quinta-feira, 25 de março de 2010

Aleac apóia equiparação salarial de PM do Acre com o DF


Por iniciativa do deputado Moisés Diniz (PCdoB), a Aleac votou na sessão desta quarta-feira, 24, Moção de Apoio à PEC 300/448 de 2008 que estabelece que a remuneração dos PMs dos estados não pode ser inferior à da PM do Distrito Federal, incluindo os integrantes do Corpo de Bombeiros e os inativos.

Por iniciativa do deputado Moisés Diniz (PCdoB), a Aleac votou na sessão desta quarta-feira, 24, Moção de Apoio à PEC 300/448 de 2008 que estabelece que a remuneração dos PMs dos estados não pode ser inferior à da PM do Distrito Federal, incluindo os integrantes do Corpo de Bombeiros e os inativos.

A Moção da Aleac está condicionada à decisão do Governo Federal de constituir um Fundo Nacional de Segurança para garantir a complementação salarial nos estados que não tenham condições financeiras de custear as despesas da PEC.

Entre as justificativas para a aprovação da Moção, Moisés Diniz lembra que o o assaltante que age em Brasília tem o mesmo grau de periculosidade do que age nos outros estados e, portanto, o salário deve ser igual. “A equiparação salarial dos militares é mais do que justa. Estes homens exercem uma profissão de risco cujo salário não é compatível com os riscos aos quais estão expostos”, argumenta.

A moção foi aprovada por unanimidade.


Nenhum comentário: