terça-feira, 12 de outubro de 2010

POLÍCIA CONSEGUE CAPTURAR DOIS FORAGIDOS
A polícia civil capturou sábado, 09, os reeducandos Keli Gomes de Souza e Juscelino Lima Fernandes (jucé). Ambos eram foragidos da Unidade de Recuperação Social Manoel Nery da Silva.
Os agentes da polícia conseguiram capturar “Jucé”, foragido desde o mês de julho, no município de Mâncio Lima, No momento ele preparava fuga para a Serra do Môa. Quanto ao outro foragido, Keli Gomes, ele estava vivendo no Seringal Nova Cintra, no município de Rodrigues Alves. O presidiário era procurado pela polícia há mais de um ano.
O departamento de polícia continua as diligências, visando capturar outros 10 presos que ainda estão foragidos da penitência.

RAPAZ ENFURECIDO TENTA AGREDIR POLICIAIS COM UM MARCHADO.

Na tarde desse domingo, 09, Francisco Claudeir Ferreira, 26 de posse de um machado e em visível estado de embriaguês ameaçou policias militares que realizavam uma ocorrência de trânsito no Conjunto Residencial Paraíso, localizado ao longo da rodovia AC.405.
Segundo relatos dos militares, o acusado por estar embriagado e com irregularidades na habilitação, ao perceber uma bits à frente dele resolveu abandonar o carro na contramão e seguir a pé rumo à residência. Os agentes de trânsito ao assistir a ação, decidiram guinchar o carro. Revoltado com a atitude, Francisco Ferreira, saiu da casa com um machado em mãos, ameaçando desferir golpes na guarnição caso levassem o veículo. Com habilidade os policias conseguiram deter a fúria do acusado, que foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes para que fossem tomadas as medidas cabíveis.

INCÊNDIO DESTRÓI CASA DE EX- LÍDER COMUNITÁRIO
Na noite do último sábado (9), a casa do ex-presidente do Bairro do Formoso, Francisco Coelho, popularmente conhecido como Chaguinha foi completamente destruída pelo fogo. A polícia investiga a possibilidade de o incêndio ter sido criminoso.
Era por voltas das 21h30min. quando o fogo começou. Dentro da casa estava apenas a sogra do líder comunitário, Judite da Silva, 75, que há pouco menos de um mês morava na residência. Segundo ela, o fogo alastrou-se muito rapidamente, deixando-a impossibilitada de sair. Sendo resgatada por uma vizinha, que ao ouvir seus gritos a salvou. “Estava dormindo quando ouvir o estralar da madeira. E ao levantar já vi a casa tomada pelo fogo. Tive a impressão que morreria ali mesmo. Mas graças a Deus e a minha vizinha foi salva. Passei momentos de terror”, relatou em lágrimas a aposentada.
O fogo foi tão intenso que chegou a atingir uma casa ao lado, pertencente a Sérgio Pinto, 38. Ele ao ver a possibilidade de ter a casa dele também incendiada retirou todos os móveis e com a ajuda dos vizinhos conseguiu impedir o fogo. “O fogo atingiu a cerca e depois começou a alastrar-se pelo telhado da minha casa. Foi uma correria. Mas ainda bem que conseguimos apagar. Mas, até agora minha família está em choque, principalmente minhas filhas, que não conseguem dormir, por ainda estarem com muito medo”, declarou Sérgio.
O departamento de polícia trabalha nas investigações, já que existe a possibilidade de que o fogo tenha sido provocado. Baseado nisso, será feito um laudo técnico para descobrir se o incêndio foi criminal ou não.
O proprietário da residência, Francisco Coelho, o Chaguinha, está preso desde agosto deste ano, sob a acusação de tráfico de drogas. Segundo o filho do presidiário, Fredson Coelho, o pai já foi informado sobre o ocorrido e declarou que não imagina que possa ter cometido o crime.

Dayana Maia

Nenhum comentário: