quarta-feira, 22 de setembro de 2010

CONSELHO DE APOIO A PESSOA IDOSA RECEBE CAPACITAÇÃO

Representantes do Conselho de Apoio a Pessoa Idosa nessa quarta-feira, 22, estiveram reunidos no auditório do Ministério Público em Cruzeiro do Sul. O encontro teve por objetivo capacitar os conselheiros da região a um melhor desempenho de suas atividades.
Representantes do Conselho de Apoio a Pessoa Idosa nessa quarta-feira, 22, estiveram reunidos no auditório do Ministério Público em Cruzeiro do Sul. O encontro teve por objetivo capacitar os conselheiros da região a um melhor desempenho de suas atividades.

Com a finalidade de proporcionar um melhor suporte aos trabalhos durante todo o dia, diversos assuntos foram abordados. Dentre os debatidos, destacou-se os índices de maus tratos contra os idosos, que segundo a presidente municipal do conselho em Rio Branco ocorrem na grande maioria no seio familiar. “A família infelizmente ainda continua sendo a base principal da descriminação nos casos registrados, seguida por visinhos próximos, que não denunciam, preferindo negligenciar muitas práticas”, enfatizou Maria leitão.

Fatos lamentáveis que segundo Maria das vitórias, presidente do conselho em cruzeiro do sul devem ser investigados e punidos os culpados. A ela explicou que a capacitação dará aos conselheiros um maior suporte na atuação em sociedade, já que os registros de casos envolvendo a pessoa idosa são diversos na cidade. “Estou à frente do conselho há pouco mais de dois meses, mas pretendo fazer tudo que for possível pelos idosos. Para isso contamos conta com uma importante parceira estabelecida com o Ministério público”, destacou.

Evento contou ainda com a presença do presidente nacional do conselho e ainda de Esmael da Cunha neto, presidente dos direitos da pessoa idoso no estado do Acre. A política Nacional do Idoso tem por objetivo assegurar os direitos sociais do idoso, criando condições para promover sua autonomia, integração e participação efetiva na sociedade. Com base nisso, muitas foram às vitórias já conquistadas e declaradas pelo presidente estadual. “O grande passo que demos foi o direito da legalidade de nossa entidade. E depois o da acessibilidade, em especial nas linhas de ônibus do estado, para que estes fossem adaptados as pessoas da terceira idade com elevadores. Aqui em Cruzeiro do Sul ainda estamos trabalhando no sentido de que este benefício também chegue para dar mais comodidade e segurança aos idosos”.

A Secretária de Ação Social do município de Rodrigues Alves, Mônica Freitas, também esteve acompanhando a discussão. A expectativa segundo ela é no municio em breve seja também consolidado o conselho de apoio do idoso na cidade. “Nós realizamos muitas ações voltadas para os idosos, mas não ainda não temos um conselho montado. Mas agora vamos formar nossa equipe e dar continuidade ao trabalho que fazemos, em especial, no centro de convivência do idoso que em breve teremos em nossa cidade”.

A Política Nacional do Idoso vem construindo-se há algum tempo e, principalmente, ao longo das últimas décadas, na perspectiva dar mais garantia dos direitos aos mais de 20 milhões de idosos em todo o país. Desse total, 42 mil estão no estado do acre.
Dayana Maia

Nenhum comentário: