cerca de 5 mil pés da planta foram arrancados e queimados pela polícia.

Os detidos foram indiciados por tráfico de entorpecente, crime disciplinado pelo art. 33 da Lei 11.343/2006. Pelo que foi possível apurar, o traficante cultivava a droga na área há cerca de um ano, até ser localizado e preso pelos investigadores da DRE.

Parte dos mais de 80 kg da droga, ainda não haviam passado pelo processo de prensagem, que era feito no tronco de Samaúma, depois pressionado por macaco hidráulico em um bandeja de madeira até se transformar em "tijolos", que eram vendidos na Capital, principalmente nas bocadas do bairro Calafate, segundo disse o delegado Adriano Carrasco.

"Foi uma investigação complexa, mais pelas condições de acesso. Tivemos que transpor diversas barreiras, inclusive nadar por córregos com ‘tromba d'água' e enxurrada", ressaltou o Adriano. Ele também prometeu intensificar as buscas na região da Rodovia Transacrena.

Agencia de Noticias


Nauas empata no Arena da Floresta


Com um gol para cada lado, Atlético Acreano e Náuas fecharam na noite deste domingo no estádio Arena da Floresta, a 3ª Rodada do Campeonato Acreano 2010.

Manoel Façanha,
Do riobranco.net


Com um gol para cada lado, Atlético Acreano e Náuas fecharam na noite deste domingo no estádio Arena da Floresta, a 3ª Rodada do Campeonato Acreano 2010.

O resultado foi o suficiente para tirar o Galo Carijó do G-4. O clube soma 5 pontos ganhos contra 06 pontos de Juventus, Adesg e Rio Branco.

No próximo domingo, às 19h30, no estádio Arena da Floresta, o Galo enfrenta o Independência. Já o Náuas soma 04 pontos ganhos e enfrenta na próxima rodada o Vasco da Gama. A partida ocorre no estádio Totão a partir das 17h.


JOGO -

Foi uma partida lá e cá, assim como diz o dicionário futebolístico. Porém, o Náuas apresentou mais ousadia no transcorrer da partida.

O primeiro lance de perigo do jogo saiu de chute do atleticano Rogério, mas o goleiro Darlan espalmou. O Galo continuava apertando e Darlan teve que trabalhar novamente num chute de Fábio.

Passado a pressão, o Náuas tratou de jogar bola e, aos 23 minutos, após jogada pelo lado direito, Pólo testou com estilo a bola para a rede de Faísca.

O gol fez bem ao time do Náuas, que quase fez o segundo gol, mas Faísca fez grande defesa aos 27 minutos.

O empate celeste ainda veio no primeiro tempo, aos 33 minutos. Uéslei cobrou bela falta. O goleiro Darlan quis segurar a bola, mas ela carimbou a travessão e no arremate, Leonardo deixou tudo igual.


Na parte complementar de partida, o jogo ficou burocrático, prevalecendo forte marcação das duas equipes.

Nas poucas oportunidades criadas elas acabaram desperdiças ou ainda na mão dos dois goleiros.

Aos 32 minutos, Aislan arrisca um bom chute e Faísca – melhor do jogo – fez excelente defesa.

O time celeste teve a chance da virada somente nos minutos finais. Na primeira delas, Leonardo aplica uma meia bicicleta para a boa defesa de Darlan. Na segunda, Leonardo, livre, chuta a bola sobre o gol do Náuas.

Análise do jogo

O técnico Gilmar Sales, que ainda não conseguiu dar um padrão de jogo para o time celeste, declarou que não existe adversário fácil na competição, mas que o Galo vai continuar trabalhando para correr um busca de uma das vagas do G-4.

Pelo lado do Náuas, o técnico Fernando César ficou satisfeito com o resultado, mas não com a obediência tática de sua equipe. O treinador espera um Náuas bem mais compacto para o jogo de domingo contra o Vasco da Gama, no estádio Totão.

Atlético Acreano 1 x 1 Náuas
Local: Estádio Arena da Floresta (Rio Branco)
Árbitro: Carlos Ronne
Pagantes: 782 - Renda: R$ 5.740,00
Gols: Poló (22min1º); Leonardo (32min1º )
C.A.: Donny (Náuas), Samuel, Fábio, Van Halley (Atlético)

Atlético Acreano - Faísca, Van Halley, Ceildo, Iesley, Rogério, Fábio, Samuel (Val), Erismeu (Dinho), Bruno, Leonardo, Ailton (Araújo).Técnico: Gilmar Sales.
Náuas - Darlan, Aslan, Flávio, Marquinho, Eder, Romarinho, Donny, Marcelinho (Kato), Serginho (Wilame), Pólo (Elsinho), Emerson. Técnico: Neneca.


Tribunal de Justiça privatiza cartórios de Cruzeiro do Sul


Na manhã dessa sexta-feira, (26), foi inaugurado em Cruzeiro do Sul o Cartório Extrajudicial. O cartório que antes era supervisionado pelo Tribunal de Justiça passou a ser privatizado. A inauguração contou com a presença de autoridades judiciárias e municipais, e dos funcionários que trabalhavam no antigo cartório. Dois cartórios funcionarão no prédio na Rua Rego Barros, ao lado do antigo correio, o cartório de registros Civis e o de Registro de Imóveis.

Na manhã dessa sexta-feira, (26), foi inaugurado em Cruzeiro do Sul o Cartório Extrajudicial. O cartório que antes era supervisionado pelo Tribunal de Justiça passou a ser privatizado. A inauguração contou com a presença de autoridades judiciárias e municipais, e dos funcionários que trabalhavam no antigo cartório. Dois cartórios funcionarão no prédio na Rua Rego Barros, ao lado do antigo correio, o cartório de registros Civis e o de Registro de Imóveis.

A cerimônia de entrega foi de agradecimento e para esclarecer as dúvidas sobre o serviço privatizado. Dona Lindalva Pinheiro, que esteve à frente do cartório há 37 anos, ficou muito emocionada com a mudança e a homenagem de agradecimento de todos por fazer um ótimo serviço durante todo esse tempo.

Segundo o Presidente do Tribunal de Justiça do Acre, desembargador Pedro Ranzi, todos os estados estão passando pelo processo de privatização dos cartórios. “O Acre já está no seu processo final da privatização dos cartórios por determinação constitucional. O processo começou em 2006 e nós estamos chegando a mais uma etapa.”

O cartório ainda conta com a supervisão do Tribunal de Justiça, mas o que muda é agilidade da iniciativa privada. De acordo com Luciano Haddad, que será responsável pelo cartório de registro de imóveis, a importância do serviço privatizado é ficar mais próximo do cidadão e não ter receio de investimentos. “O estado, apesar de prestar um bom serviço, tem uma dificuldade de investir, tem toda uma dinâmica mais complexa. Já o privado, o nosso caso, aqui ele pode investir mais rapidamente e a função do investimento é prestar o melhor serviço à população. A importância do cartório é movimentar a economia do local”.

Em relação aos preços Luciano Haddad comenta “Eu estive conversando com os corretores aqui, Joelson e Giovane, eles fizeram na prática vários títulos, domínios, títulos de resgates, títulos de sei lá o que, e foi equivalente a diferença mínima. Uma autenticação era R$ 2,00 e no cartório do meu colega vai ser R$ 2, 10, até o loteamento ficou mais barato. É porque há uma expectativa que vai privatizar e vai ficar mais caro. Porque ninguém pensa que vai privatizar e vai ficar melhor o serviço, essa ninguém fala, tem que pensar positivamente”.

O prefeito Vagner Sales que participou da cerimônia, agradeceu as pessoas que trabalharam e fizeram parte do cartório em Cruzeiro do Sul.
“A privatização dos cartórios de todo o Brasil está chegando aqui em Cruzeiro do Sul e que nós como conhecedores aqui do trabalho que presta o cartório, temos apenas que parabenizar todo o trabalho que foi feito pela dona Lindalva, sempre a frente do cartório e temos que fiscalizar esse novo. Temos que sempre estar muito próximos porque toda mudança ela pode ser para melhor ou para pior e eu tenho certeza que vamos ter uma melhoria.

Realmente quero parabenizar as pessoas que fizeram o concurso público a nível nacional para assumir esse cartório aqui de Cruzeiro do Sul e tenho certeza que o trabalho será voltado para que a gente possa ter aqui um bom atendimento, onde as pessoas possam na verdade estar satisfeitos” – comentou o prefeito.

Kattiúcia Silveira


APAE em ação


A Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais-APAE de Cruzeiro do Sul, em parceria com a Petrobrás, desenvolveu na manhã dessa sexta-feira, (26), a apresentação de mais um dos projetos do APAE em ação. Esse projeto faz parte de um convênio que disponibiliza agentes para a melhoria e qualidade da APAE.


A Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais-APAE de Cruzeiro do Sul, em parceria com a Petrobrás, desenvolveu na manhã dessa sexta-feira, (26), a apresentação de mais um dos projetos do APAE em ação. Esse projeto faz parte de um convênio que disponibiliza agentes para a melhoria e qualidade da APAE.

O convênio foi assinado pela APAE no dia 12 de fevereiro de 2010 onde a Petrobras contratou um fisioterapeuta, fonoaudiólogo, assistente social, psicóloga e um professor de capoeira para auxiliar na educação dos portadores de necessidades especiais.

Segundo a diretora da APAE, Carem Carvalho, a APAE em ação desenvolve projetos e as sextas-feiras e são divididos em cinco temas. “Esses projetos são divididos em cinco, saúde e meio Ambiente, diversidade cultural, jogos, Leitura e arte cênicas e artes. Então eles desenvolvem nas salas na semana e na sexta-feira eles fazem a apresentação”.

Nessa sexta-feira o tema em destaque foi a diversidade cultural, onde foi falado sobre a vida na comunidade e o projeto de leitura “Conhecendo o mundo através das palavras”.A professora da APAE, Uvilene Costa comenta sobre o projeto “ Nessa primeira etapa sobre a vida na comunidade nós demos ênfase na família, eles nós falaram sobre a família deles e no conhecendo o mundo através das palavra eles aprenderem a fazer bilhetes e se comunicaram com todos aqui da APAE. As vezes agente chega a duvidar deles, mas eles são mais capazes do que agente imagina”– conclui a professora.

A apresentação também contou com a entrega de chocolate, músicas e danças.

Kattiúcia Silveira


sexta-feira, 26 de março de 2010

Rodrigues Alves conta agora com a presença de um delegado de Polícia Civil


Rodrigues Alves recebeu nessa sexta-feira, (19), o primeiro delegado
titular do município. O delegado Lindomar Ventura dos Santos veio de
Rondônia e será responsável pelo trabalhos da Polícia Civil nos
municípios de Rodrigues Alves, Marechal Thaumaturgo e Porto Walter.

Rodrigues Alves recebeu nessa sexta-feira, (19), o primeiro delegado
titular do município. O delegado Lindomar Ventura dos Santos veio de
Rondônia e será responsável pelo trabalhos da Polícia Civil nos
municípios de Rodrigues Alves, Marechal Thaumaturgo e Porto Walter.

O município que tinha uma equipe composta apenas seis agentes,
enfrentava dificuldades na estrutura da área de segurança pública. A
presença do delegado deve amenizar a situação e agilizar os
procedimentos na delegacia. Além disso, a Polícia Civil vai receber
novos equipamentos para desempenhar o trabalho.

“Estamos esperando uma viatura que vai chegar no final de semana,
pois a delegacia ainda não tem, temos apenas uma moto. Eu estou
conhecendo os aspectos da cidade, existem alguns inquéritos a serem
instaurados, temos muito trabalho a fazer.” – afirmou Lidomar.

Segundo o delegado, a questão da violência em Rodrigues Alves e nos
outros municípios será controlada e como a equipe é pequena vai contar
com a parceria de outros municípios. “O nosso propósito é de fazer um
trabalho em equipe para dar apoio à população, acho que eles estavam
aguardando isso.”

De acordo com o prefeito, Francisco Ernilson de Freitas, Burica, o
município obteve vários benefícios através de reivindicações feitas ao
Governo do Estado. “A população clamou e graças à compreensão do
governo conseguimos o delegado para Rodrigues Alves. Assim como já
temos a presença de um juiz, vamos ter um fórum, além da caixa
econômica que está quase pronta, o INSS também quero fazer aqui para a
população não precisar mais ficar dependendo de Cruzeiro do Sul.
Rodrigues Alves vai funcionar como uma cidade de verdade” – disse o
prefeito.

Kattiúcia Silveira

Segunda etapa da vacinação contra gripe A termina dia 02 de abril


Nesta etapa estão sendo vacinadas gestantes, crianças com idade entre 6 meses a 1 ano e 11 meses e doentes crônicos, a meta é imunizar pelo menos 80% dessas pessoas.
A coordenadora do Programa Nacional de Imunização do município de Cruzeiro do Sul, Janaína Negreiros, convida as pessoas que se encaixam na etapa da campanha, a procurarem os centros de saúde para tomarem a vacina. A influenza pandêmica foi dividida em cinco etapas, para públicos específicos.

Nesta etapa estão sendo vacinadas gestantes, crianças com idade entre 6 meses a 1 ano e 11 meses e doentes crônicos, a meta é imunizar pelo menos 80% dessas pessoas.
A coordenadora do Programa Nacional de Imunização do município de Cruzeiro do Sul, Janaína Negreiros, convida as pessoas que se encaixam na etapa da campanha, a procurarem os centros de saúde para tomarem a vacina. A influenza pandêmica foi dividida em cinco etapas, para públicos específicos.

A primeira fase da vacinação foi realizada do dia 8 a 19 de março, voltada para indígenas que vivem em aldeias e trabalhadores de serviços de saúde envolvidos diretamente na resposta à pandemia. “A vacina é a melhor forma de prevenção, foi assim que conseguimos eliminar a paralisia infantil, o sarampo, a varicela e estamos a caminho para erradicar a rubéola. De um modo geral, a vacina é muito bem vista pela população e essa contra o vírus H1N1 não é diferente.

Fizemos esta primeira etapa com os profissionais de saúde e todos buscaram, inclusive os que estavam de férias procuram o serviço de saúde pra receber a sua dose. A gente fica feliz porque sabe que as pessoas acreditam e que a eficácia de 95% é grande e real. Assim estaremos preparados para a segunda onda pandêmica. Em outros países a vacina já foi aplicada e não houve reação”, explica Janaina Negreiros.

Na próxima segunda-feira (29), uma equipe de profissionais de saúde, estará se deslocando para os rios Juruá Mirim e Valparaíso, para aplicar a vacina nos moradores dessas comunidades. Nestes locais de difícil acesso, a campanha de vacinação não irá obedecer às etapas, o trabalho será feito em todos os moradores. Mas como as crianças tomam uma dose dividida, os vacinadores retornarão após 30 dias para completar a dose nas crianças. Nessas comunidades também serão realizados atendimentos médico e odontológico e outros serviços, que a Secretaria de Saúde de Cruzeiro do Sul já realiza, através da equipe de saúde atuante.

ETAPAS DE VACINAÇÃO - A estratégia de vacinação contra a influenza pandêmica foi dividida em cinco etapas, para públicos específicos. A primeira fase da vacinação começou no dia 8 de março e terminou no dia 19. Foram atendidos indígenas que vivem em aldeias e trabalhadores de serviços de saúde envolvidos diretamente na resposta à pandemia. Nas etapas seguintes, serão vacinados adultos de 20 a 29 anos (5 a 23 de abril); idosos, incluindo os que têm doenças crônicas (24 de abril a 7 de maio) e adultos de 30 a 39 anos receberão as doses (10 a 21 de maio).

Em cada uma das etapas, os postos de vacinação estão sendo definidos pelas Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde. As vacinas estão sendo distribuídas pelo Ministério da Saúde ao longo do período de vacinação, de acordo com cada etapa. Por isso, é importante que a população compareça aos postos de vacinação na data estabelecida para o grupo ao qual pertence. Ao todo o Ministério da Saúde adquiriu 113 milhões de doses para vacinar 91 milhões de pessoas contra gripe pandêmica no Brasil. A meta é imunizar pelo menos 80% desse público-alvo.

Os grupos prioritários são aqueles que têm o maior risco de desenvolver formas graves da doença e de morrer. Eles foram definidos pelo Ministério da Saúde em consenso com sociedades científicas, entidades de classe e representantes de estados e municípios. Os critérios para definição dos públicos prioritários levaram em conta as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), os dados epidemiológicos observados na primeira onda da pandemia no Brasil e a experiência dos países do Hemisfério Norte.

quinta-feira, 25 de março de 2010

Rodrigues Alves vai ganhar novo posto de saúde



Desde 2009 a Secretaria de Saúde de Rodrigues Alves vem desenvolvendo diversas ações para melhorar o sistema de saúde básica do município. Nesse sentido, Além dos projetos executados em parceria com o Governo Estado e com o Ministério da Saúde, a prefeitura realizou investimentos em pessoal e em estrutura física e vai inaugurar nos próximos dias mais uma unidade municipal de saúde.


Desde 2009 a Secretaria de Saúde de Rodrigues Alves vem desenvolvendo diversas ações para melhorar o sistema de saúde básica do município. Nesse sentido, Além dos projetos executados em parceria com o Governo Estado e com o Ministério da Saúde, a prefeitura realizou investimentos em pessoal e em estrutura física e vai inaugurar nos próximos dias mais uma unidade municipal de saúde.

No balanço feito pelos coordenadores da secretaria, houve avanços na qualidade da saúde para a população do município. Segundo o Secretário, Railson de Matos Dantas, em 2009 a secretaria tinha muitos problemas e sofria com a falta de estrutura e funcionários. “Nós realizamos um concurso para a saúde, porque nós estávamos sem funcionários para atender a população.”

A Secretaria, com a ajuda do prefeito de Rodrigues Alves, Burica, realizou diversos projetos como o IDEP- com que teve a colaboração do 6º BIS e da 1° Igreja Batista. Também foram realizadas ações itinerantes em parceria com o gabinete do senador Tião Viana, além dos serviços que já são prestados a população como exames, consultas, acompanhamento do bolsa família, vigilância epidemiológica e saúde da família.

Fruto da organização do sistema que teve início no ano passado, mais uma obra será entregue para a população. Está previsto para a próxima semana a reinauguração do Posto de Saúde de Rodrigues Alves. De Acordo com o Secretário, Railson Dantas, o posto teve a ampliação de mais duas salas, um auditório, ampliação da sala de vacinação, um almoxarifado para guardar os medicamentos, consultório odontológico e dentro da unidade também vai ter o centro de endemias.

Segundo o Secretário os equipamentos para o consultório odontológico foram adquiridos em parceria com o Ministério da Saúde. “Conseguimos em parceria com o Ministério da Saúde equipamentos modernos. Nós estávamos preocupados em reconstruir esse posto para dar mais conforto a população. Antes as pessoas ficavam esperando fora do posto e quando chovia ficavam na chuva para serem atendidas e além desse posto vamos começar agora nesse ano a reforma das unidades da zona rural” – afirma Railson Dantas.

PROACRE

O município de Rodrigues Alves também já conta com investimentos do Programa Integrado de Desenvolvimento Sustentável do Acre – PROACRE. O programa será lançado no dia 11 de abril. “Com o PROACRE já foram realizados consultas no barco odontológico e foi disponibilizado para nós um veiculo. O governo também está pagando os equipamentos do Agente Comum de Saúde” – disse o secretário.

Kattiúcia Silveira

Aleac apóia equiparação salarial de PM do Acre com o DF


Por iniciativa do deputado Moisés Diniz (PCdoB), a Aleac votou na sessão desta quarta-feira, 24, Moção de Apoio à PEC 300/448 de 2008 que estabelece que a remuneração dos PMs dos estados não pode ser inferior à da PM do Distrito Federal, incluindo os integrantes do Corpo de Bombeiros e os inativos.

Por iniciativa do deputado Moisés Diniz (PCdoB), a Aleac votou na sessão desta quarta-feira, 24, Moção de Apoio à PEC 300/448 de 2008 que estabelece que a remuneração dos PMs dos estados não pode ser inferior à da PM do Distrito Federal, incluindo os integrantes do Corpo de Bombeiros e os inativos.

A Moção da Aleac está condicionada à decisão do Governo Federal de constituir um Fundo Nacional de Segurança para garantir a complementação salarial nos estados que não tenham condições financeiras de custear as despesas da PEC.

Entre as justificativas para a aprovação da Moção, Moisés Diniz lembra que o o assaltante que age em Brasília tem o mesmo grau de periculosidade do que age nos outros estados e, portanto, o salário deve ser igual. “A equiparação salarial dos militares é mais do que justa. Estes homens exercem uma profissão de risco cujo salário não é compatível com os riscos aos quais estão expostos”, argumenta.

A moção foi aprovada por unanimidade.


quarta-feira, 24 de março de 2010

Corpo de Bombeiro capacita Agentes de Tarauacá e Feijó para atendimento em aeroportos


O corpo de bombeiros está realizando um curso para capacitar agentes
para o atendimento em casos de emergência nos aeroportos. O curso foi
uma exigência da Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC e começou na
segunda-feira, (22), e termina na sexta-feira, (26), agentes da
Polícia Militar, DERACRE, Polícia Civil e hospitais de Tarauacá e
Feijó participam do curso.

O corpo de bombeiros está realizando um curso para capacitar agentes
para o atendimento em casos de emergência nos aeroportos. O curso foi
uma exigência da Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC e começou na
segunda-feira, (22), e termina na sexta-feira, (26), agentes da
Polícia Militar, DERACRE, Polícia Civil e hospitais de Tarauacá e
Feijó participam do curso.

Dividido em etapas de aulas teóricas e práticas, esse curso tem como
objetivo capacitar esses agentes em casos de incêndios e salvamentos
nos aeroportos. Segundo o Coronel Gundim, a ANAC exigiu que esses
agentes tivessem um preparo para atender nos aeroportos. “Nós estamos
capacitando esses agentes em casos de incêndios e salvamentos e na
quinta-feira até faremos uma simulação de um acidente para testar o
desempenho deles”.

O gestor de Feijó, Jorge Wolney, fala sobre a experiência de está
participando do curso. “Eu estou adorando a experiência, realmente
está sendo um sucesso na prática e chegando lá em Feijó e Tarauacá,
nós que estamos participando do curso teremos que multiplicar os
conhecimentos aprendidos aqui para os outros agentes que irão atuar
conosco nos aeroportos”.

Nessa turma composta de 20 agentes, apenas duas mulheres participam do
curso. A assistente social do DERACRE, Maria Lúcia, comenta sobre a
participação dela na capacitação. “Esse curso está sendo muito
proveitoso, nós não tínhamos noção de nada e o resultado está sendo
positivo. Com esse curso nós vamos fazer um trabalho proveitoso e
vamos desempenhar um bom serviço”.

De acordo com o gestor de Tarauacá, Janisvaldo Lima, o curso não vai
servir apenas para ser exercido no trabalho. “Com esse curso nós
aprendemos coisas novas, que não serão usadas no trabalho, podemos
usar em casa e em outros lugares.”

Nas aulas teóricas os agentes são instruídos sobre primeiro socorros,
a postura que devem ter em caso de acidentes e incêndios. Na parte
prática os agentes aprendem sobre como sinalizar a pista e o como deve
ser feito o atendimento em caso de acidentes e incêndios.

Kattiúcia Silveira

Prefeitura e SESI alfabetizam mais de 100 jovens e adultos em Cruzeiro do Sul


Depois de 6 meses de dedicação aos estudos, os alunos puderam lê os próprios certificados que além do saber, significam auto estima e mais perspectiva de vida.


Depois de 6 meses de dedicação aos estudos, os alunos puderam lê os próprios certificados que além do saber, significam auto estima e mais perspectiva de vida.

A meta da Secretaria de Educação Cruzeiro do Sul é formar o máximo de parcerias, seja com instituições ou pessoas, que possam resultar na redução do índice de analfabetismo do município. E foi através de uma parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI), que a rede municipal de educação, conseguiu concluir mais uma etapa do Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos. A solenidade de entrega dos diplomas para os alunos aconteceu no Auditório da Escola Braz de Aguiar.

O agricultor Joaquim Pedro da Silva Filho, que não teve oportunidade de sentar em um banco de escola enquanto jovem aproveitou a oportunidade. Mesmo tendo que caminhar meia hora todas as noites, ele completou os seis meses de estudo. “Ainda bem que Deus clareia a mente dos nossos governantes, para que o estudo chegue até nós. Agora é valorizar a oportunidade, agradeço as professoras que fazem um trabalho com muito amor”, comenta seu Joaquim.

“A parceria com o SESI, permitiu que a gente pudesse está aqui com essas dez turmas de adultos alfabetizados. Agora não terão mais que colocar as digitais em documentos, já podem assinar seus nomes, isso traz dignidade e eleva a alto estima. Esses jovens e adultos vão olhar o mundo de outra forma através da leitura e do conhecimento. A educação ganha muito, nós agradecemos ao SESI pela parceria e ao nosso prefeito Vagner Sales que investe na Educação, porque acredita ser o melhor caminho para termos uma cidade melhor”, explica Ivo Galvão.
Assessoria


Gladson apóia maior transparência na política monetária.


O deputado Gladson Cameli (PP) defendeu, ontem em Brasília, na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, o comparecimento trimestral do presidente do Banco Central na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal, ”e da Câmara Federal por conseqüência”.

O deputado Gladson Cameli (PP) defendeu, ontem em Brasília, na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, o comparecimento trimestral do presidente do Banco Central na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado Federal, ”e da Câmara Federal por conseqüência”.

A defesa da proposição está contida em seu relatório do Projeto de Lei n°4.121/08, que determina também que o presidente do Banco Central do Brasil(BC)envie à Comissão do Senado Federal um relatório de inflação trimestral das atas da reunião do Comitê de Política Monetária.”A presença do presidente do BC e relatório trimestral contribuem para tornar as medidas de política monetária mais conhecidas da população”, disse o deputado.

Gladson explicou ainda que o projeto estabelece também a extinção da vinculação entre emissão de moeda x reservas cambiais e a programação monetária trimestral. Para o deputado, as medidas são necessárias em vista da adoção do câmbio flutuante e a política monetária baseada em metas da inflação, ”e as medidas vem adequar a política monetária a estas novas realidades”.

De acordo com o deputado, hoje a política de metas de inflação utiliza a taxa de juros como instrumento básico de política monetária, e não mais o controle da ofertada moeda como antigamente. ”Trata-se tão somente de atualizar procedimentos”,garantiu.

Para o parlamentar, é fundamental que as comissões tanto da Câmara dos Deputados quanto do Senado Federal participem da discussão, formulação e execução da política monetária como estabelece um substitutivo adotado pela Comissão de Finanças e Tributação. segundo ele,as comissões temáticas das duas Casas terão a oportunidade de discutir diretamente com o presidente do Banco Central a política monetária em execução no trimestre da audiência, assim como os resultados alcançados no trimestre anterior.”Tudo isto”,assegura o deputado,” com muita informação e clareza a quem mais interessa a política monetária em vigor- o contribuinte brasileiro”.


Curso de capacitação da saúde do idoso



O Ministério da Saúde em parceria com o Ministério público e a prefeitura de Cruzeiro do Sul, visando melhorar a qualidade no atendimento ao idoso decidiu fazer um curso de capacitação da saúde do idoso. O curso é para profissionais da saúde da rede básica, mas a população interessada em saber sobre o idoso também pode participar.

O Ministério da Saúde em parceria com o Ministério público e a prefeitura de Cruzeiro do Sul, visando melhorar a qualidade no atendimento ao idoso decidiu fazer um curso de capacitação da saúde do idoso. O curso é para profissionais da saúde da rede básica, mas a população interessada em saber sobre o idoso também pode participar.

O curso começou na manhã desta terça-feira, (23), das 08h00 as 11:00 e a tarde das 14:00 as 17:00 horas e está sendo realizado no auditório da Universidade Aberta do Brasil - UAB. O curso tem duração de dois dias e vai acontecer novamente nos dias 25 e 26, para os profissionais que não compareceram no primeiro curso.

De acordo com a enfermeira, Alcione Daniela, o curso de capacitação da saúde do idoso serve para esclarecer e orientar os profissionais da saúde que os idosos merecem respeito. “Esse curso serve para mostrar que os idosos têm sem lugar na sociedade e que velhice não significa doença. Isso é o primeiro passo para medidas maiores que virão.”

Além do curso, serão realizadas palestras esclarecendo sobre a saúde do idoso, estatuto do idoso e caminhadas, que já acontecem nas comunidades com os idosos. Segundo a educadora física, Valéria Lima, o curso vai ensinar como trabalhar e como tratar os idosos. “Nós já estamos fazendo atividades físicas com os idosos, há uns dois, três meses e esse curso é um trabalho de prevenção e para esclarecer e capacitar os profissionais sobre o envelhecimento saudável” – conclui a educadora física.

Kattiúcia Silveira

STJ não decidirá sobre mérito de vaga na Aleac


A vaga definitiva na Assembleia Legislativa, disputada por três pretendentes [Merla Albuquerque, Roberto Filho e Dinha Carvalho, atual deputada] não será decidida pelo STJ [Superior Tribunal de Justiça]. A afirmação foi dada nesta terça, 23, pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Arquilau de Castro Melo, à Agência Aleac.



Como há um ‘conflito de competência’, STJ decidirá entre TJ e TRE qual dos dois tribunais julgará mérito sobre quem terá direito a ser deputado estadual

A vaga definitiva na Assembleia Legislativa, disputada por três pretendentes [Merla Albuquerque, Roberto Filho e Dinha Carvalho, atual deputada] não será decidida pelo STJ [Superior Tribunal de Justiça]. A afirmação foi dada nesta terça, 23, pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Arquilau de Castro Melo, à Agência Aleac.

Noticiada na imprensa local que o STJ era quem decidiria de quem é de fato e de direito a vaga na Assembleia, o desembargador explicou que o Superior Tribunal de Justiça vai decidir, sim, mas quem terá a competência [TJ ou TRE] para apontar o direito de um dos três interessados na vaga no Legislativo acreano.
-O TJ [Tribunal de Justiça] se julgou incompetente e disse que o TRE, é que teria a competência de julgar esse caso, que por sua vez também se disse incompetente. Se criou, então, o chamado ‘conflito negativo de competência’ – explicou Arquilau.
O desembargador continua:

-Agora o processo sobe ao STJ, mas não para este tribunal superior julgar o mérito, e sim decidir sobre quem terá a competência [Tribunal de Justiça do Acre ou TRE]. Feito isso, um desses dois tribunais é que vai apontar quem deve ser o deputado a assumir na Aleac – afirmou.
O presidente do TRE declarou também que o STJ não pode decidir sobre esse caso, o mérito, porque estaria afrontando um dos princípios constitucionais que diz respeito à ‘supressão da instância’, irregularidade em que a instância superior julga matéria não examinada pela instância inferior. O que fere ainda o ‘princípio da ampla defesa.’

-Nem tudo pode ser decidido pelo tribunal superior. Nós vamos enviar o processo para lá [STJ], vai cair na mão de um relator e ele vai dizer: quem tem a competência é o tribunal tal [TRE ou Tribunal de Justiça]. Só isso – ressalta o magistrado.
‘Aleac a cavalheiro’

Arquilau de Castro Melo disse ainda que não dá para prever quando o STJ devolverá o processo com a solução do ‘conflito de competência’, e adiantou que a Mesa Diretora da Aleac deve ficar à vontade para tomar as decisões que achar necessária.
-A Mesa Diretora está a cavalheiro. Em tese, a Assembleia pode ratificar ou mesmo relaxar sua decisão. Ou ainda pode aguardar a decisão do STJ que vai se pronunciar sobre o ‘conflito de competência’ existente atualmente – disse o desembargador.

[Agência Aleac]


Bandidos incendeiam garagem com três motos no Bairro João Alves


A família de dona Maria Elma Gomes da Silva, moradora da Rua do Murú, no bairro João Alves, acordou, às 4h30m da manhã desta terça-feira, 23, pelo barulho das chamas na garagem em frente à casa. Os bandidos arrombaram o teto da garagem e atearam fogo. De três motocicletas que estavam guardadas, duas ficaram totalmente destruídas.

A família de dona Maria Elma Gomes da Silva, moradora da Rua do Murú, no bairro João Alves, acordou, às 4h30m da manhã desta terça-feira, 23, pelo barulho das chamas na garagem em frente à casa. Os bandidos arrombaram o teto da garagem e atearam fogo. De três motocicletas que estavam guardadas, duas ficaram totalmente destruídas.

A dona da casa, o marido e os filhos acordaram com o susto do barulho ocasionado pelo fogo que se propagava e tomava de conta da garagem e das motocicletas. Ela não soube explicar como o fogo teve início, mas no local havia uma garrafa ensopada de gasolina que teria servido de estopim para o incêndio.

As labaredas também assustaram os vizinhos que correram para prestar assistência, mas, apenas uma das três motocicletas pode ser retirada antes de ser atingida pelas chamas. O irmão de dona Elma, que mora em frente, chegou a tempo de arrombar a porta da garagem e tirar a moto que estava mais próxima, antes de ser atingida pelo fogo.

As outras duas motocicletas, que eram semi-novas, ficaram totalmente destruídas, sem condições de serem recuperadas. Os bombeiros ainda foram acionados, mas não chegaram a tempo de impedir que as chamas destruíssem as motos.

A proprietária afirmou que ainda nem tinha quitado as duas motocicletas e chorou ao lembrar que teve um prejuízo de R$ 18 mil. “Não temos nem idéia de quem fez isso, porque não temos nenhum inimigo” - disse a mulher revoltada que reclamou da demora da polícia para atender a ocorrência. Segundo ela, ligou várias vezes para a delegacia, mas até as 9h ainda não havia sido tomado providência.

Mazinho Rogerio

terça-feira, 23 de março de 2010

Balsa chega com 10 mil botijas e põe fim ao desabastecimento de gás em Cruzeiro do Sul



A cidade de Cruzeiro do Sul que sofreu com a falta de gás de cozinha acaba de receber um carregamento do produto. Uma balsa carregada com 10 mil botijas de 13 quilos ancorou no porto da cidade na manhã desta segunda-feira, 22, para por fim ao desabastecimento que já durava uma semana.


A cidade de Cruzeiro do Sul que sofreu com a falta de gás de cozinha acaba de receber um carregamento do produto. Uma balsa carregada com 10 mil botijas de 13 quilos ancorou no porto da cidade na manhã desta segunda-feira, 22, para por fim ao desabastecimento que já durava uma semana.

A embarcação que chegou nesta segunda-feira saiu de Manaus no dia 4 deste mês e fez uma viagem dentro do prazo previsto que era de no máximo 20 dias. Mesmo assim, não evitou que a população dos municípios do Juruá, que precisou de uma carga de gás na última semana, tivesse dificuldades para comprar uma botija. O estoque das distribuidoras se esgotou e muitas famílias tiveram que se valer de outras alternativas, com a lenha, para usar na cozinha.

As 10 mil botijas que chegaram na balsa já estão sendo distribuídas nos pontos de venda espalhados pela cidade. A previsão é que o fornecimento do produto esteja normalizado até a tarde desta terça-feira.

A empresa responsável pelo abastecimento garante que a partir de agora foi resolvido definitivamente o problema da falta de gás na região que tem um consumo mensal de 24 mil botijas. Mais uma embarcação com 17 mil botijas já está a caminho e deve chegar em poucos dias a Cruzeiro do Sul. A previsão é que ainda neste período de inverno seja transportado, via fluvial, um estoque de 40 mil botijas para abastecer o mercado da região até que as empresas possam trazer o produto pela BR 364.

Kattiúcia

Escola de Idiomas “Alfa e ômega” promove curso de espanhol


A Escola “Alfa e Ômega” está com matriculas abertas para capacitar e preparar monitores para ensinar o espanhol. O curso terá duração de seis meses, dividido em três etapas e será oferecido em Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima e Guajará-Am.

A Escola “Alfa e Ômega” está com matriculas abertas para capacitar e preparar monitores para ensinar o espanhol. O curso terá duração de seis meses, dividido em três etapas e será oferecido em Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima e Guajará-Am.

A primeira etapa do curso será destinada para interessados dar aulas. Na segunda etapa será ensinado espanhol para quem pretende atuar como tradutor e na terceira como guia turístico. O curso começa no dia 20 de abril e termina no mês de outubro com a entrega dos certificados.

Após a capacitação desses alunos, o diretor da escola “Alfa e Ômega”, Eli Alencar Alvanari, está com um projeto, que conta com a ajuda da prefeitura e do governo estadual, para pagar monitores para dar aulas de graça nas associações dos bairros. Nesse projeto todas as pessoas poderão ter acesso ao aprendizado da língua espanhola. Serão três monitores que darão aulas no período da manhã para as crianças, à tarde para os adolescentes e à noite para os adultos.

Segundo o professor Eli Alencar, com esse projeto em dois anos toda a sociedade cruzeirense e dos outros municípios que terão o curso sairão com uma base do idioma. “Eu vi que a população estava com a necessidade de aprender esse idioma, especialmente agora que foi implantado o espanhol nas escolas, os alunos estão tendo muita dificuldade. Nesse curso nos vamos aplicar as quatro habilidades básicas para aprender um idioma que são: falar, escrever, entender e traduzir, além de estarmos preparando profissionais para o ensino, que também estão em falta na nossa região”- conclui o professor.

segunda-feira, 22 de março de 2010

Caixa antecipa prova de concurso público



A Caixa Econômica Federal (CEF) divulgou retificação do edital em que antecipa a data da prova para o cargo de técnico bancário novo em âmbito nacional, exceto RJ e SP, para o dia 9 de maio. O exame estava previsto para ser aplicado no dia 16 do mesmo mês. Assim, os exames para técnico bancário novo para SP e RJ, para os demais estados e para os cargos de nível superior serão aplicados no mesmo dia.

São vagas para cadastro reserva em todos os Estados do país

A Caixa Econômica Federal (CEF) divulgou retificação do edital em que antecipa a data da prova para o cargo de técnico bancário novo em âmbito nacional, exceto RJ e SP, para o dia 9 de maio. O exame estava previsto para ser aplicado no dia 16 do mesmo mês. Assim, os exames para técnico bancário novo para SP e RJ, para os demais estados e para os cargos de nível superior serão aplicados no mesmo dia.
As inscrições para o certame foram abertas na última sexta-feira, 19. A taxa é de R$ 27 para os cargos de nível médio e R$ 60 para os de nível superior, e o prazo se encerra no próximo dia 06 de abril.

Os concursos formarão cadastro de reserva para os cargos de advogado, arquiteto e engenheiro, que exigem nível superior, e para o cargo de Técnico Bancário Novo, que exige Nível Médio.

Os cargos para advogado, arquiteto e engenheiro têm como requisitos básicos diploma de conclusão de curso de graduação na área do cargo, devidamente registrado, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC e registro no respectivo órgão de classe até a data de admissão. A remuneração divulgada no edital é de R$ 6.571,00, mais vantagens.

O cargo de Técnico Bancário Novo - TBN está em dois editais, um abrange somente os estados do Rio de Janeiro e São Paulo e o outro os demais estados. O cargo exige conclusão do Ensino Médio e a remuneração divulgada é de R$ 1.452,00 mais vantagens.

As inscrições podem ser efetuadas somente pela internet, no sítio do CESPE, no período de 19 de março a 06 de abril de 2010. O pagamento da taxa de inscrição deve ser feito, exclusivamente, nas agências da CAIXA, casas lotéricas, correspondentes CAIXA Aqui ou ainda no Internet Banking CAIXA.

Mais informações estão disponíveis no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos.

FEM lança em Cruzeiro do Sul seis editais de apoio à cultura



Com a presença de seu presidente Daniel Zen, a Fundação Elias Mansur (FEM) fez nesta segunda-feira, 22, em Cruzeiro do Sul, o lançamento do Edital da Lei de Incentivo à Cultura e mais cinco editais que abrangem variados segmentos culturais.

Escrito por Flaviano Schneider

Lei de Incentivo foi ampliada e recursos quase dobraram
Com a presença de seu presidente Daniel Zen, a Fundação Elias Mansur (FEM) fez nesta segunda-feira, 22, em Cruzeiro do Sul, o lançamento do Edital da Lei de Incentivo à Cultura e mais cinco editais que abrangem variados segmentos culturais.

Segundo Daniel, durante vários anos a FEM vinha trabalhando somente com um edital, o da Lei de Incentivo à Cultura, mas nos últimos anos já vinha experimentando lançar outros editais específicos ou temáticos voltados para atender determinados segmentos na área da cultura e das artes. Neste ano – ele explica – foi feito um esforço concentrado de chegar o mais próximo possível de um programa estadual de incentivo à cultura com seis editais que somados a editais lançados no ano passado e ainda com inscrições abertas resultam em investimentos de R$ 1.730.000,00, praticamente dobrando o incentivo original da Lei de Incentivo à Cultura, que é de R$ 1 milhão ao ano.

Além do edital da Lei de Incentivo foram lançados: Edital de passagens; Cultura em Movimento; Apoio Parcial a Iniciativas Culturais; Acústico em Som Maior e Galeria de Arte Juvenal Antunes. “A lei de Incentivo não vinha mais dando conta da demanda; então a ideia foi, em vez de apenas aumentar a Lei de Incentivo à Cultura, procuramos identificar as demandas que chegavam no dia a dia da FEM, encaminhadas pelos artistas e entidades”, explanou Daniel Zen.

Os editais reforçam o apoio a agentes culturais, artistas e pesquisadores; também há incentivo a iniciativas que já contam com outras fontes de financiamento, de outros editais, que não são do Governo do Estado. O Edital do programa Cultura em Movimento pretende promover espetáculos de música e arte pelo interior; O edital ‘Galeria de Arte Juvenal Antunes’ é específico para artes visuais. O edital ‘Acústico em Som Maior’, que já vem se tornando uma tradição, de início só era realizado em Rio Branco, depois incluiu Cruzeiro do Sul e agora abrange também Tarauacá. Ele destina-se a trazer atividades para os espaços culturais dos municípios.

Daniel Zen informa ainda que ainda há outros editais a serem lançado este ano na área de livro e literatura através de convênio e parceria firmada com o Ministério da Cultura. O Edital da Lei de Incentivo está com inscrições abertas até 5 de maio; o de passagens aéreas e apoio a iniciativas culturais ficam abertas o ano inteiro . Os demais têm suas datas específicas. Para maiores informações acessar: www.cultura.ac.gov.br/editais.

No ano passado cerca de 500 projetos foram inscritos e 150 aprovados na Lei de Incentivo. No Vale do Juruá, de um total de 52 projetos inscritos, foram aprovados 17. Para este ano, se espera mais de mil inscrições para os seis editais.

Projetos para mulheres

Rosalina Oliveira que é integrante da ONG Articulação Juruaense de Mulheres conta que a Lei de Incentivo tem contribuído muito com as mulheres do Vale do Juruá. “Há anos a nossa gente trabalha com projetos; com oficinas para as mulheres principalmente aquelas vítimas de violência doméstica, e que muitas vezes tem que sustentar sua família”, disse.

Rosalina narra que muitas mulheres que fizeram os cursos de bordado, de pinturas, de crochê, de artesanato hoje têm renda com a venda dos produtos deste trabalho. Elas são moradoras de bairros carentes como Várzea, Lagoa, Cruzeirinho e Aeroporto Velho e, além de ter sua autoestima elevada, as mulheres vão ter sua renda garantida. No ano passado houve três cursos para grupos de 20 a 30 mulheres. Durante a Expojuruá os produtos também foram expostos.

PMDB de oito municípios se reúne durante seminário em Cruzeiro do Sul



Dirigentes estaduais e municipais, prefeitos e parlamentares
peemedebistas de Feijó, Jordão, Tarauacá, Rodrigues Alves, Mâncio
Lima, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo e Cruzeiro do Sul discutem
propostas para plano de governo “O Acre que queremos”.



# Dirigentes estaduais e municipais, prefeitos e parlamentares
peemedebistas de Feijó, Jordão, Tarauacá, Rodrigues Alves, Mâncio
Lima, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo e Cruzeiro do Sul discutem
propostas para plano de governo “O Acre que queremos”.

Assessoria de Imprensa/PMDB-AC

Com o Centro Diocesano de Treinamento de Cruzeiro do Sul lotado, o
Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) no Acre realizou,
no domingo (21), seu seminário do Vale do Juruá com o tema “O Acre que
queremos”. Mais de 500 peemedebistas, dentre dirigentes estaduais e
municipais, prefeitos, parlamentares e militantes, de oito municípios,
definiram propostas de diretrizes para o Plano de Governo que o PMDB
apresentará, durante a campanha eleitoral de 2010, para discussão com
todos os setores da sociedade.

O evento reuniu representantes do PMDB de Feijó, Jordão, Tarauacá,
Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Cruzeiro do Sul, Porto Walter e Marechal
Thaumaturgo. Dentre as lideranças presentes, o presidente regional da
sigla, deputado federal Flaviano Melo, o pré-candidato ao governo do
Estado, vereador de Rio Branco Rodrigo Pinto, a deputada Antônia
Sales, os prefeitos Vagner Sales (Cruzeiro do Sul), Randson Almeida
(Marechal Thaumaturgo), Cleidson Rocha (Mâncio Lima) e Edvaldo Teles,
o Padeiro (Bujari). Também, o vice-prefeito Pelé Campos (Feijó),
vereadores de vários municípios e pré-candidatos majoritários e
proporcionais, como o ex-deputado João Correia, que deverá disputar
uma vaga ao Senado.

No seminário, os participantes discutiram, em grupos, diretrizes para
o desenvolvimento do Estado, com sustentabilidade ambiental, saúde,
educação, habitação, saneamento ambiental, juventude, cultura, esporte
e lazer, turismo, ciência e tecnologia e desenvolvimento rural. Foram
elaboradas e apresentadas propostas para todos os setores. Promover
políticas públicas que estimulem o desenvolvimento do Estado, gerando
emprego e renda e reduzindo as desigualdades sociais, foi a tônica de
todos os grupos, que utilizaram como base dados, números, índices e
estatísticas do governo federal.

“Estas propostas, em conjunto com as que surgirem no seminário do Vale
do Acre, que acontecerá dia 17 de abril, em Brasiléia, servirão como
base ao nosso plano de governo que será apresentado durante a
campanha. É isto que estou fazendo agora e queremos, ouvir as pessoas,
ouvir todos os setores do Estado sobre sua verdadeira realidade e suas
reais necessidades e prioridades. São propostas realistas para
estimular o desenvolvimento do nosso Acre, com geração de emprego e
renda e redução de nossas desigualdades sociais”, disse o
pré-candidato a governador, Rodrigo Pinto.

Para Flaviano Melo, o seminário em Cruzeiro do Sul mostrou a força de
seu partido dando uma amostra de como se comportará nas eleições, além
de comprovar a liderança política de Vagner e Antônia Sales no Vale do
Juruá. “O PMDB deu uma grande demonstração de sua força. Provou que
está unido e com sua chama acessa para estas eleições e, com isso,
retomar o desenvolvimento do nosso Estado, combatendo o desemprego,
que foi apontado aqui, quase que de forma unânime, como o principal
problema vivido por nossa população. Também demonstrou as grandes
força e liderança política da nossa deputada Antônia Sales e do
prefeito Vagner Sales, que, mesmo sem o apoio do governo, vem fazendo
uma excelente administração”.

Vagner Sales afirmou que o sucesso do seminário é reflexo da vontade
de mudança que a população quer para o Estado e da forma como vem
administrando Cruzeiro do Sul. “É assim que o PMDB trabalha, com a
participação de todos, ouvindo as pessoas, combatendo os principais
problemas e priorizando os que mais precisam”, frisou.

União em torno de Rodrigo Pinto

Durante o seminário, os peemedebistas do Vale do Juruá, se mostraram
unidos e empolgados com a pré-candidatura própria, de Rodrigo Pinto,
ao governo do Estado. Idosos, adultos e jovens fizeram questão de
cumprimentá-lo, declarar esperanças em seu nome para representar o
partido nas eleições e para promover mudanças no Acre.

Durante todo o seminário e no período em que esteve em Cruzeiro do
Sul, Rodrigo Pinto foi cumprimentado e abraçado por muitos
peemedebistas e até por não militantes partidários. Na maioria dos
encontros, sempre a citação do nome do governador assinado Edmundo
Pinto, pai de Rodrigo. O pré-candidato é apontado pelos peemedebistas
como o sucessor de seu pai que dará continuidade ao trabalho que
iniciou no Estado, mas que foi interrompido com seu assassinato.

JUVENTUDE – Um fato que marcou o seminário foi a participação de um
grande número de jovens que afirmavam ansiar por mudanças na política
do Acre. Eles apontavam Rodrigo Pinto como o representante dos jovens
nestas eleições. “Nossos jovens estão carentes de lideranças e de
políticas que os valorize, que dêem oportunidade de emprego, que
acredite no potencial da juventude. Sou jovem e acredito na força e no
potencial dos jovens”, frisou o pré-candidato.

Jornalista destratado pelo Diretor de Arbitragem da Federação Acriana de Futebol no Estádio o Totão


Quero levar ao conhecimento de todos, um episódio ocorrido no Estádio Totão na tarde deste domingo, 21 de março de 2010, durante a partida de futebol disputada entre as equipes do Náuas e Rio Branco pelo Campeonato Acreano de Futebol.


Quero levar ao conhecimento de todos, um episódio ocorrido no Estádio Totão na tarde deste domingo, 21 de março de 2010, durante a partida de futebol disputada entre as equipes do Náuas e Rio Branco pelo Campeonato Acreano de Futebol. Cheguei ao estádio por volta das 16h, e, como de em outras ocasiões, fui bem recebido pelos responsáveis pela portaria que me deixaram entrar sem cobrar qualquer ônus e, por sinal, com muito respeito por certificarem-se de que estava no exercício da profissão que desempenho com muita responsabilidade há 15 anos. No entanto, o tal episódio que me refiro, que me fez perder o sono durante esta madrugada, foi à forma como fui destratado na hora que tentei me dirigir à pista, ou lateral do gramado, para realizar o trabalho de observar a partida, gravar entrevistas e acompanhar o desenrolar do evento.

Para ter acesso à área restrita aos profissionais da imprensa, aos protagonistas do jogo e aos responsáveis pela organização, tive a paciência de esperar o início da partida e a sensibilidade, como sempre, de solicitar autorização ao quarto árbitro. Até então, foi com muito respeito que tive a permissão do senhor Ralid, para adentrar com o intuito de realizar meu trabalho. Entretanto, o mesmo respeito faltou por parte de um cidadão que, de uma forma arbitrária e despreparada, me expulsou do recinto sem ao menos querer saber quem sou, ou o que estaria tentado fazer naquele momento.

Esse cidadão, contrariando a decisão do quarto árbitro, me obrigou, aos gritos e com muita ignorância, a deixar o ambiente afirmando que ali não era lugar de bagunça e que para assistir o jogo era melhor da arquibancada. Diante de tamanho constrangimento deixei o local, e, já do lado de fora, tentei me identificar, dizer que representava a Rádio e TV Juruá, o portal Juruá e ainda o Jornal Voz do Norte, e queria apenas cumprir a missão que me foi conferida, mas o dito cidadão se quer me deu o direito a isso.

Ainda por cima, ao perceber que o cinegrafista Josielson Correia se aproximava para gravar a conversa, ameaçou também a expulsá-lo do recinto e proibir que nossa equipe realizasse o trabalho. Assim como não me deu oportunidade, o mesmo também se negou a se identificar, chegando à extrema falta de educação de responder “não tenho nome”, no momento em que solicitei sua identificação.

Ressalto que, enquanto estava do lado de fora da área em que, no Brasil inteiro, os profissionais da imprensa, a serviço, têm acesso, funcionários de outras empresas de comunicação já estavam posicionados para realizar seus trabalhos. Contudo, para que eu pudesse ter o mesmo direito, foi necessária a intervenção do jornalista Jairo Barbosa da TV Rio Branco que, ao presenciar o episódio, se incumbiu da responsabilidade de convencer o tal cidadão a permitir minha entrada ao local do jogo.

Para deixar tudo esclarecido e falar de quem realmente desconsiderou meu trabalho, o papel da Rádio e TV Juruá, de todos os seus funcionários e, conseqüentemente da imprensa, tive a preocupação de me informar de que, a pessoa em questão, é o senhor Josemir Raulino, diretor de arbitragem da Federação Acreana de Futebol.

Como não tive oportunidade de explicar ao senhor Josemir o que estaria fazendo naquele local, aproveito para dizer que, durante 15 anos de profissão, jamais havia passado por tal constrangimento e que realmente seria mais cômodo assistir o jogo da arquibancada, ao lado de minha família que estava no estádio, se não fosse à necessidade de realizar o trabalho e está em um local adequado para tanto. Sendo assim, não admito que pessoas despreparadas queiram abusar da “autoridade” para prejudicar o que sempre fiz com muita determinação e responsabilidade.

Deixo claro ainda que, até que me provem ao contrário, meu comportamento em qualquer evento que participei está acima de qualquer suspeita. Sempre respeitei os limites, nunca me prevaleci da profissão para tirar qualquer vantagem e jamais baguncei ou tentei prejudicar o trabalho dos outros. Também não foi com essa finalidade que a Rádio e TV Juruá, empresa credenciada pela população, homologada por todas as instituições competentes, mobilizou uma equipe formada por dois repórteres, dois cinegrafistas, um motorista, evidenciando gastos para fazer a cobertura do jogo no Estádio Totão.

Desta forma, em minha opinião, o coordenador de arbitragem da Federação Acreana de Futebol, quis apenas dizer que era autoridade para as pessoas dessa região que até agora não sabiam quem ele é, ao menosprezar o quarto árbitro e, para tal, faltando com respeito a um trabalhador no exercício de sua função. Não seja por isso, agora todos sabem que se trata de um cidadão que, na minha impressão é mal educado, ignorante, arbitrário e despreparado. Tudo isso até que ele mesmo prove ao contrário e justifique que cometeu apenas um equívoco.

Dejalcimar da Silva Rogério
Jornalista de profissão, repórter da Rádio e TV Juruá, do Portal Juruá Online e do Jornal Voz do Norte




Vagner Sales é recebido por moradores do Rio Campinas


O prefeito de Cruzeiro do Sul, acompanhado do secretário municipal de educação, Ivo Galvão, esteve com os moradores do Rio Campinas, ouvindo dos ribeirinhos como as ações do município têm chegado até eles.

O prefeito de Cruzeiro do Sul, acompanhado do secretário municipal de educação, Ivo Galvão, esteve com os moradores do Rio Campinas, ouvindo dos ribeirinhos como as ações do município têm chegado até eles.

O Rio Campinas atravessa a BR-364 nas imediações da Terra Indígena Katukina. Os moradores das margens desse rio, jamais tinham recebido a visita de um prefeito, até Vagner Sales assumir a Prefeitura de Cruzeiro do Sul. Na comunidade Porto Alegre, mais de vinte crianças viviam sem estudar, mas durante uma visita realizada no ano passado, o prefeito Vagner Sales, autorizou de imediato, a improvisação de uma sala, para o início das aulas.

Este ano, o prefeito voltou á comunidade. Acompanhado do secretário municipal de educação, Ivo Galvão, eles sentiram a necessidade de construir uma escola na comunidade ainda este ano, já que a demanda de alunos está aumentando e segundo o prefeito, além da qualidade do ensino, os estudantes precisam de um ambiente escolar adequando.

Prefeito e Secretário também visitaram a Comunidade Boa Hora, e discutiram não só os problemas relacionados à educação, como em outras áreas. Na semana passada, pela terceira vez, a equipe de saúde atuante do município, percorreu as comunidades do Rio Campinas levando atendimento aos moradores. “A nossa meta é sempre essa, lembrar daqueles que nunca tiveram vez nem voz. Aqui vivem cidadãos cruzeirenses, que precisam receber os mesmos benefícios de quem mora dentro da cidade. A gente determina as ações para esses lugares, e depois temos que saber deles o que estão achando, só assim, podemos melhorar”, explica Vagner Sales.

Assessoria


domingo, 21 de março de 2010

Náuas segura pressão e derrota o Rio Branco no Totão

O torcedor do Náuas que foi ao Totão neste domingo não se arrependeu. O time responde em campo as provocações do Rio Branco e somou os três primeiros pontos no estadual. Com um gol do atacante Germano aos 9 minutos da primeira etapa, o Cacique do Juruá bateu o Estrelão segurando o favoritismo e a pressão do visitante nos minutos finais.

Por Jairo Barbosa
Fotos Aureo Neto
O torcedor do Náuas que foi ao Totão neste domingo não se arrependeu. O time responde em campo as provocações do Rio Branco e somou os três primeiros pontos no estadual. Com um gol do atacante Germano aos 9 minutos da primeira etapa, o Cacique do Juruá bateu o Estrelão segurando o favoritismo e a pressão do visitante nos minutos finais.

O jogo


Logo que a bola rolou o Rio Branco deu um susto na torcida local numa cobrança de falta do ala Ley. O Náuas manteve a tranqüilidade e viu sua torcida explodir de emoção aos nove minutos, depois que Germano aproveitou uma sobra do zagueiro Rafael e abriu o placar para os cruzeirenses, 1 x 0.

O Rio Branco sentiu o gol e sobreviveu a dois outros contrataques dos donos da casa. Aos 28 minutos, Emerson fez boa jogada individual, driblou a zaga e chutou forte, o goleiro Douglas bateu roupa e Germano deixou a bola escapar no rebote. A esta altura do jogo, o Náuas já havia perdido o lateral Neto, que saiu contundido para a entrada de Aslan.

O time do Juruá quase chegou ao segundo gol aos 36, quando Marcelo aproveitou uma falha da zaga e de dentro da área chutou no cantinho, mas Douglas conseguiu salvar com a ponta dos dedos. O Náuas sofreu outra baixa. Denis sentiu uma pancada no tornozelo e foi substituído por Neto.

Em desvantagem no placar, o Rio Branco ainda buscou o empate antes do intervalo, mas Neném mandou pra fora a boa bola ajeitada por Juliano César quase dentro da área.
De volta para o segundo tempo, o técnico Neneca promoveu a terceira substituição no Náuas, entrando Wilami na vaga de Germano. A etapa final começou igual a primeira com o Estrelão partindo pra cima, porém a partir daí, passou a brilhar a estrela do goleiro Darlan, que segurou um balaço de Juliano César; a bola explodiu no peito do arqueiro e a zaga afastou no rebote.

Aos vinte e cinco, Tiago Nunes mandou o Estrelão pra cima, colocando Anselmo no lugar de Ismael, Josy na vaga de Ananias e Pretinho para ocupar a posição de Nenem.
O Alvi rubro até ficou mais ofensivo, mas continuava pecando nas finalizações. De tanto partir pro ataque, o Rio Branco deixou a zaga fragilizada, e só não sofreu o segundo gol, porque Emerson foi “fominha”.

Ele recebeu um lançamento na frente, invadiu a área, driblou o goleiro e chutou em cima de Rafael, quando poderia ter servido Marcelo que estava livre na marca do pênalti. Mesmo assim, o Náuas assegurou a vitória e já começa a pensar no jogo de domingo, na Arena da Floresta, contra o Atlético Acreano.


Ficha técnica

Estádio Totão, Mancio Lima, Ac

Náuas

Darlan, Neto (Aslan), Flávio, Marcos, Eder, Denis (Neto), Doni, Marcelo, Germano (Wilami), Bergson e Emerson. Técnico Neneca

Rio Branco

Douglas, Ley, Ananias (Pretinho), Marquinhos, Zé Marcos, Rafael, Nenem (Josi), Ismael (Anselmo), Juliano César, Araujo e Ivan. Técnico Tiago Nunes

Arbitro: Airton Viana
Auxiliares: Jean Carlos e Charles Antonio

Renda e publico não divulgados

2ª rodada do campeonato acreano de 2010


sábado, 20 de março de 2010

Polícia Civil apreende cocaína no bairro Cruzeirinho


A Polícia Civil apreendeu na manhã desta sexta, (19), doze papelotes de derivado de cocaína e uma pedra de pasta base, na Rua Newton Prado no bairro Cruzeirinho.

A Polícia Civil apreendeu na manhã desta sexta, (19), doze papelotes de derivado de cocaína e uma pedra de pasta base, na Rua Newton Prado no bairro Cruzeirinho.

A polícia estava investigando o caso de uma tentativa de homicídio contra um homem de nome Girlandio, baleado na sexta-feira (12), na Avenida Coronel Mâncio Lima, e acabou apreendendo a droga na casa de Angelino José Pinheiro Azevedo, 30, suspeito de participar do crime.

Quando a polícia chegou a casa, estava apenas a esposa de Angelino, Maria de Fátima Souza, 20, com suas duas filhas, uma de dois anos e a outra de apenas cinco meses. A droga foi encontrada na calcinha da mulher.

Com a chegada dos policiais, Maria de Fátima ligou para informar ao marido e, de acordo com a polícia, o homem teria mandado a mulher esconder a droga na calcinha. Maria de Fátima foi revistada e levada junto com as suas filhas à Delegacia de Flagrantes.

Ela foi indiciada por tráfico de drogas. De acordo com o delegado da polícia civil, Elton Futigami, Angelino está foragido e as crianças serão encaminhadas ao Conselho Tutelar.

Kattiúcia

sexta-feira, 19 de março de 2010

Padre Frederico completa 50 anos de sacerdócio



Um missionário de 76 anos, alemão e de muita fé. Padre Frederico aos 13 anos ouviu um parecer de Deus, um toque e de repente queria ser sacerdote. Enquanto estudava teve que passar por muitos empecilhos, mas em 1960 foi ordenado. Esse ano, que completa seus 50 anos de ordenação, o padre veio visitar o Alto Juruá, lugar onde esteve durante maior parte de seu sacerdócio.


Um missionário de 76 anos, alemão e de muita fé. Padre Frederico aos 13 anos ouviu um parecer de Deus, um toque e de repente queria ser sacerdote. Enquanto estudava teve que passar por muitos empecilhos, mas em 1960 foi ordenado. Esse ano, que completa seus 50 anos de ordenação, o padre veio visitar o Alto Juruá, lugar onde esteve durante maior parte de seu sacerdócio.

“Parte do meu coração pertence ao Alto Juruá” - diz o padre ao falar do tempo em que morava aqui. Dos 50 anos como padre, 38 ele morou na região. Padre Frederico passou por diversas paróquias, começou em Cruzeiro do Sul, depois Mâncio Lima, Feijó, Guajará e de 1992 a 1998 foi chamado para auxiliar na Catedral Nossa Senhora da Glória.

No final de 1998, voltou para a Alemanha porque já havia padres novos na cidade, bispos e cedeu seu lugar na Catedral, partindo para outra missão. Nesse meio tempo na Alemanha, o padre já trabalhou em diversas paróquias, como missionário na sua própria terra.

Sempre, nas férias, o Padre Frederico vem a Cruzeiro do Sul, pois ajuda no sustento de seis creches com mais de 500 crianças. “Essa é a viajem que faço, então apesar de ficar trabalhando, porque passo em todas as creches, reformando, passando em reuniões, dando entrevistas, não é muito de férias não, mas é de bom gosto e Deus me deu essa disposição”.

Segundo o padre, os momentos mais marcantes na sua estada no Alto Juruá eram os momentos difíceis. Padre Frederico chegou a pegar quatro malarias, sendo que uma delas durou quatro anos. ”O que eu posso resumir da minha vida aqui é que tive muitas alegrias e muito sofrimento, mas partilhava a vida com o povo. Os tempos bons e os tempos ruins. Isto fez com que até hoje, entre a minha pessoa e o povo, haja um laço de amizade muito forte”.

Ao lembrar-se da época que chegou a Cruzeiro do Sul, padre Frederico fala de seus amigos, Doutor Braga, Roberto Catedral e Valdemar. “Agente fica sentindo-se como se estivesse voltando 50 anos, lembrando de tudo. Poderia escrever um livro de tanta coisa que aconteceu, mas não tenho tempo e sou um homem da palavra, não sou um homem da escrita”.

O padre que passou 38 anos no Alto Juruá fala como muita coisa mudou e deixa uma mensagem a população. “Quando a pessoa fica mais dona de posses, de bens, facilmente perde a fé profunda e a misericórdia da bondade de Deus. Por isso queria deixar claro de certo jeito, cresça na sua vida, mas não de um jeito desonesto e saiba que o mais importante não é progresso material, o mais importante é uma vida de amor para com próximo. Isto é a única coisa que vale lutar, por esses valores eu prego” – conclui o padre.

Kattiúcia Silveira