quinta-feira, 20 de maio de 2010

Motoqueiro morre em acidente na estrada que liga Cruzeiro do Sul a Guajará



A população de Cruzeiro do Sul está abalada com tantas tragédias que aconteceram na cidade nos últimos dias. Da semana passada até esta quinta-feira (20) foi registrado um número de 4 homicídios e dois acidentes graves de trânsito que vitimaram três pessoas. A última tragédia aconteceu nesta noite de quarta-feira (19), na estrada de acesso ao município de Guajará-Am.


A população de Cruzeiro do Sul está abalada com tantas tragédias que aconteceram na cidade nos últimos dias. Da semana passada até esta quinta-feira (20) foi registrado um número de 4 homicídios e dois acidentes graves de trânsito que vitimaram três pessoas. A última tragédia aconteceu nesta noite de quarta-feira (19), na estrada de acesso ao município de Guajará-Am.

O motociclista Aquino Braz de Medeiros, 46, que morava no município amazonense, se deslocava para Cruzeiro do Sul e tombou ao chegar à altura do quilometro 06. O motoqueiro foi levado ao Pronto Socorro e morreu na sala de cirurgia do Hospital do Juruá.

Aquino Braz de Medeiros morava em Guajará e trabalhava, durante o período noturno, em um posto de combustível em Cruzeiro do Sul. Todas as noites ele se deslocava de uma cidade a outra em sua motocicleta, modelo BIZ, para cumprir sua carga horária.

Nesta quarta-feira, eram 19h quando o motoqueiro saiu de casa sob uma neblina e, ao chegar a um trecho da estrada, considerada uma das mais perigosas da região, devido suas ladeiras acentuadas e as curvas bem fechadas, bateu em uma avaria no asfalto que estourou o pneu traseiro da moto e caiu. Não havia ninguém por perto e a vítima só foi socorrida momentos depois por um casal de técnicos em enfermagem que também trabalha em Cruzeiro do Sul e mora em Guajará. Os dois servidores do Hospital do Juruá saiam do serviço e ao chegar a seis quilômetros do Posto Rodoviário, se depararam com o homem suspirando no meio da estrada.

O irmão de Aquino, proprietário do posto aonde o motoqueiro trabalhava, foi avisado e ao chegar ao local ainda encontrou o irmão com vida. Ele foi levado ao Pronto Socorro no carro da própria família e morreu às 22h50m, três horas após a chegada na unidade de saúde. De acordo com os médicos que realizaram o atendimento, a vítima sofreu fratura em seis costelas, na clavícula, teve o pulmão atingido e agonizou com traumatismo craniano.

O local do acidente está há alguns meses com o asfalto danificado. A avaria na estrada, que é chamada por muitas pessoas de “Estrada da Morte”, em razão da grande quantidade de pessoas que perderam a vida na rodovia, invade metade da via e tem ocasionado problemas para os motoristas. De acordo com a Polícia Militar, só esta semana foram atendidas 3 ocorrências de acidentes de trânsito no mesmo local.

www.vozdonorte.com.br - Mazinho Rogerio
Fotos Aureo Neto

2 comentários:

Patrine disse...

que tragedia espero que a familha dele esteja bem!!!!

Anônimo disse...

Sou de Pernambuco, a vítima era meu grande amigo, senti muito o que aconteceu e gostaria de notícias da família.