domingo, 4 de julho de 2010

Ciumento usa os mesmos requintes de crueldade para matar mulher e possível amante na Vila São Pedro



Moradores da Vila São Pedro estão em pânico desde quinta-feira (01). A pacata comunidade que está divisa entre os municípios de Cruzeiro do Sul e Rodrigues Alves foi palco de cenas de terror na noite quinta-feira, com a morte da dona de casa Maria das Graças Henrique de Menezes, 33, que foi brutalmente assassinada a golpes de terçado, e, neste sábado (03), com o homicídio de Francisco Leudomar Tertuliano da Silva, 24, que foi executado com os mesmos requintes de crueldade. De acordo com a polícia, um ex-companheiro da mulher teria cometido os dois homicídios, motivado por crises de ciúme.


Moradores da Vila São Pedro estão em pânico desde quinta-feira (01). A pacata comunidade que está divisa entre os municípios de Cruzeiro do Sul e Rodrigues Alves foi palco de cenas de terror na noite quinta-feira, com a morte da dona de casa Maria das Graças Henrique de Menezes, 33, que foi brutalmente assassinada a golpes de terçado, e, neste sábado (03), com o homicídio de Francisco Leudomar Tertuliano da Silva, 24, que foi executado com os mesmos requintes de crueldade. De acordo com a polícia, um ex-companheiro da mulher teria cometido os dois homicídios, motivado por crises de ciúme.

Francisco Leudomar estava em um boteco na noite sábado quando o homem chegou e, com um terçado na mão, partiu para acabar com a vida do rapaz que ainda tentou escapar deixando o local em disparada, mas, por ser deficiente de uma perna, não foi possível fugir das garras de seu carrasco. O assassino conseguiu desferir o primeiro golpe no momento em que Leudomar ainda estava às carreiras e, sem dó nem piedade, seqüenciou com o terçado e só se conteve ao ver a vítima perecendo com profundos cortes na cabeça, degolado e o corpo praticamente ticado dos golpes do facão.

O crime deste sábado intensificou as diligências das Polícias Civil e Militar que já estavam à procura do assassino da dona de casa, Maria das Graças, que estava dormindo por volta das 22h30m da última quinta-feira foi assassinada ao acordar para atender a um chamado na porta da casa onde morava, na mesma vila. A mulher também foi atingida com vários golpes de terçado na cabeça, no corpo e teve o pescoço praticamente decepado.

Agentes de Polícia Civil e patrulhas do Comando de Operações Especiais da Polícia Militar realizam buscas na tentativa de prender o responsável pelos dois homicídios.

De acordo com as investigações realizadas até a madrugada desta segunda-feira (05), o ex-companheiro de Maria das Graças, José Barbosa da Cruz, teria cometido os crimes.
Informações dão conta de que o suspeito havia morado com Maria das Graças e há alguns meses saiu de casa, mas o casal ainda matinha relações. Entretanto, durante o Novenário em Honra a São Pedro, no mês de junho, a mulher teria se envolvido com outros homens e, um deles, teria sido Leudomar. A ira por está sentindo-se traído teria sido o motivo da fúria de José Barbosa que decidiu acabar com a vida da mulher e do possível amante dela.

Mazinho Rogerio

Nenhum comentário: