sexta-feira, 25 de junho de 2010

Neneca afirma que deixou o Náuas de forma amigável


Logo após o encerramento do Campeonato Estadual, a diretoria do Náuas havia anunciado, no início deste mês, que o técnico Neneca seria mantido para coordenar a equipe no Campeonato Brasileiro da Série D. Mas, nesta quinta-feira (24), o treinador que dirigiu o Cacique do Juruá no Estadual, decidiu pedir demissão e afirmou que as propostas que fez para permanecer no clube de Cruzeiro do Sul não foram aceitas pela diretoria, por isso decidiu deixar a equipe.


Logo após o encerramento do Campeonato Estadual, a diretoria do Náuas havia anunciado, no início deste mês, que o técnico Neneca seria mantido para coordenar a equipe no Campeonato Brasileiro da Série D. Mas, nesta quinta-feira (24), o treinador que dirigiu o Cacique do Juruá no Estadual, decidiu pedir demissão e afirmou que as propostas que fez para permanecer no clube de Cruzeiro do Sul não foram aceitas pela diretoria, por isso decidiu deixar a equipe.

A notícia pegou de surpresa a torcida do Juruá que já estava ciente de que Neneca seria o treinador do Náuas no Brasileiro, já que a diretoria havia informado que estava tudo certo para que o técnico continuasse o trabalho que deu início no Campeonato Estadual e que resultou vice-campeonato e na classificação para a Série D do Brasileiro. Entretanto, nesta quinta-feira, Neneca anunciou a demissão e alegou que as propostas que apresentou não foram aceitas pela diretoria do Náuas e que não seria possível continuar o trabalho com o que lhe foi oferecido.

“Estou consciente que fiz o meu trabalho da melhor maneira possível. Agora fiz uma proposta ao Nauas, que eles acharam acima do normal, eles me fizeram uma contraproposta, mas sabemos que o profissional tem que ser valorizado. Infelizmente não chegamos a uma conclusão e, é como diz meu avô, vão-se os anéis, ficam os dedos” – explicou Neneca.

O treinador revelou que ainda não recebeu parte do salário que seria pago por uma das empresas patrocinadoras da equipe. “Não é o Náuas que me deve e não foi por isso que deixei a equipe. Estou tentando resolver com a empresa MN produções esportivas” – disse.

Neneca afirmou ainda que deixou o clube de forma amigável. “O Edvan foi o presidente, entre os que já trabalhei, que mais me deu apoio. Também fui bem recebido na cidade e desejo que o Náuas siga alcançando seus objetivos. Agora vou tirar um período de 30 dias para descanso e depois vou decidir com minha esposa o que vamos fazer” – disse o treinador.

Nenhum comentário: