segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Bocalom participa de comício e Petecão faz programa eleitoral.

Neste sábado(18), foi a vez do PMDB organizar um grande comício na comunidade Belo Jardim, no ramal Pentecostes, em Cruzeiro do Sul.
Neste sábado(18), foi a vez do PMDB organizar um grande comício na comunidade Belo Jardim, no ramal Pentecostes, em Cruzeiro do Sul. Falando para uma comunidade essencialmente rural, que não possue sequer água encanada, a candidata a reeleição à Aleac, Antonia Salles , pediu a população que não negocie seu voto e alertou para os candidatos que só aparecem no município em época de eleição. A deputada exigiu a atenção do Governo do Estado para os problemas locais e perguntou onde andam os três bilhões e seiscentos milhões de reais aprovados para o Orçamento/2010.

Em sua fala, o candidato a deputado federal Edson de Paula (PSDB) disse que a população está cansada de mentiras e exige candidatos com compromisso e dedicação as causas populares.”O povo está cheio de promessas vazias”, disse.
Por seu lado, o candidato a Governo da oposição , Tião Bocalom (PSDB) defendeu, uma vez mais, a retomada da produção rural em gêneros de primeira necessidade como arroz, feijão e milho, como forma de diversificar a oferta , baratear os alimentos e gerar emprego. Para tanto, o candidato pregou uma parceria entre Governo do Estado e prefeituras para a compra de insumos como calcário e adubos e afirmou que, se eleito, seu Governo vai atrair mais capitais para investimento no Estado. O candidato lembrou que para ser livre a população precisa de renda, ”do contrário será eternamente massa de manobra na mão dos poderosos”. Ele garantiu que seu Governo dará as condições necessárias para que o Estado volte a produzir e o campo se torne novamente fonte de renda.E finalizou afirmando que em sua administração, Ibama e Imac serão órgãos de orientação ,”e não de repressão como vem sendo agora”.

Esta manhã de segunda-feira (20), Bocalom fez um corpo a corpo no centro da cidade e Mercado dos Colonos, onde pôde confirmar sua popularidade entre a população de Rio Branco. Dezenas de pessoas fizeram questão de falar com o candidato, apertar sua mão ou mesmo declarar abertamente seu voto.Dos carros, motoristas e passageiros paravam para cumprimentar Bocalom ou simplesmente acenavam pela vitória a 3 de outubro.Para o candidato, a manifestação espontânea e aberta da população é a maior e mais completa pesquisa para a aferição da preferência do eleitorado.Bocalom agradeceu todas as manifestações de carinho e apoio da população e lembrou que este tipo de reação tornou-se comum tanto na capital como no interior .

Petecão

O candidato do PMN a Senado Federal pela Coligação, Sérgio Petecão, passou o domingo em Xapuri para uma série de encontros e reuniões políticas com lideranças , funcionalismo, comerciantes, aposentados e população em geral. Segundo Petecão, a população de todo o Estado se identificou fortemente com a autenticidade e independência de sua candidatura que veio para dar o equilíbrio político desta eleição.Por isto mesmo, o candidato resolveu dar uma resposta definitiva as agressões que vem sofrendo do Governo do Estado nos programas eleitorais.”É hora de dar um basta às mentiras criadas para calar e destruir nossa campanha vitoriosa”, garantiu. E numa declaração corajosa, desafiante e esclarecedora, Petecão veio a público no programa eleitoral explicar a razão do bombardeio que vem sofrendo nesta reta final de campanha.

Para Petecão , tudo começou quando ele denunciou a forma prejudicial que a deputada Perpétua Almeida se comportou em Brasília em diversas votações importantes para o Acre como no episódio dos aposentados e do pré-sal. Indignada com a denúncia, a deputada tentou distorcer os fatos e, na tevê, acusou Petecão de ter agredido diretamente a família dela num programa elitoral.

Ele classificou de mentiroso o drama criado e manipulado por Perpétua Almeida e desafiou a deputada a mostrar onde em seu programa agrediu a família da deputada.”Caso ela encontre a agressão em meu programa, eu renuncio ao mandato.Se não encontrar, que ela renuncie ao seu próprio mandato”. Petecão desafiou ainda a deputada a disputar o voto nos bairros, nos ramais, nas comunidades,”olhando cara a cara o eleitor”.E disse que é conhecido pelos acreanos por 4 mandatos vitoriosos. Finalmente, conclamou a própria Perpétua Almeida a disputar a verdadeira eleição,”onde a população expressa sua vontade nas urnas”.

Nenhum comentário: