quarta-feira, 12 de maio de 2010

Prefeitos se reúnem para formação do Consórcio dos Municípios do Juruá



Os prefeitos Vagner Sales, de Cruzeiro do Sul, Burica, de Rodrigues Alves, e Randson Almeida de Thaumaturgo, e representantes da prefeitura de Porto Walter e Mâncio Lima, estiveram reunidos durante a manhã e à tarde desta terça-feira, 11, em Rodrigues Alves, para a formação do Consórcio Intermunicipal do Juruá.

Mazinho Rogerio
Foto Aureo Neto


Os prefeitos Vagner Sales, de Cruzeiro do Sul, Burica, de Rodrigues Alves, e Randson Almeida de Thaumaturgo, e representantes da prefeitura de Porto Walter e Mâncio Lima, estiveram reunidos durante a manhã e à tarde desta terça-feira, 11, em Rodrigues Alves, para a formação do Consórcio Intermunicipal do Juruá. O consórcio é uma entidade criada com o objetivo de unir municípios com baixos índices populacionais para receberem projetos do Governo Federal e de outras instituições destinados para cidades com número elevado de habitantes.

O Consórcio Intermunicipal do Juruá vai reunir os cinco municípios acreanos da região em uma entidade legalizada que terá estatuto e receberá os recursos para aplicação nos municípios. Na reunião foi definido um conselho deliberativo que será responsável gestão do consórcio intermunicipal do Juruá.

O prefeito Burica, de Rodrigues Alves, garante que, com a criação da entidade, os gestores terão mais apoio para administrar os municípios. “Prefeituras pequenas como a nossa muitas vezes têm dificuldades par pleitear investimentos para executar alguns projetos. Através do Consórcio unificamos forças para buscar os recursos necessários para desenvolver ações de interesses das comunidades” – afirmou.

O prefeito Handson Almeida afirmou que através da criação do consórcio, Thaumaturgo poderá receber mais apoio para a produção rural que é à base da economia do município. “Thaumaturgo têm 70% da população na zona rural. Então esperamos com esse união de forças possamos melhorar os investimentos nesse setor” – disse.

O prefeito Vagner Sales explicou a importância do Consorcio Intermunicipal para os municípios pequenos. Segundo ele, setores como Habitação, por exemplo, que tem programas do Governo Federal destinados para municípios maiores, podem ser potencializados com a criação do consórcio. “Hoje apenas municípios que têm população acima de 100 mil habitantes são contemplados com esse programa. Com a criação do consórcio vamos somar mais de 200 mil habitantes e poderemos participar desses programas do Governo Federal” – afirmou Vagner Sales.

Escola José Carlos do Município passa por reformas e vira modelo de unidade de ensino em Guajará



No início do ano a Escola Estadual José Carlos, no município de Guajará, passou por reformas. A obra foi concluída no final do mês de fevereiro e as aulas começaram no dia 1º de março. A unidade de ensino foi modernizada e agora dispõe de espaço com ambientes adequados para facilitar a aprendizagem dos alunos.


No início do ano a Escola Estadual José Carlos, no município de Guajará, passou por reformas. A obra foi concluída no final do mês de fevereiro e as aulas começaram no dia 1º de março. A unidade de ensino foi modernizada e agora dispõe de espaço com ambientes adequados para facilitar a aprendizagem dos alunos.

A reforma faz parte do projeto do governo do Amazonas que quer modernizar todas as escolas do estado. Laboratório de informática, laboratório de ciências, biblioteca, refeitório, salas de aulas climatizadas, câmeras de segurança e todas as salas equipados para melhor atender os 1102 alunos. A escola trabalha nos três turnos com turmas dos Ensino Fundamental e Médio.

Segundo a diretora da escola, Maria Antonia do Nascimento, as melhorias na estrutra do colégio são frutos de uma luta dos servidores. “Se formos comparar ontem para agora, nós conquistamos um grande avanço não só por livre e espontânea vontade do governo, mas através de toda uma luta, reivindicações que tivemos para melhorias na educação do município de Guajará”.

Com a reforma os professores e alunos sentiram a melhoria não só da estrutura, mas também na qualidade do ensino que com a modernização facilitou a forma de aprendizagem.

“Foi feita uma pesquisa com os funcionários, incluindo os professores, e 90% deles estão satisfeitos com o trabalho e se nós contarmos com a ajuda da família guajaraense os nossos alunos vão ter melhor rendimento escolar. Já podemos ver a diferença no IDEB de 2005 que foi de 2.5 para o de 2007que foi 3.8 e eu tenho certeza que em 2010 vai ser bem melhor” – afirma a diretora.

O aluno do 6º ano, Jeferson Souza, fica feliz em estudar na nova escola. “A escola é boa, as salas têm ar-condicionado, eu fico feliz de vir para a escola. A merenda é boa, fica melhor para estudar com as salas geladas. Graças a Deus nós podemos estudar numa escola boa assim”.

Kattiúcia Silveira

Presidente da Câmara Municipal de Tarauacá exige agilidade para atuação dos Bombeiros no município



Através desta nota, transmito a indignação da população da regional Feijó, Tarauacá e Jordão em relação à morosidade do Governo do Estado em concluir, inaugurar e dar início aos trabalhos do Corpo de Bombeiros nessa região.



Através desta nota, transmito a indignação da população da regional Feijó, Tarauacá e Jordão em relação à morosidade do Governo do Estado em concluir, inaugurar e dar início aos trabalhos do Corpo de Bombeiros nessa região.

Há quase três (03) anos, tivemos um concurso público onde o Estado do Acre inteiro foi contemplado com vagas para o Corpo de Bombeiros, e as cidades de Feijó, Tarauacá e Jordão também foram contempladas com 10 vagas, para atender a regional.

Todavia, os bombeiros nunca apareceram para prestarem seus serviços que aqui cada vez mais se tornam indispensáveis. O que sabemos é que os 10 bombeiros que prestariam seus serviços aqui, na verdade estão divididos entre Rio Branco (05) e Cruzeiro do Sul (05), enquanto isso estamos a mercê da própria sorte. Além disso, já é sabido por todos que no município de Tarauacá, existe um prédio destinado às instalações do Corpo de Bombeiros, porém, há uma morosidade para a entrega da obra que já perdura por um ano e ninguém esclarece o porquê de tanto atraso.

De 2008 a 2010, tivemos perdas irreparáveis por falta desses serviços, tanto material quanto perdas de vidas humanas. Foram inúmeros incêndios a acontecidos nessas 03 cidades esquecidas do Acre. Alagações em Tarauacá são constantes no inverno, e afogamento, com certeza é a pior conseqüência que sofremos neste período. Além disso, o poder público exige dos empresários um laudo técnico dado somente pelo Corpo de Bombeiros para funcionamento dos estabelecimentos, mas não oferecem esse serviço nas cidades, impedindo o desenvolvimento econômico.

O que nos deixa mais estarrecido é que tudo isso poderia ser evitado ou pelo menos amenizado com a presença do Corpo de Bombeiros, mas ninguém liga para os nossos problemas. Parece até que os moradores das cidades de Feijó, Tarauacá e Jordão não tem a mesma dignidade de alguém que mora em Rio Branco, ou seja, todos pagam seus devidos impostos, mas não merecem ter segurança pública e vários outros direitos.
Espero sinceramente que o Governo no dê uma explicação plausível, se existir, é claro.

Programa do Governo do Estado incentiva piscicultura em Cruzeiro do Sul



O Governo do Estado iniciou em 2007 um programa para incentivar os produtores rurais de Cruzeiro do Sul para iniciarem a produção de alevinos em tanques e açudes. O programa teve início pelas comunidades das Vilas Santa Rosa e Assis Brasil. Nesses locais os produtores foram capacitados para criar o pescado e hoje já estão vendendo peixe dos tanques e açudes feitos pela Secretaria de Extrativismo e Apoio a Produção Familiar. Este ano outras famílias estão incluídas e o governo espera ampliar em mais de 100% a produção de peixe no município.


Mazinho Rogerio

O Governo do Estado iniciou em 2007 um programa para incentivar os produtores rurais de Cruzeiro do Sul para iniciarem a produção de alevinos em tanques e açudes. O programa teve início pelas comunidades das Vilas Santa Rosa e Assis Brasil. Nesses locais os produtores foram capacitados para criar o pescado e hoje já estão vendendo peixe dos tanques e açudes feitos pela Secretaria de Extrativismo e Apoio a Produção Familiar. Este ano outras famílias estão incluídas e o governo espera ampliar em mais de 100% a produção de peixe no município.

Para potencializar a piscicultura na segunda maior cidade o governo fez num primeiro momento a organização comunitária com a seleção das comunidades, dos produtores e definição das áreas para construção de tanques, em seguida ofereceu cursos através do CEFLORA para instruir os produtores sobre a criação de alevinos, providenciou todos os projetos de licenciamento ambiental através do IMAC e por meio do DERACRE e da SEAPROF construiu os tanques e açudes nas áreas definidas pelas famílias. As primeiras contempladas das comunidades Santa Rosa e Assis Brasil já estão produzindo o pescado e apresentam resultados positivos.

“O projeto está de acordo com as expectativas do governo. Todos os produtores que iniciaram o programa já estão em atividades e saíram de uma produção de 7 toneladas por ano de 2007 para 90 toneladas em 2009. Com isso foram famílias estamos garantido ampliar a renda familiar e melhorar a qualidade de vida da população” – garantiu o coordenador da SEAPROF, Valdemir Neto.

Esta semana o Programa e Apoio a Piscicultura entrou numa segunda fase para atender outras comunidades. Nesta etapa serão inseridas 119 famílias das comunidades da Vila São Pedro, do Ramal da Mariana I, do Ramal da Buritirana e do Sacado da Alemanha. Nesses locais já foi feita a organização comunitária e os produtores já foram treinados pelo CEFLORA para produzir alevinos. Agora a SEAPROF está iniciando a construção dos tanques.

O Programa também está sendo ampliado nas comunidades da Vila Assis Brasil. O governo está construindo mais tanques para ampliar a capacidade de produção dos piscicultores da Vila que já tem inclusive, uma associação de piscicultores formada que cuida da organização do setor. O vice-presidente da Associação Ocenir Maciel, afirma que muitas famílias já melhoraram a renda depois que foram inseridas ao programa do governo.

“Estamos bastante satisfeitos com o resultado desse projeto que trouxe todas as condições para que pudéssemos saber como manter a atividade da piscicultura e ampliar a renda da família. O negócio deu tão certo que muitos moradores da vila estão ansiosos para fazer parte da associação para também participarem do programa” – afirmou Ocenir.

“Nosso objetivo é chegar em um período de dois anos a uma produção anual de 190 toneladas de peixe nessas comunidade a partir dessa segunda etapa do programa” – disse o coordenador da SEAPROF.

Governo libera recursos para comemoração do Dia das Mães nos Bairros de Cruzeiro do Sul



Na manhã de sexta-feira, (07), foi realizada a entrega de recurusos pelo governo estadual para as associações de moradores e pequenas comunidades de Cruzeiro do Sul para as festividades em comemoração ao Dia das Mães. As 32 associações de moradores e nove pequenas comunidades foram beneficiadas com investimentos. Um total de R$ 24 mil foram dividos entres as comunidades.


Na manhã de sexta-feira, (07), foi realizada a entrega de recurusos pelo governo estadual para as associações de moradores e pequenas comunidades de Cruzeiro do Sul para as festividades em comemoração ao Dia das Mães. As 32 associações de moradores e nove pequenas comunidades foram beneficiadas com investimentos. Um total de R$ 24 mil foram dividos entres as comunidades.

Segundo a Assessora do governo em Cruzeiro do Sul, Janete Ponce, o governo beneficiou as associações e pequenas comunidades porque vê o esforço dos dirigentes para homenagear as mães. “O governador Binho e o Vice César Messias, têm a compreensão de que os movimentos sociais já se esforçam por si só junto com a comunidade, procurando melhorias para a sua comunidade. Então, não cabe a esse grupo ficar preocupado em procurar fonte de renda para fazer essas comemorações. Diante dessa situação, o governador que sempre vem apoiando essas iniciativas de comemoração de Dia das Mães, Dia das Crianças, Dia dos Pais, e na medida do possível nós acompanhamos belíssimas festas”.

De acordo com o líder da comunidade Praia Grande, Sérgio Rodrigo, esse investimento é de grande importância para a comunidade. “O governo vendo a nossa dificuldade para conseguir recursos há dois anos vem ajudando nós para realizar comemorações como o dia das mães. É de muita importância porque é um momento onde nós nos reunimos, discutimos idéias e passamos valores um para os outros”.

O vereador, Altemar Virgínio da Silva, que estava participando da entrega de investimentos parabenizou o governo pela ajuda dada as comunidades. “Eu gostaria de parabenizar o governo do estado por essa ação deles, que é uma contribuição para que eles possam fazer essa comemoração. E quero também parabenizar todas as mães da nossa cidade”.

Kattiúcia Silveira

Gladson percorre o Estado e se ausenta de votação.


O deputado Gladson Cameli (PP) fez um giro pelo Estado na semana passada, percorrendo os vales do Acre, Juruá, Purus e Iaco. De acordo com o deputado, a viagem periódica pelo interior faz parte de um compromisso político assumido desde a posse na Câmara dos Deputados de visitar todos os municípios acreanos.




O deputado Gladson Cameli (PP) fez um giro pelo Estado na semana passada, percorrendo os vales do Acre, Juruá, Purus e Iaco. De acordo com o deputado, a viagem periódica pelo interior faz parte de um compromisso político assumido desde a posse na Câmara dos Deputados de visitar todos os municípios acreanos.

O objetivo é diagnosticar as principais necessidades locais e receber diretamente as demandas das comunidades, num convívio freqüente e profícuo que consolida e reforça o compromisso de representar dignamente a população, ”e saber defender o que realmente mais importa a toda comunidade”.

O périplo do deputado pelo interior,no entanto, coincidiu com a colocação em votação em plenário da Câmara dos Deputados do projeto de reajuste dos aposentados e o fim do Fator Previdenciário, ambos aprovados. O deputado declarou que, apesar de ausente em razão da viagem pelo Estado, sempre expressou publicamente sua defesa pela aprovação do projeto de reajuste e do Fator Previdenciário, ”que obtiveram aprovação por representar o grande apelo e anseio da esmagadora maioria da população”. Por isto mesmo - disse o parlamentar - a aprovação vai continuar contando com sua defesa nas articulações para aprovação no Senado Federal e até mesmo na derrubada do possível veto presidencial.

O deputado explicou ainda que devido ao esforço concentrado da atual Mesa Diretora, muitos projetos considerados importantes e de grande apelo popular são priorizados e colocados em votação sem aviso prévio, ”o que muitas vezes faz com que o parlamentar perca a votação por estar em suas bases, apesar de vir acompanhando e defendendo a matéria há muito tempo”. Aliás,muitas matérias polêmicas e de grande interesse político e social devem vir ainda este mês a votação na Câmara dos Deputados,sem que tenha ainda dia certo.É o caso do Projeto Ficha Limpa, de enorme repercussão em todo o Congresso Nacional por interessar diretamente os políticos que respondem processos na Justiça.

Gladson lembrou ainda que já declarou sua posição acerca de muitos projetos que mobilizam categorias pelo país, atraem a atenção da grande mídia e caem no conhecimento popular. Segundo o deputado, foi o caso da regulamentação dos motaxistas, ”que desde o início contou com a nosso apoio e mobilização. Assim como agora é o caso da PEC 300, que queremos levar a votação e mostrar publicamente nossa solidariedade e voto em favor de todos os PMS e bombeiros do país”.