quarta-feira, 28 de abril de 2010

Emenda do Senador Tião Viana incentiva a criação de ovinos em 13 municípios do estado


Na manhã desta quarta-feira, (28), foi realizada uma reunião na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cruzeiro do Sul, para discutir o projeto de fortalecimento da cadeia produtiva de ovinocultura – criação de ovelhas. Além da discussão foram feitos cadastros dos produtores que serão contemplados com um programa que é executado pelo Governo do Estado através emendas do senador Tião Viana.


Na manhã desta quarta-feira, (28), foi realizada uma reunião na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cruzeiro do Sul, para discutir o projeto de fortalecimento da cadeia produtiva de ovinocultura – criação de ovelhas. Além da discussão foram feitos cadastros dos produtores que serão contemplados com um programa que é executado pelo Governo do Estado através emendas do senador Tião Viana.

O governo vai investir R$ 2,5 milhões que foram destinados pelo senador Tião Viana, na comprar de ovinos para incentivar a criação no estado. O projeto está sendo executado em 13 municípios. Em Cruzeiro do sul, 40 produtores serão contemplados com 12 matrizes, um produtor e uma bola de arame para iniciar a criaçao. Cada produtor receberá um total de R$4.500,00.

O Gerente da SEAPROF em Cruzeiro do Sul, Valdemir Neto, explica o papel da SEAPROF nesse projeto. “Nós da SEAPROF estamos apoiando a SEAP, na mobilização desses produtores e com a assistência técnica para que esse projeto venha dar o resultado que nós realmente esperamos”.

De acordo com o chefe de animais de pequeno porte da SEAP e responsável pelo Frigorifico Anassara, Alex Cicinato, o objetivo do projeto é aumentar o rebanho já existente no estado. “O objetivo do projeto é melhorar e aumentar o rebanho que já existe no estado. Devido à indústria que está sendo instalada, que é o frigorifico Anassara para os produtores fornecerem matéria prima para o frigorifico”.
Os requisitos para participar do projeto de criação de ovinos são, possuir área de pasto, poder construir um abrigo e já ser produtor de ovinos.

Os produtores que queiram iniciar a atividade poderão também ser contemplados, pois o projeto conta com uma particularidade que é a devolução das ovelhas. “O produtor vai ter que repassar seis fêmeas, filhas daquelas matriarcas, depois de nove meses e depois de 18 meses mais seis fêmeas, que serão repassados para outros produtores que estão no cadastro de espera” – afirma Alex Cicinato.

Segundo o criador de ovinos, Luis Helosman, o projeto é muito importante para a região do Juruá. “Esse projeto vai dar condição para o pequeno produtor se tornar um grande produtor de ovinos, porque não é tão dificultoso como gado. O frigorifico garante toda a compra, mas eu acho que a própria população do Vale do Juruá vai comprar do produtor daqui”.

Francisco de Souza, morador do Badejo, fala sobre a importância do projeto para os produtores. “Realmente se o frigorifico cumprir com o compromisso de comprar é uma idéia muito boa. Porque a ovelha cresce mais rápido que o boi e se o frigorifico comprar vai da certo porque as pessoas aqui na região do Juruá não tem costume de comprar essa carne”.

O responsável pelo Frigorifico Anassara garante que o frigorifico comprará toda a produção dos produtores de ovinos do estado.

Kattiúcia Silveira


Nenhum comentário: