sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Governador eleito chega a Porto Walter e Marechal Taumaturgo para comemorar vitória da FPA

Na peregrinação que vem fazendo por todo o Estado para agradecer e celebrar a vitória da Frente Popular do Acre (FPA) nas eleições de 3 de outubro, o governador eleito Tião Viana, acompanhado de assessores e de lideranças políticas do Vale do Juruá, chegou a Porto Walter e Marechal Taumaturgo na manhã dessa última quinta-feira, dia sete.

Agradecimento no Vale do Juruá

Tião Maia

Na peregrinação que vem fazendo por todo o Estado para agradecer e celebrar a vitória da Frente Popular do Acre (FPA) nas eleições de 3 de outubro, o governador eleito Tião Viana, acompanhado de assessores e de lideranças políticas do Vale do Juruá, chegou a Porto Walter e Marechal Taumaturgo na manhã dessa última quinta-feira, dia sete. Ele iniciou a semana em Brasília, numa reunião com o presidente Lula e a candidata Dilma Roussef, e nos dois dias seguintes visitou Bujari, Porto Acre, Acrelândia, Capixaba, Vila Campinas. Nos últimos dois dias visitou os cincos municípios do Vale do Juruá.

As manifestações de agradecimento, em todos os municípios, têm se transformado em atos públicos em defesa da eleição da candidata Dilma Roussef à presidência no segundo turno, dia 31 de dezembro. “Eu peço a militância da Frente Popular que os mesmos votos dados a mim e ao Jorge Viana, neste segundo turno, sejam dados à companheira Dilma Roussef. Peço que tenhamos também a mesma determinação para fazer dela a primeira mulher a presidir o Brasil em gratidão a tudo o que fez o presidente Lula por todos nós do Brasil e do Acre”, afirmou Tião Viana.

Nas visitas aos municípios do Baixo Acre, Tião Viana esteve acompanhado de seu irmão Jorge Viana, senador eleito pelo Acre e que também deverá fazer peregrinação em todo o Estado para agradecer pela vitória. No Juruá, Tião Viana esteve acompanhado do vice-governador reeleito César Messias, além dos deputados eleitos Taumaturgo Lima (federal) e Jonas Lima (estadual). Em Marechal Taumaturgo, Tião Viana fez questão de se fazer acompanhar do ex-prefeito do município, Itamar de Sá, que deixou de ser eleito deputado estadual por apenas 70 votos. “O Itamar é um vitorioso porque ele conseguiu unir o povo de Taumaturgo em torno do nosso projeto”, disse o governador. O ex-prefeito acrescentou: “sou vitorioso porque na minha campanha de deputado estadual, eu dizia que não me interessava ser eleito sem o Tião no Governo e o Jorge no Senado. Também defendi a candidatura do Edvaldo ao Senado, mas não deu e a gente tem que respeitar a vontade do eleitor”, disse.

O governador eleito tem ressaltado a vitória da Frente Popular no Juruá. Depois de ter declarado que a região o adotou como a um filho, Tião Viana disse que os votos conquistados no Vele do Juruá refletem os investimentos feitos na região. "O Juruá deu uma bela demonstração de maturidade política quando entendeu esse esforço do governo da Frente Popular e do presidente Lula, da integração com a BR e quando viu o Hospital do Juruá, o Hospital Materno-infantil, o aeroporto, o estádio de futebol, o porto, as escolas. O povo mostrou carinho com a Frente Popular", ressaltou o governador durante entrevista coletiva à imprensa local no Hotel Swamy, ontem pela manhã.

Secretariado - Para quem questiona a vitória da Frente Popular nas últimas eleições, o governador tem dito que houve de fato um recado nas urnas, mas lembrou que isso está muito longe de ser uma demonstração de que o eleitor não quer mais ter o seu destino associado ao atual modelo de governo. “Erra quem aposta nisso. Esse é o quarto mandato da Frente Popular e em que nós fomos vitoriosos no primeiro turno e temos um sentimento de profunda gratidão por isso. Com humildade nós reunimos um aprendizado do que as urnas querem dizer", afirmou.

Em toda a peregrinação, o governador eleito tem se recusado a falar em secretariado e formação de equipe de Governo. Disse que esse debate tem o seu tempo certo e que o momento é de agradecimento. “Não temos pressa. O governador Binho Marques vai governar até o último minuto de seu mandato com toda a autoridade que tem e merece, e nós só vamos discutir a formação de Governo no tempo certo, ouvindo a quem tem que ouvir, os aliados, os partidos e todos os que tornaram possível a continuidade do projeto iniciado lá atrás por Jorge Viana”, afirmou.

Nenhum comentário: