quinta-feira, 10 de junho de 2010

Prazo de prisão temporária dada aos presos na Operação Divisor termina na segunda-feira


Na próxima segunda-feira, (14), encerra-se o prazo de prisão temporária dos acusados a associação ao tráfico em abril na operação denominada Divisor. O prazo que era de apenas um mês foi prorrogado para dois meses e acaba segunda-feira.


Na próxima segunda-feira, (14), encerra-se o prazo de prisão temporária dos acusados a associação ao tráfico em abril na operação denominada Divisor. O prazo que era de apenas um mês foi prorrogado para dois meses e acaba segunda-feira.

A Operação Divisor que foi realizada no dia 16 de abril e cumpriu 30 mandados de prisão deve encerrar suas investigações até o dia 14. O delegado de Feijó irá pedir a prisão preventiva para todos os acusados.

O delegado da Polícia Civil de Cruzeiro do Sul, Elton Futigami, explica quais foram os procedimentos após a prisão. “Nos crimes que se enquadram a lei de antidrogas a prisão temporária tem previsão de 30 dias prorrogáveis por mais 30. Esse prazo se encerra na próxima segunda-feira quando então devem ser concluídas as investigações e representada pela prisão preventiva de todos que foram detidos”.

Durante os dois meses de investigação a policia interceptou telefones e ainda foram realizados outros procedimentos para descobrir mais informações para incriminar os acusados. Ainda de acordo com o delegado Elton Futigami o pedido de prisão preventiva será feito na segunda-feira, mas cabe ao juiz manifestar a favor ou contra a medida.

Kattiúcia Silveira

Nenhum comentário: