quinta-feira, 17 de junho de 2010

CONSIDI realiza reunião para avaliar ações desenvolvidas no Juruá


Na manhã desta quarta-feira, (19), foi realizada no auditório da Secretaria de Educação em Cruzeiro do Sul uma reunião do Conselho Distrital da Saúde do Indígena – CONSIDI. O objetivo da reunião era avaliar as ações desenvolvidas aos indígenas pelo CONSIDI e eleger a nova diretoria do Conselho. Participaram da solenidade representantes dos municípios do Juruá.


Na manhã desta quarta-feira, (19), foi realizada no auditório da Secretaria de Educação em Cruzeiro do Sul uma reunião do Conselho Distrital da Saúde do Indígena – CONSIDI. O objetivo da reunião era avaliar as ações desenvolvidas aos indígenas pelo CONSIDI e eleger a nova diretoria do Conselho. Participaram da solenidade representantes dos municípios do Juruá.

O atual presidente da CONSIDI, Antonio Silva Kashinawa, fala sobre as avaliações dos trabalhos desenvolvidos. “Nós estamos avaliando os trabalhos realizados durante dois anos, no Distrital do Juruá com mais ou menos 12. 500 indígenas. "Nós sabemos que a saúde não está muito bem e o povo só reclamando. Com a criação da secretaria, vai ter um grande andamento para a saúde do indígena”- acredita.

O chefe do distrito no Alto Juruá, José Francisco, avalia sobre a importância desse encontro. “O CONDISI é o controle social dentro das comunidades indígenas e fiscaliza se é aquela pessoa que ta cuidando da saúde e se estão sendo utilizados os recursos oriundos das prefeituras e os atendimentos com equipes nas áreas”.

O atual presidente destaca ainda os pontos mais importantes durante a sua administração. “Nós buscamos vários recursos a serem executados, infelizmente voltaram muitos recursos, mas aplicamos os que chegaram na capacitação dos agentes e dos conselheiros locais e para fazer as nossas ações de saúde chegarem até a área. Ainda falta muita coisa para a saúde do indígena melhorar, falta nós administradores do distrito chegarmos aos gestores dos municípios e fazermos eles entenderem, porque existem prefeitos que não entendem a importância da saúde do indígena e isso acaba atrapalhando a saúde dos povos indígenas nas bases”.

Kattiúcia Silveira


Nenhum comentário: