segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Menores são detidos pela Polícia Federal por motivo de trote



Agentes da Polícia Federal conduziram à Delegacia Geral de Polícia, no final da tarde desta segunda-feira (08), três menores acusados de passar trote para a filha de Careca, o comandante da balsa que foi presa com 103 quilos de pasta base de cocaína.


Agentes da Polícia Federal conduziram à Delegacia Geral de Polícia, no final da tarde desta segunda-feira (08), três menores acusados de passar trote para a filha de Careca, o comandante da balsa que foi presa com 103 quilos de pasta base de cocaína.

O delegado Helton Futigami informou que um dos menores confessou que passou um trote para a filha do comandante da balsa pedindo que ela entregasse um pacote que estava escondido em sua casa, localizado nas proximidades do Quartel da PM, dentro de um carro. E que se a menina não entregasse o envelope ele lhe matava. Os menores foram interrogados pelo delegado e liberados em seguida.

Mandarová pode atacar novamente plantio de mandioca, alerta IDAF



A lagarta que já dizimou plantações de mandioca na região do Juruá pode atacar novamente se não houver os cuidados necessários pelo governo e pelos produtores para combater a praga. O alerta foi dado pelo IDAF e pela Universidade Federal do Acre aos representantes dos trabalhadores rurais e aos secretários municipais de agricultura, em uma reunião realizada na última sexta-feira (05). As informações são baseadas em pesquisas desenvolvidas por professores e alunos do curso de Agronomia da UFAC que detectaram a presença da lagarta em diversas comunidades.


A lagarta que já dizimou plantações de mandioca na região do Juruá pode atacar novamente se não houver os cuidados necessários pelo governo e pelos produtores para combater a praga. O alerta foi dado pelo IDAF e pela Universidade Federal do Acre aos representantes dos trabalhadores rurais e aos secretários municipais de agricultura, em uma reunião realizada na última sexta-feira (05). As informações são baseadas em pesquisas desenvolvidas por professores e alunos do curso de Agronomia da UFAC que detectaram a presença da lagarta em diversas comunidades.

O grupo acadêmico que realiza estudos sobre todos os aspectos da lagarta, desenvolve as pesquisas em três comunidades, nas quais, constatou a presença do mandarová em três fases de reprodução. “Encontramos nas fases de ovo, de larvas e adultas” – afirmou o professor Josimar Batista, que coordena o projeto de pesquisas dos alunos.

A constatação dos estudantes se tornou motivo de preocupação para o Instituto de
Defesa Agro-florestal que resolveu convocar, em caráter de urgência, os presidentes dos sindicatos dos trabalhadores rurais de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves e Mâncio Lima, e os representantes das prefeituras dos três municípios para fazer o alerta. De acordo com Marcos Pereira de Souza, gerente do IDAF na região, o objetivo é orientar os produtores e as secretarias municipais de agricultura para se preparem para controlar a lagarta logo antes que ela comece a atacar as plantações.

“Nosso propósito é que cada sociedade agrícola esteja equipada com um kit para borrifar os roçados e com o inseticida adequado para combater a praga. E todos estejam atentos e realizem vistorias diárias nas plantações para fazer o controle da lagarta antes que ela comece a afetar os roçados” - afirmou Pereira
Nos anos de 2006 e 2007, o mandarová se tornou uma praga nos três municípios ocasionando grandes prejuízos para os produtores. Na época, de acordo com o IDAF, houve uma queda de 30% na produção de farinha. O mandarová ataca os roçados para se alimentar das folhas da mandioca e deixa as plantas improdutivas.

O presidente do sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rodrigues Alves, Ruster Batista, lembrou, durantes a reunião, que, algumas plantações foram destruídas totalmente pela lagarta, outras ficaram pela metade. “Foi uma situação de calamidade para nossos agricultores e que não queremos mais que aconteça. Por isso, são importantes as orientações que estamos recebendo para que possamos nos preparar para evitar que tenhamos o mesmo prejuízo” – afirmou.



Moradores e alunos da Vila Santa Rosa são formados em informática básica



O prefeito Vagner Sales entregou o certificado de conclusão do curso de informática básica a uma turma de 39 alunos, além de estudantes da rede municipal de ensino, pessoas da comunidade também estão sendo beneficiadas pelo laboratório de informática da escola da Vila Santa Rosa, localizada na zona rural de Cruzeiro do Sul.



O prefeito Vagner Sales entregou o certificado de conclusão do curso de informática básica a uma turma de 39 alunos, além de estudantes da rede municipal de ensino, pessoas da comunidade também estão sendo beneficiadas pelo laboratório de informática da escola da Vila Santa Rosa, localizada na zona rural de Cruzeiro do Sul.

Segundo o secretário municipal de educação, Ivo Galvão, o município pretende aproveitar ao máximo, os computadores dos laboratórios de informática implantados tanto em escolas das comunidades rurais, como dos bairros periféricos de Cruzeiro do Sul.

O recém implantado laboratório de informática da escola, Antônio Ferreira Gomes, na Vila Santa Rosa, foi utilizado para formar os alunos que estavam concluindo o ensino fundamental. As vagas restantes foram disponibilizadas para pessoas da comunidade. “Essas máquinas não podem ficar paradas, queremos incluir as famílias no mundo digital. Então, a nossa preocupação é preparar a sociedade para que ela possa adquirir mais informação através da tecnologia que está acessível”, diz Ivo Galvão.

O prefeito Vagner Sales, explica que o município em parceria com o Governo Federal já implantou laboratórios de informática, em 50% das escolas urbanas e em parte das escolas da zona rurais. “O cidadão pode ser doutor, mas se não souber utilizar o computador, se torna em muitas ocasiões um analfabeto. O objetivo é expandir esse trabalho e criar uma escola ambulante, para levarmos pelo menos o curso básico de informática aos bairros pobres e comunidades rurais”, planeja o prefeito.

Gladson confirma novo apoio a vereadores



Um grupo de 4 vereadores de Rio Branco esteve ontem,segunda-feira(8), no gabinete do deputado Gladson Cameli(PP),em Brasília.No encontro,os edis da capital acreana solicitaram um apoio complementar ao deputado para garantir a conclusão da nova sede da Câmara dos Vereadores .Gladson, que já havia encaminhado emenda individual no valor de R$ 300 mil para a construção do novo Legislativo-mirim, garantiu desta vez uma verba adicional de R$ 200 mil para o Orçamento de 2010.

Um grupo de 4 vereadores de Rio Branco esteve ontem,segunda-feira(8), no gabinete do deputado Gladson Cameli(PP),em Brasília.No encontro,os edis da capital acreana solicitaram um apoio complementar ao deputado para garantir a conclusão da nova sede da Câmara dos Vereadores .Gladson, que já havia encaminhado emenda individual no valor de R$ 300 mil para a construção do novo Legislativo-mirim, garantiu desta vez uma verba adicional de R$ 200 mil para o Orçamento de 2010.

”É uma forma de prestigiar a o Legislativo rio-branquense que,como o Congresso Nacional e Aleac, é quem cuida das leis e fiscaliza em nível local as ações públicas em favor da comunidade”,disse o deputado.

Para o deputado, é fundamental que os legislativos das três esferas municipal,estadual e federal),sobretudo em nível de Acre, mantenham um estreito relacionamento até mesmo para facilitar,agilizar e dar mais eficácia as ações realizadas.” Num Estado pequeno como o nosso,onde a quase totalidade do meio político se conhece pelo nome,é imprescindível que haja um entrosamento completo e constante entre os legislativos existentes”,garantiu.O parlamentar disse ainda que Rio Branco, como capital do Acre e cidade que concentra mais da metade da população do Estado,merece um Legislativo á altura da importância política e social da Câmara dos vereadores local.O novo Legislativo,de acordo com Gladson, tem que estar á altura das exigências políticas e sobretudo garantir uj ambiente de trabalho adequado a seus integrantes.

O vereador Alisson Bestene, companheiro de Gladson no PP acreano,agradeceu em nome dos vereadores.O vereador lembrou ainda que Gladson inovou a prática política local ao receber sugestões de vereadores de Rio Branco para a elaboração de emendas da capital.Por seu lado,o deputado explicou que nada melhor que deixar a sugestão de emendas aos próprios vereadores locais,”que são os maiores conhecedores da realidade da cidade”.Além de Alisson Bestene,participaram da reunião os vereadores Juracy Nogueira(PP),Ricardo Araújo(PT) e Rodrigo Pinto(PMDB),potencial candidato ao Governo do Estado.