quinta-feira, 20 de maio de 2010

Deracre asfalta acesso à Escola Maria Lima de Souza


No fim do mês de abril o governador Binho Marques reinaugurou a Escola de Ensino Fundamental Maria de Souza Lima, em Cruzeiro do Sul. O governo investiu R$ 1.838.974,83 em obras, mobiliário e equipamentos, dotando a escola com melhores salas de aula, salas para a direção, secretaria, para a coordenação, planejamento, laboratório de informática, biblioteca cantina, almoxarifados, despensa e cantina.


Escrito por Golby Pullig
Fotos Onofre Brito

Escola foi recentemente reinaugurada, mas no período chuvoso tinha o acesso dificultado pela lama

No fim do mês de abril o governador Binho Marques reinaugurou a Escola de Ensino Fundamental Maria de Souza Lima, em Cruzeiro do Sul. O governo investiu R$ 1.838.974,83 em obras, mobiliário e equipamentos, dotando a escola com melhores salas de aula, salas para a direção, secretaria, para a coordenação, planejamento, laboratório de informática, biblioteca cantina, almoxarifados, despensa e cantina. A escola tem matriculados mais de 645 alunos, dos bairros Várzea, Remanso, Cobal e Telégrafo, oferecendo Ensino Fundamental, do 1º ao 9º ano, além do Projeto Poronga e Educação de Jovens e Adultos. Participa também do programa Mais Educação.

Escola nova, porém, um problema pairava pendente no ar. A Rua Amazonas, que liga a Avenida Getúlio Vargas às margens do Rio Juruá e que dá acesso à escola, por ser de chão batido, sempre causava problemas aos alunos, professores e servidores durante o período chuvoso. Foi então que na solenidade de reinauguração o governador Binho anunciou que o acesso à escola seria asfaltado.

Nesta terça-feira, o Deracre iniciou o serviço de terraplenagem do trecho que será asfaltado. Segundo o encarregado de equipe, Elson de Oliveira Silva, o Deracre vai asfaltar cerca de 250 m da rua. São 12 trabalhadores mais uma patrol, um rolo uma retroescavadeira e duas caçambas. Ele calcula que, dependendo do tempo, no final de semana já será iniciado o asfaltamento.

12 anos

A diretora da escola Maria Francisca Pinheiro conta que há 12 anos o acesso à escola é complicado no período chuvoso. Muitos pedidos foram feitos à prefeitura durante estes anos, nunca atendidos. Ela agradeceu a sensibilidade do governador Binho: "Estamos muito felizes, é muito gratificante, pois já estava com 12 anos que nós estávamos pedindo, mandando ofício para a prefeitura e não tínhamos sido atendidos ainda. Na reinauguração o governador nos deu este presente e ficamos muito gratos. Sabemos que não é da responsabilidade dele estar asfaltando ruas e estamos felizes, pois vai facilitar o acesso dos alunos até a escola e dos funcionários também".

Nenhum comentário: