quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Câmara se prepara para elege nova Mesa Diretora



A eleição acontece no dia 30 de novembro, na câmara Municipal de Cruzeiro do Sul, sendo a eleição a última sessão do ano. Até o momento foi apresentado três nomes para compor a mesa, o vereador Luiz Correia pela oposição e o Celso Lima Verde, PMDB, também da oposição e Romário Tavares. Os candidatos a presidência da Câmara contarão com a presença e votos de 10 vereadores.


A eleição acontece no dia 30 de novembro, na câmara Municipal de Cruzeiro do Sul, sendo a eleição a última sessão do ano. Até o momento foi apresentado três nomes para compor a mesa, o vereador Luiz Correia pela oposição e o Celso Lima Verde, PMDB, também da oposição e Romário Tavares. Os candidatos a presidência da Câmara contarão com a presença e votos de 10 vereadores.

Romário Tavares, presidente em exercício, afirma que o debate sobre o novo presidente da Câmara Municipal para próximo Biênio já começou. Nós temos dois candidatos hoje, temos o Luiz Correa que é chapa pura da oposição e temos o candidato Celso Lima Verde, que também te chapa pura da situação da base do prefeito Vagner Sales, e tem a minha candidatura. Eu defendo um debate, onde a gente possa compor a mesa diretora com todos os partidos tanto da base aliada como da base oposição, disse.

O atual presidente diz já ter convidado o Luiz Correia e Celso Lima Verde e todos os demais vereadores para um debate democrático. Segundo ele, só será candidato a presidência da Câmara Municipal se houver um debate, que permita a mesa diretora está com todos os representantes dos partidos que componham a Câmara Municipal, ou seja, uma mesa composta por representantes do PSDB, PMDB , PCdoB e PT. O mesmo acredita que os vereadores terão maturidade suficiente para eleger uma nova mesa diretora, a qual possa dar a sociedade cruzeirense o gosto de ter uma mesa diretora com todos os partidos que componham a Câmara Municipal .

Na entrevista concedida ao Jornal Voz do Norte Romário explicou que a população de Cruzeiro do Sul que a mesa diretora é composta pelo presidente, vice presidente, primeiro secretário e segundo secretário. Ainda comentou que mesmo o presidente sendo da base aliada do prefeito não significa que este irá comandar sozinho a Câmara Municipal. E isto é garantido porque existe um regimento interno da Câmara Municipal Legislativa de Cruzeiro do Sul, que diz que todas decisões devem ser tomadas pela maioria da mesa.

Quando questionado sobre a possível reeleição do vereador Gilvan, Romário afirmou que na política tudo é possível. Para ele a reeleição do atual presidente, o vereador Gilvan, é preciso que aconteça uma mudança na atual lei que rege a Câmara Municipal. A lei vigente diz que o presidente só poderá ter um mandado, e para que haja sua reeleição, faz_se necessário uma mudança, a qual deve ser requerida pela mesa diretora e contar com pelo menos sete votos.

Segundo o atual presidente ainda há tempo, até o dia 30, para o vereador Gilvan lançar sua candidatura. Mas segundo ele, o vereador em momento algum o chamou para debater sobre o assunto.

Eu tenho que ser sincero aqui. Ele tem se preocupado com o mandado dele. Agora, esses dias, está como prefeito em exercício, mas eu tenho certeza que se esta proposta for para o debate na Câmara Municipal, se os vereadores chamassem ele, eu tenho certeza que ele ia apresentar essa lei, mas eu não sei se ele vai apresentar essa lei mesmo sem conversar com os vereadores, acrescentou.

Eu espero que os vereadores possam ter maturidade, acho que agora na política nós vivemos em um momento especial. O povo não vota mais em pessoas que não trabalha que não respeita o cidadão. Eu acho que agora é o momento especial, a câmara municipal vai tomar a atitude correta e vai eleger uma nova mesa diretora que possa continuar um trabalho que vem fazendo ai a mesa atual.

Nenhum comentário: