quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Bocalom faz comício e Petecão dá entrevista.

Em plena semana decisiva para a definição das eleições 2010, os candidatos da Coligação Liberdade e Produzir para Empregar se desdobram na capital e interior em busca do maior capital deste período - o voto.
O candidato a Governo do Estado, Tião Bocalom(PSDB), participou de um mega comício em Plácido de Castro esta quarta-feira(22), que reuniu grande parte da cidade , vilas e municípios vizinhos.

O candidato criticou novamente a situação caótica da saúde pública no Acre e disse que, se eleito, deverá fazer com que o hospital do município funcione a contento, dentro das necessidades do lugar. ”É um compromisso com o povo deste município, o primeiro a me acolher quando cheguei do Sul do país,” lembrou.

Bocalom assegurou ainda que seu governo vai dar uma atenção especial a manutenção dos ramais que , segundo ele, serão , juntamente com as estradas vicinais, o grande responsável pelo escoamento da produção rural do Estado.”Vamos plantar primeiramente gêneros de primeira necessidade, como arroz, feijão e milho para baratear a comida no Acre e encher o prato dos mais carentes”. E afirmou que uma das prioridades de sua administração será a segurança pública, que hoje é uma das principais preocupações da população trabalhadora.-Vou fazer um governo direcionado às pessoas, disse Bocalom. Quero ser o governador de gente, tratar de gente, trabalhar pra gente do Acre.

Já o candidato à reeleição à Câmara dos Deputados, Flaviano Melo (PMDB), lembrou que a multidão presente no comício foi a prova maior que a mensagem da oposição ganhou as ruas e a preferência do eleitorado.”Não há dúvida que hoje Bocalom resume toda as expectativas e anseios da população”. E disse ainda que a oposição junta deve levar Petecão e João Correia ao Senado Federal, para ajudar Bocalom a fazer um Governo de renovação e mudança como o povo quer. Para o ex-governador, o acreano já cansou das promessas vazias, dos desmandos, das perseguições.” O que a população quer é trabalho e tranqüilidade para poder tocar a vida”. Já na quinta-feira pela manhã, a Coligação,liderada por Bocalom, participou de um animado bandeiraço na 6 de agosto, onde pôde uma vez mais confirmar sua popularidade junto à população da capital.

Petecão.

Depois de participar no final da tarde desta quarta-feira de um grande bandeiraço na Ceará esquina com a Mal. Deodoro, Petecão foi entrevistado à noite na TV Rio Branco pelos jornalistas Luís Carlos Moreira Jorge, Stalin Melo e Tião Vitor num programa dirigido pelo apresentador George Said. Na verdadeira sabatina a que foi submetido, Petecão não se furtou a responder todas as perguntas colocadas e disse que seu mandato tem a marca da popularidade,”por estar sempre em contato e divulgando todas suas ações a seu eleitorado”.Durante 4 blocos de 20minutos cada, Petecão garantiu que vai ser um senador independente e imparcial.”Vou criticar ou elogiar o Governo quando for o caso.Mas nunca vou me deixar manipular por quem quer que seja”.

Na entrevista, Petecão defendeu a PEC 300, o projeto Ficha Limpa, a reforma política, a moralização do Congresso e a maioridade penal aos 16 anos. Mas adiantou que antes de defender a reforma do Código Penal, espera que o sistema de segurança do Estado faça o “dever de casa” e adote algumas medidas saneadoras no combate à violência.”A população espera uma atitude de impacto do Governo. Mas continua indefesa, num Estado onde a criminalidade saiu do controle das autoridades”.

Ao defender a liberdade de expressão, Petecão lamentou que no Acre muitos órgãos de imprensa no Acre “sejam manipulados diretamente pelos interesses do Governo,que só libera a divulgação do que interessa politicamente”.E lamentou profundamente o nível a que chegou a disputa política nesta eleição, mas garantiu que vai centrar sua campanha nesta reta final,”no debate de idéias e projetos,que é o que interessa á população”.

Nenhum comentário: