terça-feira, 18 de maio de 2010

Moradores do Bairro da Várzea fecham rua em manifestação


Na manhã desta segunda-feira, (17), moradores do bairro da Várzea reuniram-se em uma manifestação em frente à escola Maria Lima para que o governo asfalte mais 125 metros além do que foi prometido na reinauguração da escola.


Na manhã desta segunda-feira, (17), moradores do bairro da Várzea reuniram-se em uma manifestação em frente à escola Maria Lima para que o governo asfalte mais 125 metros além do que foi prometido na reinauguração da escola.

Os moradores do bairro da Várzea, liderados pelo presidente do bairro, Marivaldo Valente, fecharam a rua impossibilitando a passagem de veículos. A reivindicação é que a rua toda seja asfaltada, não apenas na frente da escola como foi garantido pelo governador Binho Marques no início deste mês, no dia em que a Escola Maria Lima de Souza foi reinaugurada.

De acordo com Marivaldo, a manifestação aconteceu para que houvesse uma negociação com o governo. “Nós fechamos aqui a rua para que haja uma negociação com o governo sobre o asfaltamento da rua. Nós estamos pedindo mais 125 metros de asfalto para que possa beneficiar a nossa comunidade, especialmente as crianças que no inverno chegam com os sapatos sujos na escola por causa do barro”.

A Polícia Militar foi acionada para controlar a manifestação. “Nós viemos aqui para conversar com o pessoal da comunidade, falamos que eles devem procurar o representante do DERACRE, do governo, porque fechar a rua fere o direito de ir e vir das pessoas, mas através de um diálogo sadio eles entenderam e vão resolver com os representantes” – afirmou o Tenente Coronel Ayres da Polícia Militar.

Ainda de acordo com o presidente do bairro eles terão um encontro com os representantes do governo. “Nós fomos chamados para conversar com o representante do governo, lá no DERACRE, caso a negociação seja viável para a comunidade nós vamos liberar a rua se não nós vamos fechar a rua novamente” – conclui.
Kattiúcia Silveira

Nenhum comentário: