quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Carioca se Reúne com Militância Petista


O assessor Especial de Articulação Política do Governo do Estado e membro do diretório do Partido dos Trabalhadores (PT), Francisco Afonso Nepomuceno, o Carioca, esteve em Cruzeiro do Sul na semana passada, onde se reuniu com a militância petista, atendendo determinação do comando da campanha da Frente Popular do Acre que priorizou visita a todos os municípios do Acre, para um contato direto com a militância.
O assessor Especial de Articulação Política do Governo do Estado e membro do diretório do Partido dos Trabalhadores (PT), Francisco Afonso Nepomuceno, o Carioca, esteve em Cruzeiro do Sul na semana passada, onde se reuniu com a militância petista, atendendo determinação do comando da campanha da Frente Popular do Acre que priorizou visita a todos os municípios do Acre, para um contato direto com a militância.

“ Estamos enfatizando a importância da eleição da candidata a presidente Dilma Roussef, candidato ao governo, o senador Tião Viana, dos candidatos ao Senado, o ex-governador Jorge Viana e o deputado estadual Edvaldo Magalhães, além de uma forte chapa de deputados federais e estaduais”, enfatizou.

Carioca enfatizou que a missão é dialogar com a militância petista com respeito a campanha eleitoral de 2010, afirmando que a Frente Popular está muito confiante, as ações da campanha e o plano de governo estão muito bem planejadas e neste período que antecede o horário eleitoral gratuito foi priorizada a viagem aos municípios.

“Vemos que a oposição no Acre está junta, mas não está unida e nem tem projeto de Governo. A candidatura do Bocalon é fruto de uma ambição pessoal, vendo a possibilidade da vitória do candidato José Serra para conquistar os cargos federais no Estado. Bocalon saiu da Frente Popular porque seu projeto era pessoal e a Frente tinha um projeto coletivo. Não acreditamos que alguém que pegou uma goleada na eleição para prefeito em Rio Branco, possa ameaçar os candidatos da Frente Popular, mas estamos trabalhando muito para garantir nossa vitória, inclusive da candidatura do deputado Edvaldo Magalhães, que com a ajuda do PT vai ser eleito para o Senado junto com o ex-governador Jorge Viana”, destacou.

O dirigente petista enfatizou que a eleição da candidata petista é capital para o Acre, que precisa dos investimentos do Governo Federal para realizar as obras necessárias para beneficiar a população. .

“Para se entender melhor a situação é preciso comparar os investimentos do Governo Federal no Acre. Em 1998, no mandato do ex-governador Orleir Cameli, quando o presidente era Fernando Henrique Cardoso, o Acre recebeu R$ 21 milhões. O presidente nos últimos 4 anos já investiu mais de R$ 800 milhões que foram transformados em obras que beneficiam a população e geraram muitos empregos. O Acre é um Estado pobre e os recursos para o desenvolvimento são federais. Se quisermos ter um Acre crescendo e em desenvolvimento precisamos garantir a eleição da candidata Dilma Roussef, do senador Tião Viana, e dos dois senadores, Jorge Viana e Edvaldo Magalhães. É só ver o grande número de obras que estão sendo realizadas em Cruzeiro do Sul pelo governo da Frente Popular”, finalizou.

Vale do Juruá foi muito beneficiado pelo governo da Frente Popular.

Os governadores Jorge Viana e Binho Marques, da Frente Popular, fizeram o maior volume de investimentos já vistos na história do Vale do Juruá, priorizando a reabertura e o asfaltamento da BR-364, construção do Hospital do Juruá, Aeroporto Internacional, modernas escolas, construção da maternidade, Arena do Juruá, investimentos na produção, asfaltamento de ramais, reconstrução dos mercados e a ponte sobre o Rio Juruá que será mais um cartão postal de Cruzeiro do Sul. Entendemos que a quantidade de obras de grande importância para a população credencia os candidatos da Frente Popular aos votos da população do Vale do Juruá. A Frente Popular investe em todos os municípios para melhora a vida da população.

Elson Costa

Nenhum comentário: