domingo, 8 de agosto de 2010

Campanha da Frente Popular acelera



O último dia 6 de Agosto, data do início da Revolução Acreana, serviu também
para revelar o ritmo da campanha de Tião Viana ao governo do Estado e de Jorge Viana
e de Edvaldo Magalhães às duas vagas de senadores. Os candidatos majoritários da
Frente Popular do Acre (FPA) amanheceram o 6 de Agosto em visita ao local onde há
108 anos o libertador José Plácido de Castro foi alvejado a tiros, e encerraram o dia do outro lado do Acre, em Cruzeiro do Sul, depois de visitarem outros três municípios.


Tião, Jorge e Edvaldo definem prioridades para Manuel Urbano, Jordão e Santa Rosa e embalam campanha em Cruzeiro do Sul

O último dia 6 de Agosto, data do início da Revolução Acreana, serviu também
para revelar o ritmo da campanha de Tião Viana ao governo do Estado e de Jorge Viana
e de Edvaldo Magalhães às duas vagas de senadores. Os candidatos majoritários da
Frente Popular do Acre (FPA) amanheceram o 6 de Agosto em visita ao local onde há
108 anos o libertador José Plácido de Castro foi alvejado a tiros, e encerraram o dia do outro lado do Acre, em Cruzeiro do Sul, depois de visitarem outros três municípios.

Manuel Urbano, Santa Rosa do Purus e Jordão, os menores e mais isolados
dos municípios acreanos, receberam os candidatos em festa para prosseguimento
dos debates sobre o plano de governo visando mais um mandato da FPA. Nesses
municípios, Tião Viana revelou que, caso seja eleito, pretende pavimentar em tijolos
todas as suas ruas e implantar um forte programa de merenda regionalizada. “A
merenda das escolas tem que sair da produção dos próprios municípios”, disse.

Na visita ao local onde Plácido de Castro foi assassinado, Tião, Jorge e Edvaldo
se fizeram acompanhar de historiadores e outros interessados na história da Revolução
Acreana, como o governador Binho Marques. Aproveitando o feriado, o governador
vestiu-se de militante petista e caiu em campo em defesa de seus candidatos. Para ele,o diferencial da FPA em relação a seus adversários é olhar o futuro sem esquecer o passado. “Pensar o futuro sem olhar o passado é não reconhecer o sacrifícios de Plácido de Castro”, disse Binho.

Em Cruzeiro do Sul, o que deveria ser apenas abertura de um endereço político,
com a inauguração do comitê de campanha, acabou se transformando no primeiro
grande comício da atual campanha no Juruá, com direito, inclusive, à adesão de um
importante ex-adversário: o deputado federal Ilderlei Cordeiro (PPS) subiu ao palanque para anunciar que estava rompendo com seu partido, com o PSDB e com os antigos aliados por reconhecer que o projeto da Frente Popular é o melhor para o Acre. Jorge e Edvaldo, os candidatos às duas vagas ao Senado, anunciaram que a campanha de Dilma Rousseff à presidência também começa a embalar no Acre, principalmente no Juruá.

Na quinta-feira à noite, em Rio Branco, os três candidatos se reuniram com mais
1.300 pessoas em encontro com secundaristas promovido pelo candidato a deputado
federal Sibá Machado (PT), no lançamento da candidatura de Telma Chaves (PT) a
deputada estadual e em evento promovido por familiares e amigos do deputado Élson
Santiago (PP), candidato à reeleição.

Assessoria de Imprensa do Comitê Tião Viana Governador

A Indústria do Lixo



O Brasil produz bilhões de garrafas PET por ano. Só em 2009 foram 11 bilhões de
unidades. Mais da metade desse total é jogado na natureza onde leva de 400 a 800 anos
para se degradar, dependendo das condições do local.

O Brasil produz bilhões de garrafas PET por ano. Só em 2009 foram 11 bilhões de
unidades. Mais da metade desse total é jogado na natureza onde leva de 400 a 800 anos
para se degradar, dependendo das condições do local.

Em 1996, o acúmulo desse material provocou um desastre de grandes proporções. A
enchente que matou 13 pessoas em São Paulo, 9 delas ainda crianças foi provocado por
centenas de milhares de garrafas Pet entaladas sob a ponte Ayrton Sena, o que provocou o represamento e o transbordamento de uma lagoa de estabilização desativada.
Isso mostra a gravidade do problema da destinação do lixo doméstico.
O que fazer com esses resíduos é um questionamento ainda sem uma resposta
adequada, que preocupa as autoridades e a população.

Em alguns locais iniciativas praticamente isoladas vem apresentado soluções que ainda
carecem de auxílio do Estado. Exemplo disso é a fábrica de vassouras de garrafas Pet
que funciona no bairro da Sobral.

Fundada há 2 anos por Francisco Nilo Viana, a pequena indústria retira das ruas de Rio Branco cerca de 60 mil garrafas Pet por mês. A partir de sucata industrial, Nilo Viana idealizou as 4 máquinas com as quais faz vassouras e cordas de varal. A produção que caiu no gosto popular ganhou o incentivo dos empresários do setor varejista.

Atualmente as vassouras ecológicamente corretas estão disponíveis nos supermercados
da capital e em mercearias de Capixaba, Brasiléia e Epitaciolândia, e a fábrica de
fundo de quintal já conta com 5 empregados com carteira assinada e mantém outros
15 empregos indiretos. Nessa última categoria estão os catadores que recebem por
produção aproximadamente R$ 500 por mês.

“Eu completei 18 anos em 2010 e vim trabalhar aqui. Tenho carteira assinada e todos
os direitos garantidos, um outro rapaz que trabalha com a gente está de férias”, garante Lucivaldo da Costa.

São necessários 600 metros de fio, o equivalente a 10 garrafas Pet, para fazer uma
vassoura, que é vendida ao preço de R$ 4, com a promessa de durar seis meses.
Mas nem tudo são flores. A fábrica está instalada de maneira ainda precária no quintal da casa do proprietário.
No dias de chuva, o chão de terra batida se transforma em lama e a ausência de paredes, associado ao telhado que necessita de reparos impedem a permanência dos trabalhadores no local, o que reduz a produção em 50%. Nilo também não conseguiu regularizar o terreno para poder obter financiamento para melhorar o espaço e ampliar a produção, o que inclui a contratação de mais empregados.

As dificuldades levaram-no a procurar o apoio da deputada federal Perpétua Almeida,
que atendeu o convite ontem à tarde.

“Vou marcar imediatamente uma conversa com o pessoal responsável pela
regularização fundiária para resolvermos o problema do terreno. O poder público
precisa entender que tem que apoiar esse tipo de iniciativa. Ele está gerando emprego
e renda com um empreendimento ecológicamente correto, usando material não
degradável para transformar a vida das pessoas. Vou estudar junto com a prefeitura
e com o governo do estado a possibilidade de destinar uma emenda para apoiar
empreendimentos alternativos como este.

O poder público pode assinar convênio para
que pessoas como Nilo Viana multipliquem esse conhecimento, como na escolinha da
APAE por exemplo”, exultou a deputada Perpétua Almeida que pretende ainda levar o
superintendente do Banco da Amazônia para conhecer o projeto.

“A partir da regularização e de um financiamento para a produção o próprio poder
público pode se transformar em cliente e estimular escolas e instituições a comprarem
a produção. Eu boto muita fé nessa questão do empreendedorismo individual”,

complementou a parlamentar comunista.
Nilo Viana que usa um adesivo na caminhonete que utiliza para o transporte do
material alertando para a necessidade de cuidar da natureza fez questão que a deputada experimentasse as vassouras para poder comprovar a eficácia do produto.

“Chamei a deputada Perpétua para conhecer a fábrica porque sabia que ela visse
ajudaria, mas ela estava em uma reunião de campanha e respondeu que não queria
misturar as coisas. Mas mandou me avisar que viria numa outra ocasião, como
deputada. Eu achei que nem ia acontecer, mas ela veio mesmo e eu pude contar para ela
que o meu sonho é um dia passar na rua e ver os garis e margaridas limpando a cidade
com as minhas vassouras”, confessa Viana.

Entenda o Pet

Polite reftalato de etileno (PET), é um polímero termoplástico, derivado do petróleo
desenvolvido em 1941.

As garrafas Pet, começaram a ser fabricadas na década de 1970.

O Pet prejudica a decomposição inclusive de outros materiais porque impermeabiliza
certas camadas de lixo, impedindo a circulação de gases e líquidos.

É muito difícil sua degradação em aterros sanitários

Vantagens da Reciclagem

Redução do volume de lixo nos aterros sanitários e melhoria nos processos de
decomposição de matérias orgânicas nos mesmos.

Economia de petróleo.

Economia de energia na produção de novo plástico.

Geração de renda e empregos.

Redução dos preços para produtos que têm como base materiais reciclados.

Vagner Sales vistoria obras que estão em execução em Cruzeiro do Sul



O prefeito de Cruzeiro do Sul esteve visitando as obras que estão sendo executadas pela Prefeitura no valor de quase R$ 6 milhões. Vagner Sales ficou surpreso com o andamento de algumas obras que iniciaram há cerca de um mês, mas já estão bem avançadas.


O prefeito de Cruzeiro do Sul esteve visitando as obras que estão sendo executadas pela Prefeitura no valor de quase R$ 6 milhões. Vagner Sales ficou surpreso com o andamento de algumas obras que iniciaram há cerca de um mês, mas já estão bem avançadas.

Os investimentos estão sendo possíveis com recursos de emendas parlamentares. Entre as obras estão construções de várias quadras de esporte na zona urbana e rural, recuperação do Ramal do Pentencostes que já está em fase de conclusão e a construção da sede da APAE.

Ao vistoriar a Praça da Juventude no Bairro Santa Terezinha, Vagner Sales disse que se trata de uma das obras mais importantes nessa primeira etapa de recursos liberados, já que o investimento é no valor de mais de R$ 1,5 milhão fruto de uma emenda da deputada federal, Perpétua Almeida. Na praça da juventude terá quadra de esporte, pista de skate, pista de salto, área para caminhada, quadra coberta, quadra de areia, palco para teatro e área para idosos.

O prefeito esteve também na construção da sede da APAE e ficou otimista com o andamento da obra. Vagner Sales garantiu que os recursos para segunda etapa da construção já estão sendo licitados, garantindo assim, o prosseguimento e conclusão dos serviços sem atrasos.

“As empresas que estão executando esses trabalhos, estão aproveitando o verão para fazer a parte de alicerces o que dá tranqüilidade para trabalhar no período chuvoso. Nos próximos meses todas essas obras já estarão sendo entregues para servir a nossa população. Temos outros recursos sendo liberados e no próximo ano nossa cidade será transformada em um canteiro de obras”, explica Vagner Sales.

Ele lembra também que a Prefeitura mesmo com um número de máquinas reduzido, está trabalhando na abertura de ruas para facilitar o acesso daqueles que vivem isolados, mesmo estando próximos da cidade. O prefeito anunciou ainda a compra de uma usina de asfalto e outras máquinas que já estão sendo licitadas. “Temos preparado essas ruas para futuramente asfaltar, estamos adquirindo máquinas, para se Deus quiser trabalharmos bastante nas ruas de nossa cidade”, diz.

Coligação chega em Sena Madureira.



Esta sexta-feira foi a vez de Sena Madureira receber a visita da Coligação Liberdade e Produzir para Empregar. Logo pela manhã,o candidato a Governo, Tião Bocalom (PSDB), e a Senado, Sérgio Petecão (PMN), além alguns candidatos a estadual e federal mantiveram uma longa reunião com a colônia de pescadores local


Esta sexta-feira foi a vez de Sena Madureira receber a visita da Coligação Liberdade e Produzir para Empregar. Logo pela manhã,o candidato a Governo, Tião Bocalom (PSDB), e a Senado, Sérgio Petecão (PMN), além alguns candidatos a estadual e federal mantiveram uma longa reunião com a colônia de pescadores local

Com quase mil pescadores legalmente inscritos na Delegacia Regional do Trabalho(DRT), a colônia de pescadores de Sena Madureira se queixou das enormes dificuldades que enfrenta.E lembrou que a longa estiagem deste ano pode praticamente anular a piracema de mandim, já que a chegada do cardume deve ocorrer em setembro,quando o Rio Iaco já estiver em seu volume máximo.Os pescadores solicitaram do próximo Governo um compromisso de apoio na aquisição de um caminhão frigorífico e na instalação de uma fábrica de gelo.

Bocalom afirmou que, uma vez no Governo, os setores produtivos como a pesca vão contar com o apoio e assistência técnica necessária, principalmente porque vão fazer parte do esforço oficial de recuperação da produção local.”A pesca vem dando exemplo de aumento de produção local e garantia de produto de qualidade a preços acessíveis o ano inteiro”. Os pescadores querem ainda consolidar o desenvolvimento em nível estadual da piscicultura de manejo,já em estágio avançado em muitos municípios acreanos.

O candidato reiterou que seu Governo vai concentrar sua atenção e preocupações principalmente para os mais pobres,” já que afinal são quem mais precisa das ações de Governo”.Por seu lado, Flaviano Melo,candidato a reeleição à Câmara Federal(PMDB)lembrou aos pescadores de seu esforço juntamente com Sérgio Petecão para garantir a realização do referendo cerca do novo fuso.’Felizmente conseguimos garantir ao povo o direito de escolher livremente seu fuso horário”.

Cooperativa de Castanha

Ao final da reunião, os candidatos ainda ouviram dos pescadores e do povo em geral a solicitação da construção de um novo cemitério e da instalação de um Instituto Médico Legal(IML) no município.Depois de uma breve reunião na casa do candidato a estadual Gilberto Diniz,(PT do B),os candidatos da Coligação foram visitar uma cooperativa de manejo que emprega cerca de 80 mulheres quebradoras de castanha.Em fase de treinamento para seleção, cada trabalhadora produz cerca de 15 a 18 quilos/dia de castanha descascada, mas a idéia é que a produção chegue a 20 quilos/dia em muito breve..

As operárias- mulheres recebem por produtividade(cerca de R1,20 o quilo)e se disseram muito contentes com a chance de garantir renda para a família.Instalada em Sena Madureira pelo deputado Mazinho,a idéia é criar mais 7 galpões e garantir mais de 400 empregos diretos no município.

Bocalom elogiou a iniciativa e disse estar feliz “por ver tanta gente trabalhando na cooperativa e colaborando diretamente no orçamento familiar”. Empolgado com a iniciativa, o deputado Sérgio Petecão garantiu emenda individual para a construção de uma creche para os filhos das operárias.

”É o mínimo que se ode fazer para quem faz um trabalho tão gratificante”,disse. Depois de quebradas e recolhidas em sacos plásticos, as castanhas seguem para a usina para beneficiamento e comercialização. Bocalom garantiu que este tipo de empreendimento, num governo de mudança, vai contar com o apoio integral do Estado. Segundo ele, o Governo poderia ajudar a Cooperativa em termos de redução de impostos para facilitar a instalação e consolidação do projeto,além de garantir a geração de empregos diretos e indiretos.
Corpo a corpo.

Num clima de cordialidade e muita receptividade da população,à tarde(6) os candidatos entraram em lojas, conversaram com os empresários e puderam sentir as dificuldades e problemas que enfrenta o comércio do terceiro maior município acreano.O candidato a Governo,Tião Bocalom,e a Senado,Sérgio Petecão,voltaram a lembrar que o projeto da oposição traz a marca da renovação de práticas e principalmente da retomada da produção,como único meio de recriar emprego e renda,oferecendo melhor qualidade de vida e mais dignidade á população.

Além dos problemas econômicos,Sena Madureira ainda vive um dilema político-administrativo que engessa a Prefeitura e prejudica diretamente a população.Sena Madureira possui uma pecuária importante em termos econômicos e deve,segundo Bocalom,”retomar uma agricultura que assegure o consumo interno e seja bastante forte para a exportação de seus produtos”.

Para o candidato, o Estado deverá voltar a plantar e comercializar o básico do consumo familiar como arroz, feijão e macaxeira,”em lugar de importar estes produtos do Rio Grande do Sul ou São Paulo”.Para ele,a produção interna vai diminuir custos,baratear preços e levar fartura á mesa do acreano,”que vai voltar a ter orgulho de sua produção rural”.

No início da noite, foi a vez dos candidatos prestigiarem a inauguração do comitê de campanha da candidata a deputada estadual Marileide Serafim,do PMN.Marileide definiu sua plataforma de trabalho em favor da juventude e das mulheres.Um compromisso que,segundo ela,já vem se concretizando com seu trabalho social de geração de emprego e renda no manejo da castanha.Num comício bastante concorrido ao lado do comitê, Bocalom disse que vai precisar na Aleac e em Brasília de parlamentares articulados e dispostos a “marcar a diferença num Governo de realizações|”.

Empregos de qualidade



Nesta quinta-feira à noite, 05/08, o candidato da Frente Popular ao governo,
senador Tião Viana, e os candidatos às duas vagas ao Senado, Edvaldo Magalhães e
Jorge Viana, voltaram a manter contato direito com o eleitor acreano em eventos de
candidatos proporcionais.


Candidatos da Frente Popular reafirmam compromisso de gerar milhares de empregos
através da industrialização do estado


Nesta quinta-feira à noite, 05/08, o candidato da Frente Popular ao governo,
senador Tião Viana, e os candidatos às duas vagas ao Senado, Edvaldo Magalhães e
Jorge Viana, voltaram a manter contato direito com o eleitor acreano em eventos de
candidatos proporcionais.

No total, os candidatos majoritários da Frente Popular falaram em três eventos
para mais de 1.300 pessoas sobre as ações e projetos que o próximo governo da Frente
Popular pretende executar no Acre para continuar avançando nas mudanças que o
estado está vivendo nos últimos 12 anos.

O candidato Tião Viana, por exemplo, reafirmou uma das principais prioridades
do próximo governo, que será a geração de empregos através da industrialização das
matérias-primas do estado, que serão ofertadas pela economia comunitária envolvendo
setores como a madeira certificada, a castanha, a borracha, a carne e outras.

“Aqui, com certeza, há muitas pessoas que têm um irmão, uma irmã, um tio
e uma tia que precisam de um trabalho que lhes promovam a cidadania”, assinalou o
senador. Para ele, a maioria dos milhares de empregos a serem ofertados, nos próximos
anos, em atividades fomentadas pelo governo do estado, será de qualidade e de elevado
poder aquisitivo porque virá das indústrias que serão instaladas, a partir do próximo
ano, na Zona de Processamento de Exportação (ZPE), já em implantação no município
de Senador Guiomard, próximo à Rio Branco.

Os três candidatos a cargos majoritários da Frente Popular estiveram no encontro
com estudantes secundaristas, promovido pelo ex-senador Sibá Machado, candidato
a deputado federal pelo PT; no lançamento da candidatura petista de Telma Chaves
a deputada estadual; e numa reunião promovida, no Juventus, pela numerosa família
Santiago, do atual deputado estadual Elson Santiago (PP), candidato à reeleição ao seu oitavo mandato parlamentar.

Nos três eventos, Edvaldo Magalhães e Jorge Viana também destacaram
a importância da geração de emprego e renda no Acre através do processo de
industrialização das matérias-primas do estado, que vai beneficiar, segundo eles,
particularmente a população de jovens acreanos, que está necessitando urgente de
trabalho.

Assessoria de Imprensa do Comitê Tião Viana Governador