terça-feira, 26 de outubro de 2010

Governo decreta luto oficial de três dias pelo falecimento do ex-governador do Acre Jorge Kalume

O Governo do Estado do Acre registra com pesar o falecimento, nesta terça-feira, 26, do ex-governador Jorge Kalume, que será sepultado nesta quarta-feira às 16h30 em Brasília, onde passou seus últimos anos. Jorge Kalume deixa, além de sua atual esposa D. Terezinha, três filhos (Márcia, Dário e Cláudio) e vários netos.

Filho ilustre de Xapuri, Kalume começou sua trajetória política na antiga ARENA - Aliança Renovadora Nacional, que substituiu o PSD. Foi prefeito de Xapuri no final da década de 50, deputado federal e nomeado governador de setembro de 1966 a março de 1971. Como governador, construiu a primeira ponte sobre o rio Acre e o Palácio das Secretarias. Foi senador da República entre 1978 a 1986.

Em 1988, já pelo PDS, Jorge Kalume foi eleito prefeito de Rio Branco, mandato que exerceu de 1989 a 1992. De sua passagem pela Prefeitura, ficou a Fundação Municipal de Cultura, posteriormente denominada Fundação Garibaldi Brasil pelo então prefeito Jorge Viana.

Membro de tradicional família libanesa, tem seu nome ligado à História do Acre pelo pioneirismo do comércio em sua cidade e pelos livros que escreveu como memorialista: um sobre a festa de São Sebastião, outro sobre o Colégio Divina Providência e um terceiro sobre a elevação do Território do Acre a condição de Estado. Era apaixonado pela história acreana e pela cultura. Comandou por muitos anos o Instituto Histórico do Acre. Foi membro da Academia Acreana de Letras e um dos Criadores da Universidade Federal do Acre.

Homem de convicções e coerente com seus ideais, Jorge Kalume atravessou duras batalhas políticas e nem sempre foi compreendido na essência, senão pelos mais íntimos, aos quais se revelava estudioso da cultura e da história do povo acreano e profundamente amoroso com as coisas de sua terra.

Em razão da morte do ex-governador Jorge Kalume, já foi decretado luto oficial por três dias.

Governo do Estado do Acre

Nenhum comentário: