sexta-feira, 28 de maio de 2010

Polícia Federal explica motivos de prisão de proprietários de farmácias de Cruzeiro do Sul



Durante operação de fiscalização em farmácias de Cruzeiro do Sul, desenvolvida pela ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, com o apoio da Polícia Federal, três empresários do ramo farmacêutico foram presos. A prisão dos proprietários de três estabelecimentos vistoriados ocorreu na manhã de quarta-feira, 26, no entanto, só nesta sexta-feira, 28, pela manhã, a Polícia Federal divulgou os motivos que levaram ao flagrante dos empresários.


Durante operação de fiscalização em farmácias de Cruzeiro do Sul, desenvolvida pela ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, com o apoio da Polícia Federal, três empresários do ramo farmacêutico foram presos. A prisão dos proprietários de três estabelecimentos vistoriados ocorreu na manhã de quarta-feira, 26, no entanto, só nesta sexta-feira, 28, pela manhã, a Polícia Federal divulgou os motivos que levaram ao flagrante dos empresários.

A operação denominada Castro, nome do primeiro boticário brasileiro, Diogo Castro, foi desencadeada em vários municípios do Acre com o objetivo de verificar se as farmácias e drogarias estavam cumprindo o que determina a legislação sobre a venda de medicamentos. Em Cruzeiro do Sul a abordagem nos estabelecimentos foi realizada de forma simultânea. Equipes de agentes federais, da ANVISA e da PF, se distribuíram pela cidade e ao mesmo horário iniciaram a fiscalização em todas as farmácias e outros locais que comercialização medicamentos.

Durante a operação, os agentes da Polícia Federal conduziram para a delegacia os comerciantes Romeu Onofre, proprietário da Drogaria Farmaforte, Altemir Resende, da Drogaria Brasil, e Claudinor Onofre, mais conhecido como Nanô, filho da proprietária de uma farmácia localizada na entrada do Bairro da Lagoa. Os três empresários foram autuados em flagrante e, ainda na tarde de quarta-feira, foram encaminhados ao Presídio de Segurança Média, Manoel Néri da Silva.

No dia da prisão a Polícia Federal e a ANVISA se resguardaram do direito de não prestar informações a imprensa sobre a operação. Com isso, gerou uma especulação na cidade pela população ansiosa para saber os fatores que motivaram ao flagrante e vários comentários circulavam de boca em boca. Mas, na manhã desta sexta-feira, 28, o delegado José Roberto Perez, da Polícia Federal, esclareceu os fatos.

Segundo o responsável pela chefia da Polícia Federal em Cruzeiro do Sul, nas três drogarias várias situações foram constatadas em desacordo com a legislação que são consideradas crimes. “Nós constatamos a venda de remédios falsificados, remédios sem o registro da ANVISA, remédios contrabandeados e remédios controlados sem o devido controle exigido pela ANVISA. A venda de medicamentos falsificados ou sem o registro implica em pena de reclusão de 10 a 15 anos” – informou Perez.

A Polícia Federal esclareceu que os detalhes da operação não foram divulgados antes para não haver prejuízos na fiscalização que só se encerrou nesta sexta-feira.

CIRETRAN orienta motoristas sobre direitos de vítimas de acidentes e distribui viseiras de capacetes



Agentes de trânsito realizaram, em Cruzeiro do Sul na manhã desta sexta-feira, 28, uma campanha educativa para orientar os motoristas sobre os direitos das pessoas que são vítimas de acidentes. Durante a atividade promovida pela Primeira Companhia de Trânsito – CIRETRAN- os motociclistas, além de receberem as orientações, foram premiados com viseiras para os capacetes.



Agentes de trânsito realizaram, em Cruzeiro do Sul na manhã desta sexta-feira, 28, uma campanha educativa para orientar os motoristas sobre os direitos das pessoas que são vítimas de acidentes. Durante a atividade promovida pela Primeira Companhia de Trânsito – CIRETRAN- os motociclistas, além de receberem as orientações, foram premiados com viseiras para os capacetes.

A campanha foi realizada em diversos pontos da cidade. Os agentes de trânsito se dividiram em equipes e se mantiveram em prontidão nos locais de maior movimentação de veículos para abordar os condutores. De forma gentil, os servidores da CIRETRAN informaram aos motoristas sobre os direitos das pessoas que foram vítimas de acidentes de trânsito.

“Neste panfleto contém informações que orientam que em caso de acidente, com morte ou invalidez, a família ou vítima tem direito a indenização e aqui diz como se dever proceder para ter acesso a esse direito” – informou a educadora de trânsito, Adriana Nascimento.

Os motociclistas que passaram pelos locais da campanha receberam de brinde viseiras para os capacetes. O acessório é de uso obrigatório e, de acordo com a CIRETRAN, deve ser utilizada de forma correta e nos padrões ideais para permitir uma boa visibilidade do motociclista.

“É uma forma de a gente contribuir com a redução dos acidentes. Sabemos que até mesmo uma poeira tira a visão do motociclista e com a viseira adequada isso não vai acontecer” – assegurou Adriana.

Os condutores de veículos aprovaram a campanha. “Isso é importante para todo mundo. Principalmente para os que têm menos conhecimentos para que estejam cada dia mais informados” – disse o motorista Janairo Santos que recebeu orientações dos agentes de trânsito.

Mâncio Lima completa 33 anos com inaugurações e show de Fernando Mendes



O município de Mâncio Lima completa neste final de semana 33 anos de emancipação política. E a data não vai passar em branco. Inaugurações da prefeitura e do governo vão complementar a festividade, terá encerramento apoteótico com o esperado show do cantor Fernando Mendes, que começou temporada na capital e se estende até o Juruá.



O município de Mâncio Lima completa neste final de semana 33 anos de emancipação política. E a data não vai passar em branco. Inaugurações da prefeitura e do governo vão complementar a festividade, terá encerramento apoteótico com o esperado show do cantor Fernando Mendes, que começou temporada na capital e se estende até o Juruá.

O prefeito Cleidson Rocha e o vice Eriton Maia, que deram nova dinâmica no desenvolvimento da cidade, estão convidando a todos, em especial os moradores dos municípios próximos, a comparecerem a Mâncio Lima.

-Estamos de portas abertas para receber os amigos que quiserem visitar o nosso município. Todos serão muito bem-vindos.
Sobre Mâncio Lima:
Localização: oeste do Acre
População: 13 mil hab aprox (IBGE)
Limite com o Estado do Amazonas (norte) e o Peru (oeste)

Pescadores de Marechal Thaumaturgo recebem carteira profissional


Na manhã de sexta-feira, (21), na Câmara Municipal de Vereadores de Marechal Thaumaturgo, foi realizada a entrega das carteiras de pescador para os proffisionais que desenvolvem atividade de pesca no município. Participaram da solenidade 420 pescadores que agora encontram- se legalizados.


Na manhã de sexta-feira, (21), na Câmara Municipal de Vereadores de Marechal Thaumaturgo, foi realizada a entrega das carteiras de pescador para os proffisionais que desenvolvem atividade de pesca no município. Participaram da solenidade 420 pescadores que agora encontram- se legalizados.

A entrega foi feita através da Prefeitura de Marechal Thaumaturgo, Secretaria de Agricultura e da Superintendência de Aquicultura e Pesca do Acre. As carteiras de pescadores são uma conquista da Prefeitura de Marechal Thaumaturgo em parceria com o deputado federal Gladson Cameli.

Participaram da solenidade o deputado Gladson Cameli, o representante do governo, Josimar Gomes, o vereador e prefeito em exercício, Dedé Veríssimo, o presidente da Colônia de Pescadores de Marechal Thaumaturgo, José de Souza Cruz, e o superintendente de aquicultura e pesca, Samir Pinheiro.

O superintendente de aquicultura e pesca ressaltou em seu discurso “Os únicos que gostam de pescadores são as pessoas que estão aqui e os que contribuíram de alguma forma para esse momento está acontecendo”.