domingo, 27 de junho de 2010

UFAC realiza semana de atividades sobre cultura peruana


Nos dias 23, 24 e 25 de junho na UFAC – Campus Floresta, foi realizada a Semana Pacha Mama. O objetivo do evento é repassar as experiências adquiridas durante o intercâmbio Brasil-Peru para os alunos que não foram na viagem.


Nos dias 23, 24 e 25 de junho na UFAC – Campus Floresta, foi realizada a Semana Pacha Mama. O objetivo do evento é repassar as experiências adquiridas durante o intercâmbio Brasil-Peru para os alunos que não foram na viagem.

Mini-cursos, mesa redonda, seminários, exposição das fotos da viagem, curso de dança e uma festa tipicamente peruana fizeram parte da Semana Pacha Mama que tem como objetivo integrar os alunos que não participaram do intercâmbio com a cultura peruana.

De acordo com a professora de espanhol da UFAC, Suerda Mara Monteiro, é de grande importância o repasse dessas experiências e integrar os acadêmicos com a cultura peruana.

“Outros aspectos constituem também esse fazer e elaborar do convênio feito entre Brasil e Peru, dentro desse âmbito tem o respeito à cultura peruana especialmente pelo fato de que nós teremos um processo de convivência com os acadêmicos do Peru que virão para cá e os nossos acadêmicos irão para o Peru. Então esse é o objetivo integrar os alunos com a cultura peruana”.

“É importante repassar o que o foi vivido durante o intercambio feito ao Peru. Essa semana surgiu para isso, para mostrar e passar para todos os alunos que não foram ao Peru sobre a cultura peruana, como a educação no Peru está bem estruturada e que esses convênios serão um grande avanço para nós” - disse o presidente do DCE da UFAC-Campus Floresta, Éder Fidelis.

O Assessor de Comunicação da UFAC falou sobre a olhar da faculdade sobre a semana Pacha Mama. “A universidade tem um olhar positivo sobre esse evento porque nós temos ai uma referência de tudo que aconteceu durante o projeto de integração que está havendo entre Brasil e Peru. Os alunos e professores que estiveram envolvidos nesse projeto agora estão repassando aos outros alunos a experiência vivida no Peru”.

Ainda de acordo com o Assessor de Comunicação, os planos futuros para essa integração feita entre Brasil e Peru será a simplificação dos convênios que foram assinados. A classe acadêmica de Cruzeiro do Sul aguarda a vinda dos alunos do Peru e pretedem integralizar também no Vale do Acre, já que no Vale do Juruá a integração já teve passos importantes.

Nenhum comentário: