quarta-feira, 21 de julho de 2010

IBGE realiza capacitação para recenseadores do Censo 2010


A partir de meia noite do dia 31 de julho para o dia 1 de agosto os agentes censitários do IBGE estarão visitando todos os domicílios realizando as pesquisas do Censo Demográfico 2010. Em Cruzeiro do Sul os recenseadores estão recebendo as instruções durante esta semana para aprenderem a manusear o computador de mão que vai substituir a pasta com as folhas de questionários que eram utilizadas nos censos anteriores.


A partir de meia noite do dia 31 de julho para o dia 1 de agosto os agentes censitários do IBGE estarão visitando todos os domicílios realizando as pesquisas do Censo Demográfico 2010. Em Cruzeiro do Sul os recenseadores estão recebendo as instruções durante esta semana para aprenderem a manusear o computador de mão que vai substituir a pasta com as folhas de questionários que eram utilizadas nos censos anteriores.

Em todo Brasil os servidores que foram contratados pelo IBGE de forma temporária para a realização do Censo, terão um prazo de três meses para concluir as pesquisas necessárias para a contagem da população. Em Cruzeiro do Sul, segunda maior cidade acreana, 73 agentes censitários serão responsáveis pelas pesquisas, sendo uma agente censitária municipal, 12 supervisores e o restante formado por recenseadores.

Nesta segunda-feira (19), a turma de recenseadores iniciou a capacitação. Os supervisores e a agente censitária municipal, que já participaram de um curso, são os tutores do treinamento para os recenseadores. Durante toda semana eles estarão recebendo instruções sobre uma tecnologia inovadora que será utilizada no levantamento dos dados socioeconômicos no Censo Demográfico 2010.

Cada recenseador, ao invés de preencher questionários em papel, terá em mãos um mini-computador programado para armazenar todas as informações de cada família visitada. A novidade pode agilizar o processo de contagem da população e garantir um diagnóstico mais preciso da realidade de todas as cidades brasileiras, já que o equipamento é programado para não aceitar informações contraditórias dos domicílios visitados.

“Estamos mostrando todo o material que eles irão utilizar para realizar as pesquisas, como o computador de mão, mapas e ensinando-os a manusear esses equipamentos. A cidade de Cruzeiro do Sul está dividida em 52 áreas para facilitar o trabalho e cada recenseador está tomando conhecimento da área que vai atuar” – explicou a Agente Censitário Municipal, responsável pela organização do Censo em Cruzeiro do Sul, Ivaneide Soares dos Santos.

Além de querer saber qual a população de cada cidade brasileira, o IBGE também faz um relatório socioeconômico do país. Para isso cada família deverá responder um questionário intenso com informações sobre o número de moradores, tipo de domicilio, escolaridade e outras. Um percentual de 10% das famílias brasileiras terá que responder, além desse, mais um questionário com outros dados que servem para um diagnóstico da situação de vida da população.

“É a partir da realidade apresentada no Censo que os governos vão desenvolver ações para as comunidades. Por isso, é importante que todos recebam bem os recenseadores e forneçam as informações necessárias para o preenchimento dos questionários” – orienta a agente censitária.

Nenhum comentário: