quinta-feira, 10 de junho de 2010

Delegado suspeita que informações sobre operação Corpus Christi podem ter vazado antes da chegada da Polícia ao Bairro da Lagoa


Na operação Corpus Christi realizada em Cruzeiro do Sul, na semana passada, a Polícia Civil cumpriu mandados de buscas e apreensão em 12 residências no bairro da Lagoa. Em uma das casas os proprietários não se encontravam, mas foi encontrado droga no local. A polícia acredita que os traficantes teriam recebido informações a tempo de escaparem do cerco policial.

Na operação Corpus Christi realizada em Cruzeiro do Sul, na semana passada, a Polícia Civil cumpriu mandados de buscas e apreensão em 12 residências no bairro da Lagoa. Em uma das casas os proprietários não se encontravam, mas foi encontrado droga no local. A polícia acredita que os traficantes teriam recebido informações a tempo de escaparem do cerco policial.

Das 12 residências que a polícia revistou duas casas, a do Nego Capilé e do Careca, onde foram encontrados entorpecentes. Os dois não estavam em suas residências na hora em que a polícia fez a “batida” no bairro.

De acordo com o delegado da Polícia Civil, Elton Futigami, há possibilidades da operação ter vazado possibilitando os dois fugirem do local. “Devido o difícil acesso no bairro da Lagoa de viaturas e até mesmo dos policiais, até chegarem às residências que estão concentradas no meio do bairro isso facilita que as pessoas saiam do local e possam se esconder em outro lugar e a polícia ao chegar à residência encontram vazias”.

O pedido prisão preventiva dos envolvidos já foi pedido e agora a polícia está aguardando o Ministério Público e Judiciário opinar favorável a prisão. Nego Capilé e Careca já vinham sendo investigados por tráfico de drogas e por receptar produtos roubados que são vendidos por usuários.

Ainda de acordo do com o delegado, traficantes de outros bairros de Cruzeiro do Sul também estão sendo investigados. “Outros bairros também como o bairro da Várzea ou o próprio Mutirão da COHAB são pontos hoje de muito envolvimento com drogas e possuem muitos pontos de boca de fumo e investigações são feitas nesses locais para que sejam deflagradas operações”- conclui o delegado.

Kattiúcia Silveira

Nenhum comentário: