quarta-feira, 2 de junho de 2010

Ciretran leva educação para o trânsito às escolas da BR-364


A reabertura da BR-364 e o conseqüente aumento do número de veículos trafegando é potencialmente perigoso para o aumento do número de acidentes ao longo do Projeto Santa Luzia, que é intensamente habitado e também na AC-405 que liga Rodrigues Alves a Cruzeiro do Sul.


Programa de educação para o trânsito chegou a 169 escolas em dois anos meio

Flaviano Schneider

A reabertura da BR-364 e o conseqüente aumento do número de veículos trafegando é potencialmente perigoso para o aumento do número de acidentes ao longo do Projeto Santa Luzia, que é intensamente habitado e também na AC-405 que liga Rodrigues Alves a Cruzeiro do Sul.

A 1ª CIRETRAN de Cruzeiro do Sul procura diminuir o impacto da reabertura da rodovia, principalmente sobre seus habitantes mais jovens e também menos experientes em relação à violência do trânsito. Como fez no ano passado, este ano está apresentando palestras educativas nas escolas ao longo da BR-367 e AC-405. Iniciando pela AC-405, os agentes educadores já visitaram 08 escolas na saída de Cruzeiro do Sul, passando por Santa Rosa e São Pedro.

Nesta e na próxima semana serão atendidas as escolas ao longo do Projeto Santa Luzia, inclusive as aldeias indígenas. Trabalham nas jornadas educativas uma equipe de 05 agentes socioeducadores e dois agentes de trânsito.

A ação ora desempenhada faz parte do Programa de Educação no Trânsito que o órgão executa todos os anos procurando atingir todas as escolas do município Nos últimos 02 anos e 05 meses 169 escolas foram alcançadas e 50.959 alunos foram alertados sobre os perigos do trânsito, especialmente quando os motoristas não são conscientes.

Paralelamente ao trabalho com as escolas, a Ciretran também trabalha com grupos específicos da população como motoristas de táxi e mototaxistas, idosos etc. Neste ano motoristas da Gerência de Endemias motoristas ligados à Aeronáutica, já participaram das atividades educativas e o próximo grupo será o de motoristas de transporte escolar.
Segundo o Gerente da 1ª Ciretran Valdeci Dantas o que norteia a Ciretran é a busca primeiro da conscientização e da orientação,não abrindo mão da fiscalização.

Valdeci manifesta sua esperança de que no futuro o trânsito será melhor com mais conscientização dos motoristas. As crianças de hoje estão se acostumando a ver o que é certo e o que é errado e levam esse conhecimento até suas famílias. Através de um pequeno livreto, o ‘Mini-Multa’ as crianças aprendem que está errado não usar o cinto de segurança, dirigir usando celular, passar no sinal vermelho, estacionar em cima da calçada, etc.


Nenhum comentário: