sexta-feira, 9 de abril de 2010

Quarenta e cinco adolescentes se tornam Bombeiros Mirins



O Corpo de Bombeiros deu início na manhã desta sexta-feira, 09, em Cruzeiro do Sul, ao Projeto Bombeiro Mirim. A iniciativa tem como objetivo a formação moral e cívica de crianças e adolescentes evitando o risco social. Em uma solenidade realizada no auditório da Escola de Ensino Médio, Dom Henrique Ruth, 45 adolescentes ingressaram ao Grupo de Bombeiros Mirins em Cruzeiro do Sul.


O Corpo de Bombeiros deu início na manhã desta sexta-feira, 09, em Cruzeiro do Sul, ao Projeto Bombeiro Mirim. A iniciativa tem como objetivo a formação moral e cívica de crianças e adolescentes evitando o risco social. Em uma solenidade realizada no auditório da Escola de Ensino Médio, Dom Henrique Ruth, 45 adolescentes ingressaram ao Grupo de Bombeiros Mirins em Cruzeiro do Sul.

Os adolescentes têm entre 12 e 14 anos de idade e foram selecionados em diversas escolas para fazer parte do novo projeto do Corpo de Bombeiros. Para que pudesse participar dos Bombeiros Mirins, o estudante foi escolhido a partir do comportamento e o desempenho escolar.

“Selecionamos alunos com média mínima de 7 pontos em todas as disciplinas para valorizar os mais aplicados e com melhor comportamento” – afirmou o Sargento José Fabrício de Melo que vai comandar o Projeto Bombeiro Mirim.

Na abertura do projeto os pais dos adolescentes se demonstraram entusiasmados com a participação dos filhos no grupo de Bombeiros Mirins. No semblante dos estudantes se via a felicidade das crianças que sonham em seguir a carreira militar. Como faz parte da tradição, os bombeiros mirins também foram batizados com um banho de um jato de água.

Os bombeiros mirins vão servir durante oito meses a corporação. “Vamos ensiná-los noções de civismo, de cidadania e orientá-los sobre primeiros socorros, salvamento prevenção a incêndios e outras ações básicas do Corpo de Bombeiros” – ressaltou o sargento Fabrício.

“Com esse projeto o Corpo de Bombeiros quer contribuir com a formação moral e cívica das crianças evitando o risco social. Além disso, vamos prepará-las para serem multiplicadoras na comunidade das ações que vão desempenhar como bombeiros mirins” – disse o Major Moisés, comandante do Corpo de Bombeiros de Cruzeiro do Sul.

Nenhum comentário: