segunda-feira, 24 de maio de 2010

Náuas empata em casa e garante participação na final do Campeonato Acreano


Em uma partida sem gols a equipe do Náuas, de Cruzeiro do Sul, garantiu a vaga na final do Estadual 2010. No jogo disputado na Arena do Japiim, neste domingo, 23, o Cacique do Juruá manteve cautela para garantir o empate e aproveitar a vantagem que trouxe da Arena da Floresta quando venceu o Atlético Acreano por 2 a 1.

Em uma partida sem gols a equipe do Náuas, de Cruzeiro do Sul, garantiu a vaga na final do Estadual 2010. No jogo disputado na Arena do Japiim, neste domingo, 23, o Cacique do Juruá manteve cautela para garantir o empate e aproveitar a vantagem que trouxe da Arena da Floresta quando venceu o Atlético Acreano por 2 a 1.


Foram poucas as jogadas que levaram perigo ao adversário na partida realizada na Arena do Japiim. O Náuas teve uma postura mais defensiva do que nos jogos anteriores já que precisava apenas do empate para chegar à final. Os lances que chegaram mais perto do gol saíram ainda no primeiro tempo. Aos 13 minutos o meia Emerson ficou sem marcação na entrada da área, teve tempo de ajeitar a bola, mas bateu pra fora. Essa foi a principal chance do Náuas na partida.


O Galo, que precisava vencer por dois gols de diferença, ainda tentou pressionar a zaga nauense e no final do primeiro tempo esteve melhor na partida, mas não teve muitas oportunidades e o jogo se encerrou em 0 X 0. Esse placar levou o Náuas para uma disputa de duas partidas contra a equipe do Rio Branco que também venceu, neste domingo, o Juventus por 4 x 2. Com a derrota do Juventus o Náuas também garantiu vaga na série D do Campeonato Brasileiro.


Doni foi um dos principais jogadores do Náuas que comandou o trabalho da zaga, considerada uma a melhor do Estadual. Foi a que menos levou gols durante o campeonato. “Viemos para fazer esse trabalho de marcação e tudo que fiz em campo foi em função de um grupo que está muito bem coordenado pelo professor Neneca” – disse.
Agora a equipe de Cruzeiro do Sul deve se preparar para enfrentar o ataque do Rio Branco, o que mais funcionou durante a competição e marcou o maior número de gols.

O técnico Neneca disse que a vitória foi um mérito dos jogadores e teve a participação da torcida que compareceu em massa para assistir a classificação da equipe representante do Juruá. Neste domingo, o jogo na Arena do Japiim, bateu o recorde de público do campeonato com cerca de 2 mil torcedores.

“Quem vai disputar uma final precisa está bem preparado e a equipe já começa a treinar a partir desta segunda-feira. Sabemos que são duas partidas difíceis, mas vamos para nos dedicar ao máximo para trazer esse título que é inédito para a região do Juruá” – garantiu o treinador.



Nenhum comentário: