quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

PF realiza mais uma apreensão de cocaína que saia de Cruzeiro do Sul por via fluvial



Agentes da Polícia Federal chegaram à cidade de Cruzeiro do Sul, às 13h desta quinta-feira (11), em uma lancha com 28 quilos de cocaína que foram apreendidos na tarde de ontem, nas proximidades do município de Ipixuna –Am. A droga estava sendo transportada em um barco típico da região, chamado de bajola, que é apropriado para rápidas viagens. Dois homens que realizam o transporte foram presos e trazidos junto com a cocaína.



Agentes da Polícia Federal chegaram à cidade de Cruzeiro do Sul, às 13h desta quinta-feira (11), em uma lancha com 28 quilos de cocaína que foram apreendidos na tarde de ontem, nas proximidades do município de Ipixuna –Am. A droga estava sendo transportada em um barco típico da região, chamado de bajola, que é apropriado para rápidas viagens. Dois homens que realizam o transporte foram presos e trazidos junto com a cocaína.

Os traficantes tentavam escapar da polícia com a droga pelo rio Juruá que se tornou na principal via de transporte do narcotráfico. Os 28 cocaína estavam acondicionados em tambores dos que são utilizados pelos ribeirinhos para transportar combustível. Para realizar a apreensão a Polícia Federal teve informações de pessoas que não quiseram ser identificadas.

Os agentes federais fizeram o monitoramento do barco desde o dia que deixou o porto de Cruzeiro do Sul, na quarta-feira pela manhã. Os policiais seguiram os traficantes até o município de Ipixuna para fazer a abordagem no momento mais adequado para realizar o flagrante.

Até a tarde desta quinta-feira, os nomes dos homens ainda não tinha sido divulgados pela polícia. O delegado Milton Rodrigues Neves, que no momento coordena as ações da PF em Cruzeiro do Sul, informou que um dos presos é natural cidade onde já cumpriu pena no presídio Manoel Neri por homicídio e encontrava-se em regime semi-aberto. O outro homem que estava no barco é natural da cidade de Ji-paraná, no estado de Rondônia.

Neves informou ainda que, há mais de seis meses, a Polícia Federal intensificou as investigações para desmontar quadrilhas que realizam o tráfico de drogas do Peru, tendo como rota a cidade de Cruzeiro do Sul. “Outras pessoas estão investigadas. Mas não podemos dá detalhes para não prejudicar as investigações” – informou.
Os nomes dos dois homens que foram presos só serão divulgados pela Polícia Federal após a conclusão do inquérito.


Acusado de tentar matar mulher a pauladas se entrega à polícia



Na tarde desta quarta-feira (10), compareceu à Delegacia de Proteção à Mulher, em Cruzeiro do Sul, o desempregado Everton Pereira de Souza, 21, para se entregar à polícia. Ele era procurado por ter tentando contra a vida de sua ex-namorada, Marlenísia da Silva Alves, que foi agredida a pauladas no mês de janeiro. Ao se entregar na companhia de um advogado Everton confessou a autoria do crime, mas alegou ter agido em legítima defesa.


Na tarde desta quarta-feira (10), compareceu à Delegacia de Proteção à Mulher, em Cruzeiro do Sul, o desempregado Everton Pereira de Souza, 21, para se entregar à polícia. Ele era procurado por ter tentando contra a vida de sua ex-namorada, Marlenísia da Silva Alves, que foi agredida a pauladas no mês de janeiro. Ao se entregar na companhia de um advogado Everton confessou a autoria do crime, mas alegou ter agido em legítima defesa.

Há quase um mês a polícia tentava encontrar o homem que, até então, era identificado como Cãozinho, morador do Bairro da Lagoa, que teria tentado contra a vida da garota de 20 anos de idade. De acordo com a família, Marlenísia teria sido vítima do rapaz que passou a persegui-la desde que ela decidiu por fim ao relacionamento. Entretanto, a prisão só aconteceu quando o acusado decidiu se entregar na Delegacia de Proteção à mulher e foi detido pela polícia.

Everton chegou à delegacia com a alegação de que teria sido vítima da mulher e desferiu a paulada para se defender da intenção dela de atingi-lo com uma faca. ‘Fiz em legítima defesa porque, se não, ela ia me matar. Ainda sai ferido no braço dos golpes que ela jogou pra me acertar’ – tentou justificar.


De acordo com o delegado Odilon Neto, a versão do acusado não convenceu a policia, por isso, ele foi indiciado por tentativa de homicídio e submetido aos rigores daLei Maria da Penha. O Cãozinho foi conduzido ao Presídio de Segurança Médio, Manoel Neri da Silva, na manhã desta quinta-feira, 11.

Governo entrega Mercado Joãozinho Melo aos proprietários e inquilinos dos boxes



O vice-governador César Messias entregou hoje aos proprietários e inquilinos a obra recuperada e revitalizada do Mercadinho Joãozinho Melo, no Centro de Cruzeiro do Sul. A obra na verdade abrange ainda o antigo ‘Mercado do Peixe’ que agora funciona de forma anexa. Os prédios fazem parte da história de Cruzeiro do Sul, foram construídos há 70 anos e tiveram apenas uma reforma em 1961. O projeto – que precisou ser modificado durante a construção para atender todas as pessoas que se diziam com direito a boxes – manejou os espaços na área construída de 1,7 mil metros, o que possibilitou a construção de 99 boxes.


Flaviano Schneider

Fotos Onofre Brito



O vice-governador César Messias entregou hoje aos proprietários e inquilinos a obra recuperada e revitalizada do Mercadinho Joãozinho Melo, no Centro de Cruzeiro do Sul. A obra na verdade abrange ainda o antigo ‘Mercado do Peixe’ que agora funciona de forma anexa. Os prédios fazem parte da história de Cruzeiro do Sul, foram construídos há 70 anos e tiveram apenas uma reforma em 1961. O projeto – que precisou ser modificado durante a construção para atender todas as pessoas que se diziam com direito a boxes – manejou os espaços na área construída de 1,7 mil metros, o que possibilitou a construção de 99 boxes.

O proprietário de um dos boxes, Hélio Nogueira, recebeu das mãos do vice-governador sua chave, iniciando o processo de distribuição que continuou durante a tarde. Hélio conta que começou a trabalhar no mercado ainda criança há uns 40 anos Ele disse ter presenciado algumas reformas no mercado: “Mas nenhuma comparável a esta. Essa foi a melhor coisa que poderia ter acontecido para nós.

Agora estou feliz demais, isso é coisa de primeiro mundo. Às vezes, a gente tinha vergonha do lugar em que trabalhava. Hoje a gente se sente orgulhoso de trabalhar num lugar desse” - disse.
O presidente da Associação dos Micro e Pequenos Empresários de Cruzeiro do Sul, Elson Costa, considerou o momento como ”de comemoração” e contou que a associação procurou o governo do estado para que auxiliasse no momento da entrega dos boxes.

Segundo contou, foi obedecida a relação das pessoas que ocupavam os boxes no período anterior à reforma dos mercados. A associação intermediou para que - em alguns casos - inquilinos e proprietários se entendam. “Quem é proprietário é proprietário e quem é inquilino é inquilino, é o que defende a associação, porque o direito à propriedade é respeitado no Brasil” – disse.

Elson explicou que desde o início do processo a Associação procurou ajudar na identificação dos pontos. “Buscamos o entendimento com a prefeitura, mas como não houve, pois a prefeitura quer que os micro-empresários assinem um termo de compromisso que é prejudicial a eles, então nós buscamos o governo para que a entrega fosse feita dessa forma: o governo devolve às pessoas que lá estavam e foram retiradas para as obras começarem”, explanou.

O que mais irritou os comerciantes do mercado no termo de compromisso da prefeitura foi o aumento em mais de 100% das taxas de aluguel dos boxes, o que, segundo a maioria, inviabilizaria seus pontos de comércio.

Comissão decidiu

O vice-governador conduziu a negociação com a Associação dos Micro e Pequenos Empresários e uma comissão formada pelos comerciantes do mercado desde a semana passada. A entrega aconteceu de acordo com o entendimento com a comissão. Ele fez questão de frisar que o Governo do Estado não está interferindo em decisão da prefeitura, que tem todo direito de buscar o entendimento, cobrando os valores que acha que deve cobrar de aluguel de cada um dos boxes, e acima de tudo o governo não está tirando poder de quem se diz proprietário e passando poder para aquele que se diz inquilino.

“O que nós estamos fazendo é achando uma saída diplomática para que realmente se encontre entendimento e este mercado, esta obra tão linda que o governo está entregando à sociedade de Cruzeiro do Sul, comece a funcionar e que estas pessoas que dependem deste espaço para sua sobrevivência possam trabalhar. Cesar Messias pediu publicamente desculpas a todos pelo atraso que houve na conclusão das obras e disse estar na torcida para que todos tenham o retorno necessário e se recuperem do prejuízo que tiveram no tempo que ficaram impossibilitados de trabalhar.

As obras custaram R$ 1.910.310,86 com recursos do Governo Federal, da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) do Governo do Estado. Os dois mercados agora anexos são tradicionalmente ocupados por microempresários, com negócios diversos como lojas de confecções, sapatos, cama e mesa, armarinhos e pensões que servem pratos populares.

Secretaria de Educação reúne gestores para orientações sobre o ano letivo



Diretores e coordenadores das escolas municipais de Cruzeiro do Sul participaram nesta quarta-feira (10) de uma reunião, na sala de eventos da coordenadoria de educação do estado, para obterem informações importantes sobre a programação do ano letivo. Os gestores de todas as unidades de ensino das áreas rural e urbana estiveram, durante toda a manhã, tirando dúvidas com o secretário Ivo Galvão e os coordenadores da SEMEC referentes às questões administrativas das escolas.

Diretores e coordenadores das escolas municipais de Cruzeiro do Sul participaram nesta quarta-feira (10) de uma reunião, na sala de eventos da coordenadoria de educação do estado, para obterem informações importantes sobre a programação do ano letivo. Os gestores de todas as unidades de ensino das áreas rural e urbana estiveram, durante toda a manhã, tirando dúvidas com o secretário Ivo Galvão e os coordenadores da SEMEC referentes às questões administrativas das escolas.

A reunião foi convocada pela Secretaria de Educação e contou com a presença de mais de cem coordenadores e diretores. O secretário Ivo Galvão afirmou que o objetivo é orientar as responsáveis pelas ações administrativas das escolas para que os gestores possam conduzir o processo de gerenciamento das unidades de ensino, da melhor forma possível.

“Todas as orientações da Secretaria e da prefeitura são no sentido de melhorar o ensino. Fizemos aqui alguns esclarecimentos à realização de matriculas, o preenchimento de formulários, a avaliação dos alunos e outros assuntos que são importantes para a boa organização das escolas” – explicou Galvão.

O secretário também fez uma explicação sobre o planejamento do ano letivo que já teve início nas escolas da zona urbana do município. As aulas na zona rural só começam a partir do mês de abril, pelo motivo de que os professores estão concluindo mais um módulo do curso de formação superior.

Na mesma reunião a Secretaria Municipal de Educação fez a entrega de materiais pedagógicos para as escolas que mais necessitavam de recursos para dinamizar a aprendizagem. Os kits foram distribuídos para as escolas que funcionam com as primeiras cinco séries do ensino fundamental. “São recursos pedagógicos que facilitar a aprendizagem dos alunos” – informou o secretário.

Governo lança edital da Lei de Incentivo ao Esporte para 2010



O secretario de esportes do estado do Acre, Cassiano Marques, participou na manhã desta quarta-feira (10) do lançamento, no Juruá, do Edital da Lei de Incentivo ao Esporte para o ano de 2010. Durante uma reunião realizada no Ginásio de Esportes, Jader Machado em Cruzeiro do Sul, na presença de dirigentes de Ligas desportivas e representantes de comunidades, foi feita uma apresentação do programa do governo para a aprovação de projetos para este ano. O secretario anunciou que será investido um valor de R$ 1 milhão para o desenvolvimento de atividades em todas as modalidades esportivas, nas diversas regiões do estado.


O secretario de esportes do estado do Acre, Cassiano Marques, participou na manhã desta quarta-feira (10) do lançamento, no Juruá, do Edital da Lei de Incentivo ao Esporte para o ano de 2010. Durante uma reunião realizada no Ginásio de Esportes, Jader Machado em Cruzeiro do Sul, na presença de dirigentes de Ligas desportivas e representantes de comunidades, foi feita uma apresentação do programa do governo para a aprovação de projetos para este ano. O secretario anunciou que será investido um valor de R$ 1 milhão para o desenvolvimento de atividades em todas as modalidades esportivas, nas diversas regiões do estado.

As inscrições de projetos para a Lei de Incentivo ao Esporte do Governo do Estado já podem ser efetuadas. O edital deste ano já foi lançado em Rio Branco e agora em Cruzeiro do Sul. Nesta terça-feira, secretario Cassiano Marques explicou aos interessados em promover alguma atividade esportiva com o patrocínio do governo, deve apresentar o projeto ate o dia 27 deste mês. Uma novidade para este ano é que as inscrições também podem ser realizadas via online através do endereço eletrônico www.incentivoaoesporte.ac.gov.br.

Para ter o projeto aprovado se faz necessário que estejam especificados de forma correta os valores a serem aplicados e observar os detalhes do edital. De acordo com Cassiano, de R$ 1 milhão disponível para investimentos em todo o estado, R$ 200 mil serão destinados para projetos do Juruá.


Os limites dos projetos são R$ 6 mil para pessoa física, R$ 15 mil para pessoa jurídica e R$ 20 mil para projeto apresentado por entidade estadual de administração do esporte que contemple a realização de eventos com a abrangência de, no mínimo, dois municípios localizados em regionais diferentes.

Vereadores de Cruzeiro do Sul retornam ao trabalho



Os vereadores de Cruzeiro do Sul voltaram a se reunir em sessões ordinárias nesta terça-feira (09), após nove dias do fim do recesso parlamentar de final de ano. A primeira sessão, em caráter ordinário, deveria ter sido realizada no início deste mês, mas por motivos de falta de coro, os trabalhos só foram retomados nesta terça-feira. A primeira sessão deste ano contou com a presença do prefeito em exercício Mazinho Santiago.


Os vereadores de Cruzeiro do Sul voltaram a se reunir em sessões ordinárias nesta terça-feira (09), após nove dias do fim do recesso parlamentar de final de ano. A primeira sessão, em caráter ordinário, deveria ter sido realizada no início deste mês, mas por motivos de falta de coro, os trabalhos só foram retomados nesta terça-feira. A primeira sessão deste ano contou com a presença do prefeito em exercício Mazinho Santiago.

De acordo com uma Lei de autoria do ex-vereador Gontran Neto, a Câmara e Cruzeiro do Sul, que antes tinha um recesso de três meses no fim de cada ano, agora, têm um período de dois meses para que os parlamentares possam manter as visitas às bases eleitorais. Mas, em razão da falta de alguns parlamentares, os trabalhos só foram retomados após nove dias do fim do recesso.

O vereador Gilvan Freitas, presidente da Câmara, justificou que, alguns tiveram que se ausentar do município e outros enfrentaram problemas de saúde e citou como exemplo o seu próprio caso. “Peguei malária pela oitava vez e fiquei sem condições físicas e psicológicas para conduzir os trabalhos. O vereador Armando José também está de atestado médico para servir de acompanhante de sua esposa em uma viagem a tratamento e outros colegas tiveram que se ausentar, por isso não teve um número suficiente de parlamentares para iniciar as sessões na data” – explicou Gilvan.

A presença do prefeito em exercício, Mazinho Santiago, na sessão de abertura dos trabalhos, foi uma solicitação dos próprios vereadores que exigiram da prefeitura, um relatório das ações que foram realizadas em 2009 e uma explanação dos serviços que estão projetados para este ano. Santiago explicou que, no ano passado, a prefeitura contou com poucos recursos para desenvolver os trabalhos e que a expectativa é de um maior volume de recursos que serão liberados pelo Governo Federal.

Todavia, o prefeito não teve cerimônia em revelar que uma das dificuldades que o gestor municipal tem é a falta de compromisso de componentes da Bancada Federal para evidenciar esforços pela liberação dos recursos. Após apresentar o projeto da prefeitura para a construção e recuperação de escolas, Mazinho ressaltou.

“Agora precisamos de recursos e, para isso, o prefeito Vagner Sales está em Brasília tentando liberar as emendas. O problema é que muitos deputados só querem liberar as emendas individuais se for à troca de apoio político. Querem ajuda para as próximas eleições” – revelou Mazinho ao se pronunciar na Tribuna da Casa Legislativa.