sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Especialistas vão avaliar solos do Acre

O evento, que pela primeira vez terá como sede um estado amazônico, será pautado em discussões sobre a formação, características e classificação dos solos acrianos. O objetivo é definir parâmetros gerais para facilitar o manejo, a conservação dos recursos naturais e o aprimoramento do Sistema Brasileiro de Classificação de Solos.
Os solos do Acre serão foco da atenção de especialistas de diversos estados, durante a IX Reunião de Classificação e Correlação de Solos (RCC), que acontecerá nos dias 12 a 17 de setembro. As atividades começam em Cruzeiro do Sul, no domingo (12 de setembro), com a solenidade de abertura no teatro dos Náuas, às 18 horas. A programação segue nos municípios próximos à BR 364 e termina em Rio Branco na sexta-feira (17 de setembro).

O evento, que pela primeira vez terá como sede um estado amazônico, será pautado em discussões sobre a formação, características e classificação dos solos acrianos. O objetivo é definir parâmetros gerais para facilitar o manejo, a conservação dos recursos naturais e o aprimoramento do Sistema Brasileiro de Classificação de Solos.

“A ideia das discussões será avançar no conhecimento técnico-científico sobre os solos sedimentares da Bacia do Acre, que sofreram mudanças em sua formação pelo surgimento da Cordilheira dos Andes. Esses estudos vão dar suporte para que tenhamos uma utilização mais sustentável do solo, e consequentemente, para a produção agropecuária”, afirma o coordenador do evento, o analista da Embrapa Acre, Luciélio Manoel da Silva.

Com o tema Solos Sedimentares em Sistemas Amazônicos: Potencialidades e Demandas de Pesquisa, o evento é promovido pela Sociedade Brasileira de Ciência do Solo e realizado pela Embrapa, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e outras universidades brasileiras.

Análise de solos

Durante o evento, os especialistas vão a campo analisar as características dos solos em diversos pontos, são os chamados perfis. Em Cruzeiro do Sul, o primeiro perfil será nas margens da BR 364 (próximo ao quilômetro sete), na segunda-feira, às 7h30, depois serão avaliados outros perfis na região de Cruzeiro do Sul e Mâncio Lima e no decorrer da semana em Tarauacá, Feijó, Manoel Urbano e Sena Madureira. Na sexta-feira (17 de setembro), às 7h30, haverá um último perfil na Embrapa Acre e o encerramento ocorre no Museu dos Autonomistas, às 15 horas.

Informações:
Luciélio Manoel da Silva
Embrapa Acre
Contato: lucielio@cpafac.embrapa.br

Nenhum comentário: