quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Michel Temer pede aos peemedebistas do Acre apoio a Dilma

O presidente nacional do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) Michel Temer, enviou ontem uma carta dirigida a todos seus correligionários acreanos, através da qual pede apoio incondicional à eleição de Dilma Roussef, candidata do PT à presidência da República.
O presidente nacional do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) Michel Temer, enviou ontem uma carta dirigida a todos seuscorreligionários acreanos, através da qual pede apoio incondicional à eleição de Dilma Roussef, candidata do PT à presidência da República.

“Estamos na disputa do segundo turno das eleições presidenciais. O PMDB está unido como poucas vezes esteve no plano nacional. Sempre foi meu projeto ter o partido unificado, trabalhando no mesmo sentido e direção. Agregamos pessoas do sul, norte, leste e oeste sob a mesma bandeira, a chama da democracia que sempre guiou o PMDB e nos fez reconquistar a liberdade para o povo brasileiro num passado recente”, declarou Temer, que é candidato a vice-presidente da República na chapa de Dilma.

No documento, ele pede união em torno do projeto e justifica porque está nessa aliança com Dilma. “Represento o compromisso com essa democracia reconquistada, com a égide da Constituição e das leis, com a liberdade de informação e expressão, com a distribuição das riquezas e a justiça social. Creio ser esse o projeto de todos nós”, destacou o presidente do PMDB.

Para Michel Temer, ainda, este é um momento decisivo para a história do PMDB. “Por isso peço a todos os peemedebistas do Acre que estejam conosco nesta eleição. Somos protagonistas da cena política nacional e vamos fazer o futuro do Brasil ainda melhor, ainda maior. Faça partem desse processo de transformação conosco. Apoie nossa chapa, divulgue nosso ideário e nossa legenda. É hora de estarmos juntos para o Brasil seguir mudando”, finalizou.

Nenhum comentário: