segunda-feira, 22 de março de 2010

PMDB de oito municípios se reúne durante seminário em Cruzeiro do Sul



Dirigentes estaduais e municipais, prefeitos e parlamentares
peemedebistas de Feijó, Jordão, Tarauacá, Rodrigues Alves, Mâncio
Lima, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo e Cruzeiro do Sul discutem
propostas para plano de governo “O Acre que queremos”.



# Dirigentes estaduais e municipais, prefeitos e parlamentares
peemedebistas de Feijó, Jordão, Tarauacá, Rodrigues Alves, Mâncio
Lima, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo e Cruzeiro do Sul discutem
propostas para plano de governo “O Acre que queremos”.

Assessoria de Imprensa/PMDB-AC

Com o Centro Diocesano de Treinamento de Cruzeiro do Sul lotado, o
Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) no Acre realizou,
no domingo (21), seu seminário do Vale do Juruá com o tema “O Acre que
queremos”. Mais de 500 peemedebistas, dentre dirigentes estaduais e
municipais, prefeitos, parlamentares e militantes, de oito municípios,
definiram propostas de diretrizes para o Plano de Governo que o PMDB
apresentará, durante a campanha eleitoral de 2010, para discussão com
todos os setores da sociedade.

O evento reuniu representantes do PMDB de Feijó, Jordão, Tarauacá,
Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Cruzeiro do Sul, Porto Walter e Marechal
Thaumaturgo. Dentre as lideranças presentes, o presidente regional da
sigla, deputado federal Flaviano Melo, o pré-candidato ao governo do
Estado, vereador de Rio Branco Rodrigo Pinto, a deputada Antônia
Sales, os prefeitos Vagner Sales (Cruzeiro do Sul), Randson Almeida
(Marechal Thaumaturgo), Cleidson Rocha (Mâncio Lima) e Edvaldo Teles,
o Padeiro (Bujari). Também, o vice-prefeito Pelé Campos (Feijó),
vereadores de vários municípios e pré-candidatos majoritários e
proporcionais, como o ex-deputado João Correia, que deverá disputar
uma vaga ao Senado.

No seminário, os participantes discutiram, em grupos, diretrizes para
o desenvolvimento do Estado, com sustentabilidade ambiental, saúde,
educação, habitação, saneamento ambiental, juventude, cultura, esporte
e lazer, turismo, ciência e tecnologia e desenvolvimento rural. Foram
elaboradas e apresentadas propostas para todos os setores. Promover
políticas públicas que estimulem o desenvolvimento do Estado, gerando
emprego e renda e reduzindo as desigualdades sociais, foi a tônica de
todos os grupos, que utilizaram como base dados, números, índices e
estatísticas do governo federal.

“Estas propostas, em conjunto com as que surgirem no seminário do Vale
do Acre, que acontecerá dia 17 de abril, em Brasiléia, servirão como
base ao nosso plano de governo que será apresentado durante a
campanha. É isto que estou fazendo agora e queremos, ouvir as pessoas,
ouvir todos os setores do Estado sobre sua verdadeira realidade e suas
reais necessidades e prioridades. São propostas realistas para
estimular o desenvolvimento do nosso Acre, com geração de emprego e
renda e redução de nossas desigualdades sociais”, disse o
pré-candidato a governador, Rodrigo Pinto.

Para Flaviano Melo, o seminário em Cruzeiro do Sul mostrou a força de
seu partido dando uma amostra de como se comportará nas eleições, além
de comprovar a liderança política de Vagner e Antônia Sales no Vale do
Juruá. “O PMDB deu uma grande demonstração de sua força. Provou que
está unido e com sua chama acessa para estas eleições e, com isso,
retomar o desenvolvimento do nosso Estado, combatendo o desemprego,
que foi apontado aqui, quase que de forma unânime, como o principal
problema vivido por nossa população. Também demonstrou as grandes
força e liderança política da nossa deputada Antônia Sales e do
prefeito Vagner Sales, que, mesmo sem o apoio do governo, vem fazendo
uma excelente administração”.

Vagner Sales afirmou que o sucesso do seminário é reflexo da vontade
de mudança que a população quer para o Estado e da forma como vem
administrando Cruzeiro do Sul. “É assim que o PMDB trabalha, com a
participação de todos, ouvindo as pessoas, combatendo os principais
problemas e priorizando os que mais precisam”, frisou.

União em torno de Rodrigo Pinto

Durante o seminário, os peemedebistas do Vale do Juruá, se mostraram
unidos e empolgados com a pré-candidatura própria, de Rodrigo Pinto,
ao governo do Estado. Idosos, adultos e jovens fizeram questão de
cumprimentá-lo, declarar esperanças em seu nome para representar o
partido nas eleições e para promover mudanças no Acre.

Durante todo o seminário e no período em que esteve em Cruzeiro do
Sul, Rodrigo Pinto foi cumprimentado e abraçado por muitos
peemedebistas e até por não militantes partidários. Na maioria dos
encontros, sempre a citação do nome do governador assinado Edmundo
Pinto, pai de Rodrigo. O pré-candidato é apontado pelos peemedebistas
como o sucessor de seu pai que dará continuidade ao trabalho que
iniciou no Estado, mas que foi interrompido com seu assassinato.

JUVENTUDE – Um fato que marcou o seminário foi a participação de um
grande número de jovens que afirmavam ansiar por mudanças na política
do Acre. Eles apontavam Rodrigo Pinto como o representante dos jovens
nestas eleições. “Nossos jovens estão carentes de lideranças e de
políticas que os valorize, que dêem oportunidade de emprego, que
acredite no potencial da juventude. Sou jovem e acredito na força e no
potencial dos jovens”, frisou o pré-candidato.

2 comentários:

Anônimo disse...

O acre que vcs querem nunca mas voltará!
Foram mas de 20 anos de atraso em nosso estado, agora vem vcs de novo com este tipo de conversa pra tentar enganar os bestas.Vão trabalhar, ou seja deixa aqueles que querem fazer algo pelo nosso estado em paz, podem denuciar o que estiver errado,mas com responsabilidade,não como vcs costumam fazer, denegrir a imagem dos seus adversários.Aqui em CZS só falta 3 anos e alguns meses para este prefeito ditador sair pela mesma porta que entrou a pouco tempo!

Anônimo disse...

Estou morando fora, sou cruzeirense, engraçado a conversa desse povo com essa história de dizer o acre que todos querem, melhor eles querem esse povo do PMDB, ja tiveram no poder e o acre não saiu da lama nada foi feito,vivia esquecido, so aparecia na midia quando acontecia um desastre diferentemente do que esta acontecendo, com as melhorias e vitorias do povo acreano ou seja acriano. Principalmente com esse ditador de cruzeiro do sul, que persegue os cruzeirenses, que está colocando seus familiares nos setores da prefeitura, interessante que a outra prefeita era perseguida quando colocava algum funcionario que nao era concursado esse ai ninguem ver nada. Mesmo estando longe torço pra o acre nunca mais voltar a ser governado por esse povo do PMDB, e o PT nao vai deixar isso acontecer porque mostram compromisso com o acre fazendo obras importantes para o desenvolvimento.