terça-feira, 30 de março de 2010

Justiça Eleitoral vai às comunidades para facilitar expedição e regularização do Título de Eleitor


Os eleitores Acreanos, esse ano, votarão em duas urnas. Além de escolher o presidente, senadores, governadores e deputados, o eleitor irá decidir se é a favor ou não da alteração do horário, até dia cinco de maio o eleitor pode está fazendo a transferência e o alistamento do titulo. Todos os jovens que estiverem com 16 anos, ou que irão completar até o dia três de outubro poderão requerer sua inscrição eleitoral.

Os eleitores Acreanos, esse ano, votarão em duas urnas. Além de escolher o presidente, senadores, governadores e deputados, o eleitor irá decidir se é a favor ou não da alteração do horário, até dia cinco de maio o eleitor pode está fazendo a transferência e o alistamento do titulo. Todos os jovens que estiverem com 16 anos, ou que irão completar até o dia três de outubro poderão requerer sua inscrição eleitoral.

A proposta da Justiça Eleitoral é estimular os jovens a tirarem o titulo para participar da grande festa da democracia brasileira. Segundo a juíza da 4ª Zona do Cartório Eleitoral, Rogéria Epaminondas, o jovem deve participar da escolha dos governantes. “Nós precisamos incentivar os jovens, para que ele se torne atuante na sociedade, ajudando na escolha dos seus representantes e também do referendo”.

A juíza Rogéria Epaminondas é responsável pelos municípios de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Porto Valter e Marechal Thaumaturgo e comenta que desde o início do ano está fazendo um trabalho de regularização dos títulos para não deixar para cima da hora. “É preferível que ninguém deixa para regularizar o titulo de eleitor na última hora, por isso, o cartório está se deslocando as comunidades para fazer transferências, alistamento, 2°via e entregas de títulos. Nós não vamos esperar só que eles venham, nós vamos”.

Nos próximos dias os servidores da Justiça Eleitoral estarão nas comunidades com atendimentos eleitorais. Na Semana Santa, estarão atendendo nas comunidades do projeto de assentamento Santa Luzia (BR 364) e Ramal 02. O eleitor que deseja fazer o alistamento, transferência, 2° via, revisão de dados ou receber seu titulo devem comparecer nos locais de atendimento portando documentos pessoais.
Para melhorar a segurança nas eleições foram admitidos para o Acre 23 novos juízes, além de novos promotores e delegados. “Esse ano tolerância zero para compra de votos, acho que os candidatos querem realmente mostrar que vão jogar limpo e mostrar as suas propostas a população” – conclui a juíza.


Nenhum comentário: