terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Prefeitura busca regularizar concessões de transporte


O prefeito Vagner Sales esteve reunido com lideranças dos sindicatos dos taxistas e mototaxistas de Cruzeiro do Sul, na manhã desta segunda-feira (18). Ele explicou que o município vai exigir dos permissionários dessas concessões públicas, o cumprimento devido da legislação.

O prefeito Vagner Sales esteve reunido com lideranças dos sindicatos dos taxistas e mototaxistas de Cruzeiro do Sul, na manhã desta segunda-feira (18). Ele explicou que o município vai exigir dos permissionários dessas concessões públicas, o cumprimento devido da legislação.

“O que se tinha eram pessoas que pegavam uma concessão adquirida na administração passada e vendiam. Muitas pessoas aqui tinham de duas, três concessões dessas em mãos, dizendo ser proprietário do ser proprietinham ncesssgava uma concessszeiro do SUl senso vai prevalecer. s e alugavam para terceiros. Então nós estamos regulamentando isso. A concessão será dada para aquele que está na atividade de mototaxista, seja proprietário da motocicleta, e não poderá essa concessão ser vendida ou alugada para terceiros”.

Ainda de acordo com o prefeito, neste mês de janeiro, quando é concedido o alvará, será observado tudo que diz a lei, com relação à boa conduta dos usuários das concessões que não devem ter antecedentes criminais ou está respondendo a processo na justiça. “Dessa forma estaremos fazendo justiça com as pessoas que muitas vezes alugavam uma placa pagando pra outra pessoa, que não era dono dela.”. Diz Vagner Sales.

O prefeito garante que o mesmo critério, será usado para os taxistas. De acordo com ele, só vai renovar a concessão àquele que exerce a profissão e que sustenta a família com a referida atividade, e explica também que todos que possuem vínculo empregatício definitivo, seja funcionário de empresa particular ou servidor público, a lei não permite ser proprietário dessas concessões. “Acredito que o bom senso vai prevalecer, porque estamos embasados na legislação que já existe”, diz.

O presidente do Sindicato dos Mototaxistas de Cruzeiro do Sul, José Eudes, acredita que a medida vai causar alguns descontentamentos. “Isso é muito bom, só tem alguns itens que vai causar alguns problemas como retirar as concessões de quem tem emprego, mas está na lei. O que é bom pra população é bom pra nós, porque nós prestamos um serviço para sociedade e principalmente pra população mais carente. Por isso, tenho certeza que é o melhor”, explica José Eudes.

O taxista Adomi Guanabara e ex-presidente da categoria aprovou a medida, e disse que alguns colegas podem até ficar insatisfeitos, mas por outro lado, vai tirar profissionais que estão na ilegalidade. Segundo ele, a reunião serviu também para mostrar que o prefeito está aberto ao diálogo e demonstra preocupação com a categoria. Guanabara elogiou o trabalho de melhoria nas ruas da cidade, que está facilitando o tráfego de veículos, assim como, a iluminação pública que também tem contribuído para o serviço dos taxistas.